Página 3 de 3 PrimeiroPrimeiro 123
+ Responder ao Tópico



  1. #41

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Perfeito, esse nobreak DC da VA manda 6A pras baterias, e 6A é algo bem proximo a 10% de 70Ah, então dá pra usar eles tranquilo com baterias de 50 a 70Ah. Isso está 100% de acordo com o que os fabricantes de baterias recomendam pra otimizar a vida útil da bateria.

    Quanto a necessidade de regulagem na saída, você precisa de 24V cravados? A maioria dos produtos UBNT e MK que conheço operam muito bem até a casa dos 28V pelo menos. Os Engenius e Intelbras que conheço idem, falar em "24V" não quer dizer necessidade de 24V fixos e cravados, sempre existe queda de tensão em cabo, o fabricante seria muito maldoso se fizesse um VRM que exige uma tensão num range muito estreito tipo "23 a 25V". Pode ver nos datasheets da UBNT e MK, verá coisa tipo "Voltage range: 10 to 28V", umas das excessões que conheço são os Bullet, que diz ir de 10 a 24V. A MK é mais realista nisso, a UBNT vive num mundo de fadas em que todo mundo usa a fonte deles de 24V, mas geralmente se comenta que mesmo os Bullet funcionam bem até os 28V.

    Se precisar baixar mesmo a tensão, tem um problema: A bateria carregada teria 27V, pra reduzir pra 24V você usaria um conversor tipo step-down, mas a bateria quase descarregada cai pra 21V, então precisaria um step-up pra aumentar pra 24V. Os conversores DC-DC baratos operam com tensão fixa na saída, você regula pra 24V então ele vai baixar pra 24V desde que a tensão de entrada esteja uns 2V acima dos 24V. Se a bateria cai a até 21V, teria que usar um step-down regulado pra 19V de tensão de saída, falo de conversores ajustaveis tipo:
    http://www.ebay.com/itm/LM2596-Adjus...-/171127905954
    Aquele trimpot azul é o ajuste da tensão de saida, ele fala em diferença minima entrada>saída de 1,5V então por precaução usamos 2V, ele fala em consumo maximo de 3A então por precaução usamos no maximo com 1,5A de consumo.

    Dependendo da queda de tensão no cabo, um simples par de diodos em serie com a alimentação já dá 0,7 ou 0,8V de queda de tensão de modo que chegue uns 25V num Bullet a 20m de cabo de distancia, não que os conversores DC-DC step-down não sejam baratos ou duraveis, mas ficar convertendo de 27 pra 19V dá um belo desperdício de energia, eu estou usando só MK nas torres por isso, Ubnt está fresco demais com seu limite "oficial" de 24 ou 25V, no mundo real todo par de baterias flutua a pelo menos 27V.

  2. #42

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Perfeito, esse nobreak DC da VA manda 6A pras baterias, e 6A é algo bem proximo a 10% de 70Ah, então dá pra usar eles tranquilo com baterias de 50 a 70Ah. Isso está 100% de acordo com o que os fabricantes de baterias recomendam pra otimizar a vida útil da bateria.

    Quanto a necessidade de regulagem na saída, você precisa de 24V cravados? A maioria dos produtos UBNT e MK que conheço operam muito bem até a casa dos 28V pelo menos. Os Engenius e Intelbras que conheço idem, falar em "24V" não quer dizer necessidade de 24V fixos e cravados, sempre existe queda de tensão em cabo, o fabricante seria muito maldoso se fizesse um VRM que exige uma tensão num range muito estreito tipo "23 a 25V". Pode ver nos datasheets da UBNT e MK, verá coisa tipo "Voltage range: 10 to 28V", umas das excessões que conheço são os Bullet, que diz ir de 10 a 24V. A MK é mais realista nisso, a UBNT vive num mundo de fadas em que todo mundo usa a fonte deles de 24V, mas geralmente se comenta que mesmo os Bullet funcionam bem até os 28V.

