Página 4 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234
+ Responder ao Tópico



  1. #61

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    A diferença entre o arrogante e o sábio, é que o segundo sabe que não sabe tudo.

    Estou "desperseguindo" este tópico, você já é o dono da verdade. ( e não leu que a fonte TEM REGULAGEM e nem que os níveis de tensão são para bateria TOTALMENTE DESCARREGADA ).

    Abraço, e tudo de bom.

  2. #62

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Única diferença entre uma bateria completamente descarregada e um com meia carga é resistencia interna, com resistencia maior tem mais chances de a fonte super-aquecer e queimar, por isso a indicação de baixar a tensão manualmente. Bateria completamente descarregada também é mais facil de danificar quando se usa alta corrente na carga, mas não quer dizer que com meia carga a alta corrente também não a danifique, só que precisa correntes mais altas.

    Mas se comprar a fonte não deixe de postar os resultados aqui, quanto tempo a bateria durou, quanto tempo o carregador durou, e etc.

    (Veja que eu falo em chances, em probabilidades, as componentes tem variações, sejam os componentes da fonte e sejam os elementos das baterias, então 2 baterias "iguais" em 2 carregadores "iguais" podem ter durabilidades diferentes (E sempre tem), mas seguindo o datasheet do FABRICANTE (Não datasheet do Rubem) o proprio fabricante diz que vai durar X ou Y anos, não seguindo o datasheet o fabricante não garante nada, aí entra o Rubem, que já fez e presenciou muita gambiarra, e diz que geralmente estufa, estoura, vaza, explode... o fabricante não faz ensaio pra ver até os as baterias vão, eles faz baterias de acordo com os padrões do mercado, no fim das contas todas são muito iguais nos limites, tendo durabilidade alta somente em baixa temperatura, flutuação de acordo com a temperatura, e equalização mensal (Algumas unidades desequalizam mais facil, outras menos, pessoal que usa 48 ou 120VDC com carregador comum desse tem esse problema, as vezes 1 das 4 ou 10 baterias dá problema, só 1, as estão intactas, porque? Porque uma celula de menor resistencia é sacrificada e dissipa na forma de calor os excessos, com 1 batera isso também ocorre, já que são 6 celulas dentro da bateria, 6 celulas que não são 200% iguais)

    Se uma fonte de R$ 200 resolve, tem que ser muito burro pra comprar controlador de carga tipo isso:
    http://www.neosolar.com.br/loja/cont...0a-12-24v.html
    (Que pode ser usado em painel solar ou em qualquer fonte de 16-20V)
    A Xantrex tem muito mais renome no mundo, com sistemas solares que duram 30 anos, que a Spark. Não quero desmerecer o responsavel pelos projetos da Spark, o Renzo, mas o projeto é uma fonte pra som automotivo, ele seria capaz de fazer uma boa fonte pra flutuação 24x7, mas não é o caso desse produto.



  3. #63

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Prezados

    Lendo este tópico, optei por testar os nobreaks DC.
    Porém tenho vários nobreaks AC, assim surgiu uma dúvida.
    É possível utilizar um nobreak DC ligado a um AC?

    Abraços

  4. #64

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Nessa situação o nobreak AC vai operar apenas como inversor.
    Acredite, o inversor da maioria dos nobreak é péssimo, tem rendimento ruim, entrega onda suja demais, queima fácil...

    Mas funcionar funciona.
    (Só que o ruído gerado no inversor pode deixar o comparador do nobreak DC meio doido, um simples filtro LC deve resolver, mas teria que ver se tem mesmo muito ruído e estimar sua frequencia pra calcular o filtro)

    Geralmente dizemos que é BURRICE isso porque você armazenará energia em DC, perderá uns 20 a 40% convertendo pra AC (115V AC), depois perderá mais uns 15 a 20% na fonte DC, e terá DC novamente, então se precisa DC noutra tensão que não a da bateria, tem menos perdas usando conversores DC-DC (Eles tem uns 3V de diferença entrada<>saida, seja step-up pra aumentar a tensão, ou step-down pra diminuir, e a bateria varia de 11 a 14V conforme a carga, então os conversores DC-DC típicos são pra menos de 8V (11V-3V=8V) ou pra mais de 17V (14V+3V=17V), dentro desse range (9 a 16V) tem muuuuuito aparelho que pode ser ligado direto na bateria, sem precisar conversor.

