Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: Airgrid - Antena Descartável 2

    Aqui pra mim o sol até pode ser, más humidade... Eu estou no nordeste. Instalo também da mesma forma que vem, tenho vários equipamentos na rede e se obedecessem algum padrão básicos de qualidadede e aqui tivesse problema de temperatura, elétricos ou aterramento, humidade, instalação etc a rede inteira estaria afetada, tenho cpes kozumi, firemax instalados a mais de 4 anos, radinhos dos mais diversos tipos nos clientes vindos de clientes de terceiros, nanos, bullets, antenas pci, usb etc. Algum problema de alguma natureza só atinge a airgrid por que não os outros?

  2. #22

    Padrão Re:

    Quanto a manter a umidade dentro do aparelho por conta do silicone, raciocino da seguinte forma: a umidade que entra é água que escorre pelas frestas dos encaixes, então não é água condensada do ar. A ÚNICA entrada que eu NÃO vedo é aquela do cabo de rede, que tem um clip preto de plástico prensando o cabo na carcaça do aparelho. Então tem como evacuar a tal umidade condensada do ar assim que bate um sol, mesmo que seja bem mirrado.

    Como disse, o problema não está na condensação do ar, e sim na ÁGUA em estado LíQUIDO que entra pra dentro do equipamento. Essa sim, molha de verdade e no mínimo oxida tudo por dentro. Se a condensação trouxesse problemas, NanoStation e Bullet também estragariam, porque aquela tampinha de correr não veda nada. Muito menos aquela rosca do Bullet.

    Quem mora perto do mar ainda deve ter o problema da corrosão por conta da maresia. Sal corroe mesmo, desmancha o circuito impresso, e não tem como evitar.

    Viu Izau (e demais), cuida esse detalhe que passei. De repente faz uma baita diferença na vida útil das tuas Grids.



  3. #23

    Padrão Re:

    Saudações ao colegas do fórum!

    Venho aqui compartilhar, as minhas experiencias, com os colegas.

    Uso na minha rede varios equipamentos UBNT, no quesito radio-frequencia troquei tudo o que era mikrotik, entre outros, para UBNT, motivo:

    1º Minimização da Lei de Murphy na estrutura;
    2º Tecnologia atualizada;
    3º Facilidade na instalação;
    4º Peso da cpe x componentes necessários a instalação ( suporte, mastro, etc );
    5º Ferramentas de diagnostico avançadas;
    6º Simplicidade na configuração básica e sua replicação em massa;
    7º Custo x beneficio;
    8º Promessa de compatibilidade com produtos futuros, dentro das possibilidades técnicas.

    As qualidades dos produtos UBNT são inumeras, porém, todas juntas não se sobrepõe ao prejuízo que um provedor pode vir a amargar. Esse sim, com certeza, tem que ser levado em 1ª posição quando da opção por padronização de marca e tecnologia dentro de um provedor, pois o provedor será "refém" da marca, e deverá pesar muito bem os prós e os contras, antes da sua opção!

    Uma lástima a UBNT pecar no desenvolvimento da AirGrid, um equipamento que com certeza ocupa a posição de maior investimento dentro de um WISP, e muito usado pela maioria dos WISP´s.
    Não sei o que a UBNT vai fazer a respeito das antenas modelo AirGrid que apresentaram defeito, ao meu ver, o minimo seria ela conveniar uma empresa aqui no Brasil para fazer o reparo ou substituição da placa interna gratuitamente, logo o defeito provavelmente seja um erro de projeto ou vicio de fabricação ou componente. Para a UBNT sairá muito mais barato fazer o reparo gratuito, do que queimar a sua própria marca por tão pouco caso.

    Um álibi que a UBNT está usando para obter devolta a confiança dos consumidores brasileiros juntamente com sua ponte de vendas no PY, a Flytec, é: " 1 ano de garantia com troca imediata ".

    Vou deixar aqui registradas as minhas experiencias com a loja Flytec.

    Levei um bico de AirGrid M2 novinho, sem nenhum risco, comprado na propria flytec, que veio queimado já de fábrica e acreditem foi um baile para trocarem, somente quando perguntei: porque no site diz "troca imediata"?, aí sim, trocaram sem mais perguntar nada.