    Se precisar baixar mesmo a tensão, tem um problema: A bateria carregada teria 27V, pra reduzir pra 24V você usaria um conversor tipo step-down, mas a bateria quase descarregada cai pra 21V, então precisaria um step-up pra aumentar pra 24V. Os conversores DC-DC baratos operam com tensão fixa na saída, você regula pra 24V então ele vai baixar pra 24V desde que a tensão de entrada esteja uns 2V acima dos 24V. Se a bateria cai a até 21V, teria que usar um step-down regulado pra 19V de tensão de saída, falo de conversores ajustaveis tipo:
    http://www.ebay.com/itm/LM2596-Adjus...-/171127905954
    Aquele trimpot azul é o ajuste da tensão de saida, ele fala em diferença minima entrada>saída de 1,5V então por precaução usamos 2V, ele fala em consumo maximo de 3A então por precaução usamos no maximo com 1,5A de consumo.

    Dependendo da queda de tensão no cabo, um simples par de diodos em serie com a alimentação já dá 0,7 ou 0,8V de queda de tensão de modo que chegue uns 25V num Bullet a 20m de cabo de distancia, não que os conversores DC-DC step-down não sejam baratos ou duraveis, mas ficar convertendo de 27 pra 19V dá um belo desperdício de energia, eu estou usando só MK nas torres por isso, Ubnt está fresco demais com seu limite "oficial" de 24 ou 25V, no mundo real todo par de baterias flutua a pelo menos 27V.
    Bem eu conversei com o pessoal de lá e eles me passaram os seguinte valores:


    Valores: Fonte no-break 27,6V/7A: R$ 252,00
    Conversor DC/DC-27,6V-24V/1,5A: R$ 62,00 (Esse modelo de conversor possui range na entrada de 21V~28V, com saída fixada em 24V1,5A).

    O que me diz? ta beleza?



  3. #43

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Se eles garantem que esse conversor DC-DC não vai desligar quando a bateria chega na metade da capacidade (Uns 23V), vai fundo. R$ 62 é mais caro que os conversores contrabandeados do ebay, mas até que é barato pro brasil.

  4. #44

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Se eles garantem que esse conversor DC-DC não vai desligar quando a bateria chega na metade da capacidade (Uns 23V), vai fundo. R$ 62 é mais caro que os conversores contrabandeados do ebay, mas até que é barato pro brasil.
    Pois é, este é um problema aqui no Brasil a questão dos impostos, a maioria dos vendedores do ebay que procurei nenhum envia para o Brasil. Outra coisa, fico me pergutando, poxa pela quantidade de equipamentos que te falei creio que até mesmo 2 baterias de 40 ou 50A sei lá, axo que da pra aguentar um bom tempo né? Aqui mal falta energia e quando falta a companhia de energia resolve e até 2 ou 3 horas.



  5. #45

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Falta um meio termo mesmo, a VA tem fonte que manda 6A pras baterias (Modelo 24V/7A), e tem outro modelo menor que manda 0,7A pra bateria (Modelo 24V/3A). Ou seja, uma é perfeita pra bateria de 60Ah, outra é perfeita pra bateria de 7Ah. No meio do caminho você dimensiona errado ou com corrente menor criando mais desequalização, ou com corrente maior que a devida, diminuindo a vida da bateria. Pra bateria de 40Ah ( Tipo http://www.bateriaautomotiva.com.br/...ria-40Ah-DF500 ) acho melhor ter uma corrente mais alta que o ideal (6A da fonte 24V/7A) e correr o risco de aquecer um pouco, do que ter corrente tão baixa como 0,7A (Da fonte 24V/3A) e ter uma boa certeza de desequalização (E desequalização aquece umas celulas mais que outra, seca essa celula mais rapido, e a bateria dura pouco igual).

