+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Cliente em Bridge ou Roteado?

    Caros colegas, na minha rede 5.8/pppoe tenho duas opçoes para configurar o radio dos clientes: bridge ou roteado,
    no modo bridge tenho acesso remotamente ao radio com uma velocidade bem superior ao modo roteado, agora nao cheguei a perceber se o desempenho da internet fica melhor em bridge, sem falar que em bridge o cliente tem que ter um discador na area de trabalho. por isso pergunto: a cpe em bridge tem uma melhor performance no cliente que o modo roteado? ou da tudo na mesma?

  2. #2

    Padrão Re: Cliente em Bridge ou Roteado?

    Dá na mesma também nunca ví uma diferença significativa no acesso o bom do bridge é que se vc configurar net pra um só ponto. não adianta o cliente conectar o cabo que vem do ap pra um hub e até como já vi em alguns casos compartilhar. (vc pode tbm limitar a qtde de Ips no modo WIsp, tbm evita isso.)



  3. #3

    Padrão Re: Cliente em Bridge ou Roteado?

    Prefiro roteado, vc não precisa esquentar com hhcp voltando pra sua rede!!

  4. #4

    Padrão Re: Cliente em Bridge ou Roteado?

    Pergunto isso pq toda vez que vou acessar um radio em bridge o acesso e instantaneo, ja no modo roteado ele sofre uma certa latencia na abertura da pagina, nao sei se e por conta do roteamento do servidor. Ja para nao compartilhar, sempre deixo o dhcp com uma faixa para dois pcs no mamixo.



  5. #5

    Padrão Re: Cliente em Bridge ou Roteado?

    É que quando o radio ta roteado vc tb "passa" pela banda contratada do cliente
    por isso que vc sente diferenca no acesso ao web do radio

  6. #6

    Padrão Re: Cliente em Bridge ou Roteado?

    É como o dominioz falou. Além disso em modo roteado tua rede ira ficar mais protegida de alguns problemas, muitas vezes gerada no cliente.



  7. #7
    Analista de Suporte em TI Avatar de paullsoftware
    Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Cabo de Santo Agostinho / Pernambuco
    Posts
    530

    Padrão Re: Cliente em Bridge ou Roteado?

    Trabalho dos dois modos, mas na seguinte situação:
    Cliente que recebe via rádio e não tenho como cabear na área deixo ele roteado e libero o numero de IP de acordo com a quantidade de Maquinas que o mesmo possui na residência...
    Cliente que consigo formar grupos, deixo o radio em Bridge para poder ter o controle dos que estão ligados ao radio...
    Cliente que têm notebook em casa sedemos um roteador "sem custo" e já deixo configurado, roteado, IP manual (prefiro ter o trabalho de acesso o radio remotamente e liberar para um celular ou amigo do mesmo do que ter retorno de dhcp na rede)...

  8. #8

    Padrão Re: Cliente em Bridge ou Roteado?

    Olá Wesley. Eu fiz um post que pode te ajudar: https://under-linux.org/f143/control...98/#post624924

    Transcrevo abaixo a parte do post que acredito poder dar uma luz na sua indagação:

    Sobre a idéia de se dividir a rede em várias RBs, trata-se de uma excelente idéia. Infelizmente muita gente faz uma grande bridge, concentrando todo acesso numa RB somente, que as vezes fica muito distante de onde está o usuário.

    Até se consegue levar, colocando filtros na bridge e colocando máscara /30 no clientes. Mas isso não é o melhor!

    Na minha modesta opinião a melhor configuração é:

    - Rotear a rede e colocar uma RB em cada POP.

    - Colocar as WLAN das RB ou da Nano para aceitar somente os MACs conhecidos e com WPA. E mais importante, fazer tudo isso com o protocolo RADIUS. Feito isso somente quem é autorizado associa os rádio nos painéis!

    - Colocar o rádio do cliente para discar PPPoE. Com isso o PPPoE fica transparente para o cliente, que nem saberá o login e senha. Se o cliente for Ubiquiti, na parte de rede colocar em modo router, com DHCP ativado, com o DHCP dando apenas 1 IP e colocando esse IP na DMZ. Com isso se você der um IP válido para o cliente estará tudo direcionado pela DMZ! Se o cliente quiser utilizar mais máquinas que compre um roteador, de preferência seu na hora da instalação! http://cdn03.under-linux.org/images/smilies/smile.png

    - Deixar os cartões (ou nano) com velocidade baixa! Para que deixar um cartão a 11Mbps, se você vende acessos de apenas 1Mbps? Vai ficar forçando o rádio a conectar a 11Mbps a toa!

    - Controlar para que nenhum usuário tenha sinal ruim. Um usuário com sinal ruim "segura" todo mundo que está no mesmo cartão!

    É isso que tenho feito aqui nos provedores que dou assistência e tem ficado show de bola!

    Sobre roteamento escrevi um texto tentando explicar para o pessoal:http://forum.radius.net.br/viewtopic.php?f=10&t=10


    Espero ter ajudado!
    Abraço
    Fabricio



  9. #9

    Question Re: Cliente em Bridge ou Roteado?

    Fabricio,

    Me desculpe pela intromissao.

    Quando você cita que não é necessário deixar os rádios conectados a 11Mbps somente porque os clientes estão conectados a 1Mbps o correto não seria deixar as conexões dos clientes sempre a 11Mbps para o caso desta ser a velocidade do protocolo?

    Digo isto porque, em minha humilde opinião, se todos os clientes interligados a um determinado PoP estiverem conectados sempre na maior velocidade possível (enlace cliente - antena do PoP) o tempo de resposta vai ser limitado pela capacidade de processamento do hardware do PoP (routerboard, etc.).

    Entendo que se existirem clientes conectados em diversas velocidades ao PoP isto sim prejudica o desempenho do mesmo.

    Com relação a configuração em bridge ou roteado seria melhor você buscar informação junto a alguma operadora de telecom, porque a estrutura delas opera com este tipo de finalidade e com certeza (e nem sempre) escolheram uma forma ótima de realizar este tipo de configuração. Isto serve para qualquer tipo de tecnologia, seja rádio ou Adsl.

    Abraços