    O pior aconteceu com um ap da TP-Link, TL-WR743ND.
    No site da Flytec eles também garantem os produtos da TP-Link "1 ano de garantia com troca imediata"

    Eu posso afirmar com todas as letras e em bom tom, MENTIRA!
    Porque!? a saber:

    Comprei o ap TL-WR743ND na referida loja, instalei no cliente, e, em 1 semana com uma queda de energia o firmware do ap corrompeu, ele acendia os leds de ligado porém quando começava o boot ele reiniciava e assim ficou em loop.
    Solução, trocar na Flytec! Eu estava todo tranquilo, " 1 ano de garantia com troca imediata" era so levar e trocar, ah sim! Isso só nos sonhos e claro no site da Flytec!
    Pois bem, levei o ap até a Flytec, ai veio aquela embromação de costume na hora de trocar e veio a desculpa, o aparelho não estava na caixa original, não estava com os plásticos de fábrica e tinha indicios de que fora usado e não seria possivel a troca imediata, então eu teria que deixar ele para "reparo" o que ocorreria em até 15 dias.
    Pois bem, aceitei sem problemas, pois eu estando em um pais estrangeiro não poderia me meter em discusões, pois poderia correr o risco de ser preso, sabem como são os policiais do pais vizinho qualquer escorregão de brasileiro é na base do $$$.
    Após os 15 dias voltei para buscar o ap e acreditem, não haviam consertado, e disseram que também não iriam trocar, o motivo: para produtos com a porta LAN queimada não havia garantia!
    Mais uma vez tive que ficar quieto e aceitar o imposto, pois eu estando em um pais estrangeiro não poderia me meter em discusões, pois poderia correr o risco de ser preso, sabem como são os policiais do pais vizinho qualquer escorregão de brasileiro é na base do $$$.
    Não satisfeito, eu me perguntava: como porta LAN queimada se nem ao menos foi tirado o ap do loop!?
    Conclusão, eles enrolam, enrolam e enrolam, assim como alguns fornecedores caras de pau aqui no Brasil, fingem que consertaram ou quando não conseguem inventam uma desculpa para não arcar com o prejuizo e com a responsabilidade e empurram a bomba para o provedor.

    Até agora, a unica solução que encontrei para amenizar esses prejuizos com equipamentos wireless, que dizem terem "garantia", foi envia-los para a New for Service e com custo, porém na maioria dos casos o conserto sempre sai no minimo a 33% do preço de um novo aqui no Brasil, e de 60% a 100% de um comprado no PY.

    Outra experiencia que quero passar aos colegas é quanto ao uso de uma antena AirGrid 23dbi 5v usb (agora com fonte usb 5v externa), é daquelas primeiras bombas com adaptador usb+RJ45, tenho ela instalada aqui em um cliente a aproximadamente 10 meses, ela está com um cabo POE de 3m e estou usando ela com a potência de 1dBm, até agora não deu nenhum problema e ela esta super estável, AMÉM!.

    Mas nem sempre fora assim no passado! Tentei instalar ela com aquele adaptador usb que vem junto no kit, usei um cabo POE de 8m e não foi nem a pau, só reiniciava. Abandonei ela em um canto por um bom tempo, ainda bem que comprei somente 1 para testes! Nesse meio tempo que ficou abandonada, apareceu na Flytec a fonte 5v externa original da ubiquiti, não pensei duas vezes, comprei e logo instalei a maldita ( no meu caso bendita, hehehe ) em outro cliente e desta vez usei um cabo POE de 3m, e Voilà, como eu disse acima, até hoje nunca mais encomodou.
    Hoje dei uma olhada nela e estava a 65 dias sem reiniciar, isso em um cliente, acreditão!? Eu mesmo só acredito vendo! e vi! Pena que não me liguei de tirar uma print screen dela antes de fazer uma alteração necessaria e acabei reiniciando ela.
    Outra dica que dou para os colegas que ainda tem essa antena funcionando, além de baixarem a potencia dessa antena para perto de 1dbm é, desliguem todos os led´s de sinal, mas porque !? Um dos grandes problemas da AirGrid é o aquecimento excessivo, os led´s ajudam no aquecimento interno, então desliguem os led´s.
    Vou postar umas print´s screen´s que tirei hoje dessa antena.

    Posso estar errado, mas ninguem me tira da cabeça que um dos problemas desta antena AirGrid usb e AirGrid 24v é o offset entre software/hardware existente no ajuste de potencia do transmissor de RF. Porque ninguem me tira isso da cabeça!?
    Pois bem, me explique o seguinte:
    Como pode o sinal de uma antena AirGrid usb 23dBi setada a 1dBm chegar no AP com o mesmo sinal de uma outra antena AirGrid HP 23dBi setada a 6dBm e estando as duas a mesma distancia e direção do AP? Me responda agora, como pode ser se não pelo offset a que me refiro!?

