+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Tenho um servidor Nginx rodando junto com o PHP, porém não consigo fazer com que as aplicações que precisam acessar o banco de dados Oracle se conectem ao banco, pois preciso acessar as variáveis de ambiente do Linux chamadas ORACLE_HOME e LD_LIBRARY_PATH.
    Já quando utilizo o Apache, consigo ler e executar as aplicações perfeitamente, porém quando uso Nginx, não consigo.

    Ao executar o comando env no Linux, após exportar as variáveis da biblioteca do Oracle, tenho listado na tela os caminhos abaixo.

    LD_LIBRARY_PATH=/usr/local/instantclient_11_2/
    ORACLE_HOME=/usr/local/instantclient_11_2/network/admin/


    Alguém pode ajudar?

  2. #2
    Under-linux.Org Team Avatar de MarcusMaciel
    Ingresso
    Dec 2000
    Localização
    Boston
    Posts
    1.970
    Posts de Blog
    44

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Amigo voce quer usar o ORACLE com php certo ?



  3. #3
    Under-linux.Org Team Avatar de MarcusMaciel
    Ingresso
    Dec 2000
    Localização
    Boston
    Posts
    1.970
    Posts de Blog
    44

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Então no meu entender as suas variaveis de ambiente devem ser carregadas com seu php-fpm

  4. #4

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Olá amigo, muito obrigado pela resposta.

    Sim, eu preciso usar o Oracle com PHP no Nginx especificamente.

    Quanto a setar as variáveis no php-fpm.conf, eu já fiz isso e não funcionou. Retirei do arquivo de configuração do php-fpm a seção onde é indicado o local para configurar estas variáveis de ambiente para mostrar-lhe. Será que coloquei alguma sintaxe errada? Veja abaixo o trecho original do arquivo.

    Código :
    ; Pass environment variables like LD_LIBRARY_PATH. All $VARIABLEs are taken from
    ; the current environment.
    ; Default Value: clean env
    ;env[HOSTNAME] = $HOSTNAME
    ;env[PATH] = /usr/local/bin:/usr/bin:/bin
    ;env[TMP] = /tmp
    ;env[TMPDIR] = /tmp
    ;env[TEMP] = /tmp

    Se você observar, ele inclusive usa como exemplo a variável LD_LIBRARY_PATH, que é justamente a que preciso fazer com que o Nginx ao executar o código em PHP referenciando a base de dados Oracle reconheça, porém eu já tentei usar as seguintes sintaxes abaixo neste arquivo e não funcionou(vale lembrar que descomentei as linhas antes de inserir os códigos).

    1º Tentativa - Tentei desta forma para ver se ele pegava as variáveis de ambiente do LInux e replicava no Nginx com o mesmo nome, mas não funcionou e fiz justamente como interpretei o exemplo.
    Código :
    env[LD_LIBRARY_PATH] = $LD_LIBRARY_PATH
    env[ORACLE_HOME] = $ORACLE_HOME

    2º Tentativa - Tentei setar o nome das variáveis assim como fiz no Linux quando dei o comando export, mas também não funcionou.
    Código :
    env[LD_LIBRARY_PATH] = /usr/local/instantclient_11_2/
    env[ORACLE_HOME] = /usr/local/instantclient_11_2/network/admin/

    3º Tentativa - Tentei não setar as variáveis no Linux e só deixar no php-fpm.conf do mesmo jeito que fiz acima e também não funcionou.
    Código :
    LD_LIBRARY_PATH=/usr/local/instantclient_11_2/
    ORACLE_HOME=/usr/local/instantclient_11_2/network/admin/

    Alguém sabe de mais alguma coisa?



  5. #5
    Under-linux.Org Team Avatar de MarcusMaciel
    Ingresso
    Dec 2000
    Localização
    Boston
    Posts
    1.970
    Posts de Blog
    44

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Que distribuicao voce esta usando ?

    Voce ja tentou colocar essas variaveis no script de inicializacao do php-fpm ?

  6. #6

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Olá amigo, mais uma vez multíssimo obrigado pela resposta.

    Eu uso Debian 6 Squeeze e tanto na versão 32 ou 64bit a mesma situação ocorre.

