+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Nova modalidade ptt.

    PTTMetro é o nome dado ao projeto do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGIbr) que promove e cria a infra-estrutura necessária (Ponto de Troca de Tráfego - PTT) para a interconexão direta entre as redes ("Autonomous Systems" - ASs) que compõem a Internet Brasileira. A atuação do PTTMetro volta-se às regiões metropolitanas no País que apresentam grande interesse de troca de tráfego Internet.


    Uma das principais vantagens deste modelo, é a racionalização dos custos, uma vez que os balanços de tráfego são resolvidos direta e localmente e não através de redes de terceiros, muitas vezes fisicamente distantes.


    Outra grande vantagem é o maior controle que uma rede pode ter com relação a entrega de seu tráfego o mais próximo possível do seu destino, o que em geral resulta em melhor desempenho e qualidade para seus clientes e operação mais eficiente da Internet como um todo.


    Um PTTMetro é, assim, uma interligação em área metropolitana de pontos de interconexão de redes (PIXes), comerciais e acadêmicos, sob uma gerência centralizada.

  2. #2
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    ok amigo,mas qual a finalidade de seu post .
    debate sobre o sistema.



  3. #3

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    Citação Postado originalmente por naldo864 Ver Post
    ok amigo,mas qual a finalidade de seu post .
    debate sobre o sistema.

    Sim Naldo, pois essa é modalidade que as operadoras estão usando e com isso o custo do link sai mais barato, talvez voce ja conheça mas muitos aqui nunca ouviu falar, e pra mim é novidade.

  4. #4
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    sim acho que muitos que frequentam o forum ja ouviram ,mas parece realmente lenda o ptt e so para ricos.
    ou não ?



  5. #5

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    O teu post foi interessante, esclarecedor sobre o tema, mas já tá meio batidinho isso.
    Em todo caso, se por ventura algum novato cair aqui, terá uma noçao do que é o famoso Ptt. (sei que esse foi o teu objetivo).
    Aqui no Perú o Ptt é chamado Nap-Perú.

  6. #6

    Red face Re: Nova modalidade ptt.

    Vamos la:

    Explicando pra quem, como é, quanto é, como fica e o que ganhar com isso:

    - Pra quem é?
    O ptt-metro não é só para ricos, mas também não é para provedores que utilizam link ADSL. Pois para ingressar no mesmo necessariamente o provedor tem que ter ASN (http://registro.br/provedor/numeracao/regras.html) e só se tem ASN com link dedicado.

    - Como é?
    No brasil existem varias cidades que tem PTT (http://www.ptt.br/localidades/atuais), nestas cidades existem os PIX, que seriam o local físico do PTT, em algumas cidades existem mais de 2 PIX (ex. sp, rio, sjk) (http://www.ptt.br/adesao/sp/)

    - Quanto é?
    Primeiramente você tem que "chegar" de alguma forma no PIX, isto pode ser via fibra, radio (alguns pix não aceitam radio), clearchannel e etc.

    Um exemplo deste custo de chegar no PIX:
    Tenho meu Backbone em Pindamonhangaba e SJC (SJK), compro um serviço da CCR chamado clearchannel, um ponto a ponto do meu router na beira da rod. dutra para o PIX da hostlocation em SP (Através da SAMM) http://www.sammnet.com.br/a-rede-samm.html.
    O custo gira em torno de R$ 50,00 por megabit, com contratos acima de 250 mbps (menos eles nem retornam ligação) tenho uma estimativa de 500 mbps para 6 meses, o valor vai cair para R$ 40,00 o megabit.
    Ja dentro do PIX você tem que chegar com a fibra em algum lugar, então tem que alugar do PIX um espaco 1U no rack deles, gira em torno de R$ 700,00.
    Assim você tem que ter uma sw gerenciável, com a sua fibra chegando nela e um cabo cross (jumper) da sua SW para SW do PTT.

