+ Responder ao Tópico



  1. Ola.,


    estavo lendo e relendo assuntos sobre GPON e outras tecnologias, gostaria de saber o qto gastaria para implantar em 1 rua ? em um bairro ? um projeto básico mais que possa ser ampliado futuramente pra cidade toda.


    o quanto sairia de gasto para meu CLIENTE e para minha empresa ?




    hoje atendo cerca de 180 clientes por wireless.




    obrigado





    Citação Postado originalmente por snkbrz Ver Post
    Em relação aos profissionais, dependo da empresa que for comprar os equipamentos, ela mesmo te ajuda no projeto. E dependendo do tamanho do projeto pode rolar treinamento e/ou ajuda de algum técnico na implantação.

    Os projetos de rede Pon que implantei, pelo menos 4 foram com sistema de vídeo também, TV aberta + TV fechada na Fibra. Mas mesmo para revenda de TV por assinatura existem alternativas mais baratas do que procurar licença de direitos autorais, procurem que vocês acham.


    Anderson

  2. Citação Postado originalmente por gamineiro Ver Post
    Olá amigos,

    Resolvei escrever esse tópico para falar de um projeto que está 90% concluído, uma rede ótica com tecnologia multiponto (GPON), atendendo 3 cidades e cerca de 50Km de cabos.

    A tecnologia GPON funciona com se fosse um AP Multiponto. Com os equipamentos de hoje em dia, podemos atender até 256 clientes com apenas 1 FO (Fibra Ótica), utilizando a divisão por spliters passivos, ou seja, nada de alimentar equipamentos ao longo do caminho, é tudo passivo!!

    O cálculo que precisa ser feito para saber a qual distância e quantos clientes você pode atender, consiste em somar as perdas de sinal, desde as fusões com pig tails, cordões, spliters. Normalmente a potência de saída da porta PON é de 0Db, e o sinal mínimo que o equipamento do cliente, chamado ONU
    (Optical Network Unit) precisa receber é -28Db.

    Usamos no projeto spliters de 1x2, 1x4, 1x8 e 1x16, cada um tem uma perda equivamente a quantidade de divisões.

    Vou citar alguns passos sobre o projeto e alguns detalhes sobre os passivos e ativos.

    1° Passo - Escolher o trajeto visando atender o maior número de clientes possível, fazendo um balanço entre Distância X Quantidade de Clientes à atender. Fazer a contagem ou estimativa da quantidade de postes. Levantar o custo de aluguel por poste. Entrar com o projeto junto a concessionária de energia.

    Existem algumas cidades que fizeram um lei, dizendo que para cada FO passada na cidade, uma FO tem que ser destinada a Prefeitura, fazendo assim com que não seja necessário o aluguel do poste, apenas o projeto. A prefeitura usa a fibra para os fins que desejar. Um exemplo é a cidade de Porto Alegre.

    2° Passo - Escolher qual o tipo de fibra usar. Basicamente usamos 2 tipos, a AS (auto-sustentável) e a DROP (Como se fosse um cabo paralelo, com um elemento de tração e outro de tubo loose). Fizemos a "espinha-dorsal" do projeto com um cabo AS de 36 FOs. Todas as derivações foram feitas com fibras DROP de 4 FOs, que custam quase a metade do preço (falando apenas no cabo, sem contar as ferragens), porém são muito mais sensíveis, indicadas apenas para ligações entre o poste e o cliente. A ferragem para essas duas fibras tem um custo muito diferenciado, a ferragem para fibra AS custa certa de 3x a da DROP.

    3° Passo - Fazer o projeto de divisão das fibras, usando os spliters. Aqui você vai dizer onde estão as segmentações, os pontos estratégicos, de maior concentração de clientes. Apartir dessa caixa de spliters, você levará uma fibra para cada cliente. É impressindível que o cálculo de atenuação seja feito e refeito, para que não haja surpresas na hora de ativar um cliente, como sinal baixo por exemplo.

