+ Responder ao Tópico



  1. Hoje eu li mais uma boa notícia. É sobre a possibilidade de nós, prestadores de SCM, utilizarmos as small cells ou femto cells, para montar redes móveis.

    Pelo que entendi, essas femto-cells utilizam a tecnologia Wi-Fi para cobrir pequenas áreas e são uma estratégia das grandes operadoras para desafogar a rede celular deles. Não sei se é isso mesmo, mas acredito que na verdade agora eles querem começar a utilizar a mesma tecnologia que nós usamos (Wi-Fi), mas com equipamentos bem mais potentes que os nossos. A princípio nós estaríamos de fora, esta tecnologia seria somente para SMP e SME.

    Se nós também pudermos utilizar essa tecnologia, pederemos oferecer serviços de banda larga fixa, banda larga móvel, telefonia fixa e TV por assinatura. Ou seja, somente ficaria faltando a telefonia móvel para nos igualar com as grandes, no quesito portfólio de serviços.

    segue notícia extraída do site Convergencia Digital:

    Área técnica da Anatel libera small cells para provedores Internet


    A área técnica da Anatel vai concluir até a próxima semana a proposta de regulamento sobre o uso das pequenas células – ou small cells, no jargão em inglês. E em particular devem ser incluídas duas alterações na ideia que foi submetida à consulta pública: vai prever a conexão com redes móveis e o uso por provedores de Internet.


    “Entrego o texto na próxima semana. A discussão se deu principalmente sobre onde se aplicam. Inicialmente era para as redes móveis, SMP e SME. Mas faria sentido também permitir para operações de SCM. Além de permitir que haja conexão com modems, por exemplo”, afirmou o gerente de regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.


    O texto ainda precisa passar pela Procuradoria Especializada da agência antes de chegar ao Conselho Diretor. Outro ponto de discussões na área técnica está relacionado à potência das pequenas células. Apesar de sugestões nesse sentido, a perspectiva é de que seja inferior a 5W, mas essa definição não deverá fazer parte do regulamento: vai ficar para os requisitos técnicos de homologação, por ser mais simples de alterações posteriores.


    A primeira inclusão na proposta original, portanto, trata da ampliação do uso das femtocélulas a redes de Serviço de Comunicação Multimídia – visto que em princípio tratava-se de condições de utilização nos serviço móveis Pessoal e Especializado.
    Assim como esse caso mencionado, a segunda alteração também se dará no conceito de femtocélula. Portanto, além de estender ao SCM, vai prever que esses equipamentos “para operação de radiocomunicação com Estações Móveis com utilização de conexão de rede fixa” seja também possível de uso em conexão móvel – algo como permitir que o acesso também se dê por um modem móvel, por exemplo.


  2. A inclusão do SCM na decisão da ANATEL sobre o tema femto-cells foi uma conquista da ABRINT..

    http://www.teletime.com.br/16/01/201...0781/news.aspx



  3. Parabéns a toda equipe da ABRINT!

    Eu já estava interessado em me associar, agora tenho certeza que vou, pois está contribuindo muito para nossa representatividade.

  4. Kleber, aproveitando essa oportunidade gostaria de fazer duas perguntas:

    1- Em sua visão existe algum modelo de negócio que possibilite os Provedores Regionais também utilizar a tecnologia LTE para o SCM?

    2- A ABRINT tem pensado em conseguir de alguma forma sensibilizar a ANATEL sobre a possibilidade do Provedores Regionais adquirirem frequência na faixa de 700 Mhz, no leilão que deve ocorrer esse ano?

    Acho que não podemos perder essa oportunidade, se tivéssemos acesso a esse tipo de tecnologia teríamos grandes ganhos.



  5. Citação Postado originalmente por SantiagoMG Ver Post
    Kleber, aproveitando essa oportunidade gostaria de fazer duas perguntas:

    1- Em sua visão existe algum modelo de negócio que possibilite os Provedores Regionais também utilizar a tecnologia LTE para o SCM?
    A ANATEL não regulamenta em tese tecnologia, mas para usar o LTE precisaríamos ter uma frequência fechada e a ABRINT incansavelmente tem brigado por essa causa junto ao MINICON a intenção de termos uma só nossa. Convidamos o MINICOM para o 5o Encontro Nacional dos Provedores e falar sobre um tema muito relacionado com isso, veja no link abaixo dia 13/06 as 11H:
    https://docs.google.com/a/blznet.com...NHakIzMWc/edit





    Citação Postado originalmente por SantiagoMG Ver Post
    2- A ABRINT tem pensado em conseguir de alguma forma sensibilizar a ANATEL sobre a possibilidade do Provedores Regionais adquirirem frequência na faixa de 700 Mhz, no leilão que deve ocorrer esse ano?

    Acho que não podemos perder essa oportunidade, se tivéssemos acesso a esse tipo de tecnologia teríamos grandes ganhos.
    Santiago, desculpe, mas não estou sabendo nada sobre leilão de 700 Mhz, manda ae a documentação que me inteiro com o restante da diretoria. Abraços!






Tópicos Similares

  1. Respostas: 13
    Último Post: 01-08-2013, 07:39
  2. Respostas: 44
    Último Post: 02-06-2013, 18:24
  3. Respostas: 0
    Último Post: 02-06-2013, 08:45
  4. SCM por 400,00 R$ e o que Dizem !!!
    Por Jaiso no fórum Redes
    Respostas: 36
    Último Post: 01-06-2013, 11:40
  5. SCM a 1.400,00 1.500,00 R$
    Por danilosceu no fórum Redes
    Respostas: 16
    Último Post: 21-09-2010, 16:01

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L