+ Responder ao Tópico



  1. Jadir, este é um detalhe que diferencia. Sem falar na facilidade de configuração. Os cartões XR são fáceis de configurar. Não sei o motivo, mas eles aceitam melhor as config default. Já os R52 precisam mexer em vários parâmetros para que ele deslanche.

    Agora fiquei curioso, do porque só com omini o problema de isolamento se agrava. Tem alguma coisa a ver com o lóbulo de 360º?
    Se o problema é indução no cartão, com 360º a probabilidade é maior.

  2. Os cartões da Mikrotik não são ruins, ninguém disse isso. A questão nem é energia ruim, nobreak, aterramento, para raio. É ESD mesmo.

    Porque esse problema não acontece com painéis setoriais, só com omni? Tu sabe explicar? Eu sei.
    É realmente é com omni, também aconteceu comigo na omni e tenho eles no painel a mais de ano funcionando perfeito



  3. Pois olha, não vou saber explicar pq nunca utilizei 5.8 com OMNI, omni não é uma coisa que me agrada muito, recebe muita interferência.

  4. Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    Eu ia escrever justamente isso, Marcelo. Sensibilidade.

    Complemento: a proteção de ESD da Ubiquiti é bem superior à da Mikrotik. Quer a prova? Instala uma antena omni 2.4 e acopla com qualquer cabo coaxial, pode ser um RGC213 em um R52. Na primeira chuva com vento vai queimar, perder potência. Com um XR2 dificilmente isso acontece.

    Experiência de quem queimou 3 R52 até comprar um Bullet2.
    Talvez até seja melhor, mas dizer que na primeira chuva com vento vai queimar é apenas uma suposição, tenho centenas de cartões R52 instalados e o indice de perda é semelhante entre eles e os ubnt, agora se a instalação estiver comprometida, quem sabe um ofereça algum nível de proteção a mais que outro.



  5. Tudo bem Luciano?

    O problema dos R52 e R52H é com antena OMNI em específico. Eu tenho atualmente uma RB433 com cartão R52 e um painel setorial 5.8 de 11dbi da IDEAL, e já completou aniversário de 3 anos de operações. Tá lá, firme e forte (até eu trocar por Rocket M5 e BaseStation).

    Em compensação, eu já tive em 3 oportunidades o problema da queima do cartões da Mikrotik quando montados em antena omni. Perdi dois em uma torre e mais um nessa mesma torre em que tá o cartão em 5.8. Interessante, ambos ligados na MESMA routerboard, o 2.4 perdeu potência no primeiro ventinho (nem chuva teve) e o 5.8 segue funcionando até hoje.

    Tem um tópico de uns 2 anos se não falha a memória, que o camarada trocou tudo na torre, RB, fonte, aterramento, nobreak, para raio... Até isolou a antena da torre com borracha pra ver se adiantava, mas nada resolveu. Chegou a perder 30 cartões até que trocou para o XR2 e não queimou mais.

    Isso é fato, tá aqui no Under pra qualquer um comprovar. A questão é que o atrito do vento e da chuva no radome de fibra de fidro (ou plástico) da antena omni gera uma carga estática absurdamente grande, e a maior parte dessas antenas omni não funcionam em "curto" como as setoriais. Logo, polariza e despeja tudo dentro do setor de RF do cartão, que se não for projetado pra suportar uma ESD de mais de 10k volts queima mesmo.

    Se não to enganado os equipamentos da Ubiquiti foram todos reprojetados pra suportar ESD de até 15k volts. Porque antes era só armar uma chuva com raios que já podia encomendar equipamento com o fornecedor. Se chegasse debaixo da Nano e gritasse "raio!" ela queimava. Agora são muito resistentes. Eu mesmo só perdi uma peça em 4 anos.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 8
    Último Post: 06-05-2016, 15:52
  2. Respostas: 1
    Último Post: 14-05-2015, 05:54
  3. Respostas: 10
    Último Post: 27-02-2012, 12:54
  4. Respostas: 33
    Último Post: 20-09-2011, 08:27
  5. Respostas: 6
    Último Post: 07-01-2011, 10:35

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L