Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. É uma possibilidade remota que as grandes venham prejudicar os pequenos. Eles os grandes aceitam que não conseguem atingir este nicho de mercado que hoje soma mais de 2 milhões de usuários e cada dia cresce, e ao mesmo tempo eles precisam focar os investimentos nos grandes centros aonde a competição entre eles está muito acirrada.
    Quanto ao 5.8Ghz vou colocar neste post uma pessoa que vai poder nos auxiliar e muito neste quesito, quanto ao uso correto e quanto aos problemas apresentados.
    O que eu posso adiantar é que trabalhávamos até pouco tempo com equipamentos do tipo "Frankenstein", antena de um, pigtail de outro, conector de tal que no final das contas virava uma solução wi-fi outdoor.
    Esse cenário mudou, tanto que existe empresa grande se rendendo a linha wi-fi, em breve você terá empresas de nome que só vendiam licenciados, vendendo ou tentando vender 802.11.
    Quanto a colher frutos realmente temos que aceitar que aqui se dança conforme a musica dos grandes, mas nesse processo é possível crescer. Existem hoje muitos provedores que eu conheci a dois anos atrás no começo com pouquíssimos funcionários e hoje muito bem estruturados com ISO e tudo mais, e uma rede 90% wi-fi e 10% cabeada, um exemplo mas que é uma realidade.
    A questão do planejamento técnico e em especial o comercial possibilita isso, crescer dependendo exclusivamente da demanda reprimida é um risco, precisamos aprender a vender o nosso negócio.

    Um ótimo final de semana !!

    Alexandre Volpe

  2. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Alexandre, você não deixa de ter razão
    Mas o que eu tenho observado é que os equipamentos a disposição dos provedores é tudo baseado em protocolo 802.11.

    Isso não foi feito para outdoor. Nós é que somos teimosos.
    Precisavamos de uma tecnologia que nos desse mais segurança.

    E não adianta falar em 5.8 pois já estão começando os relatos de problemas em 5.8 também. E além disso tem a questão do insumo que usamos, Link. Este na hora que as grandes quiserem, vão nos boicotar e com o aplauso do poder público.
    Nós é que promovemos a inclusaão digital, mas quem vai colher os frutos serão eles no futuro.
    Quem quer crescer vai para o cabo, fibra, quem tem SCM própria e pensa como "grande" vai evoluir...quem pensa como pequeno vai "SUMIR".

    Agora não adianta dizer que a por que as grandes vão dominar. Esquece esse papo de 3G 3G+ e 4G, muita teoria e nada funcionando, não tem estabilidade, unica coisa que serve é para abrir alguma pagina, jogos pode esquecer, trafego de voz pode esquecer...na teoria é uma maravilha.

    Fui chamado esta semana para atender uma região no qual é de alto padrão em Curitiba, lá tem diga-se de passagem umas 50 casas, eles tiveram em reunião com a OI que fornece telefone com eles lá, foi responsável da OI lá e ele foi bem claro "Não vamos investir aqui pois para nossa empresa não vale a pena, e não temos interesse em fazer algo aqui pois uma central nova e mão de obra vai custa pelo menos 250 mil".

    Agora eu pergunto, a OI não quer pelo menos 50 clientes, com isso eles vão perdendo, aqui fala em OI todo mundo corre, GVT está no mesmo caminho, a Net Virtua o pessoal reclama do serviço e de erros nas faturas, não sou eu que falo são clientes, amigos e pessoas que as vezes comentam com a gente, agora ficar fazendo previsão de que as grandes vão "engolir" os pequenos?

    Cliente QUER atenção, quer respeito, quer o serviço funcionando, quer ser atendido, não quer esperar 5 dias por um suporte igual a OI está fazendo aqui em Curitiba, 3 dias igual a GVT, faturas oscilando todo mês, a nova piada da vez é o 4G, na teoria é uma maravilha já na pratica, do que adianta a banda ser elevada e o tempo de resposta uma porcaria?

    Do que adianta dizer que por exemplo a TIM ou CLARO tem o 3G 3G+ ou 4G, exemplo litoral do Paraná, a Tim tem um link de 40 Mbit dedicado na base principal para TODO litoral do estado. A fibra deles tem la 200 Mbit para transporte, mas link mesmo 40Mbit.

    Não vamos se iludir mas tambem não vamos generalizar, o que vai cair é empresa sem organização.



  3. Concordo Joezaun. Planejamento e organização é fundamental.

    Mas por outro lado já li relatos de operadoras negarem aumento de capacidade de link , alegando não ter viabilidade técnica.
    Especialmente na região do nordeste li um caso onde a Embratel se negou. E depois foi lá e expandiu a rede.
    A legislação é clara neste quesito.
    As operadoras tem que fornecer a preços justos. Tá lá no regulamento
    Mas basta elas alegarem falta de viabilidade e pronto. Estamos fritos.

    Esta é a questão. Não podemos parar de investir, mas sempre com receio do que o futuro poderá nos aprontar. Todos sabemos que o jogo não é com regras claras e limpas. O que mais tem neste meio é falta de ética comercial.

    Se voce tem 50 mega e pede para aumentar para 100, 200 mega, eles abrem os olhos bem ligeiro e vão procurar eles atender a região. Nos tornamos tipo os "bandeirantes" do passado, abrindo caminho para o progresso "deles".

    Logicamente que iremos continuar a procurar nossos nichos, mas "toda calma e planejamento nesta hora é fundamental", senão podemos correr o risco de ficar com ativos nas mãos e sem insumos para supri-los.
    É quase aquele velho ditado: "se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.." Mas "vamo que vamo"

  4. Não vamos se iludir mas também não vamos generalizar, o que vai cair é empresa sem organização.

    Perfeito, resumiu em quase 100% o intuito da discussão ...

    Alexandre Volpe



  5. Eu moro no Peru mas a problemática é a mesma, as grandes, que aqui sao 2 (Telefónica e Claro) e fraçao, á que Nextel nao é tao competidora assim. O problema é o quase monopólio que a Telefónica tem, mas isso associado ao péssimo serviço da mesma, oferece possibilidades de tirar seus clientes, pois seus clientes já tem alergia a 20 anos de monopólio e renovados por mais 18.

    O jeito é ser organizado internamente, ser associado aos concorrentes e no caso de vocês, ir em cima do governo e pegar uma fatia dos 100 bi que serao entregados a Oi.






Tópicos Similares

  1. Retorno de mensagens
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 31-07-2003, 17:46
  2. Retorno de e-mails
    Por PcGuy no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 27-02-2003, 13:27
  3. Mensagens de retorno em português no sendmail? Alguém sabe c
    Por Ganymede no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 25-02-2003, 09:50
  4. Retorno de erro smtp;554 5.6.1!
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 25-11-2002, 17:38
  5. Retorno de erro para domínio específico
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 13-11-2002, 18:10

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L