    Mas vamos lá, você saberia me dizer onde abaixo eu devo colocar estas variáveis?
    Código :
    #! /bin/sh
     
    ### BEGIN INIT INFO
    # Provides:          php-fpm
    # Required-Start:    $remote_fs $network
    # Required-Stop:     $remote_fs $network
    # Default-Start:     2 3 4 5
    # Default-Stop:      0 1 6
    # Short-Description: starts php-fpm
    # Description:       starts the PHP FastCGI Process Manager daemon
    ### END INIT INFO
     
    prefix=/opt/php5
    exec_prefix=${prefix}
     
    php_fpm_BIN=${exec_prefix}/sbin/php-fpm
    php_fpm_CONF=${prefix}/etc/php-fpm.conf
    php_fpm_PID=/var/run/php-fpm.pid
     
     
    php_opts="--fpm-config $php_fpm_CONF"
     
     
    wait_for_pid () {
        try=0
     
        while test $try -lt 35 ; do
     
            case "$1" in
                'created')
                if [ -f "$2" ] ; then
                    try=''
                    break
                fi
                ;;
     
                'removed')
                if [ ! -f "$2" ] ; then
                    try=''
                    break
                fi
                ;;
            esac
     
            echo -n .
            try=`expr $try + 1`
            sleep 1
     
        done
     
    }
     
    case "$1" in
        start)
            echo -n "Starting php-fpm "
     
            $php_fpm_BIN $php_opts
     
            if [ "$?" != 0 ] ; then
                echo " failed"
                exit 1
            fi
     
            wait_for_pid created $php_fpm_PID
     
            if [ -n "$try" ] ; then
                echo " failed"
                exit 1
            else
                echo " done"
            fi
        ;;
     
        stop)
            echo -n "Gracefully shutting down php-fpm "
     
            if [ ! -r $php_fpm_PID ] ; then
                echo "warning, no pid file found - php-fpm is not running ?"
                exit 1
            fi
     
            kill -QUIT `cat $php_fpm_PID`
     
            wait_for_pid removed $php_fpm_PID
     
            if [ -n "$try" ] ; then
                echo " failed. Use force-quit"
                exit 1
            else
                echo " done"
            fi
        ;;
     
        force-quit)
            echo -n "Terminating php-fpm "
     
            if [ ! -r $php_fpm_PID ] ; then
                echo "warning, no pid file found - php-fpm is not running ?"
                exit 1
            fi
     
            kill -TERM `cat $php_fpm_PID`
     
            wait_for_pid removed $php_fpm_PID
     
            if [ -n "$try" ] ; then
                echo " failed"
                exit 1
            else
                echo " done"
            fi
        ;;
     
        restart)
            $0 stop
            $0 start
        ;;
     
        reload)
     
            echo -n "Reload service php-fpm "
     
            if [ ! -r $php_fpm_PID ] ; then
                echo "warning, no pid file found - php-fpm is not running ?"
                exit 1
            fi
     
            kill -USR2 `cat $php_fpm_PID`
     
            echo " done"
        ;;
     
        *)
            echo "Usage: $0 {start|stop|force-quit|restart|reload}"
            exit 1
        ;;
     
    esac

    Última edição por darkbr; 09-10-2011 às 07:06.



  7. #7
    Under-linux.Org Team Avatar de MarcusMaciel
    Ingresso
    Dec 2000
    Localização
    Boston
    Posts
    1.970
    Posts de Blog
    44

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    darkbr,

    tente colocar ar variaveis

    Código :
    LD_LIBRARY_PATH=/usr/local/instantclient_11_2/
    ORACLE_HOME=/usr/local/instantclient_11_2/network/admin/

    Logo abaixo de
    Código :
     
    ### END INIT INFO
    no seu init do php-fpm

    faca um teste e me informe.

    Obrigado,

  8. #8

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Caríssimo, muito obrigado pela resposta mais uma vez, porém não funcionou.

    Fiz exatamente do jeito que você escreveu.