    Pra bateria de 30Ah eu fico indeciso, 0,7A é pouco demais, e 6A é exagero. Eu não optaria por baterias de 30Ah então :-)

  6. #46

    Padrão

    @rubem Gostaria de usar essa fonte 27,6V/7A da VA Conversores para substituir uma 24V da volt e poder aumentar a capacidade das baterias. Tava procurando um conversor DC/DC e encontrei esse da TP Net: https://tpnetinformatica.commercesui...rsor-dc-dc-d30

    Ele tem corrente de saída de 2A, será que serviria para alimentar um patch panel com 10 equipamentos normalmente?
    Obg



  7. #47

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Ele basicamente tem algo desse aqui dentro:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...-step-down-_JM

    Eles vão pelo caminho certo, falam que o limite está nos 30W (Pouco mais de 2A em 12V, menos de 1A em 35V). Não adianta falar em limite de 2A de saída, tem o limite de calor que o CI dissipa, melhor ver o limite em watts mesmo, esse limite indepente da tensão (Passando de 24V pra 12V, ou de 12V pra 5V, o limite seria 30W ou 2A (2A em 5V = 10W, 30W em 24V = 1,25A), por precaução respeite os 2 senão eles não dura.

    Exemplo: Se usar de 21-27V (Nobreak 24V) pra passar pra 12V: 12V 2A = 24W, nesse caso use o limite de 2A mesmo.

    Se os "equipamentos" consumirem 4W cada, 30/4 = 7,5, ou seja, só serviria pra 7 radios/switch pequenos de 4W cada.

    Se for Rocket ou antenas pra PTP (NB e cia) de 7W, 30/7 = 4,2. Só 4 desses radios.

    Tem modelos desses conversores que vem com um dissipadorzinho pra aguentar uma potência maior:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...l4005-35-a-_JM

    Eu ventilaria isso com um fan 80mm, seja usando dissipador ou sem dissipador. Esse último aparelho talvez dá pra arriscar 30W ou 35W em uso 24x7 mesmo (O de cima eu não arriscaria, eu usei muito dele, mas 1 ou 2 roteadores em cada). Não adianta pagar R$ 50 num TP-Net só pela marca, o circuito é desses conversores baratos de R$ 10 a 15 no ML, eu prefiro comprar conversor barato e usar 1 por radio (Exceto se for AP doméstico ou switch pequeno comum 5-8p porcaria, que consomem uns 4W cada, aí dá pra usar 2, mas usar 2 Rocket num conversor desse acho meio exagerado, eles são baratos).

  8. #48
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    902

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Os 2A até que não é problema, mas se o seu patch usar plug P4, aí estará encrencado pois não suporta os 4A pelo plug(vide os notebooks), começa a esquentar podendo gerar problemas na frente, que é o mesmo caso de tomadas em nossas casas que são projetadas para 8A no fio, mas usa secador, microondas, ferro de passar que chegam a 20A no pico. Vi uma vez um patch que usava 2 plugs e poderia inclusive usar fontes de diferentes tensões ( um com 12 e outro com 24), aí sim teria uma boa folga no patch panel



  9. #49

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    @rubem Tem 5 equipamentos na torre onde pretendia usar a fonte, uma Rocket, duas NanoStationM5, uma PowerBeam 25 e uma Basebox. Acho que precisaria de uns 4 conversores desse par dar os 7A da saída da fonte caso use as 10 portas do patch panel, certo? Os conversores seriam ligados em série na saída para o patch panel?

    Conversando com a VA Conversores disseram que a partir de março vão ter uma versão dessa fonte com saída cravada em 24V7A, se ficar na mesma faixa de preço ser muito útil por aqui.

  10. #50

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Citação Postado originalmente por Nilton Nakao Ver Post
    Os 2A até que não é problema, mas se o seu patch usar plug P4, aí estará encrencado pois não suporta os 4A pelo plug(vide os notebooks), começa a esquentar podendo gerar problemas na frente, que é o mesmo caso de tomadas em nossas casas que são projetadas para 8A no fio, mas usa secador, microondas, ferro de passar que chegam a 20A no pico. Vi uma vez um patch que usava 2 plugs e poderia inclusive usar fontes de diferentes tensões ( um com 12 e outro com 24), aí sim teria uma boa folga no patch panel
    Então, o patch panel PoE em uso é um de 10 portas Fast da volt que usa um plug no estilo desse aqui
    http://i00.i.aliimg.com/img/pb/615/5...539615_959.jpg

    Até pouco tempo era um da CCN que tinha duas entradas para plug P4, cada uma alimentava 5 portas do patch, só que acabei retirando ele por não ter fusíveis individuais nas portas.



