+ Responder ao Tópico



  1. Outra hora vou ter que perguntar pro Erick de onde ele tirou esses 10W de pico de consumo, se é só mesmo com linha XR e SR em potencia alta e com muito trafego, porque tanto nos datasheets como nas aferições vemos consumo de 4 a 5W com trafego, mas nunca gastei tempo com linha XR ou SR, tenho em funcionamento mas nunca medi nada de mais. Quanto aos 18W por RB, creio que se refira a RB600 ou 800, porque nas com 3 cartões o limite é ainda menor, se não me engano pouco mais de 15W. Como a maioria dos cartões homologados, nas potencias homologadas, tem consumo menor que 5W de pico (4W de media), não vejo como empecilho, desde que se respeite homologações.

    Quanto a etapa de RF dos cartões, acho que não dá pra colocar todo no mesmo saco, é visível a 1Km de distancia as diferenças nas etapas de saída dum XR2 pra um EMP8602, por exemplo. Mas até mesmo entre um R52NM e um R52HN vemos algumas diferenças estruturáis, eu sinceramente não uso R52NM por isso, vai que ele devido a falta de uma misera carcaça ao redor do chipset, tem os ditos 30% de perda no rendimento. Com R52h, emp8603, xr2, r52hn, todos em baixa potencia, não tive nada proximo disso.

    E o ruído da etapa de RF rumo ao cabo de rede, nenhum problema no troughput rb<>server? Ripple de fonte desestabilizando cartão, fazendo ele amplificar ou pré-amplificar com ruído alguns pacotes que portanto seriam perdidos, isso não conta? Por ripple em fonte sempre vemos até 100% de perda de rendimento (RB não funciona...), nos casos citados de 30% de rendimento com multiplos cartões foi levado em conta a possibilidade do ripple da fonte passar pelo VRM da RB, ou o VRM desta criar ripple na hora de chavear a tensão dos cartões? (Já que os cartões tem consumo que varia bastante, em tx e rx, o VRM tem que estar em ótimo estado, se não estiver, dependendo da esr dos capacitores e topologia do vrm, o ripple pode surgir somente se o consumo passar dos 9 ou 10W, digo o ripple significativo, porque algum ripple sempre tem e o cartão sabe viver com ele)
    (Só traçando um paralelo, em placa-mãe ATX, quando o VRM responsavel por alimentar a memória ram está num determinado estado de deterioração (rds_on dos mosfets alta, ou esr dos capacitores alta) um pente de memória funciona satisfatoriamente, ao plugar um segundo pente devido ao consumo duplicar (Passa de 5 pra 10W, igual cartão mini-pci) a instabilidade é generalizada, ocorrem erros de leitura ou mesmo a placa não inicia as funções do boot. Esse não é uma situação tão incomum, placa-mãe tem em toda esquina mas RB só em pouquissimas esquinas, talvez por isso se troque pouca informação sobre elas, mas vrm é vrm, e ripple é ripple, seja lá onde estiverem)

    Indiretamente estou perguntando de forma retórica: Fontes com que ripple vocês usam pra alimentar essas RB's que tem 30% de perda de desempenho com multiplos cartões? E são cartões homologados e usados nas potencias homologadas?

    Essa semana estive colocando umas antenas da Computech, RB com multiplos cartões "dentro" duma antena, fonte dentro de outra, só ví perda de desempenho na antena com a fonte (Também, EMI de fonte chaveada detona tudo), afinal respeitei o distanciamento das antenas, e como diz o Luciano no vídeo, a interação lateral ente antenas é que é o grande vilão hoje...

  2. Se vcs "olharem" lá no tópico vão ver eu perguntando se a Mikrotik seria tão "CANASTRONA" de projetar uma merda de uma placa onde vc coloca 3/5/8 cartões e cria uma usina nuclear geradora de RF mortal?

    Pra que ela ia perder tempo desenvolvendo um produto "casado" Router/Pigtail/Cartão/Fonte que não funciona direito?

    Prefiro sim acreditar no Know-How dos engenheiros da mikrotik do que meia dúzia de pessoas falam pra diminuir a aceitação do mikrotik no mercado.

    FICO P%$@ quando alguém fala que os produtos da Ubiquiti são melhores do que da Mikrotik, quando eu próprio sei que isso não procede, o que está ocorrendo é conflito de interesses onde está aparecendo um monte de vendedores e donos de empresas importadoras desanimando os iniciantes a usar os produtos da mikrotik, podem notar o que o nível dos técnicos de telecom esta caindo cada dia mais, tudo por conta desses novos equipamentos, que não exigem NENHUM conhecimento técnico para ser instalado, ou seja uma nova legião de técnicos "leigos" está nascendo e embarcando no que vendedores e donos de importadoras falam...

    Outro dia fui obrigado a ler um cara querendo enfiar na minha cabeça que um enlace de rocket era melhor em desempenho de banda passante e pps do que um NStreme, sendo que na nossa empresa temos ambos circuitos e estamos quase removendo o rocket e usando outro Nstreme.

    Temos de ser menos MARIA VAI COM AS OUTRAS, e aprender a dominar esses maravilhosos equipamentos que a Mikrotik fabrica, parar de achar que é perda de tempo montar cabo, fazer conectorização, usar soldador, configurar enlace, colocar aterramento, usar autofusão... coisas corriqueiras do dia a dia do instalador...



