Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Pradela, você tem certeza que não precisa visada?

    Confirma isso com a fonte, pois quanto maior a frequencia mais crítica é a questão da visada, independende de que tecnologia se use. É uma característica das frequencias mais altas.
    Quem escreveu o referido artigo deve ter se confundido.
    olhe o artigo nas pags 12 e 13... tah lah o Sr Okubo afirmando q a ultima milha eh sem limitacao tecnica...

    Revista RTI - Agosto 2011

  2. Citação Postado originalmente por Pradela Ver Post
    olhe o artigo nas pags 12 e 13... tah lah o Sr Okubo afirmando q a ultima milha eh sem limitacao tecnica...

    Revista RTI - Agosto 2011
    Muito boa a revista. Quando do lançamento me cadastrei mas nunca obtive retorno. Nem para fazer uma assinatura.
    Vou ter que rever este contato.

    Com relação ao artigo, realmente eles dizem que não depende de visada.
    Mas creio que eles devem ter adotado uma infraestrutura que privilegie as reflexões que ocorrem num ambiente cosmopolita.
    Quem sabe também uma rede mesh que iria contornando os obstáculos por ter inúmeros pontos de saltos, estratégicamente colocados.
    Sei lá, mas não creio que dois pontos possam se comunicar sem visada nesta frequencia. Vai contra tudo aquilo que se publicou até agora.
    Quando diz no artigo que eles desenvolveram a solução, creio que seja topologia e gerenciamento e não fabricação de rádios, pois não temos no Brasil ainda a capacitação industrial para isso.
    E se pensarmos em fabricantes reconhecidos como Motorola e outros, todos exigem visada. É uma exigência da forma como se comportam as ondas eletromagnéticas nas altas frequencias.
    Se estes acharam o caminho, eles tem uma mina de ouro nas mãos.



  3. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Muito boa a revista. Quando do lançamento me cadastrei mas nunca obtive retorno. Nem para fazer uma assinatura.
    Vou ter que rever este contato.

    Com relação ao artigo, realmente eles dizem que não depende de visada.
    Mas creio que eles devem ter adotado uma infraestrutura que privilegie as reflexões que ocorrem num ambiente cosmopolita.
    Quem sabe também uma rede mesh que iria contornando os obstáculos por ter inúmeros pontos de saltos, estratégicamente colocados.
    Sei lá, mas não creio que dois pontos possam se comunicar sem visada nesta frequencia. Vai contra tudo aquilo que se publicou até agora.
    Quando diz no artigo que eles desenvolveram a solução, creio que seja topologia e gerenciamento e não fabricação de rádios, pois não temos no Brasil ainda a capacitação industrial para isso.
    E se pensarmos em fabricantes reconhecidos como Motorola e outros, todos exigem visada. É uma exigência da forma como se comportam as ondas eletromagnéticas nas altas frequencias.
    Se estes acharam o caminho, eles tem uma mina de ouro nas mãos.
    vc leu o artigo... mas releia com mais atencao e repare nalguns dados... eles sao contundentes: "Com a tecnologia de 10,5 GHz ganhamos a flexibilidade de oferecer um processo fim a fim e totalmente proprio". outra: "... a empresa demorou 5 anos para desenvolver a tecnologia..." outra: a Unitelco recorreu ao desenvolvimento proprio, porem, com ganhos, pois o dispositivo tambem tem caracteristica de ser full duplex..."

    entaum... com esses termos em maos: fim a fim, dispositivo, ganhos e full duplex... o q se pode deduzir????

    naum dah pra subentender nada diferente de um equipamento q realmente funciona como misto de 900, 2,4 e 5.8 GHz e ainda eh melhor q todos eles juntos...

  4. Sim, sim Pradela. Se eles dizem que conseguiram, devem mesmo ter conseguido.

    Mas não me entra na cabeça uma conexão direta sem visada nestas frequencias altas.

    Não tenho formação na área. Tudo que sei foi lendo o que já foi publicado.
    Por isso que disse, ' se eles descobriram como fazer isso diretamente e sem visada, eles tem uma mina de ouro nas mãos.'

    Gostaria até que outros companheiros com formação na área comentassem estes resultados pois eles quebraram paradígmas. Algo novíssimo no mundo.



  5. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Sim, sim Pradela. Se eles dizem que conseguiram, devem mesmo ter conseguido.

    Mas não me entra na cabeça uma conexão direta sem visada nestas frequencias altas.

    Não tenho formação na área. Tudo que sei foi lendo o que já foi publicado.
    Por isso que disse, ' se eles descobriram como fazer isso diretamente e sem visada, eles tem uma mina de ouro nas mãos.'

    Gostaria até que outros companheiros com formação na área comentassem estes resultados pois eles quebraram paradígmas. Algo novíssimo no mundo.
    perfeito... eh exatamente essa a intencao do post... espero q vc tenha atraido essas pessoas capacitadas a virem aki e se possivel abrir nossos horizontes... entendi de cara, qd li, o impacto dessas possibilidades... e realmente isso me encantou a imaginacao...

    q venham os entendidos e nos conduzam!!!






Tópicos Similares

  1. Rede wirelless sem visada?? ajuda!! funciona??
    Por xips no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 12-09-2007, 09:24
  2. Rede Wireless sem Velocidade
    Por perassoli no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 21-08-2007, 09:16
  3. ESCONDER REDE WIRELESS SEM PPPoE
    Por deltasu no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 10-08-2007, 10:20
  4. Wireless sem visada
    Por douglassantos no fórum Redes
    Respostas: 9
    Último Post: 29-03-2007, 20:05
  5. Navini - Wireless sem visada
    Por ederz no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 24-10-2004, 16:31

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L