    Inversor específico tem rendimento melhor, duram muuuuito mais, entregam onda limpa, se for pra coisa pouca tem uns Xantrex de 150W. A diferença no rendimento geralmente paga eles em 1 ano de conta de luz (Comparado ao inversor dos nobreaks comuns de 400-700VA).



  5. #65

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Minha ideia era deixar cada nobreak com uma respectiva bateria. Mas concordo que vai trazer mais problema do que solução.
    Estou partindo para a alimentação direta nas baterias, vou adquirir um panel POE, calcular a carga dos equipamentos, dimensionar as baterias e ver o que é melhor para carrega-las, sendo que ainda não tenho previsão de quando utilizar energia solar/eólica.
    Rubem, vi que um dos colegas aqui do under comentou uma solução sua, onde usava trafo 15v e controlador solar. Apesar das perdas do trafo, esta seria uma solução robusta?

  6. #66

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Outra cisa Rubem... Recomendas algum conversor step-up nacional?

    Abraços



  7. #67
    André Andrade*MikrotikRio Avatar de interhome
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Brasil.
    Posts
    1.094
    Posts de Blog
    15

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Tivemos muitos problemas com algumas regras no mercado. Resolvemos usar http://ihvendas.com/index.php?route=...product_id=148

  8. #68

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Boa noite André.
    Tens como relatar os problemas que deram em suas réguas?
    O que tais utilizando como fonte de energia nestas ligações?

    Abraços



  9. #69

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Trafo é parudo sim, se o fio do enrolamento for grosso e não ficar muito quente ele dura décadas, um trafo de 10A devia ficar com uns 4A de consumo maximo pra durar tudo isso. O problema são as perdas mesmo, 50% de perdas, comparado a apenas 10 a 14% de perdas nas fontes chaveadas.
    (E o tamanho, trafo é umas 10x mais grande e talvez 20x mais pesado, devido a esse peso ficam caros conforme a corrente aumenta, sem falar no frete)

    Nobreak AC comum usa o trafo pra carga, manda 15V AC, retifica em 4 diodos de 4 ou 6A, e vaaaarios nobreaks usam controladores de corrente tipo LM317 pra controlar a carga, esse CI dos anos 70 gera muito calor, no fim das contas as perdas totais passam de 50% o tempo todo, é uma solução tecnicamente ridícula pra um produto de uso 24x7 (Pro nobreak custar R$ 200 não pode ter nada muito tecnológico).

    Comprar trafo, comprar controlador solar, não sei se compensa. Se você já tem controlador solar, ou pretende colocar painel solar no futuro, acho que isso é uma boa, eu acho uma opção ridícula, mas... nobreak AC usa isso e ninguem morre de fome por ter a conta de luz mais alta :-)


    Quanto as reguas POE, não entendo como elas podem dar problema, é circuito passivo, não tem nada de componentes, não vejo como um produto desse não dura 50 anos.

  10. #70
    André Andrade*MikrotikRio Avatar de interhome
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Brasil.
    Posts
    1.094
    Posts de Blog
    15

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Os problemas comuns:

    1) Os Conectores criam oxidação (qualidade do cobre) da tomada RJ-45.
    2) Eram para ser passivos, mas param de conduzir a eletricidade na saída.
    3) Geram o dobro de cabos nas interligações, mais variáveis para termos problemas.
    4) Ocupam um espaço enorme nas caixas, espaço que ele ocupa + um monte de cabo.
    5) Gosto de utilizar 24V nas torres, tinha problema para achar switch 24V. Esses permitem variação de 27V ~ 12 V.