  11. #51

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    Citação Postado originalmente por gustavohp Ver Post
    @rubem Tem 5 equipamentos na torre onde pretendia usar a fonte, uma Rocket, duas NanoStationM5, uma PowerBeam 25 e uma Basebox. Acho que precisaria de uns 4 conversores desse par dar os 7A da saída da fonte caso use as 10 portas do patch panel, certo? Os conversores seriam ligados em série na saída para o patch panel?

    Conversando com a VA Conversores disseram que a partir de março vão ter uma versão dessa fonte com saída cravada em 24V7A, se ficar na mesma faixa de preço ser muito útil por aqui.
    Mas porque 7A?

    Um Rocket consome uns 7W, um Nano M5 uns 6W, uma PBE uns 4W, uma basebox depende do modelo, 8 a 12W.
    7+6+4+12 = 29W

    Mas esses equiptos funcionam com 24V. Pra quem precisaria o conversores?

    Se fosse pra reduzir pra 12V (Pra que? Não tem lucro nenhum fazendo isso, só prejuízo), 29W em 12V = 29/12 = 2,41A.
    Tá no limite dos 30W que os conversores baratos dizem suportar mas o modelo com dissipador e adaptando um fan em cima dá pra arriscar.

    Se tem uma fonte 24V, onde usaria o conversor?

    E não importa a potência da fonte e sim o CONSUMO DOS APARELHOS. Pode ligar um Rocket que consome 7W numa fonte com potência de 70000W, a corrente circulante é a correspondente aos 7W de consumo do aparelho.
    (A Usina de Itaipu gera alguns megawatts.hora, mas na sua cada as tomadas e plugs dos aparelhos suportam algo tipo 1000 a 3000W, se ligar um ventilador de 30W na tomada tanto faz se a energia vem de Itaipu (Que pode gerar duzias de MW) ou se vem de um inversor com capacidade de uns 80W)

    Os nobreaks 24V são muitos usados e recomendados justo porque qualquer aparelho decente hoje suporta uns 10 a 27V (E os nobreaks 24V vão de 21 a 27V), só aparelhos feitos pra dona-de-casa operam apenas em 12V (E na verdade a maioria aceita 8-14V, a maioria pode ser ligado em nobreak 12V), todos os aparelhos citados operam muito bem (Igual com 12V, ou com 18V) direto em nobreak DC 24V, não precisa de conversor pra reduzir a tensão.

  12. #52

    Padrão

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Mas porque 7A?

    Um Rocket consome uns 7W, um Nano M5 uns 6W, uma PBE uns 4W, uma basebox depende do modelo, 8 a 12W.
    7+6+4+12 = 29W

    Mas esses equiptos funcionam com 24V. Pra quem precisaria o conversores?

    Se fosse pra reduzir pra 12V (Pra que? Não tem lucro nenhum fazendo isso, só prejuízo), 29W em 12V = 29/12 = 2,41A.
    Tá no limite dos 30W que os conversores baratos dizem suportar mas o modelo com dissipador e adaptando um fan em cima dá pra arriscar.

    Se tem uma fonte 24V, onde usaria o conversor?