    Código :
    #! /bin/sh
     
    ### BEGIN INIT INFO
    # Provides:          php-fpm
    # Required-Start:    $remote_fs $network
    # Required-Stop:     $remote_fs $network
    # Default-Start:     2 3 4 5
    # Default-Stop:      0 1 6
    # Short-Description: starts php-fpm
    # Description:       starts the PHP FastCGI Process Manager daemon
    ### END INIT INFO
     
    LD_LIBRARY_PATH=/usr/local/instantclient_11_2/
    ORACLE_HOME=/usr/local/instantclient_11_2/network/admin/
     
    prefix=/opt/php5
    exec_prefix=${prefix}
     
    php_fpm_BIN=${exec_prefix}/sbin/php-fpm
    php_fpm_CONF=${prefix}/etc/php-fpm.conf
    php_fpm_PID=/var/run/php-fpm.pid
     
     
    php_opts="--fpm-config $php_fpm_CONF"
     
     
    wait_for_pid () {
        try=0
     
        while test $try -lt 35 ; do
     
            case "$1" in
                'created')
                if [ -f "$2" ] ; then
                    try=''
                    break
                fi
                ;;
     
                'removed')
                if [ ! -f "$2" ] ; then
                    try=''
                    break
                fi
                ;;
            esac
     
            echo -n .
            try=`expr $try + 1`
            sleep 1
     
        done
     
    }
     
    case "$1" in
        start)
            echo -n "Starting php-fpm "
     
            $php_fpm_BIN $php_opts
     
            if [ "$?" != 0 ] ; then
                echo " failed"
                exit 1
            fi
     
            wait_for_pid created $php_fpm_PID
     
            if [ -n "$try" ] ; then
                echo " failed"
                exit 1
            else
                echo " done"
            fi
        ;;
     
        stop)
            echo -n "Gracefully shutting down php-fpm "
     
            if [ ! -r $php_fpm_PID ] ; then
                echo "warning, no pid file found - php-fpm is not running ?"
                exit 1
            fi
     
            kill -QUIT `cat $php_fpm_PID`
     
            wait_for_pid removed $php_fpm_PID
     
            if [ -n "$try" ] ; then
                echo " failed. Use force-quit"
                exit 1
            else
                echo " done"
            fi
        ;;
     
        force-quit)
            echo -n "Terminating php-fpm "
     
            if [ ! -r $php_fpm_PID ] ; then
                echo "warning, no pid file found - php-fpm is not running ?"
                exit 1
            fi
     
            kill -TERM `cat $php_fpm_PID`
     
            wait_for_pid removed $php_fpm_PID
     
            if [ -n "$try" ] ; then
                echo " failed"
                exit 1
            else
                echo " done"
            fi
        ;;
     
        restart)
            $0 stop
            $0 start
        ;;
     
        reload)
     
            echo -n "Reload service php-fpm "
     
            if [ ! -r $php_fpm_PID ] ; then
                echo "warning, no pid file found - php-fpm is not running ?"
                exit 1
            fi
     
            kill -USR2 `cat $php_fpm_PID`
     
            echo " done"
        ;;
     
        *)
            echo "Usage: $0 {start|stop|force-quit|restart|reload}"
            exit 1
        ;;
     
    esac

    Eu estava esperançaso para chegar hoje no serviço e finalmente este negócio funcionar. Eu não consigo entender qual o conceito que o Nginx utiliza para ler estas variáveis.

    Bem, se alguém tiver mais alguma alternativa, eu estarei aqui.



  9. #9
    Under-linux.Org Team Avatar de MarcusMaciel
    Ingresso
    Dec 2000
    Localização
    Boston
    Posts
    1.970
    Posts de Blog
    44

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    darkbr,

    Voce poderia colar os erros que vc esta tendo aqui para que eu possa entender se os mesmos tem relacao com as variaveis de ambiente ou outra coisa ?

  10. #10

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Claro!

    Este abaixo é o meu código em PHP

    Código PHP:
    <?php

    error_reporting
    (E_ALL);
    ini_set('display_errors''On');

    $db '(DESCRIPTION =
                    (ADDRESS_LIST = (ADDRESS = (PROTOCOL = TCP)(HOST = 192.168.0.3)(PORT = 1521)))
                    (CONNECT_DATA = (SERVICE_NAME = banco)))'
    ;
                    
    $username 'userbanco';
                    
    $password 'senhabanco;
                    $dbname = '
    banco_producao'; // O Nome da base aqui  

    $conexao = oci_connect($username, $password, $dbname);

    $s = oci_parse($conexao, '
    select from tbl_usuario');

    oci_execute($s);

    while ($row = oci_fetch_array($s, OCI_NUM)) {
            echo $row[0] . "<br>";
            echo $row[1] . "<br>";
    }
    ?>
    Este abaixo é erro que me é retornado na tela

    Warning: oci_connect(): Error while trying to retrieve text for error ORA-12154 in /srv/www/oci8.php on line 13 Warning: oci_parse() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /srv/www/oci8.php on line 15 Warning: oci_execute() expects parameter 1 to be resource, null given in /srv/www/oci8.php on line 17 Warning: oci_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, null given in /srv/www/oci8.php on line 19


    Como você pode ver a função oci_connect() não pode ser executada, retornando o erro ORA-12154 que significa que não foi possível encontrar a variável de ambiente ORACLE_HOME no Linux.