  11. #71
    André Andrade*MikrotikRio Avatar de interhome
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Brasil.
    Posts
    1.094
    Posts de Blog
    15

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Trafo é parudo sim, se o fio do enrolamento for grosso e não ficar muito quente ele dura décadas, um trafo de 10A devia ficar com uns 4A de consumo maximo pra durar tudo isso. O problema são as perdas mesmo, 50% de perdas, comparado a apenas 10 a 14% de perdas nas fontes chaveadas.
    (E o tamanho, trafo é umas 10x mais grande e talvez 20x mais pesado, devido a esse peso ficam caros conforme a corrente aumenta, sem falar no frete)

    Nobreak AC comum usa o trafo pra carga, manda 15V AC, retifica em 4 diodos de 4 ou 6A, e vaaaarios nobreaks usam controladores de corrente tipo LM317 pra controlar a carga, esse CI dos anos 70 gera muito calor, no fim das contas as perdas totais passam de 50% o tempo todo, é uma solução tecnicamente ridícula pra um produto de uso 24x7 (Pro nobreak custar R$ 200 não pode ter nada muito tecnológico).

    Comprar trafo, comprar controlador solar, não sei se compensa. Se você já tem controlador solar, ou pretende colocar painel solar no futuro, acho que isso é uma boa, eu acho uma opção ridícula, mas... nobreak AC usa isso e ninguem morre de fome por ter a conta de luz mais alta :-)


    Quanto as reguas POE, não entendo como elas podem dar problema, é circuito passivo, não tem nada de componentes, não vejo como um produto desse não dura 50 anos.
    Não li o que estava escrevendo, mas parece uma resposta...

    Veja se me ajuda com uma questão. Digamos que tenha uma regua POE com 10 saidas, ligo em cada porta 1 equipamento que consome 1A. Teoricamente preciso de uma fonte que me envie pelo menos 10A. Problema que passei, os 2 primeiros equipamentos da linha, com poucos meses queimam a LAN ou pelo menos "resetam". Como evitar? Testamos com 12V e colocamos 1 CI7812 em cada saida (10 total), os primeiros aquecem muito e congelam o equipamento ligado após eles.

  12. #72

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    André, usasse alguma marca específica?

    Rubem, ainda não tenho o controlador, mas pretendo sim colocar energia renovável.
    O que tu utiliza em seus equipamentos?

    Abraços



  13. #73
    André Andrade*MikrotikRio Avatar de interhome
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Brasil.
    Posts
    1.094
    Posts de Blog
    15

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Citação Postado originalmente por trapiche Ver Post
    André, usasse alguma marca específica?

    Rubem, ainda não tenho o controlador, mas pretendo sim colocar energia renovável.
    O que tu utiliza em seus equipamentos?

    Abraços
    Esse fabricante:
    http://www.linkteck.com.br/site/prod...cn-c-10-portas

  14. #74

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Curioso, eu comprei desses lá por 2011:
    http://www.ebay.com/itm/8-port-passi...-/180847056204
    Não tive problemas, achei que quem daria problemas seriam justamente esses baratinhos do Ebay.


    Bom, uso fontes industriais hoje, porque aqui queimam por raio todo ano, região arenosa que exige meia centena de astes pra aterramento decente, prefiro queimar as fontes de US$ 15 todo ano do que gastar R$ 5 mil num aterramento ótimo. Enfim, fonte comum> controlador solar de US$ 12 no Ebay > Bateria 12V 7Ah (Agora um par, uso isso pela modularidade, coloco mais unidades em paralelo conforme o dinheiro no bolso e tiro conforme preciso delas em nobreaks AC pros desktops da empresa. Se for comprar de uma só, e nunca mecher, vez melhor comprar estacionaria de digamos 35Ah pra cima).

    Eu tinha instalado meus paineis solar numa torre, com um timer na fonte, desse tipo:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...dia-bivolt-_JM
    Ligando só a noite, deixava cada essas orelhinhas de 15 ou 20 minutos intercaladas, de modo que a fonte ligava por 20 minutos e desligava por 20 minutos a noite, acho que usei uns 3 meses antes de tirar do local devido a reforma que o dono fez, ainda não instalei denovo mas pretendo instalar novamente esse sistema, os paineis ligados por um diodo rumo ao controlador, e um trafo também ligado por diodo nesse mesmo controlador, com esse timer ligando a fonte a cada 20 ou 40 minutos somente a noite.

    Ah, cuida uns controladores solares que fazem carga a até 14,4V, isso é carga cíclica, pro nosso uso precisa flutuação, na casa dos 13,5 ou 13,8V. Curiosamente os controladores mais baratos são os que nos atendem:
    http://www.ebay.com/itm/Solar-Panel-...-/131151556561



  15. #75

    Padrão Re: fonte nobreak é confiavel?