    E não importa a potência da fonte e sim o CONSUMO DOS APARELHOS. Pode ligar um Rocket que consome 7W numa fonte com potência de 70000W, a corrente circulante é a correspondente aos 7W de consumo do aparelho.
    (A Usina de Itaipu gera alguns megawatts.hora, mas na sua cada as tomadas e plugs dos aparelhos suportam algo tipo 1000 a 3000W, se ligar um ventilador de 30W na tomada tanto faz se a energia vem de Itaipu (Que pode gerar duzias de MW) ou se vem de um inversor com capacidade de uns 80W)

    Os nobreaks 24V são muitos usados e recomendados justo porque qualquer aparelho decente hoje suporta uns 10 a 27V (E os nobreaks 24V vão de 21 a 27V), só aparelhos feitos pra dona-de-casa operam apenas em 12V (E na verdade a maioria aceita 8-14V, a maioria pode ser ligado em nobreak 12V), todos os aparelhos citados operam muito bem (Igual com 12V, ou com 18V) direto em nobreak DC 24V, não precisa de conversor pra reduzir a tensão.
    @rubem
    Então rubem, a ideia de usar o conversor era pra essa fonte da VA aqui:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...k-19-24v7a-_JM

    A saída dela é de 27,6 volts e com equipamentos da ubiquiti nessa voltagem tem relatos de problemas como travamento e equipamento resetando sozinho (nos próprios comentários desse anuncio do ML tem um que disse que a fonte resetou airgrids)
    Pelo que vi só os UBNT que não funcionam bem acima de 25V, mikrotik funciona normal.
    Enfim, na torres que esses equipamentos estão eles tão sendo alimentados por uma fonte No-break 24V7A da Volt com 4 baterias seladas de 7Ah em Série/Paralelo e um patch panel PoE.

    O problema de tudo isso é que volta e meia acontece de ficar sem energia por mais de 4 horas e os equipamentos desligam. Então precisava de um banco de baterias maiores nessa torre. Como percebi fazendo umas pesquisas por aqui (grande quantidade de posts seus muito utéis sobre o assunto) a fonte da volt manda só 0,7a de carga para carregar a bateria o que demoraria demais pra carregar uma bateria com capacidade maior do que as que já estão lá, dai a necessidade de outra fonte que mande uma amperagem maior para as baterias (o suficiente para duas estacionarias de 40Ah em serie). Essa ai da VA manda 6A e seria ótima se não fosse 27V.

    Fora essa encontrei a da TpNet mas ela tem as entradas dos RJ45 embutidas e as algumas da volta da faixa dos quase 1000R$.

    Disse 7A por que é a amperagem que a fonte tem na saída para o patch panel, onde imagino que ficaria o conversor, certo? Nesse caso poderia ser um desses conversores de 2a? Tem alguma solução para caso eu precise usar as 10 portas do patch panel ?(10 equipamentos)



  13. #53

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    O conversor teria circulando por ele só a corrente que os aparelhos consumissem.

    Mas se for por isso não vale a pena o conversor.
    Como a bateria acabando baixa pra casa dos 21V, teria que regular o conversor pra saída de uns 18V ou 19V, 29W / 18V = 29/18 = 1,61 amperes.

    Se for só pelos 0,6V (Usar com 27V eu uso muito), dá pra colocar 2 ou 3 diodos sem série, só com o positivo.
    Diodo retificador comum tem queda de tensão de 0,7V em cada um. Seja lá a corrente circulando, ou a tensão, ela cai 0,7V em cada diodo.
    Se colocar 3 deles em série, cai então 2,1V, cai de 27,6 pra 25,5V.
    (E no fim da bateria ao invés de 21V teria 18,9V)


    Qualquer diodo comum (Retificador, ou de silicio), suportando uns 2A ou mais, serve, digamos desses:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...-10a-1000v-_JM
    Em fonte pifada você vai encontrar muito diodo rápido, ou shottky, eles tem queda de tensão de só 0,3V. 3 deles cairia de 27,6 pra 26,7V. Seria bom ler o modelo escrito na lateral e googlar por ele pra ver se é diodo de silicio, ou é um diodo schottky. Se for shottky seria bom usar 4 ou 5 sem série.
    Se for comprar, esse de R$ 2 tá caro porque é de 10A, os de 2A custam menos de R$ 1 onde tem loja de componentes.

