+ Responder ao Tópico



  1. #55

    Padrão

    Pretendo tirar a minha Seac esse ano!! Já tenho a grade de canais montada, mais se não fazer uma parceria com alguma empresa do ramo, não terei como tão cedo vender se quer um cartoon networkzinho

  2. #56

    Padrão Re: Como construir um sistema de IPTV/ VoD próprio

    Me fala mais sobre construção de telas de acesso? E mais sobre servidores IPTV



  3. #57

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    É uma visão da situação... mas eu ainda acho que transmitir canais abertos é uma piada.... não sua. De maneira nenhuma quero desmerecer. Mas acho uma piada a opção no mercado de transmitir canais abertos... Estes já estão disponíveis para todo mundo pelos meios tradicionais.
    Esta lista de 50 canais são dos abertos?

    Hoje o povo quer canais fechados e numa variedade muito grande. Uns gostam de documentários, outros filmes, outros esporte e por aí vai. Só uma grade variada irá satisfazer os futuros assinantes. Se largar com uma grade modesta só irá gerar insatisfação..
    Sem falar que a rede precisa estar afinadíssima.

    O netflix está tão popularizado que muitos vão direto para o flix.

    Ah! e tem ainda os decodificadores piratas...

    A concorrência com quem desejar iniciar um serviço desses é muito grande.


    Todos comecam de baixo, com pouco $$$ para investir..

    canais fechados necessita de licenca e contratos quase milionários com as detentoras de canais pois muitas só aceitam ofertar seu canais se já tiver uma boa quantia de cleintes de internet pois eles cobram xxx por usuário.. muitos com menos de 20mil usuários nem se interessam em fechar parceria para revender..

    então pro cara necessitar ter 20mil clientes no banco de dados do seu "provedor" digamos de passagem não se trata mais de um pequeno provedor e sim de alguem que já tem capacidade de investir uns 2 ou 3 milhões de reais para montar uma estrutura licenciada de distribuicão..

    mas e ai os pequenos mesmo com 500 ou 1mil clientes? como fica a situacão deles? tem que comecar com os canais que chama de "piada" os canais gratuitos que estão espalhados nos 3 satelites nacionais 65w, 70w, 75w

    dai pra pegar todos esses "media 80 a 100 canais" tem que ter 3 parabólicas, chaves divisoras etc.etc.etc.

    tem muito cliente que não quer essa parafernalha toda em casa, e iptv chega na fibra na casa do cliente e liga no roteador no cabo ao set top box cabeado.

    e ofertar um plano combo para o cliente , lembrando que a sky, claro e outros cobram quase 400 reais no kit livre também que só e valido por 12 meses depois para, tem que atualizar CPF , blabla bla.. mas cobram 400 reais no kit.

    Agora tem a opcão de customizar o firmware do seu set top box pra funcioanar somente a tv

    ou pode utilizar aplicativo android direto na smartv do cliente desde que esteja conectado via cabo de rede para receber o stream multicast direto do roteador/modem fibra.

    e na mesma tv utilizar netflix.

  4. #58

    Padrão Re: Como construir um sistema de IPTV/ VoD próprio

    Citação Postado originalmente por PortaNET Ver Post
    Todos comecam de baixo, com pouco $$$ para investir..

    canais fechados necessita de licenca e contratos quase milionários com as detentoras de canais pois muitas só aceitam ofertar seu canais se já tiver uma boa quantia de cleintes de internet pois eles cobram xxx por usuário.. muitos com menos de 20mil usuários nem se interessam em fechar parceria para revender..

    então pro cara necessitar ter 20mil clientes no banco de dados do seu "provedor" digamos de passagem não se trata mais de um pequeno provedor e sim de alguem que já tem capacidade de investir uns 2 ou 3 milhões de reais para montar uma estrutura licenciada de distribuicão..

    mas e ai os pequenos mesmo com 500 ou 1mil clientes? como fica a situacão deles? tem que comecar com os canais que chama de "piada" os canais gratuitos que estão espalhados nos 3 satelites nacionais 65w, 70w, 75w

    dai pra pegar todos esses "media 80 a 100 canais" tem que ter 3 parabólicas, chaves divisoras etc.etc.etc.

    tem muito cliente que não quer essa parafernalha toda em casa, e iptv chega na fibra na casa do cliente e liga no roteador no cabo ao set top box cabeado.

    e ofertar um plano combo para o cliente , lembrando que a sky, claro e outros cobram quase 400 reais no kit livre também que só e valido por 12 meses depois para, tem que atualizar CPF , blabla bla.. mas cobram 400 reais no kit.

    Agora tem a opcão de customizar o firmware do seu set top box pra funcioanar somente a tv

    ou pode utilizar aplicativo android direto na smartv do cliente desde que esteja conectado via cabo de rede para receber o stream multicast direto do roteador/modem fibra.

    e na mesma tv utilizar netflix.
    Concordo que haja soluções técnicas para a situação... Só acho um risco investir no modelo exclusivo de canais abertos. Quanto a Sky no Sky livre eu pensava que comprando o kit ficava de dono permanente para acessar canais abertos... que inclusive destes mais de 100 citados acaba se reduzindo em meia duzia quando muito que realmente tem procura.

    E vejo outra questão no IPTV. A rede precisa ser muito boa e planos de alto consumo para garantir uma imagem que se aproxima de qualidade. Se você já tem a rede de fibra até que arrisca...



  5. #59

    Padrão Re: Como construir um sistema de IPTV/ VoD próprio

    pra quem usa o plex media server sim da pra colocar iptv eu uso vc ter 5MB de internet ou mais e assinar o iptv pago e eles manda pra vc baixar lista no formato .m3u

  6. #60
    Ricardo Romero Avatar de ricromero
    Ingresso
    Apr 2008
    Localização
    São Paulo / Interior
    Posts
    923

    Padrão Re: Como construir um sistema de IPTV/ VoD próprio

    Citação Postado originalmente por shadowman Ver Post
    pra quem usa o plex media server sim da pra colocar iptv eu uso vc ter 5MB de internet ou mais e assinar o iptv pago e eles manda pra vc baixar lista no formato .m3u
    mas esse iptv pago tem canais legendados? pois assinar canais que seja somente em inglês não resolve nada, sendo que a grande maioria é analfabeta funcional....imagina o pessoal vendo filme somente em outro idioma