Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por Jacksonjm Ver Post
    Bom dia. Estava passando e não pude deixar de notar que vc esta pensando em usar tp-link com Ubiquiti.
    Tive alguns resultados trágicos até agora com isso, mas ainda não desisti.
    Para clientes os tp-links se mostraram perfeitos, embora sejam mais fracos que os nanos. (acho que por causa daquela fonte mixuruca, vou testa-los com uma fonte caseira)
    Como enlace não comentarei, só vou passar o teste.
    Tenho duas torres e faço enlace de uma a outra para atender a mais clientes.
    Pois bem:
    Pensei em trocar os nanobridge que uso de uma torre a outra por tp-links 5.8.
    Configurei um como AP e outro com AP cliente do primeiro e ativei o wds, teoricamente erra isso.
    Quando passei a rede pelos tp-link vi meus clientes PPPoE caírem um apos o outro. Depois tentei Bridge deles no enlace e modificar quase tudo mas não tinha jeito.

    Depois continuando os teste descobri que usando um tp-link como AP e uma nanostation como cliente wds passava os PPPoE.
    Tentei fechar o enlace com o AP tp-link e uma cliente nanobridge na segunda torre, o tp-link estava um pouco forra de alinhamento mas mesmo assim dava -72 de sinal no nano.
    Os PPPoE até passavam mas a navegação só comigo de cliente da torre estava péssima.

    Vou continuar os testes colocando uma fonte caseira com bastante potencia para os tp-links e alinhando a AP com a Outra torre.
    Quando tiver mais resultados volto aqui.
    Bom, o teste que fiz foi mais ou menos assim, e claro, com o Tp-Link como AP e o Nanostation como estacao. Só que foi um teste dentro do laboratório, mandando o sinal a 2 metros, só para ver como o Nanostation se conectaria ao Rocket rss. Só para aprender a configurar. Agora um teste interessante seria fazer o inverso, o Tp-Link se conectando ao Nano.

    Nos clientes talvez seja interessante usar o Tp-Link se o preço for mais baixo, já que meu sonho de usar o Airmax foi por água abaixo por causa de adequações do projeto

    Citação Postado originalmente por claudiopequinet Ver Post
    aproveitando a pergunta, que tbem serve pra mim, gostaria de saber quantos clientes online o rochet suporta, e quantos clientes online o cartao com rb800 suporta?
    abs
    Com a RB800 nao tenho nem ideia. Na RB433 vejo o pessoal comentar em 25 a 30 clientes por cartão, e provavelmente nenhum deles com planos de 1 Mega por exemplo, certamente com planos menores.

    Em uma palestra que fui do Unifi o instrutor disse que ele (Unifi) suporta 80 clientes onlines e simultâneos, só não informou a largura de banda. Penso que o Rocket deve ser parecido, 80 clientes online simultâneos.

    Vejo que andas indesivo com as RB, eu também no início tive a mesma indecisao, e analisando minha experiência com isso pensei:

    * os cabos coaxiais sao caros e "chatos" de serem montados, se nao tiver bem feito gera perda de sinal;
    * cabos longos geram perda de sinal;
    * sao caros;
    * nao sao práticos (tanto na torre como no cliente);
    * levam cobre, logo fluta o preco de acordo com a cotacao do cobre (trabalhei com venda de fios e sei o inferno que é);
    * se quiser fazer um pop para vários clientes vai ter que pensar em algo mais robusto, já que trabalhando com 3 cartoes com antenas de 120° a média de clientes online será de 90 (30 x 3) ou 120 com setoriais de 90°. Se for trabalhar com omni os valores diminuem.
    * com um rocket ou outro ap semelhante voce baixa um cabo de rede até a sua base e no lado do cliente idem, só que usando outro ap (tp-link, nanostation, o que for)
    * se usar rocket ou o equivalente mk terás mais clientes onlines por setor.

    Eu no meu caso tenho que expremer um pop até nao poder mais, pois tenho uma dificuldade burocrática do cao para instalar uma torre.

    Fica ai minhas consideracoes de iniciante.

    Perdoe as falhas de acentuacao, teclado em espanhol mal configurado.

  2. Citação Postado originalmente por EribertoTorres Ver Post
    Agora um teste interessante seria fazer o inverso, o Tp-Link se conectando ao Nano.

    Nos clientes talvez seja interessante usar o Tp-Link se o preço for mais baixo, já que meu sonho de usar o Airmax foi por água abaixo por causa de adequações do projeto
    Citação Postado originalmente por Jacksonjm Ver Post
    Para clientes os tp-links se mostraram perfeitos, embora sejam mais fracos que os nanos. (acho que por causa daquela fonte mixuruca, vou testa-los com uma fonte caseira)
    Já testei um tp-link 5.8 como cliente de uma nanostation m5 como AP, o tp-link discava uma conta PPPoE e eles estavam separados a uns 2km de distancia, funcionava perfeitamente.



  3. Entao meu teste já está feito, só falta aprender a configurar rss.

    É uma boa notícia, já que terei como alternativa usar um tp-link para clientes que nao queiram comprar um nanostation.

  4. Para usar nos clientes dá. Agora TP-link e nano juntas para PTP, nem pensar.
    Até onde sei, WDS não é normatizado e cada fabricante faz o seu, do seu jeito e para o seu equipamentos.
    Igualzinho ao que ocorre com os airmas, nv, nv2, turboboost, etc...



  5. Então nem usando um tp-link como AP e um nano como estação wds?
    Minha duvida até agora é se o wds é só uma forma de processamento interno ou um padrão que modifica a comunicação wireless?
    Aqui com um cliente só, nessa configuração de tp-link AP e nano estação wds tava rodando legal.
    Mas não sei se isso suportaria uma carga maior.






Tópicos Similares

  1. Pico Station Ubnt com Painel setorial 120º
    Por gmgustavocruz no fórum Redes
    Respostas: 18
    Último Post: 25-01-2015, 09:25
  2. Base station MIMO Rocket M5. quem o conhece???
    Por chipseven no fórum Redes
    Respostas: 41
    Último Post: 04-11-2012, 08:08
  3. Respostas: 1
    Último Post: 24-04-2012, 07:22
  4. Rb 800 ou 2 rocket?
    Por PedroGabriel no fórum Redes
    Respostas: 7
    Último Post: 31-01-2012, 14:28
  5. Respostas: 12
    Último Post: 18-08-2010, 13:55

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L