Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por aprendiz_ce Ver Post
    Na realidade a minha rede (esse em questão) já é mista, só não tem MacOS, mas o resto sim. O problema é que realmente eu só pensei em Windows/Microsoft e também acabei achando que seria demais um DNS só pra essa função, ou seja, resolver o nome somente de uma máquina/servidor.

    Então implemento um DNS mesmo? Mesmo que seja só para a rede local?
    Vai firme. Mesmo sendo rede local. Levanta seu próprio servidor DNS, e seja feliz

    Uma solução elegante é FreeBSD + Bind

    Mas, na emergência, até uma RB750 resolve seu problema, desde que desconsiderados todos os benefícios já citados.

    Citação Postado originalmente por trober Ver Post
    por ser um sistema distribuído, aberto, com capacidade para redundância e muito mais.
    Saudações,

    Trober

  2. Citação Postado originalmente por trober Ver Post
    Vai firme. Mesmo sendo rede local. Levanta seu próprio servidor DNS, e seja feliz

    Uma solução elegante é FreeBSD + Bind

    Mas, na emergência, até uma RB750 resolve seu problema, desde que desconsiderados todos os benefícios já citados.



    Saudações,

    Trober
    Por que o amigo menciona o FreeBSD? Ele é melhor com relação a esse tipo de serviço?



  3. Citação Postado originalmente por aprendiz_ce Ver Post
    Por que o amigo menciona o FreeBSD? Ele é melhor com relação a esse tipo de serviço?
    Bom dia.

    Me sinto muito confortável usando FreeBSD, por isso, recomendei ao colega. Quanto ao termo "melhor", tudo depende para o que você precisa. Não existe uma sistema operacional melhor que o outro, cada um tem, dentro de suas peculiaridades, vantagem que vão (ou não) atender o seu caso particular.

    Por exemplo: apesar de possível, não se justifica usar uma pá hidráulica para espantar mosquitos. Se uma RB750, ou até mesmo um access point de plástico azul resolver sua necessidade de DNS, isso é ótimo, pois você tem um dispositivo que custa menos US$80, e consome menos de 6 watts por hora.

    Claro que, dependendo da demanda, a sua necessidade pode não ser atendida com uma RB750. Então você tem uma gigantesca lista de alternativas, como milhares de flavors de GNU/Linux, ponte vermelha do Santo Chico, caixas da Letônia, etc. Considerando a realidade dos cenários que atendo, eu vou, na maioria dos meus casos, de FreeBSD.

    Enfim, faça as considerações do que é melhor à sua necessidade

    Saudações,

    Trober

  4. Citação Postado originalmente por trober Ver Post
    Bom dia.

    Me sinto muito confortável usando FreeBSD, por isso, recomendei ao colega. Quanto ao termo "melhor", tudo depende para o que você precisa. Não existe uma sistema operacional melhor que o outro, cada um tem, dentro de suas peculiaridades, vantagem que vão (ou não) atender o seu caso particular.

    Por exemplo: apesar de possível, não se justifica usar uma pá hidráulica para espantar mosquitos. Se uma RB750, ou até mesmo um access point de plástico azul resolver sua necessidade de DNS, isso é ótimo, pois você tem um dispositivo que custa menos US$80, e consome menos de 6 watts por hora.

    Claro que, dependendo da demanda, a sua necessidade pode não ser atendida com uma RB750. Então você tem uma gigantesca lista de alternativas, como milhares de flavors de GNU/Linux, ponte vermelha do Santo Chico, caixas da Letônia, etc. Considerando a realidade dos cenários que atendo, eu vou, na maioria dos meus casos, de FreeBSD.

    Enfim, faça as considerações do que é melhor à sua necessidade

    Saudações,

    Trober
    Entendo o que o amigo quis dizer, eu até já imaginava que a resposta seria mais ou menos nesse sentido. A questão é que como sempre ouvi falar MUITO BEM do FreeBSD, daí resolvi perguntar, pois como nunca mexi com ele, queria ver as sua considerações sobre o mesmo. Vaí que mediante o seu comentário eu crio "coragem" e tiro um tempinho para dar uma olhadinha no mesmo.

