+ Responder ao Tópico



  1. O cabeamento da Torre e toda nova, Ja troquei achando que poderia se cabo velho ressecado causando fuga de corrente, os cabos são todos de 4 metros, todos rádios que eu citei que trava na retomada da energia AC estão com o firmware atualizado.Com um multimetro medi a corrente de saída para os equipamento (somando carga total), fica entre 4.8, 5.4 A, tendo em vista que a Fonte e 8A deveria da conta (isso na teoria), como já vou troca la por uma de 24/7A ja me desencanei um pouco.Vou testa lá em um pequeno ponto de repetição (1 NB, 1Rocket M5 e um hub) para ver como ela se comporta.

  2. Pessoal, e estas fontes aqui ?

    Utilizadas geralmente em som automotivo, alguém já usou ( Usina / Overloud ) ?

    To pensando em investir para por em um POP mais consumidor...



    PS: No video estão testando a de 200A , minha idéia é experimentar ou a de 40A da Overloud ou a de 60A da Usina ( ambas de entrada de linha, na faixa de R$ 400,00 .

    PS2: No video comparativo a Usina "ganha", mas procurando no youtube, alguns testes a Overloud "ganha", então acredito que varie de modelo para modelo ou de amostra para amostra. Portanto minhas dúvidas são mais em cima do TIPO do equipamento, e não o comparativo entre eles.



  3. Tá, mas isso aí é só fonte, não carrega bateria (Que precisam ir até 14,4V ou flutuar a 13,2-13,8V), uma correnta alta dessa (60A) é pra carregar bateria de 600Ah, se você meter corrente alta assim logo no inícia da carga qualquer bateria de 60Ah vai pro lixo em 3 ou 4 cargas.

    Som automotivo é feito pra baterias do mundo real, que caem pra 8V quand a carga está baixa, que chegam a 15V quando o alternador está com diodo em curto ou algo do tipo, fontes pra som automotivo tem que fornecer uma corrente enorme mas sem tensão fixa, por isso uma fonte de R$ 400 pode cair de 14,4 pra 12,4V sem que isso seja um problema. Se um carregador fosse assim as baterias nunca carregariam, porque a resistencia das baterias é baixa e faz a tensão cair, o carregador tem que manter uma corrente minima e baixa, e conforme o tempo passa a resistencia interna da bateria vai diminuindo, passa a circular menos corrente, havendo o aumento da tensão, isso tem que levar horas mesmo, as baterias estacionárias não tem area de contato entrer anodo, catodo e o gel tão grande pra poder absorver uma carga rapida, quem precisa carga rapida é lithium-ion, bateria de chumbo é pra carga lenta e com corrente baixa, 40A é corrente pra carregar bateria de 400Ah.

    (Se quer colocar essas fontes na entrada de um controlador de carga, aí a coisa muda, mas se usar controlador de painel solar eles são feitos não pra flutuação a 13,5V, mas pra carga cíclica geralmente, que significa carregar a até 14,4V, como esses controladores tem um queda interna de tensão (Drop-out) de 0,5 a 0,8V, você precisaria uma fonte que chegue a 14,4+0,8=15,2V! Se tiver um controlador que faz flutuação na casa dos 13,5V, e com apenas 0,5V de drop-out, essa fonte de 14V resolve. Mas... tem que ver se a tensão nai vai cair abaixo de 14V quando o consumo (No começo da carga da bateria) for alto, se isso acontecer tem grandes chances de a bateria não carregar (Acontece com nobreak as vezes, pessoal LEIGO adapta bateria externa, mas se ela descarrega o nobreak não consegue mais carrega-la, tem que dar carga lenta com outro carregador...)

    Se não quer usar isso pra carregar baterias, mas sim pra alimentar os aparelhos, qual a necessidade de tanta corrente? Se aumentar a tensão a corrente diminui, boa parte dos equipamentos funcionam muito melhor em tensão proxima ao limite superior, tipo Ubnt, o rendimento do VRM é melhor e o calor é menor na casa dos 24V, sendo que suportam até 28V, usar 12V nesse caso é insensatez demais, fonte industrial 24V de 200W é o que não falta no mercado, e... fonte tem patamar ideal de consumo, fonte de 200W tem menos ripple e spikes entre 40 e 100W de consumo, é uma idéia muito besta colocar uma fonte de 200W pra alimentar um UBNT de 7W, o ripple com consumo baixo assim será terrível.


    (Som automotivo tem capacitores grandes e filtros na entrada, amplificadores classe A (Pessimas opções), e 10% de distorção mal é notada pelos admiradores de volume alto, um fonte pra som automotivo tem focos completamente diferentes de uma fonte pra som hi-fi moderno (Não confundir com hi-fi analogico dos anos 80), com classe D, baixo consumo, pouco ruído eletromagnético, e também não tem nada a ver com o que se precisa pra alimentar equipamento de RF com microprocessadores, que é basicamente tensão alta e fixa, com ripple minúsculo e spikes inexistentes. Tá certo que energia é energia, mas essas fontes do link caem de tensão conforme o consumo, tem ripple e spikes aos montes, dá pra dizer que a energia delas é instavel e suja demais pro nosso uso, fora que precisamos nobreak, som automotivo não)

  4. Vc generalizou sem correr atrás

    Ela trabalha sim em conjunto com baterias.

