Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por Maurobranquinho Ver Post
    ...algum fundamento tem que um simples "mauricinho"
    concordo com você

  2. Citação Postado originalmente por EribertoTorres Ver Post
    O jeito é fazer cabo com um pé mesmo e ser feliz
    Ola Eriberto, mas por falta conhecimento meu mesmo, quanto equivale a um Pé?

    Se for o meu da 30 cm, se for do meu filho uns 18 cm.
    kkkkkk

    Bricadeira, sei que se trata de uma unidade de medida.



  3. Citação Postado originalmente por edmarmega Ver Post
    Ola Eriberto, mas por falta conhecimento meu mesmo, quanto equivale a um Pé?

    Se for o meu da 30 cm, se for do meu filho uns 18 cm.
    kkkkkk

    Bricadeira, sei que se trata de uma unidade de medida.
    Mede pelo teu que dá certo rsss. Sao uns 30 cm mesmo. Aqui no Perú como tudo é importado, a maioria dos cabos vem marcados em Pés. Os cabos AMP que comprei por último vem em metros, o anterior Nexxt vem em pés, daí eu cortava com 2 pés e montava os cabinhos.

  4. Citação Postado originalmente por Maurobranquinho Ver Post
    Apesar que se o IEE que é uma convenção de engenheiros estudando os casos, algum fundamento tem que um simples "mauricinho"
    Citação Postado originalmente por msdmau Ver Post
    concordo com você
    Também concordo com vocês, o que quis dizer é que mauricinhos e engravatados em geral tem medo de testar o que não está no padrão, porque só compram produto pronto e 'oficial'. Os padrões estão aí pra padronizar (Não diga) as conexões, permitir a interconexão entre diferentes marcas, mas não quer dizer que o profissional da área não possa fazer pequenos ajustes pra otimizar custo ou desempenho, sacrificando a compatibilidade (Que significa criar um padrão proprietário próprio). Quem segue os padrões cegamente, sem discutir ou testar, é usuário.



  5. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Também concordo com vocês, o que quis dizer é que mauricinhos e engravatados em geral tem medo de testar o que não está no padrão, porque só compram produto pronto e 'oficial'. Os padrões estão aí pra padronizar (Não diga) as conexões, permitir a interconexão entre diferentes marcas, mas não quer dizer que o profissional da área não possa fazer pequenos ajustes pra otimizar custo ou desempenho, sacrificando a compatibilidade (Que significa criar um padrão proprietário próprio). Quem segue os padrões cegamente, sem discutir ou testar, é usuário.

    Quando se trata de estética ou facilidade para a manutenção, eu não sigo nada,
    Agora se tratando de qualidade, tem coisa que nao da pra testar, ou por falta de equipamentos de teste, tempo ou risco de perder clientes.
    Eu uso o cabo menor de 30cm, não da problema, mas se comprovassem que com o de 8pés(o da microsoft(2,45cm)) eu evitaria nem que fosse 1% de perda, eu trocaria todos.

    Concordo que tem que sair dos padrões, porque acredito que eles são feitos baseados no máximo que é suportado.

    Mas muito obrigado pela atenção






Tópicos Similares

  1. Respostas: 6
    Último Post: 18-11-2014, 16:22
  2. Respostas: 20
    Último Post: 02-01-2014, 21:57
  3. Alimentação do AP via cabo de Rede
    Por Josue Guedes no fórum Redes
    Respostas: 50
    Último Post: 15-07-2007, 21:18
  4. Respostas: 1
    Último Post: 06-08-2003, 08:02
  5. Respostas: 3
    Último Post: 24-06-2003, 19:33

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L