    4° Passo - Escolha dos ativos. Existem vários fabricantes de equipamentos GPON. Não sei se é correto fazer propaganda, se alguém tiver interesse eu envio por MP a empresa que nos forneceu os ativos. O equipamento que fica na empresa, chama-se OLT (Optical Line Termination), escolhemos um com 8 portas Gigabit Ethernet e 4 portas PON. Para os clientes, utilizamos ONUs roteadores e bridges, dependendo do tipo de aplicação que cada cliente precisa. Vale lembrar que atendemos apenas empresas, não fazemos clientes residenciais.

    5° Passo - Configurar os ativos. Um roteador ligado a OLT, com um VLAN para cada cliente. No software de configuração dos equipamentos PON, você irá designar uma VLAN para tal ONU.

    Acho que maiores detalhes não são necessários, queria mesmo era dar uma noção para quem pensa em investir em rede cabeada. Se você quer fazer tudo dentro dos padrões, terá que pagar aluguel do poste de qualquer maneira, então acredito que a melhor escolha seja mesmo fibra ótica. Por incrível que parece, não é um investimento monstruoso, e com os financiamentos que o governo oferece, vale a pena aventurar-se. Nem vamos falar na performace da rede né? hehehe

    Caso alguém esteja interessado, posso ajudar em qualquer parte do projeto. Desde o trajeto até a configuração dos ativos.

    Qualquer dúvidas estamos ai, um abraço.




    Amigo,


    boa noite. Estamos iniciando um projeto de Gpon na cidade onde operamos. Gostaria de saber um pouco mais da sua experiência, qual fabricante e material usado. Quais os custos médios.....

    obrigado,

    paulo
    Última edição por gamineiro; 22-08-2014 às 17:52.



  3. Estou iniciando um projeto de rede PON na minha cidade, estou na fase de projeto, cálculos, perdas, etc. Gostaria de sugestões do colega que iniciou esse post sobre a parte de gestão do projeto. O que você usou para projetar sua rede (estou usando o Google Earth para traçar os trajetos dos cabos troncais e dimensionar a distribuição das esplitagens e emendas)? Uma outra dúvida simples, essa imagem postada que mostra os spliters com suas respectivas perdas, você usou qual software?

    Outra coisa, 256 clientes com uma única fibra? Os fornecedores (CiaNet, Parks, Overtek) falam de 1:64 (1 porta de OLT para 64 clientes). Como vc dimensionou essa divisão?
    Última edição por marcioelias; 20-09-2013 às 21:07.

  4. Boa tarde amigos.

    Uma duvida, a cada splitter a velocidade que chega no cliente diminui ?
    Obrigado.



  5. Citação Postado originalmente por marcioelias Ver Post
    Estou iniciando um projeto de rede PON na minha cidade, estou na fase de projeto, cálculos, perdas, etc. Gostaria de sugestões do colega que iniciou esse post sobre a parte de gestão do projeto. O que você usou para projetar sua rede (estou usando o Google Earth para traçar os trajetos dos cabos troncais e dimensionar a distribuição das esplitagens e emendas)? Uma outra dúvida simples, essa imagem postada que mostra os spliters com suas respectivas perdas, você usou qual software?

    Outra coisa, 256 clientes com uma única fibra? Os fornecedores (CiaNet, Parks, Overtek) falam de 1:64 (1 porta de OLT para 64 clientes). Como vc dimensionou essa divisão?
    Boa tarde,

    Estamos usando o geogridmaps[1]. É muito bom.

    [1] http://geogridmaps.com.br/

    Abraço


    Citação Postado originalmente por homer_simpson Ver Post
    Boa tarde amigos.

    Uma duvida, a cada splitter a velocidade que chega no cliente diminui ?
    Obrigado.
    Boa tarde,

    Não diminui não amigo.

    Abraço






Tópicos Similares

  1. Projeto de Rede Wireless- Ajuda
    Por Ricardojp no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 16-08-2006, 13:02
  2. Projeto de rede
    Por LeoJfa no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 14
    Último Post: 10-09-2005, 08:17
  3. Programa para projetos de rede
    Por Cláudio Vasco no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 09-05-2005, 08:12
  4. Projeto de Rede Wireless - Sugestoes
    Por epf no fórum Redes
    Respostas: 12
    Último Post: 16-02-2005, 15:29
  5. Projeto de Rede. Por favor Ajudem
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 16-12-2002, 14:27

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L