    No passado, o mesmo aconteceu com os cartões mini pci da SENAO/Engenius EMP-8602 PLUS-S, EMP-8602 PLUS, EMP-8601 PLUS, EMP-3602, EMP-3602, lembram!? Os sintomas são os mesmos! Para quem não lembra ou até hoje não sabe o porque seu cartão SENAO/Engenius queimou ou perdeu potencia é só ir até esse link http://www.senao.com/images/www.sena...NO1=B231&CNT=1 e dar uma lida no documento disponibilizado pela SENAO/Engenius. A lástima foi que até a SENAO/Engenius chegar a esta conclusão e a este documento a marca, o modelo do cartão e o próprio cartão fisico foram queimados, e o rombo foi tão grande que até hoje a SENAO/Engenius não conseguiu recuperar seu mercado e reputação conquistada com vários produtos wireless de renome aqui no Brasil, quem não lembra dos NL-3054CB3 PLUS Deluxe que eram muito usados nas torres, eram os melhores na epoca!

    A UBNT que não leve a questão da AirGrid a sério que pode entrar no mesmo barco furado que a SENAO/Engenius entrou, é difícil, concordo! mas não impossível! E nós brasileiros somos um mercado expressivo para a UBNT podem apostar!

    Com relação as AirGrid M5HP, eu estou usando potencia abaixo de 6dBm e até agora não tive problemas com nenhuma, até agora só perdi 1 antena AirGrid M5 24v se não me engano é da segunda geração pois ela é 24v porém não tem a sigla HP. Ela queimou somente depois que eu aumentei a potencia dela, ela estava com potencia abaixo de 6dBm trabalhando a uns 6 meses, resolvi aumentar a potencia para algo em torno de 9 ou 10 dBm e não durou 2 meses nessa potencia!Em Queimar leia-se perda de potencia.

    Bom colegas, acho que é isso por enquanto, anexas seguem as print´s screen´s da AirGrid usb.Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         SinalAirGridJorgeNaCpe.jpg
Visualizações:	381
Tamanho: 	234,2 KB
ID:      	32946Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         PotenciaAirgGridJorge.jpg
Visualizações:	312
Tamanho: 	164,8 KB
ID:      	32948Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         GuiaAdvancedAirGridJorge.jpg
Visualizações:	157
Tamanho: 	33,9 KB
ID:      	32949Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         SinalAirGridJorgeChegandoNoAp.jpg
Visualizações:	232
Tamanho: 	111,3 KB
ID:      	32947

  4. #24

    Padrão Re: Airgrid - Antena Descartável 2

    Bom dia Cbizzotto, fico grato pelas dicas. Qual o firmware você está uzando nas suas arigrid. Aqui estou usando o 5.3.3 e a potência mínima que aceita é 6dbm.



  5. #25

    Padrão Re: Airgrid - Antena Descartável 2

    Olá izaufernandes!

    Como você pode ver no print screen acima a versão do firmware é a 5.3 e o modelo da antena é uma AirGrid 5v usb 23dBi primeira geração.
    Já a AirGrid que queimou o transmissor era uma AirGird 24v POE 23dbi segunda geração, essa queimou depois que eu aumentei a potencia de uns 6dBm para uns 9 dBm e ainda troquei o firmware para o 5.5 beta3. Agora não sei se foi a potencia maior que fez queimar ou a troca de firmware, acredito que seja o aumento de potencia.
    Já nas AirGrid HP 24v POE 23dbi terceira geração, nessas eu estou usando uma salada de firmware´s, uso de todos desde a 5.3 até a 5.5 beta11 sempre usando na cpe do cliente a mesma versão que está no ap.
    Um problema novo que identifiquei em um lote novo das AirGrid M2 é que o conector RJ45 não trava, e não venham me dizer que é por causa do RJ45 que é chingling porque testei com os da ubiquiti, que uso somente na montagem de torres, e para minha surpresa este também não travou!
    Comparei estas AirGrid M2 com defeito no RJ45 femea com outras AirGrid M5 e o fabricante o RJ45 femea não é o mesmo, a Ubiquiti aparentemente trocou o fornecedor e parece que esqueceu de controlar a qualidade outra possibilidade é estas AirGrid poderem serem daquele fabricante que está falsificando os produtos Ubiquiti na china, sei lá.
    A única certeza que tenho é que as AirGrid M2 que tenho aqui nenhuma trava o RJ45, em todas elas eu tenho que ficar acertando a trava com um estilete, tirando meio milimetro para poder travar.