    Como eu havia dito no primeiro tópico, no Apache não tenho este problema, eu compilo o PHP usando a biblioteca oci8 em 32 ou 64bit e imediatamente me conecto no banco. Tanto que se eu executar o código acima em um servidor Apache, ele me traz o resultado com os usuários cadastrados na tabela de usuário e o erro mostrado logo acima, não acontece.

    Referências:

    No link abaixo você consegue baixar o livro The Underground PHP and Oracle Manual que trata de conexões Oracle com PHP.
    The Underground PHP and Oracle Manual | Homepage
    Na página 106 há um descritivo sobre este erro falando justamente para setar corretamente a variável de ORACLE_HOME caso o erro aconteça, só que ela já está setada corretamente no Linux, tanto que posso efetuar o comando cd $ORACLE_HOME e cair exatamente na pasta /usr/local/instantclient_11_2/network/admin/.

    O livro acima só trata de conexões PHP com Apache e nada de Nginx.

    Este código abaixo é de meu arquivo nginx.conf, vou deixá-lo por aqui caso preste para alguma coisa.

    Código :
    #user  nobody;
    worker_processes  1;
     
    #error_log  logs/error.log;
    #error_log  logs/error.log  notice;
    #error_log  logs/error.log  info;
     
    #pid        logs/nginx.pid;
     
     
    events {
        worker_connections  1024;
    }
     
     
    http {
        include       mime.types;
        default_type  application/octet-stream;
     
        #log_format  main  '$remote_addr - $remote_user [$time_local] "$request" '
        #                  '$status $body_bytes_sent "$http_referer" '
        #                  '"$http_user_agent" "$http_x_forwarded_for"';
     
        #access_log  logs/access.log  main;
     
        sendfile        on;
        #tcp_nopush     on;
     
        #keepalive_timeout  0;
        keepalive_timeout  65;
     
        #gzip  on;
     
        server {
            listen       80;
            server_name  localhost;
     
            #charset koi8-r;
     
            #access_log  logs/host.access.log  main;
     
            #location / {
            #    root   html;
            #    index  index.html index.htm;
            #}
     
        location / {
              fastcgi_pass   localhost:9000;
              fastcgi_index  index.php;
     
              fastcgi_param  SCRIPT_FILENAME  /srv/www$fastcgi_script_name;
              fastcgi_param  QUERY_STRING     $query_string;
              fastcgi_param  REQUEST_METHOD   $request_method;
              fastcgi_param  CONTENT_TYPE     $content_type;
              fastcgi_param  CONTENT_LENGTH   $content_length;
        }
     
            #error_page  404              /404.html;
     
            # redirect server error pages to the static page /50x.html
            #
            error_page   500 502 503 504  /50x.html;
            location = /50x.html {
                root   html;
            }
     
            # proxy the PHP scripts to Apache listening on 127.0.0.1:80
            #
            #location ~ \.php$ {
            #    proxy_pass   http://127.0.0.1;
            #}
     
            # pass the PHP scripts to FastCGI server listening on 127.0.0.1:9000
            #
            #location ~ \.php$ {
            #    root           html;
            #    fastcgi_pass   127.0.0.1:9000;
            #    fastcgi_index  index.php;
            #    fastcgi_param  SCRIPT_FILENAME  /scripts$fastcgi_script_name;
            #    include        fastcgi_params;
            #}
     
            # deny access to .htaccess files, if Apache's document root
            # concurs with nginx's one
            #
            #location ~ /\.ht {
            #    deny  all;
            #}
        }
     
     
        # another virtual host using mix of IP-, name-, and port-based configuration
        #
        #server {
        #    listen       8000;
        #    listen       somename:8080;
        #    server_name  somename  alias  another.alias;
     
