Acho que resolvi.

Parece que era mesmo antena, Leandro.
Troquei o painel de marca famosa e coloquei uma panelinha da aquário que estava dando sopa aqui.
Normalizou o sinal. Estava estranho pois na RB aparecia o TX menor que o RX para alguns clientes e para outros não. Depois da troca passou toda a tarde normal.
Eu raciocinei assim: se o tx é o que o cartão envia, se está baixo, o problema tem que estar aqui na transmissão do cartão e não no cliente.
Quanto ao que o FMANDU falou, é verdade mesmo.
Eu procuro configurar o Fragmentation Threshold e o RTS threshold e conferindo com o ping com pacotes de 1500.
Como deixo nos AP em b/g, nos clientes ou fica B ou b/g dependendo de como está o desempenho de cada um. Alguns ficando em B, o ping e o CCQ ficam melhores. Outros melhora o CCQ em b/g.
E também testo com outros valores do mtu na interface wan dos rádios clientes. Normalmente estes valores admitidos são entre 1400 e 1500.
Jà tentei deixar tudo em B, mas penso assim, será que não vou estar perdendo eficiencia quando um cliente em B poderia trabalhar bem em b/g?
São configurações que procuram compensar qualquer possível deficiencia no link entre a base e o cliente.

O que procuro fugir é de modulações binárias como 1mbps, 5.5 em B ou então 6 em g.

Só o que não poderia é o tx dar menor que o rx, como estava acontecendo. Sintoma de que alguma coisa não estava certa.

A conclusão que cheguei depois de muitos testes é que não existe uma fórmula mágica e igual para tudo e todos.
Em cada instalação precisamos lançar mão dos recursos de config para fazer o ajuste fino da instalação.
Já padronizei configurações e equipamentos. Mas hoje noto que existem variações perfeitamente normais entre uma instalação e outra. Equipamentos melhores para uma situação e outro para outras.

Mas sempre há margem para aprendizado, como neste caso específico que citei.