    - Como Fica?
    O trafego do PTT é gerado em mais ou menos 50% do volume da sua utilização.
    Suponhamos que você tenha um link de 100 mbps
    e no horário de pico seu trafego seja 80 mbps, com certeza destes 80 mbps, 40 mbps estão saindo direto pelo PTT, sem consumir seu link
    Ficaria assim
    Trafego Total: 80 mbps
    Trafego Link: 40 mbps
    Trafego PTT: 40 mbps

    Esta conta acima não é exata, varia da media de clientes, tipo de clientes, tipo de utilização, mas no resumo é mais ou menos isso.

    - O que eu ganho com isso?
    Alem da troca de trafego "na faixa" com essa galera aqui (http://www.ptt.br/particip/sp) você também pode comprar trafego (leia banda) dentro do PTT com outras operadoras.
    Ex. na pratica.
    No ptt o link costuma ser absurdamente barato.
    Uma operadora chamada Know telecom faz a R$ 35 o megabit, para contrato acima de 150 mbps

    Se você fizer uma conta por baixo ficaria assim:
    Clear com a CCR: 300 mbps - R$ 15.000,00
    Transito com a Know: 150 mbps - R$ 5.250,00
    1U no Pix: R$ 700,00
    Total de R$ 20.950,00
    Mas pera! é um link dedicado de 300 mbps UTEIS!!!
    com um custo efetivo de R$ 69,84 por megabit útil.
    Neste caso acima voce estará fritando seu link de 150 mbps e cozinhado 150 mbps no PTT (por isso dos 300 mbps de clearchannel com a ccr, pra passar os dois no mesmo local)

    Acho que um valor deste não é para ricos, mas para manter uma infra destas o provedor devera ter no minimo uns 70 a 100 mil de renda bruta.

    - O que eu perco com isso?
    O PIX CAI!!! logo você ficara ilhado 100%.
    O que fazemos aqui é ficar só 50% "ilhado" (não ha quedas, mas o trafego sobe onde não era pra subir por ex.)


    Código HTML:
    KNOW + BRCOnecta <-Hostlocation<--Cleardutra-->Dutra/PND<-->BGP-ITAPEVA<-->SJK-> Link Algar + Transit
                         ||                                       ||
                         ||                                       ||
                        PTT                             SAIDA PARA CLIENTES
    - Como entro nessa?
    Primeiro passo: ASN e bloco IP próprio (http://registro.br/provedor/numeracao/)
    Segundo passo: Escolher o PIX e Cidade (http://www.ptt.br/localidades/atuais)
    Terceiro passo: Como chegar no PIX! Ai vai de caso a caso.
    Quarto passo: manjar de BGP ou contratar alguém que manje
    Quinto passo: pingar o google com 12 ms em 5 saltos



    Rastreando a rota para www.google.com.br [74.125.234.248]
    com no máximo 30 saltos:

    1 <1 ms <1 ms <1 ms edge-X.itaxyx.valelink.com.br [177.107.yy.xx]
    2 12 ms 66 ms 12 ms as151XX.sp.ptt.br [187.16.yy.xx]
    3 12 ms 12 ms 12 ms 72.14.yy.xxx
    4 13 ms 13 ms 13 ms 72.14.xx.yy
    5 12 ms 12 ms 12 ms gru03s16-in-f24.1e100.net [74.125.234.248]

    Rastreamento concluído.

    Quinto passo: correr pra galera, fazer um churrasco e convidar a gente!!!

    Não esqueçam da minha estrelinha

    Assista este vídeo, do inicio ao fim.
    Última edição por dominioz; 05-09-2013 às 03:04. Razão: Não esqueçam da minha estrelinha



  7. #7

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    Valeu o seu relatorio Dominioz foi muito util sua resposta, deu para esclarecer o que eu precisava, pois uma operadora me oferceu o PTT e devido isso que voce me passou não vi vantagem alguma em fazer isso, na realidade o link vai ficar bem mais caro no fim.

    Obrigado

  8. #8

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    A maior vantagem que eu vejo no Ptt é a diminuiçao de latência para conteúdos nacionais. Aqui meu link já vem "incluído" acesso ao ptt local (Nap Perú).