    Citação Postado originalmente por interhome Ver Post
    Não li o que estava escrevendo, mas parece uma resposta...

    Veja se me ajuda com uma questão. Digamos que tenha uma regua POE com 10 saidas, ligo em cada porta 1 equipamento que consome 1A. Teoricamente preciso de uma fonte que me envie pelo menos 10A. Problema que passei, os 2 primeiros equipamentos da linha, com poucos meses queimam a LAN ou pelo menos "resetam". Como evitar? Testamos com 12V e colocamos 1 CI7812 em cada saida (10 total), os primeiros aquecem muito e congelam o equipamento ligado após eles.
    Os LM78xx tem aqueles capacitores de desacoplamento no datasheet, já reparou? 100nF, geralmente. Esses reguladores se embananam facil mesmo, se tiver ruído proveniente da fonte (Ou do carregador da bateria), se tiver ruído retornando do aparelho (O VRM dos aparelhos retorna ruído de chaveamento as vezes), esses capacitores citados minimizam isso, mas se for ruído demais os reguladores travam mesmo, são projetos dos anos 70, tem muito fabricante que opta por coisa tipo LM3904, mas esses reguladores lineares desperdiçam muita energia, se sair 12V 1A tem que entrar 1A em pelo menos 15V (Drop-out de 3V), 3V x 1A dá 3W pra dissipar na forma de calor. Já se for 22V 1A regulando pra 12V 1A seria 10Vx1A=10W pra dissipar, é muito calor pros coitados. O datasheet se não me engano costuma falar que ele só suportam uns 5W de dissipação.
    Pra ter uma regulagem decente devia usar conversor DC-DC, tipo os LM2577 e familia, o circuito que eles precisam é bem mais complexo, mas o rendimento é muuito melhor, numa regulagem de 24V pra 12V 1A é bem provavel que o consumo fique em 0,6A em 24V, rendimento de uns 80% (No mínimo!). O LM2577 é meio caro no brasil, acho que chega nuns R$ 10 nas lojas que conheço (Soldafria, cinestec, blucolor, milcomp), de modo que uns modulos prontos compensam mais:
    http://www.ebay.com/itm/Buck-Convert...-/271421880304
    (Desse eu tenho alimentando uma lampada de led numa torre, são 7W de consumo 24x7 (Fiquei com preguiça de fazer um controlador com LDR pra ligar só a noite, são uns 2 anos assim)
    Acho que no meio de 2012 usei isso:
    http://www.ebay.com/itm/DC-DC-HRD-Co...-/271301486678
    pra fazer uma switch com POE 12V:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC00132.JPG
Visualizações:	182
Tamanho: 	64,0 KB
ID:      	51033Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC00135.JPG
Visualizações:	199
Tamanho: 	57,7 KB
ID:      	51034Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC00134.JPG
Visualizações:	328
Tamanho: 	51,5 KB
ID:      	51035Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC00133.JPG
Visualizações:	197
Tamanho: 	70,8 KB
ID:      	51036
    Ficou 1 ano numa empresa antes de se mudarem, alimentava um par de Airgrid e um par de roteadores de mesa TPLink (Por isso a necessidade de 12V) A cola não permite ver, mas ele recebe 15-20V na primeira porta via POE, o conversor DC-DC reduz pra 12V e alimenta o switch com esses 12V, e manda os mesmos 12V pras demais portas.

    Eu estranho muito a falta de filtragens nos equipamentos hoje, trabalho com eletronica desde 1997, e "antigamente" sempre tinha filtros LC nos equipamentos, basicamente uma bobina e um capacitor, hoje nos NanoStation ou Airgrid que travam coloco um simples capacitor maior na saída da fonte, paralelo a um de tantalo de uns 1uF, e isso tem ajudado muito, ainda quero testar uns filtros LC, porque tenho a nítida impressão que metade dos travamentos nas redes é devido a falta de filtragem na alimentação dos aparelhos, fontes Cisco ou Ceragon tem 20x mais componentes na saída, pra garantir o mínimo de ripple e ter estabilidade total, a UBNT peca nas fontes e peca no VRM dos equipamentos mais baratos a meu ver.