Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Senhores,
    Não usei o groove ainda, mas uso routerboard, cartão, pig, cabo N-N e antena.
    Posso dizer que a banda passante depende de fatores tanto quanto os equipamentos ubiquiti.
    Fatores como: Visada, uso do canal, interferências e outros inerentes da tecnologia.

    O que mais gosto, e por isso não uso ubiquiti na rede, apenas em clientes, é a grande flexibilidade, os muitos protocolos de roteamento, os incríveis recursos da tecnologia mikrotik.

    Não digo que ubiquiti é ruim. Tenho muitos clientes instalados com nanos, nanoloco, airgrid's. Mas em termos de recursos, não se comparam com mikrotik.

    Outra coisa, sempre falo para os fornecedores. Não me venham com conversas sobre aterramentos, cabos blindados, etc...
    Aqui é Brasil. Só interessa preço, nenhum cliente lembra da qualidade na hora de instalar.
    Então, como vou usar cabos blindados, exigir aterramentos, no-breaks. E ubiquiti, principalmente em torres, são muito suscetíveis a descargas elétricas.
    Mikrotik não é tão suscetível, e é muito durável. Tenho torres e enlaces com mikrotik que há muito não os visito, coisa de anos.

    Quando alguém me diz que nano deu problema porque não foi instalado de acordo com as exigências (de primeiro mundo, diga-se de passagem), eu digo, caiam na realidade e façam um produto para o Brasil.

    Tem outras opções que eu uso para cliente e não dão nenhum tipo de problema.

    Outro detalhe, façam uma rede toda roteada, com ospf, como eu tenho, usando ubiquiti.

    Por essas e por outras, na minha rede, só mikrotik. Nos clientes até pode ser ubiquiti.

  2. Protocolos de roteamento e demais funcoes como QoS, Queue e outras que comecaram a me animar a usar MK na transmissao. Para nao jogar fora meus Rockets estou pensando seriamente em usar MK em enlaces PtP de alguns clientes especiais.

    Um caso que eu prôpus no MUM em Lima, baseado em um caso meu.

    Tenho um cliente que é um hotel. Sao 17 APs de marcas e modelos distintos, passando por Tp-Link, Engenius e os poderosos D-Links de linha empresarial, que custam mais de 7 vezes o valor do Tp-Link simplezinho que coloquei por último.

    Nesse hotel tenho necessidades diferentes, e quero priorizar o tráfego de voz (VoIP), vídeo, e o demais com o que sobrar de banda. Como faco isso com a Nanobridge? Nao vi como, mas se eu jogar uma RB depois da Nanobridge eu posso fazer o enfileiramento, crio regras aqui na minha RB para receber esse tráfego e mandar de volta priorizado.

    Se eu fizesse isso com SXT nao economizaria uma RB? E mais, ainda poderia usar a SXT para fazer hotspot. To pensando seriamente em me aventurar no mundo MK.



  3. Então, Eriberto

    Uma situação, em ponto afastado da minha rede, numa região de chácaras, eu precisei adicionar mais uma antena para atender o que seria as "costas" do meu painel setorial, e eu queria uma solução de baixo custo, então coloquei um Nano5 como painel setorial, mas deixei ele em AP-Bridge, e liguei a uma das portas da routerboard e faço PPPOE nela, bem como queues, controle de tráfego.

    E quanto a SXT, pra não dizer que não uso, tenho um par fazendo um enlace de 6 KM, e tem capacidade para uns 50 mbps.

    Quanto a fazer hotspot com elas, o problema é a licença, que é Level 3 e não faz AP, visto que elas foram palnejadas para serem clientes
    .
    Mas sempre é possível comprar uma Level 4 e colocar nelas.
    Mas acredito que Hotspot com uma RB 411AH por exemplo, que já é level 4, um cartão e duas antenas, ficaria muito bom.

    Até entendo que o uso de nanobridges seja mais simples, mas eu já sou dependente da versatilidade do MK.

  4. Eu também já penso em me render ao MK pela versatilidade. O problema ai no meu caso é jogar outra peca, embora o custo de uma licenca Lv4 já muda um pouco a brincadeira, mas ainda estou pensando.

    Esse teu enlace passando 50 Mbps está em que situacao? Qual antena e quanto de potencia você configurou no cartao?



  5. Citação Postado originalmente por EribertoTorres Ver Post
    Eu também já penso em me render ao MK pela versatilidade. O problema ai no meu caso é jogar outra peca, embora o custo de uma licenca Lv4 já muda um pouco a brincadeira, mas ainda estou pensando.

    Esse teu enlace passando 50 Mbps está em que situacao? Qual antena e quanto de potencia você configurou no cartao?
    Eu estou usando duas SXT para o enlace, numa distância de 6 KM. Para chegar nesses 50 Megas, eu tive que trocar de canal, até achar um que desse melhor qualidade, e estou usando o protocolo NV2.

    Mas falando de enlaces com mikrotik, eu tenho um enlace de 13 KM, vou postar um print para você ver.
    Nesse enlace, uso RB 433, cartão R52Hn, antena Pluton PTX26-58DL, 30 dB de um lado, do outro, RB 411, Cartão R52HN, antena Pluton PTX26-58DL, 30 dB.

    Note que ainda assim, o TX-RX CCQ não fixou em 100%.
    Veja quanto de banda passa nesse enlace, numa noite de terça-feira.

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ptp_13KM.jpg
Visualizações:	77
Tamanho: 	105,8 KB
ID:      	42192






Tópicos Similares

  1. Treinamento da Mikrotik Brasil em Fortaleza [movido]
    Por superxandaoce no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 3
    Último Post: 21-09-2009, 15:59
  2. Respostas: 9
    Último Post: 27-11-2008, 19:42
  3. Curso da mikrotik sem CERTIFICADO e ENROLAÇÂO
    Por edielsonps no fórum Redes
    Respostas: 11
    Último Post: 06-10-2007, 20:59
  4. Ap DA Mikrotik com licença nivel 3
    Por marcosx no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 29-01-2007, 07:58
  5. Garotos propaganda das camisas do under.
    Por Walfredo no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 6
    Último Post: 30-03-2005, 10:25

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L