+ Responder ao Tópico



  1. Os controladores de carga não elevam a tensão, se na entrada de um controlador de carga você colocar uma fonte de 24V, na saída a tensão será de 24V menos o drop-out do carregador, que varia de 0,3 a 3V (O comum com mosfets é 0,5 a 0,7V). Ou seja, pro par de baterias flutuar a 27V você precisa uma fonte de cerca de 27,5V. Fontes industriais de 24V tem controle de tensão, mas poucas (Quje eu saiba só as de 100W pra cima) tem controle que chegue a 27,5V, a maioria (De 50W, por exemplo) que testei só chega a 26V, eu não arriscaria grandes baterias flutuando em tensão tão baixa.

    Se ficar flutuando em tensão baixa (26V, por exemplo), com corrente baixa, geralmente ocorre desequalização das celulas (Uma celula fica com 2,3V, outra com 1,7V...), se ficar desequalizado muito tempo a celula morre, isso acontece muito em carros antigos com dinamo, tipo fusca ou brasilia, se a bateria for meia-boca e tensão nunca subir (Por falta de acelerar) 2 celulas morrem logo, a bateria passa a ter 8V e não 12V (Carrega até 14 ou 15V, mas no primeiro instante de uso já cai pra 8V, bateria de nobreak as vezes passa por isso também, 2 celulas secam e 4 ficam intactas).

    Se quer certeza que não terá desequalização, tem carregadores que fazem uma ciclagem mensal ou semanal, subindo até 16V por uns 10 ou 20 minutos, pra equalizar as celulas. O que eu conheço desse tipo são Xantrex pra energia solar, mais de R$ 1.000, mas a longo prazo compensam (Se tiver problema de bateria durando pouco, ou desequalização).

  2. Muito obrigado pela explicação, com base em seus conhecimentos, qual sistema ideal para alimentar um patch panel POE 24v, banco de bateria 24v com até 100 ha? O objetivo é alimentar switchs e rádios.



  3. Uma vez com todos os equipamentos ligados, a bateria precisa ter no mínimo 10% de carga para poder se recarregar; por exemplo se a bateria for de 100A/h, os equipamentos consumirem 8A/h o flutuador teria de ser no mínimo de 18A/h(8 de consumo nominal, mais 10 para recarregar a bateria), dependendo da localidade é melhor calcular no mínimo 30% e 50% para painel solar.

  4. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Os controladores de carga não elevam a tensão, se na entrada de um controlador de carga você colocar uma fonte de 24V, na saída a tensão será de 24V menos o drop-out do carregador, que varia de 0,3 a 3V (O comum com mosfets é 0,5 a 0,7V). Ou seja, pro par de baterias flutuar a 27V você precisa uma fonte de cerca de 27,5V. Fontes industriais de 24V tem controle de tensão, mas poucas (Quje eu saiba só as de 100W pra cima) tem controle que chegue a 27,5V, a maioria (De 50W, por exemplo) que testei só chega a 26V, eu não arriscaria grandes baterias flutuando em tensão tão baixa.

    Se ficar flutuando em tensão baixa (26V, por exemplo), com corrente baixa, geralmente ocorre desequalização das celulas (Uma celula fica com 2,3V, outra com 1,7V...), se ficar desequalizado muito tempo a celula morre, isso acontece muito em carros antigos com dinamo, tipo fusca ou brasilia, se a bateria for meia-boca e tensão nunca subir (Por falta de acelerar) 2 celulas morrem logo, a bateria passa a ter 8V e não 12V (Carrega até 14 ou 15V, mas no primeiro instante de uso já cai pra 8V, bateria de nobreak as vezes passa por isso também, 2 celulas secam e 4 ficam intactas).

