Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por rogermacedo Ver Post
    verdade amigo, tenho a mais de 2 anos uma pequena rede ubkit nunca queimou nada nem com queda de raios, mas a verdade que tem rádios com propostas muito interessastes na concorrência, mas 2x2 não seria a forma que o radio trabalha ? como dual polaridade ou 2x2 sendo 1 antena envia os dados e outra antena recebe a resposta desta forma digamos que turbina a troca de informação em um único radio? pois não tem conflitos de dados. protocolos de comunicação não tem nada a ver com isto (voltando ao x da questão)
    É justamente isso que eu gostaria de saber como funciona, pois do que eu já consegui pesquisar, não encontrei uma informação clara sobre como isso funciona. Agora, do pouco que eu sei, acho que tem q ver com o protocolo sim. Pelo menos padrão 'n' eu acho q tem q ser, pois b/g não funciona com duas antenas, pelo menos que eu saiba.

  2. amigo ja trabalhei com cartão r52h + rb e tem a opção de colocar duas antenas mesmo trabalhando em 2.4 antena r + antena x.
    e tem os radios tp-link com até 3 antenas, mas tb gostaria de mais informação a respeito, eis um ponto interessante e muito importante para saber. mas tem rádios em 2.4 B-G que trabalha em dual R/X com 2 antenas, quanto aos protocolos pelo meu entendimento digamos que é linguagem próprias de cada marca a comunicação sem estes protocolo fica genérica digamos que funciona da seguinte forma cada marca trabalha em sua lingua para misturar marcas diferentes digamos que é como um brasileiro falar inglês mesmo que aprenda, consegue mas a comunicação fica mais lenta certo. (para facil entendimento) referencia a tecnologia airmax e outros.



  3. Citação Postado originalmente por evandrojso Ver Post
    Acho que não podemos ser generalistas com os problemas. Isso vai variar de região pra região. Mas que UBNT não tem proteção contra qual surto isso fato, queima com descargas atmosféricas e surto elétricos, muito mais fácil que um AP da Mikrotik. Temos uma rede uns mil clientes, 90% UBNT nos clientes, aqui para nós chega uns 20% queima com descarga elétrica e atmosférica enquanto APs Mikrotik 1%. Optamos agora por SXT, opção particular, vamos ver qual vai ser desempenho custo x beneficio.
    Mas tirando esse problema de projeto a UBNT, é ótimo equipamento.
    Valeu amigo, por mostrar sua realidade. Vejo que muitos têm esse tipo de problema, enquanto outros não. Alguns dizem que dá muito problemas, outros que usam há anos sem problemas. Aparentemente, isso começou a acontecer com os lotes mais recentes. Mas na dúvida, acho q é sempre melhor não arriscar. Até porque, tenho visto novas opções mikrotik com ótimo custo benefício, e que alguns têm afirmado ser uma solução melhor que ubnt, até em performance. No seu caso, vc já está usando sxt nos clientes? E o que usa como ap, na torre? Usa nv2?

    Eu estou interessado em usar sxt aqui também, mas tenho dúvidas sobre como fica a parte da torre, porque até agora nunca trabalhei com rb+cartão, uso rb somente para gerenciamento, o resto uso rádios como ubnt. Sei que tem o omnitik, que pra mim acho que ficaria ótimo, só não sei se é homologado. Pois com omnitik dá pra montar micro células, com um gasto muito pequeno. Até agora não vi nada que se comparasse em custo/benefício para poucos clientes. Ubnt, por exemplo, sairia em torno de 1000 reais pra colocar rocket + omni ubnt com dual polarização, enquanto o omnitik já tem rádio + antena dual e sai em torno de 300 reais, ou menos. Qual a sua opinião sobre esse cenário?

  4. Citação Postado originalmente por diegodelinda Ver Post
    Valeu amigo, por mostrar sua realidade. Vejo que muitos têm esse tipo de problema, enquanto outros não. Alguns dizem que dá muito problemas, outros que usam há anos sem problemas. Aparentemente, isso começou a acontecer com os lotes mais recentes. Mas na dúvida, acho q é sempre melhor não arriscar. Até porque, tenho visto novas opções mikrotik com ótimo custo benefício, e que alguns têm afirmado ser uma solução melhor que ubnt, até em performance. No seu caso, vc já está usando sxt nos clientes? E o que usa como ap, na torre? Usa nv2?

