Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Não vai aguentar nem aqui nem na China.

    Planos de 2 mega em modo B?

    Modo B é para planinhos de 256kbps e com máximo de 15 clientes.

    Passa para B/G ou B/G/N e vai aos poucos arrumando nos clientes para no futuro ficar só N.

  2. Aqui, nunca consegui passar mais do que 5 megas.
    5 Megas aqui foi o maximo que já consegui em banda B



  3. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Não vai aguentar nem aqui nem na China.

    Planos de 2 mega em modo B?

    Modo B é para planinhos de 256kbps e com máximo de 15 clientes.

    Passa para B/G ou B/G/N e vai aos poucos arrumando nos clientes para no futuro ficar só N.
    Só N será que passa uma banda legal? Todo mundo do fórum que perguntei fala que fica bom, mas nunca vi ninguém usar, banda passante...

    Ouvi falar que aumentando a distância a latência fica exorbitante.

  4. Citação Postado originalmente por Smart Ver Post
    Só N será que passa uma banda legal? Todo mundo do fórum que perguntei fala que fica bom, mas nunca vi ninguém usar, banda passante...

    Ouvi falar que aumentando a distância a latência fica exorbitante.
    Eu já tive uma paranóia de buscar CCQ de 90 a 100% sempre.
    Mas hoje penso diferente. O que interessa é o comentário dos clientes. Logicamente que com sinal ruim não tem como ....
    Mas já vi clientes com sinal bom e CCQ em torno de 50% e navegando nos picos de 1 mega. Vai entender uma coisa dessas.
    Por isso que agora o que buscamos é ver se o cliente está navegando. As leituras de índice passam a ser um referencial mas não um objetivo.

    Como não tenho só N, não saberia dizer o quanto suporta, mas fica evidente no dia a dia o resultado melhorado em relação ao B.

    Outra coisa: ninguém deve ficar muito longe do POP. Às vezes leio que querem atender clientes com 2, 3 ou mais km.



  5. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Eu já tive uma paranóia de buscar CCQ de 90 a 100% sempre.
    Mas hoje penso diferente. O que interessa é o comentário dos clientes. Logicamente que com sinal ruim não tem como ....
    Mas já vi clientes com sinal bom e CCQ em torno de 50% e navegando nos picos de 1 mega. Vai entender uma coisa dessas.
    Por isso que agora o que buscamos é ver se o cliente está navegando. As leituras de índice passam a ser um referencial mas não um objetivo.

    Como não tenho só N, não saberia dizer o quanto suporta, mas fica evidente no dia a dia o resultado melhorado em relação ao B.

    Outra coisa: ninguém deve ficar muito longe do POP. Às vezes leio que querem atender clientes com 2, 3 ou mais km.
    Concordo plenamente, mas o mercado esta mostrando uma escassez muito grande em novos equipamentos 2.4, principalmente em N, eu mesmo sou um que vou pro 5.8 obrigado, não por querer.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 13
    Último Post: 22-07-2013, 21:42
  2. mas de 50 milhões de acesso a banda larga em 2011
    Por naldo864 no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 1
    Último Post: 30-10-2011, 09:24
  3. Respostas: 4
    Último Post: 20-10-2007, 07:48
  4. Respostas: 68
    Último Post: 09-12-2006, 14:31
  5. duvida que parece boba..mas ja é o desespero...
    Por darlangomes no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 23-09-2006, 05:04

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L