    Se quer certeza que não terá desequalização, tem carregadores que fazem uma ciclagem mensal ou semanal, subindo até 16V por uns 10 ou 20 minutos, pra equalizar as celulas. O que eu conheço desse tipo são Xantrex pra energia solar, mais de R$ 1.000, mas a longo prazo compensam (Se tiver problema de bateria durando pouco, ou desequalização).
    Então rubem falei com vc em outro tópico a respeito de fonte no break também, comentamos sobre a volt e vc disse que não era lá essas coisas mas na falta de outra poderia usar a fonte deles. Vi um vídeo na internet de Agosto do ano passado um rapaz testando 3 fontes da Volt sendo que a terceira é que deu um melhor resultado conversei com o pessoal da Volt tem poucos mais de 3 semanas e eles me disseram que tinham resolvido o problema, até mesmo pelo tempo do vídeo que já tinha mais de 6 meses. Comprei um path panel de 5 portas da Volt e estou pensando em comprar a fonte deles também de 24v 7a.

    No total creio que meus equipamentos vão puxar até 6Ah então creio que aquelas fontes seladas pequenas de 12v 7a devam servir usando 2 em série.



  5. É, em equipamento eletronico sempre se está sujeito a consertar um problema e criar outro, é "melhoria constante" pra não dizer "mudança constante".

    Bom, se terá 6Ah de consumo, bateria de 7Ah te daria menos de 40 minutos de funcionamento, talvez 35 min.
    Vide o datasheet da bateria, um exemplo: http://www.robocore.net/upload/Manua...iaUnipower.pdf Pagina 6, os 1C de descarga são 7 * 1 que dá 7A de consumo, 6A são cerca de 0,9C (7 * 0,9 = 6,3A), o datasheet não é claro o suficiente nessa tabela mas dá pra ver nitidamente que 1 hora elas só aguentam com 0,6C, que é 7 * 0,6 = 4,2A! No datasheet também dá uma idéia da vida curta que a bateria tem com alta temperatura (30°C é quente), se a carga for feita com corrente alta tipo 7A a bateria pode esquentar (Pode difere de vai), se elas esquentarem saiba que é culpa do tipo de carga, mas não necessariamente você vai achar um carregador-flutuador que não aqueça bateria mandando corrente alta, o jeito pra isso não acontecer seria carga lenta (14h a 0,7A se usar 2 baterias 7Ah em serie), mas isso é complicado manter (Vai que tem 2 blackouts longos no mesmo dia). Consumo em corrente alta (0,9C é demais, é exagero, o consumo devia ser 0,1C pra bateria durar o maximo possível) também costuma deteriorar bem rapido a bateria, talvez se usar as baterias toda semana por meia hora elas durem pouco mais de 1 ano (O que nem é um problema tão grande, já que elas são baratas).

    Acho que estou escrevendo muito isso ultimamente: Funcionar um monte de coisas funcionam, até uma duzia de pilha Rayovac alcalina mantém tudo no ar por alguns blackouts curtos... mas otimizar a vida das baterias, sem ter carga tão lenta, é coisa que não combina com baixo custo, um nobreak DC de R$ 300 não é garantia de alta qualidade, o custo deles é alto porque a demanda é baixa, não porque eles tem uma enorme tecnologia de ponta dentro (São circuitos simples) que otimiza a vida das baterias ou algo assim. Então com nobreak DC comum você terá um vida mais curta das baterias, não que nobreak AC seja não seja ainda pior, mas os 2 são opções prontas, plug-and-play, não são dimensionados exatamente pra cada consumo e local de uso então alguma coisa fica de fora, e essa coisa é a durabilidade e equalização das baterias, se acostume com a possibilidade de elas durarem só 1 ano.






Tópicos Similares

  1. Suporte para antenas em torres
    Por Magal no fórum Redes
    Respostas: 25
    Último Post: 20-01-2015, 09:36
  2. Melhor RB para usar em Torre
    Por nsonline no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 22-07-2010, 21:33
  3. Pci atheros 5005gs é boa para usar em mikrotik?
    Por marcelopontox no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 01-07-2008, 19:33
  4. Solução para travamentos em torres
    Por thenet no fórum Redes
    Respostas: 18
    Último Post: 05-09-2007, 10:58
  5. Para-raio em torre
    Por Good_speed no fórum Redes
    Respostas: 18
    Último Post: 09-12-2006, 09:52

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L