+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por mascaraapj Ver Post
    Sabemos que a faixa 2.4 ja foi e ainda é muito utilizada.
    Alem de sofrer interferencia externa (babá eletronica, forno microondas, telefone sem fio), ainda sofrem a interferencia de outros AP 2.4.. e para piorar, muitos nao respeitam as exigencias da faixa (limite de potencia), o que tem tornado impossivel trabalhar nessa faixa.

    Sendo que ultimamente vemos falar sobre o PNBL, mais banda para os clientes, menor latencia, etc...
    com a UBNT, vimos esses equipamentos ficarem mais baratos, mais acessiveis...

    Encontramos facilmente equipamentos nessa faixa com antenas apartir de 10 dbi... ate 23 dbi ou mais.
    e com isso veio a febre do uso da faixa 5GHz.... e varias e varias redes 5GHz vem surgindo e alguns sem se preocupar com as exigencias da faixa.
    - enlace na faixa 5.1
    - enlace com antena de 23 dbi, potencia do radio em 20 dbi... e ainda na faixa 5.4.

    Por isso lanço aqui uma campanha de concientizacao - "5 GHz - um pedido de socorro".
    Vamos tentar dar uma vida mais longa para essa faixa, vamos usa-la de acordo com as exigencias.

    na faixa 5 GHz encontramos 3 possiveis faixas que podem ser usadas:
    com esse, vemos que a:

    • faixa 5.1 nao pode ser usado externamente, NUNCA.



    • faixa 5.4 é boa para atendimento aos clientes, devido a faixa ser muito grande (256MHz) e por haver limite de potencia e.i.r.p (30 dBm se o radio tiver TPC e 27 dbm senao tiver, nao importa a distancia)... exemplo: se vc tem um nano m5 16dbi (esse nao tem TPC), podera setar no maximo 11 dbm de potencia (calculo rapido 16+11=27)... se vc tem uma airgrid de 23 dbi, podera setar no maximo 4 dbm de potencia (calculo rapido 23+4=27).



    • faixa 5.8 é boa para enlace ponto a ponto, devido ao limite de potencia e.i.r.p ser maior.

    Bom, vou falar um pouco do que eu vejo diariamente pelas consultorias prestadas a diversas empresas.
    O Cenário é preocupante sim, devendo ser tratado com o maior cuidado como já comentaram os colegas acima.
    O que eu consigo ver é que temos uso "excessivo" e mal uso de rádios que tem tecnologia diferenciada da 2.4ghz antiga.
    Digo isso porque? Em 90% das minhas consultorias , o que mais faço é BAIXAR POTÊNCIA dos Rádios . Incrivel não é mesmo? Rádios que conectavam mal passam a ter CCQ de 100% e transmitir no máximo seus pacotes.
    Isso é milagre alguns pensam, outros dizem que não pode ser...etc.etc..
    Mas somente quem conhece RF de verdade, entenderá o que eu estou tentando mostrar a muito tempo. Potência em excesso e rádios mal configurados, não levam a nada...aliás levam aos caos!

    Portanto meus amigos, vamos sim conscientizar a todos aqui no Fórum, que é um belo canal de conhecimento, que 5GHZ é faixa pra profissional, não para amadores. Provedores podem e devem crescer muito mais , se usarem a frequência corretamente.
    Se fossemos montar graficamente , um espectro de RF nas grandes capitais, a Imagem seria perturbadora!!!
    Teles usando equipamentos de 1watt 5watts ou mais , empresas usando 30dbm 35dbm, etc.... falo isso pois conheço bastante a área de RF amigos, e me preocupo com o futuro sim.
    Por isso se torna cada dia mais necessário um bom profissional nos projetos a serem desenvolvidos, profissional que se preocupe com a qualidade e não com o "alcance" da rede.
    Se tivermos 50% desses profissionais habilitados e bem treinados, já teremos um ótimo cenário daqui pra frente.
    Projeto, execução e acompanhamento! esse é o segredo do Provedor que funciona e do que não funciona.
    A nossa saúde depende dos nossos atos...assim como o nosso negócio também. portanto, sejamos
    inteligentes, e rápidos na escolha das melhores soluções.
    Grande Abraço a todos e parabens pelo tópico.

  2. eu trabalho em 2.4 ghz numa are poluída e não tenho problemas conheço amigos que também trabalham e não tem problemas é o modo que você trabalha



  3. esse topico é ótimo, eu que estou migrando minha rede p 5ghz vai me ajudar muito... boa iniciativa..

  4. Quais equipamentos no mercado atualmente trabalham com esse protocolo N ?

    Se um concorrente meu montar uma estação dele toda em N, perto de uma minha trabalhando com, digamos, nanos M5; vai me ferrar?



  5. Pessoal, achei este tópico realmente muito interessante e útil, mas fiquei com uma dúvida.

    No caso de 5.8 Ghz, p/ fechar ponto a ponto o limite EIRP é 36 dBm, mas num dos meus ponto a ponto por exemplo eu uso uma OIW 33 dBi c/ um cartão XR5 que tem potência máxima de 28 dBm (600mW). Pois bem, se estou usando uma antena de 33 dBi e o limite é 36dBm então eu só poderia usar 3dBm de potência no cartão XR5? Ou seja 2mW.
    Meu ponto a ponto certamente não fecharia.

    É assim mesmo que funciona, ou fiz algum cálculo errado ou interpretei errado?

    Agradeço quem puder ajudar.


    Obrigado!






Tópicos Similares

  1. 5 Ghz - Um Pedido de Socorro
    Por AndrioPJ no fórum Redes
    Respostas: 194
    Último Post: 29-05-2014, 16:53
  2. Respostas: 8
    Último Post: 21-06-2012, 21:30
  3. Respostas: 34
    Último Post: 17-01-2008, 19:09
  4. Agradecimentos e mais um pedido de ajuda!!
    Por Valterri no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 05-04-2005, 10:15
  5. Passo a Passo para montar um SuperServidor de Acesso Interne
    Por ATNunes no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 07-12-2002, 23:04

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L