  3. Citação Postado originalmente por evertonsoares Ver Post
    Se vcs "olharem" lá no tópico vão ver eu perguntando se a Mikrotik seria tão "CANASTRONA" de projetar uma merda de uma placa onde vc coloca 3/5/8 cartões e cria uma usina nuclear geradora de RF mortal?

    Pra que ela ia perder tempo desenvolvendo um produto "casado" Router/Pigtail/Cartão/Fonte que não funciona direito?

    Prefiro sim acreditar no Know-How dos engenheiros da mikrotik do que meia dúzia de pessoas falam pra diminuir a aceitação do mikrotik no mercado.

    FICO P%$@ quando alguém fala que os produtos da Ubiquiti são melhores do que da Mikrotik, quando eu próprio sei que isso não procede, o que está ocorrendo é conflito de interesses onde está aparecendo um monte de vendedores e donos de empresas importadoras desanimando os iniciantes a usar os produtos da mikrotik, podem notar o que o nível dos técnicos de telecom esta caindo cada dia mais, tudo por conta desses novos equipamentos, que não exigem NENHUM conhecimento técnico para ser instalado, ou seja uma nova legião de técnicos "leigos" está nascendo e embarcando no que vendedores e donos de importadoras falam...

    Outro dia fui obrigado a ler um cara querendo enfiar na minha cabeça que um enlace de rocket era melhor em desempenho de banda passante e pps do que um NStreme, sendo que na nossa empresa temos ambos circuitos e estamos quase removendo o rocket e usando outro Nstreme.

    Temos de ser menos MARIA VAI COM AS OUTRAS, e aprender a dominar esses maravilhosos equipamentos que a Mikrotik fabrica, parar de achar que é perda de tempo montar cabo, fazer conectorização, usar soldador, configurar enlace, colocar aterramento, usar autofusão... coisas corriqueiras do dia a dia do instalador...
    Everton, me perdoe a pergunta, talvez até meio idiota para o teu nível de conhecimento. Li o tópico que tu citou e tal. Realmente, por experiência, um NStreme Dual chega a ser tão ou mais eficiente que um enlace com Ubiquiti? Em que quesitos tu se refere a esta eficiência? Somente o número de pacotes trafegados ou algo mais?

  4. Tem algumas particularidades técnicas/funcionais do mikrotik que pessoalmente acho melhores do que da linha UBNT e prefiro não aprofundar, mas.... a maioria do testes que vc acompanha aqui no under são executados com as ferramentas Bandwidth Test, ou então o cara entra no FTP do kurumin e puxa uma ISO pra medir o download, quando em produção os pps lá em cima a realidade é outra, tenho os dois circuitos e acho o Nstreame mais "parrudo" do que o rocket no transporte de pacotes... Para um download único do servidor passando pelo rocket e vindo para um unico computador sem sombra de dúvida o rocket realmente impressiona, é o que acontece aqui... já fiz teste aqui com rocket aqui com mais de 40MB puts fiquei muito animado, porém foi só colocar os clientes rodando no enlace pronto já desanimei.... É instável CCQ oscila um pouco, ping sobe... No MK na mesma situação ele se comporta com maior estabilidade pouca coisa oscila no CCQ...

    Porém é o seguinte, tem duas turmas: uma quer vender ubiquiti, outra quer que a molecada não aprofunde-se muito em mikrotik para não perder terreno e recomenda ubiquiti... rsrsrsrs....

    Tem um caso clássico aqui na minha região, um cara que tem um provedor aqui na região me chamou pra configurar um link de 36km pra ele, porém o cara queria no mínimo 30MB full, de cara falei pra ele, disco da oiw e mikrotik, passei o valor da minha mão de obra sem equipamento, o cara achou que era caro tanto a minha mão de obra quanto o equipamento, comprou par de rocket e pagou pra uma outra pessoa fazer, ficou 2 meses esse link com rocket negando fogo para o provedor, fui contactado novamente para ir lá configurar o enlace para ele, foram comprados equipamentos novos, e hoje ele esta usando esse mesmo circuito para uma repetidora que exige menos banda e pacotes, e feliz da vida com o enlace em mikrotik passando mais do que ele queria e com confiabilidade....



  5. Muitas vezes o problema tá na instalação; algum descuido com aterramento, conectorização, ajustes finos. Eu aproveito ao máximo o conteúdo técnico que encontro aqui no fórum e pelos fóruns internacionais. Contratar um especialista é prático mas nem sempre rápido; know how permite projetos e modelos como as micro células mas quem não desenvolve o conhecimento continua no rádio super potente com antenas de alto ganho para toda situação.
    Última edição por bjaraujo; 09-05-2011 às 12:00.






Tópicos Similares

  1. Gerador de PDFs
    Por aprendiz_ce no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 14
    Último Post: 12-12-2005, 08:48
  2. sarg - gerador de relatório de acesso do squid
    Por quecosuix no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 15-03-2005, 09:44
  3. sarg - gerador de relatório de acesso do squid
    Por quecosuix no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 14-03-2005, 14:41
  4. Gerador de Ordem de Serviço Web
    Por d1avlo no fórum Linguagens de Programação
    Respostas: 2
    Último Post: 28-08-2004, 06:01
  5. Gerador de Gráficos
    Por aleckmorpheus no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 14-02-2004, 00:35

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L