        #    location / {
        #        root   html;
        #        index  index.html index.htm;
        #    }
        #}
     
     
        # HTTPS server
        #
        #server {
        #    listen       443;
        #    server_name  localhost;
     
        #    ssl                  on;
        #    ssl_certificate      cert.pem;
        #    ssl_certificate_key  cert.key;
     
        #    ssl_session_timeout  5m;
     
        #    ssl_protocols  SSLv2 SSLv3 TLSv1;
        #    ssl_ciphers  HIGH:!aNULL:!MD5;
        #    ssl_prefer_server_ciphers   on;
     
        #    location / {
        #        root   html;
        #        index  index.html index.htm;
        #    }
        #}
     
    }

    Se alguém souber mais alguma alternativa.



  11. #11
    Under-linux.Org Team Avatar de MarcusMaciel
    Ingresso
    Dec 2000
    Localização
    Boston
    Posts
    1.970
    Posts de Blog
    44

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Vamos tentar uma coisa diferente

    mude a inicializacao do seu php-fpm para o codigo abaixo
    Código :
    #! /bin/sh
     
    ### BEGIN INIT INFO
    # Provides:          php-fpm
    # Required-Start:    $remote_fs $network
    # Required-Stop:     $remote_fs $network
    # Default-Start:     2 3 4 5
    # Default-Stop:      0 1 6
    # Short-Description: starts php-fpm
    # Description:       starts the PHP FastCGI Process Manager daemon
    ### END INIT INFO
     
    LD_LIBRARY_PATH=/usr/local/instantclient_11_2:$LD_LIBRARY_PATH
    export LD_LIBRARY_PATH
    ORACLE_HOME=/usr/local/instantclient_11_2
    export ORACLE_HOME
    LD_PRELOAD=/usr/local/instantclient_11_2/libclntsh.so.11.1
    export LD_PRELOAD

  12. #12

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Caro amigo,

    muito, muito obrigado pela atenção. Eu fui orientado a montar um servidor Nginx a pedido de uma empresa vencedora de uma licitação, que argumentou que o Apache não "aguentaria" o nível de acesso que o novo portal a ser construído teria. Pois bem, trabalho com Apache já alguns anos e nunca vi Apache cair desta forma(Só o site da Cespe quando a galera precisa conferir o local de prova), mas o que precisava mesmo era colocar este troço para funcionar.

    Gostei muito do Nginx e estou aprendendo a domá-lo, claro que seria bem mais fácil se grande parte de suas listas de discussões não fossem em Japonês, Turco e Russo, mas isso é só um detalhe.

    Antes de postar no fórum eu já havia desistido de tentar novamente fazer minha aplicação em php rodar no Nginx acessando a porcaria do Oracle, porém resolvi postar minha dúvida em 3 fóruns que gosto muito, o Viva o Linux, Debian Fórum e aqui no Under-Linux. Pois bem, você foi o único que conseguiu me ajudar um pouco e quando começou a me responder, me motivou a voltar a procurar sobre isso.

    Enfim, li no stackoverflow(ruby on rails - How do I pass ImageMagick environment variables to nginx mongrels? - Stack Overflow) uma resposta de um post, dizendo que o Nginx não lida com variáveis de ambiente e não foi feito para isso, principalmente por causa de seu design, segurança e administração. Citou também que o modo passenger utilizado para o Ruby(utilizado para passar variáveis de ambiente) é um módulo feito por terceiros e que não respeita os padrões do Nginx e no final, ele argumenta que existem várias formas de resolver este problema sem que o Nginx tenha de lidar com isso.

    Percebi que era mesmo necessário eu utilizar somente o php-fpm para passar as variáveis, como você que já estava seguindo esta linha de raciocínio.
    Sinceramente eu já tinha testado algumas coisas do que você escreveu, somente o start do php-fpm é que eu não havia tentado ainda. Então, navegando no Google, li este post Environment variables and php settings through fastcgi_param no fórum do Nginx com uma observação maior do que a de costume e percebi que o camarada passava as variáveis de ambiente via fastcgi para o Nginx do jeito que eu já fazia, só que com uma pequena observação, o v**** usava "aspas duplas" no caminho do diretório.

    Pois bem, chega de embromação, segue abaixo a solução.