  9. #9

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    Dia desses noutro local estivemos conversando sobre a troca de tráfego.
    E foi-nos informado que a maior vantagem é que trocamos tráfego com quem está no ptt. Fora isso, vamos depender ainda do nosso link.
    Por ex estou no RS, se eu pudesse chegar até Porto Alegre por ex. iria trocar tráfego com quem está no Ptt lá, mas iria depender ainda do meu link com a operadora.
    Mas se eu conseguisse chegar no Ptt metro São Paulo eu iria ter um leque maior de troca de tráfego e isso iria aliviar mais o meu link do que se eu estivesse no Ptt Porto Alegre.

    Veja o que alguém que está no ceptro.br nos disse em parte, numa outra lista que participo.

    ---------------------------------

    s requisições dos assinantes vão seguir o caminho que você definir dentre os disponíveis... mas o PTT não concentra tudo que seu assinante possa querer, então para algumas requisições você vai poder usar o PTT, para outras não. O PTT não substitui a necessidade do outro link, pois tanto uma rede que você acessa via PTT pode momentaneamente não estar disponível lá (por falha ou limitação de capacidade) ou a sua conexão de transporte até o PTT pode ter caído. Via de regra o PTT vai diminuir a demanda de banda mínima no seu link de trânsito, mas não a máxima. Então ao invés de contratar, por exemplo, 1 Gbps, pode contratar 500 Mbps numa interface de 1 Gbps. _______________________________________________

    Veja o gráfico de consumo no país por Ptt e daí "poderíamos" escolher o melhor ptt para nos associarmos. Isso em tese. Pois chegar lá não é bem assim
    http://www.ptt.br/
    [URL="http://www.ptt.br/"]

    Tem operadoras que vendem o transporte até os ptt. Este tem um custo mais barato por mega do que o transito. Mas tem todo aquela necessidade que o outro companheiro já expôs no tópico, para manter isso lá.
    Fiquei sabendo de uma operadora que trabalha só neste segmento que exige uma compra mínima, senão nem te respondem emails mais.
    E tem o custo de entrar no ptt. Tem um usuário do RJ que de vez em quando participa no underlinux que estava juntando gente para fazer um outro ptt no Rio. Este teria como estatuto não cobrar por ingresso. Não sei no que deu.
    Mas alguém do interior teria que ter uma empresa contratada para fazer a manutenção disso lá. Para quem mora lá fica fácil, mas quem está a kilometros de distãncia, como manter isso?

  10. #10
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    para min esta um pouco longe teria que dobrar a carteira de clientes ,e ainda sim seria mas facil eu comprar transito ip pela minha operadora acho mas vantagem por enquanto,mass se no futuro o provedor crescer bem ...quem sabe e vantajoso o ptt.



  11. #11

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    Alguém tem contratado lan2lan da Telefonica? Inteior de Sp para pix em Sp.

    Qtos mb e valor?

  12. #12

    Padrão Re: Nova modalidade ptt.

    Pensem na maior vantagem do Ptt a menor latência em alguns conteúdos como Youtube. Só isso já deveria ser suficiente, pois o cliente libera a rede mais rapidamente.

    Tive uma reuniao com um consultor da Internexa a 1:50 h atrás, e foi justamente isso que ele me comentou. A vantagem disso é a menor latência, como se "fosse um cache de rede", pois o conteúdo sai de uma "rede local" e chega mais rápido ao teu cliente. Teu cliente desocupa a rede mais rápido (porque o vídeo dele carregou mais rápido) e você pode colocar um overbooking algo maior.

    Nao vejam o Ptt pelo lado da economia, e sim pelo lado da agilidade nas respostas. Isso (agilidade) é o que deveríamos buscar com um cache, vide Thundercache, SpeedR, Hyper, Mara, coloque_seu_cache_favorito_aqui, etc.

    Aqui no Perú, existem dois portadores de longa distância, a Global Crossing e a Telefonica Wholesale. Eles estao conectados a um Ptt em Miami, o chamado (ao menos aqui) de Nap das Américas. O ponto de troca é lá. Imagine a distância e a latência. Quem tiver um ponto de trocas aqui no Peru, ganha agilidade na navegacao e economia de banda.