Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. O modo de otimizar a vida das baterias comuns é realmente descarga rotineira e carga com corrente mais ou menos alta, vibração e outras frescuras.
    Que ambiente é esse que fica sem energia toda semana? Nao vejo nenhum local aqui por perto cujo nobreaks usem as baterias por mais que uns 5 minutos por semana (Estou no interior, 1000Km da capital mais proxima, 10 mil hab. por perto, fim do mundo, cheio de índio, eletricidade da rede nacional vem por uns 600Km de rede pelo meio do mato), nesses usos a bateria automotiva sob flutuação perde a capacidade logo, tem que ficar fazendo ciclo de carga e descarga todo mes senão a bateria vai estar quase vazia no dia que precisar (Enquanto nas estacionarias não precisa nada disso).

    Pra calcular o tempo de duração é só pegar o consumo dos equipamentos e somar, pegar a capacidade da bateria no datasheet dela, e se tiver inversor DC>AC (Acho péssima opção pra alimentar equip. de rede, que usam DC, isso é coisa de dona de casa, só plugar a fonte no nobreak e pronto, rendimento ridículo mas é simples usar) ou conversor DC>DC aplicar o rendimento deste. Algo como: Equip. consome 2A somados em 24V, se forem 2 bateria Freedom de 50Ah (DF700) vai durar umas 23 horas e meia (A capacidade delas é informada em C100, em C20 a cap. delas é de 45Ah), como são 2 baterias o tempo vai mais que dobrar, vai aumentar pra cerca de 52 horas (Com corrente menor a capacidade total da bateria aumenta). Já cansei de fazer essas contas no forum, o consumo hipotético dos equipamentos não corresponde ao consumo real, há muita variação devido a criptografia e trafego, então ou mede direitinho o consumo (Amperimetro) ou sobredimensionar.

    Bateria estacionaria é cara quando se procupa em qualquer canto. Se quiser parcelar pode ir comprando baterias 12V 7A (Cerca de R$ 35 em distribuidores) e ir colocando algumas em serie e outras em paralelo, o custo será o mesmo das estacionárias Moura ou Freedom de capacidade similar, mas poderá comprar em parcelas, e daqui a alguns anos troca-las aos poucos.

    Se é pelo baixo custo, fonte industrial 24V 10A no Ebay uns US$ 30, controlador de carga pra painel de 10A US$ 10, 12 baterias 12V 7Ah (Pra ter 24V 42h) no meu distribuidor (Estou em MT, meu estado cobra 7% de ICMS em tudo que entra, nenhum preço aqui é algo menos que 15% a mais que SP) ficam R$ 420, mas posso comprar 2 DF500 (36Ah em C20, 20 horas) por R$ 470 (Com frete, parcelado numas 10x no cartão). Ora, esses nobreaks prontos custam sozinhos metade desses R$ 470, não é melhor caprichar nas baterias e usar carregador e controlador simples? É o que prefiro, se o dinheiro está curto não me preocupo com monitoramento de capacidade de carga, isso é pra quando tem dinheiro sobrando.

  2. intão rubem eu trabalho no py, aqui a energia só esta disponivel em 220 volts. e em uma tomada que era pra chegar 220 volts.. na maioria do tempo chega no maximo.. 205.. isso quando ta muito boa, as vezes mais é muito dificil chega a 235 volts.. mais isso é bem dificil, a energia aqui tem pelo menos 1 queda diaria de no maximo 1 min.. isso aqui é normal kkk.!



  3. Então, eu também tenho queda quase diária, de poucos minutos, por isso não extrapolo em baterias, um mísero par de 12V 7Ah alimenta tudo por uns 15 minutos, quer coisa mais barata que 2 baterias de 7Ah? Falta de energia de 10 horas é coisa pra cada 2 anos, por queima de transformador no meio da noite ou coisa parecida, não vejo porque gastar com um sistema que alimente tudo por 20 horas sendo que essa possibilidade (De falta de energia por 20h) é bem remota. Se há possibilidade mais real, aí a coisa muda, mas se há pouco dinheiro não vejo porque se focar na leitura de carga das baterias, ou em nobreaks DC prontos, ao invez de se focar em modelos de baterias de vida útil maior (Especialmente onde são tão usados). Se dinheiro não é problema (Viva o cartão de crédito) não vejo porque optar por bat. automotivas ao invez de estacionárias, nunca tem alguem com 2 delas lado a lado durando o mesmo tempo pra fazer um comparativo seguro, a automotiva sempre bate as botas beeeeeeem mais cedo, normalmente quem tem problemas com estacionárias é culpa de não ler datasheet ou não entender como a tecnologia funciona.

    (Se estacionárias fossem tão boas e baratas, as teles não gastariam fortunas por celulas de 5000Ah por coisa tipo R$ 3 mil cada (Celula de 2V), mas optariam por baterias automotivas de 150 a 200Ah ("De caminhão", como dizem os noobs) que custam 1/10 disso. Elas tem bons motivos pra optar por celulas ou baterias estacionárias)

  4. Reposta simples e objetiva: Usa energia solar e esquece essa rede AC aí.



  5. Especialmente se no Paraguai tiver aqueles kits de celulas solares de 0,5V 8A que custam US$36 no Ebay e servem pra montar um painel de 60W.

    Mas... quem reclama dos R$ 250 duma bateria estacionária vai topar pagar R$ 1000 num painel solar?






Tópicos Similares

  1. Help me!!!! Medidor de bateria nao aparece no acer travelmate 4500
    Por mastellaro no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 1
    Último Post: 29-08-2006, 10:17
  2. Protecao contra nmap scanner de rede
    Por slackrio no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 6
    Último Post: 03-05-2006, 19:57
  3. Projeto para torre, para intalacao de antena
    Por procellnet no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 03-02-2006, 18:33
  4. Projeto para torre, para intalacao de antena
    Por procellnet no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 2
    Último Post: 11-11-2005, 09:10
  5. Projeto para torre, para intalacao de antena
    Por procellnet no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 08-11-2005, 23:12

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L