    Este abaixo é meu arquivo nginx.conf

    Código :
    #user  nobody;
    worker_processes  1;
     
    #error_log  logs/error.log;
    #error_log  logs/error.log  notice;
    #error_log  logs/error.log  info;
     
    #pid        logs/nginx.pid;
     
    events {
        worker_connections  1024;
    }
     
     
    http {
        include       mime.types;
        default_type  application/octet-stream;
     
        #log_format  main  '$remote_addr - $remote_user [$time_local] "$request" '
        #                  '$status $body_bytes_sent "$http_referer" '
        #                  '"$http_user_agent" "$http_x_forwarded_for"';
     
        #access_log  logs/access.log  main;
     
        sendfile        on;
        #tcp_nopush     on;
     
        #keepalive_timeout  0;
        keepalive_timeout  65;
     
        #gzip  on;
     
        server {
            listen       80;
            server_name  localhost;
     
            #charset koi8-r;
     
            #access_log  logs/host.access.log  main;
     
            #location / {
            #    root   html;
            #    index  index.html index.htm;
            #}
     
        location / {
              fastcgi_pass   localhost:9000;
              fastcgi_index  index.php;
     
              fastcgi_param  ORACLE_HOME      "/usr/local/instantclient_11_2/network/admin";      <--Aqui está a mágica
              fastcgi_param  LD_LIBRARY_PATH  "/usr/local/instantclient_11_2";                    <--Aqui está a mágica
     
              fastcgi_param  SCRIPT_FILENAME  /srv/www$fastcgi_script_name;
              fastcgi_param  QUERY_STRING     $query_string;
              fastcgi_param  REQUEST_METHOD   $request_method;
              fastcgi_param  CONTENT_TYPE     $content_type;
              fastcgi_param  CONTENT_LENGTH   $content_length;
        }
     
            #error_page  404              /404.html;
     
            # redirect server error pages to the static page /50x.html
            #
            error_page   500 502 503 504  /50x.html;
            location = /50x.html {
                root   html;
            }
     
            # proxy the PHP scripts to Apache listening on 127.0.0.1:80
            #
            #location ~ \.php$ {
            #    proxy_pass   http://127.0.0.1;
            #}
     
            # pass the PHP scripts to FastCGI server listening on 127.0.0.1:9000
            #
            #location ~ \.php$ {
            #    root           html;
            #    fastcgi_pass   127.0.0.1:9000;
            #    fastcgi_index  index.php;
            #    fastcgi_param  SCRIPT_FILENAME  /scripts$fastcgi_script_name;
            #    include        fastcgi_params;
            #}
     
            # deny access to .htaccess files, if Apache's document root
            # concurs with nginx's one
            #
            #location ~ /\.ht {
            #    deny  all;
            #}
        }
     
     
        # another virtual host using mix of IP-, name-, and port-based configuration
        #
        #server {
        #    listen       8000;
        #    listen       somename:8080;
        #    server_name  somename  alias  another.alias;
     
        #    location / {
        #        root   html;
        #        index  index.html index.htm;
        #    }
        #}
     
     
        # HTTPS server
        #
        #server {
        #    listen       443;
        #    server_name  localhost;
     
        #    ssl                  on;
        #    ssl_certificate      cert.pem;
        #    ssl_certificate_key  cert.key;
     
        #    ssl_session_timeout  5m;
     
        #    ssl_protocols  SSLv2 SSLv3 TLSv1;
        #    ssl_ciphers  HIGH:!aNULL:!MD5;
        #    ssl_prefer_server_ciphers   on;
     
        #    location / {
        #        root   html;
        #        index  index.html index.htm;
        #    }
        #}
     
    }


    Funfou de primeira!
    VAleu!



  13. #13

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    Mas eu vou tentar depois o que você fez por último também, mas por hora tá resolvido.

    Como eu coloco um RESOLVIDO lá na entrada do meu tópico?

    Valeu mais uma vez.

  14. #14
    Under-linux.Org Team Avatar de MarcusMaciel
    Ingresso
    Dec 2000
    Localização
    Boston
    Posts
    1.970
    Posts de Blog
    44

    Padrão Re: Como fazer o Nginx ler as variáveis de ambiente do Linux?

    darkbr,

    Que bom que conseguiu resolver o nginx é um otimo servidor web e nós usamos ele aqui no portal under-linux.org

    Conforme pedido irei fechar o tópico já que você conseguiu resolver e postou a solução.

    Obrigado pela contribuição,