    Eu estou interessado em usar sxt aqui também, mas tenho dúvidas sobre como fica a parte da torre, porque até agora nunca trabalhei com rb+cartão, uso rb somente para gerenciamento, o resto uso rádios como ubnt. Sei que tem o omnitik, que pra mim acho que ficaria ótimo, só não sei se é homologado. Pois com omnitik dá pra montar micro células, com um gasto muito pequeno. Até agora não vi nada que se comparasse em custo/benefício para poucos clientes. Ubnt, por exemplo, sairia em torno de 1000 reais pra colocar rocket + omni ubnt com dual polarização, enquanto o omnitik já tem rádio + antena dual e sai em torno de 300 reais, ou menos. Qual a sua opinião sobre esse cenário?
    Estou usando SXT nos clientes comprei 50 unidades, meus APs são todos Mikrotik, RB 433AH + R52Hn, não uso NV2 por questões porque a grande maioria das CPE cliente são NanoM5, Mas agora com preço competitivo vamos abrir novos setores com NV2 ativado.
    Com relação omni você tem que analizar de acordo com velocidades que pretende disponibilizar, não gosto muito, prefiro paneis setoriais, a Computech tem uma solução pronta que gosto muito http://www.wavelan.com.br/produto/de...-RB411AH-R52Hn
    Amigo é isso ai espero ter ajudado



  5. Citação Postado originalmente por diegodelinda Ver Post
    Olá a todos. Tenho uma rede em 2.4ghz em 'b'. Ou seja, normal, sem mimo, airmax, ou qq outro desses. Na maioria dos clientes uso antena de grade usb. Adotei essa topologia inicialmente devido ao custo, que é um fator que, pra mim, pesa muito. Mas há muito tempo eu venho planejando uma forma de adicionar 5.8 na rede, com o melhor custo/benefício possível. Então, como decidir? Do que eu já pesquisei, percebi que aparentemente a melhor forma seria usar uma solução com a dupla tdma - mimo 2x2. Então, de início, cheguei à conclusão: ubnt! No entanto, com o tempo, e pesquisas, vieram as dúvidas. Acompanhando vários tópicos no fórum, eu tenho percebido que hj em dia não dá mais pra confiar em ubiquiti para montar uma rede 5.8 com alta qualidade. Tenho visto relatos de provedores dizendo terem perdido 200, 300 ou mais equipamentos ubnt em períodos muito curtos de tempo.

    Então, o que resta em termos de opção custo benefício? Sei que tem intelbras, com o ipool. O benefício é alto, mas o custo também. Assim a equação não fica legal. Outros falam em usar 5ghz só em 'n'. Mas aí eu fico com a dúvida: se eu usar somente 'n', ou a/n, como dizem (essa parte eu ainda não entendi bem), além de não ter o benefício do tdma, também perco o benefício do mimo 2x2? Tenho mais dúvidas e pontos para discussão, mas no momento é isso: se eu posso pensar em uma solução sem protocolo proprietário, mas que tenha pelo menos o benefício do uso do mimo.

    No ano passado eu iniciei a migração da minha rede para MIMO 2x2 em 5.8 Ghz e fiz vários testes para chegar a uma opção que assegurasse o melhor custo beneficio e a até o momento minha constatação foi a seguinte:


    Na base:
    A melhor opção para usar na base seria RB411AH + R52Hn + antena setorial Ubiquiti, pois as antenas da Ubiquiti são muito boas mesmos, mas não dá pra confiar na fragilidade do hardware da Ubiquiti. Ele dá muito mais problema que mikrotik, além das possibilidades de configuração e do poder do RouterOS.

    Eu não gostei da Omnitik. Achei o ganho da antena muito pequeno, o que prejudicou muito a área de cobertura.

    As antenas Omni da Ubiquiti + RB411AH + R52Hn dão um resultado bem melhor que Omnitik, mas nem se comparam a usar tres paineis 120°. Aí cabe analisar a viabilidade com sua necessidade.


    Nos clientes:

    A nanobridge e a SXT são muito bons em geral, mas tem pontos fortes e fracos.

    A nanobridge tem a vantagem de ter uma antena de alto ganho, e a parte estrutural da antena (disco, suporte de fixação e alinhamento) são perfeitas e muito resistentes, mas tem a desvantagem de ter o hardware Ubiquiti, que parece ter data programada para dar pau.

    A SXT seria a princípio a melhor opção, pois é muito resistente e não tem a vantagem de ter hardware e software Mikrotik, que são excelentes. Mas infelizmente a antena tem um ganho muito menor o que no meu caso prejudica principalmente o Upload, pois os clientes estão na maioria das vezes a uns 4 KM da base.

    Se pretende montar várias bases bem próximas dos cliente eu sugiro usar SXT, se os clientes vão ficar mais distantes sugiro nanobridge.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 84
    Último Post: 07-05-2017, 09:16
  2. Respostas: 26
    Último Post: 04-05-2012, 13:10
  3. MIMO 2X2
    Por wesleydialmeida no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 17-04-2011, 14:42
  4. Projeto de rede wireless Mimo 2x2
    Por adbthomaz no fórum Redes
    Respostas: 21
    Último Post: 23-01-2011, 19:28
  5. MIMO?? 802.11n ?? PADRÃO N?
    Por mpsnet no fórum Redes
    Respostas: 7
    Último Post: 02-12-2008, 17:52

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L