    Comentário:

    Acabei implementando mesmo o DNS (Bind9/Debian) e ficou ficou bem legal, isso sem falar que a resolução de nomes passa a valer para todos os estações da rede, pois ajustei o DHCP com as informações necessarias para isso.

    Duvida:

    Agora no caso de uma intranet aonde tenho uma MATRIZ e duas FILIAIS. Como devo proceder? Pois em cada rede local tenho seguimentos de rede (IPs) diferentes, mas com máquinas com o mesmo nome. Exemplo: Em cada rede local tenho uma máquina como o nome SERVER e outra com ROUTER todas como classe C apenas com endereçamento diferetes. Tenho uma VPN entre MATRIZ x FILIAL. Como eu devo fazer nesse caso? Pois se o usuário quiser acessar o SERVER como a resolução ocorre? já que localmente existe um SERVER (filial) e externamente um outro (matriz). Devo alterar os nome das máquinas?!!?

    Grato pela sua valiosa atenção e aguardo o seu comentário.

    Forte abraço!



  5. Citação Postado originalmente por aprendiz_ce Ver Post
    Entendo o que o amigo quis dizer, eu até já imaginava que a resposta seria mais ou menos nesse sentido. A questão é que como sempre ouvi falar MUITO BEM do FreeBSD, daí resolvi perguntar, pois como nunca mexi com ele, queria ver as sua considerações sobre o mesmo. Vaí que mediante o seu comentário eu crio "coragem" e tiro um tempinho para dar uma olhadinha no mesmo.
    Torço para que crie coragem

    Citação Postado originalmente por aprendiz_ce Ver Post
    Comentário:

    Acabei implementando mesmo o DNS (Bind9/Debian) e ficou ficou bem legal, isso sem falar que a resolução de nomes passa a valer para todos os estações da rede, pois ajustei o DHCP com as informações necessarias para isso.

    Duvida:

    Agora no caso de uma intranet aonde tenho uma MATRIZ e duas FILIAIS. Como devo proceder? Pois em cada rede local tenho seguimentos de rede (IPs) diferentes, mas com máquinas com o mesmo nome. Exemplo: Em cada rede local tenho uma máquina como o nome SERVER e outra com ROUTER todas como classe C apenas com endereçamento diferetes. Tenho uma VPN entre MATRIZ x FILIAL. Como eu devo fazer nesse caso? Pois se o usuário quiser acessar o SERVER como a resolução ocorre? já que localmente existe um SERVER (filial) e externamente um outro (matriz). Devo alterar os nome das máquinas?!!?

    Grato pela sua valiosa atenção e aguardo o seu comentário.

    Forte abraço!
    Com o BIND é possível fazer tudo o que está previsto para se fazer com DNS. No seu caso, eu tenho uma sugestão. Digamos que é um pouco rebuscada, mas evitará dor de cabeça quando sua empresa crescer (pelo menos é o que o empreendedor busca ).

    Domínio: minhaempresa.local

    Na matriz:

    Código :
    server.minhaempresa.local
    Na Filial 1:
    Código :
    server.filial01.minhaempresa.local
    Na Filial 2:
    Código :
    server.filial02.minhaempresa.local
    Você delegará administração do subdomínio filial01.minhaempresa.local para o servidor DNS da filial 1. Mesmo havendo um hostname igual, o nome completo (FQDN - Fully Qualified Domain Name) será diferente. Da mesma forma com as "n" filiais que usa tem (ou terá).

    Eu faria assim. Existe forma mais simples, mas estou prevendo a expansão futura da empresa.

    Saudações,

    Trober






Tópicos Similares

  1. Respostas: 14
    Último Post: 01-06-2016, 00:16
  2. Resolução de nome/ip no MYAUTH
    Por juliodizd no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 02-12-2009, 23:35
  3. problema de ip na rede
    Por pensador-ce no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 23-12-2002, 09:38
  4. Bloquear Pacotes de IP´s específicos
    Por Hawthorn no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 19-11-2002, 16:03
  5. Monitoração de IPs para Acessos, Downloads, Uploads.....
    Por soyeu no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 14-11-2002, 12:24

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L