+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por filzek Ver Post
    Olha, eu vejo vocês falando de mais, e agindo cada vez mais errado.

    REDE DE TELECOMUNICAÇÃO É ROTEADA!!!

    PAREM COM BRIDGE, PAREM COM TUDO QUE NÃO SEJA ROTEAMENTO!!!

    hehehe, acho que precisava disso!!!
    Primeiro tem que entender o porque de rotear.
    Roteamento significa processamento e latencia. Então não é um remédio para toda doença. Deve sim ser usado, mas em casos necessários.
    Roteamento é algo criado para fazer com que redes distintas se comuniquem. Com isso, deve se pensar a não ou sim criação de redes distintas.
    Porque criar? Apos chegar a uma interpretação de que há uma necessidade. Vem outra questão. Qual o protocolo correto a ser usado para minha realidade?

  2. Pra quem ficar no "HUBIZÃO" em bridge, o certo é VLAN pra todo lado mesmo, com firewall de borda com drop de pacotes de vlan indo pra lados errados.

    Isso permitirá tirar todo broadcast perdido na rede, diminuir latencia por entupimento de pacotes e outras coisas mais.

    Melhor usar RB750, 450 e outros equipamentos MK para fazer os drop-offs de vlans, marcação de pacotes e tudo que se refere a processamento.

    O único problema é que a cada torre, o processamento de rede aumenta, os pacotes e trafego aumentam, e assim, rbzinhas não fazem mais esse serviço, vai ter que espalhar vários rb1000, rb1100, rb1200 pelas torres principais na interligação do seu backhaul, para que não perca nada em resultado com as vlan e com os drop-offs de vlan perdidas.

    Veja que organizar uma rede com VLAN e o mesmo trabalho que organizar uma rede ROTEADA, entretanto, uma rede ROTEADA consegue uma performance de pelo menos 50% mais qualidade e controle do que uma rede em Bridge, isso é claro, fácil de ser aferido, assim, fazer qualquer uma das duas formas é um RESULTADO pelo menos 100% melhor do que uma BRIDGE gigante!

    Não vou dizer como faz, o que fazer, e por em pratica o conceito.

    Sabemos que isso é o ponto de coalisão que envolve o SEU ENGENHEIRO DE REDE, e não apenas uma curiosidade!



  3. Naldo um outro ponto muito importante é que o HUB tem apenas um domínio de colisão para todas as portas, já um switch cada porta tem um domínio de colisão.

    Citação Postado originalmente por naldo864 Ver Post
    sim claro swtichs são mas seguros do que hubs

  4. Acho que quem entende de roteamento e de vlan ve que nao tem nada a ver uma coisa com outra , ainda mais com broadcast.Pelo que sei uma rede em bridge gera broadcast porque nao tem rotas, assim vai gerar requisicoes pra toda rede ate o que ela ache o seu caminho(saida de link) , uma vlan geralmente e usada para separar links distintos ou pcs em uma rede cabeada com muitos pcs geram brodcast e tambem por motivo de seguranca,nao acho que fazer vlan para separar clientes seria o ideal.O certo e fazer roteamento dos pontos de saida de link, como APs e la colocar um mikrotik pra fazer nat , no caso de quem nao possui seu ASN, para clientes, pois o broadcasdt seria pequeno, somente entre os clientes conectados , e sendo a saida roteada na geraria nada de lixo.



  5. Também estou migrando minha rede de bridge para roteada e a melhora é visível. Antes usava somente uma MK concentrador único com autenticação PPPoe .
    Agora em cada torre coloco um rb 450g para autenticar os clientes em PPPoe e rotear até o concentrador principal. Nos enlaces pretendo colocar Vlans . Fica muito bom.






Tópicos Similares

  1. Uso de VLANS - CERAGON IP10
    Por Ellzio no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 25-10-2016, 10:21
  2. Respostas: 17
    Último Post: 05-06-2013, 17:39
  3. Conf rede para uso de vmware
    Por cldn no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 25-01-2007, 09:17
  4. Evitar uso de ap na torre como gateway
    Por drcfilho no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 14-01-2007, 18:05
  5. Liberação de porta no firewall para uso de sistema online.
    Por Britoviski no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 07-08-2005, 22:43

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L