    INFORMAÇÕES da USINA:

    Especificações:

    - Fonte De Alimentação automotiva de alto rendimento.
    - Fonte Chaveada PWM digital, alto rendimento > 80%.
    - Tamanho e peso reduzidos por ser uma fonte chaveada.
    - Entrada Bi-volt automático - 110V/220V.
    - Circuito totalmente digital com total controle sobre corrente e tensão.
    - Saída estabilizada em 14,4V em todos os modelos.
    - Carrega as baterias sem problemas de sobrecarga.
    - Zera a corrente de saída quando a(s) bateria(s) completam a carga.
    - Circuito de proteção contra sobrecarga e curto circuito na saída.
    - Total controle da corrente de saída.
    - Mantém a saída em 14,4V até que a fonte chegue no limite da corrente nominal, só a partir desse ponto que a tensão na saída começa a cair.
    - Sistema de ventilação forçada com ventilador em túnel de vento, pode funcionar horas e horas em carga máxima sem problema de superaquecimento.
    - A fonte pode ficar ligada no sistema de som mesmo sem o som estar ligado que não vai sobrecarregar as baterias, a tensão vai subir até 14,4V e estabilizar.
    - Mantém tocando 1 Amplificador de 3000W RMS, com 1 bateria de 100A.

    Especificações Técnicas:

    . Corrente de Saída Nominal: 60 Amperes
    . Corrente de Saída de Pico: 300 Amperes
    . Tensão de Saída Estabilizada: 14,4 Volts
    . Tensão de Entrada(bivolt): 100 @ 250 Vac
    . Corrente De Entrada AC 127 Volts: 8 Amperes (à máxima potência)
    . Corrente De Entrada AC 220 Volts: 5 Amperes (à máxima potência)

    FONTE

    MANUAL



  5. Bota uma bateria de 60Ah pra flutuar a 14,4V com fonte de 40A, por favor, me diz depois se ela sobreviveu 1 semana ou 1 mes, tenho muita curiosidade em saber quanto tempo exatamente leva pra estufar ou vazar agua de tanto calor, e se as grandes explodem ou se só jorram agua/gel pela tampa.

    Uma coisa é meter 40A@14,4V numa bateria de 60Ah uma ou 2 vezes por mes pra dar partida no carro, ou quando tem algo com consumo muito alto na saída (Consumo perto dos 40A), mas manter bateria em flutuação tão alta é suicídio, é matar a bateria.

    Veja o datasheet das baterias, TODAS recomendam flutuação a 13,5 a 13,8V com temperatura entre 23 e 25°C, e baixar a flutuação pra digamos 13,2V quando a temperatura for de digamos 28°C, ou algo como 0,04V a menos pra cada °C a mais. Nunca ví recomendação de flutuação a mais que 13,8V, nem soube de bateria que suporta flutuar a 14,4V, e trabalho com isso desde 1997. Aqui 2 datasheets de estacionárias:
    http://www.rta.com.br/arquivos/Manua...ias-Rev.01.pdf
    e um mais resumido/pra vendedor:
    http://www.solenerg.com.br/files/Man...icoFreedom.pdf


    Essa fonte automotiva de 40A seria uma boa pra equalizar uma bateria de 40 a 150Ah, mas só pra isso, pra manter em uso constante isso é um perigo.



    =====================
    Ah, leia o fim da página 4 do manual da fonte automotiva, tem que ficar aumentando a tensão manualmente pra carregar sem danificar (Porque não tem flutuação nenhuma)... é perfeito pra provedor, ir ajustando tensão manualmente depois de todo blackout, é só não trabalhar nem dormir pra ficar vendo ou mudando a tensão.






Tópicos Similares

  1. Fonte Nobreak Para Radio digital ?
    Por Portinari no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 22-06-2017, 10:35
  2. Vende-se RB450G + PATCH PANEL VOLT + FONTE NOBREAK VOLT
    Por alvescomunicacao no fórum Classificados
    Respostas: 0
    Último Post: 04-05-2017, 07:00
  3. Ligacao Fonte Nobreak com Painel Solar
    Por weslly21 no fórum Redes
    Respostas: 15
    Último Post: 10-02-2016, 13:06
  4. Respostas: 10
    Último Post: 29-10-2013, 21:23
  5. Fonte Nobreak - Problemas com Ubiquiti
    Por kakavga no fórum Redes
    Respostas: 15
    Último Post: 26-07-2013, 16:45

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L