    Algo assim com diodo retificador comum:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         diodo.jpg
Visualizações:	53
Tamanho: 	37,1 KB
ID:      	62327


    Mas eu não dou tanta trela pra esse papo porque com fonte/bateria no chão e equipamento no alto de torre tem sempre muito mais de 10m de fio. Se for levar a energia por cabo ethernet, digamos alimentar 3 Rocket no alto, são 21W de consumo, em 27,6V são 0,76A, em 20m de cabo isso dá mais de 0,6V de queda de tensão. Fora que cada conexão tem uma quedinha extra tipo 0,1V, tendo 2 RJ45 no caminho dá pra falar em 0,8V de queda real.
    Eu colocaria esses travamentos na conta do ripple, pessoal que usa fonte de 7A (24V * 7A = 168W) pra alimentar só 1 ou 2 rádios (2 Rocket consome 14W), sendo que toda fonte tem muito ripple seja com consumo acima do ideal (Consumir 6A dessa fonte) mas também abaixo do ideal. Sempre falo que o limite a respeitar devia ser 30 a 70% da capacidade prometida da fonte. Nesse caso, a capacidade prometida é 168W, então o consumo ideal seria entre 50W e 117W.

    O problema é bem esse que você citou, não tem qualquer fonte com qualquer corrente de carga, o jeito é usar as péssimas opções que tem no mercado.

    Pra limitar ripple e de quebra ter queda de tensão dá pra fazer uns filtros LC com diodo. Cada filtro desse daria queda de 0,7V, fora que filtraria ainda mais qualquer ripple e spikes.

    Filtro tipo:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DC_Power_Filter_sm__30057.1389942536.1280.1280.jpg
Visualizações:	72
Tamanho: 	22,6 KB
ID:      	62328Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         filter.jpg
Visualizações:	66
Tamanho: 	60,5 KB
ID:      	62329Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         26246-main.jpg
Visualizações:	42
Tamanho: 	120,1 KB
ID:      	62330

    O circuito é simples, assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         lc1.jpg
Visualizações:	53
Tamanho: 	82,5 KB
ID:      	62331
    A montagem:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         lc2.jpg
Visualizações:	57
Tamanho: 	67,9 KB
ID:      	62332

    Pro seu uso um diodo de 2A serve, um comum é o 1N5408 de 3A, várias fontes ATX tem dele:
    https://www.baudaeletronica.com.br/diodo-1n5408.html

    A bobina também pega de fonte ATX pifada. Quanto mais voltas melhor, mas seria bom um fio que desse pra dar 15 a 20 voltas pelo menos. Pode ser esse fio envernizado que as fontes tem, ou pode usar um fio encapado fino (O fio das fontes ATX é um 18AWG, serve, pena que não dá pra tantar voltas).

    O capacitor é mais chato de achar, já que tem 27V seria bom nem usar capacitor de 35V, mas sim um de 50V. Pode ser um de 330uF, 220uF, mas seria bom um de 50V.
    SE não achar, tá... serve um de 35V, seja de 470uF, 330uF, 220uF. É barato:
    https://www.baudaeletronica.com.br/c...470uf-35v.html
    Eles tem um - (Menos) escrito num lado, esse lado vai no negativo, o outro é o positivo. Se inverter ele estufa até estourar.
    Se inverter o diodo simplesmente o equipto não recebe energia nenhuma.
    Se inverter a bobina... não acontece nada porque ela pode ir em qualquer posição.


    Eu faria um filtro LC com 3 diodos ou mais na entrada, se é por medo dos 27,6V. Não tem risco de um filtro LC queimar.
    (Os diodos podem derreter se a corrente for grande demais. Diodo 1N4007 comum em fonte ATX pequena (200W) é pra 1A, se fizer circular 1,3A (29W / 22V = 29/22 = 1,31A) não vai durar muitos meses, mas queimar mesmo vai se fizer circular uns 1,5A o dia todo)

    (E os diodos vão desperdiçar, deixa ver, 29W / 25,5V = 1,13A. 3 diodos darão 2,1V, 2,1 * 1,13 = 2,3W de energia desperdiçado na forma de calor, 7,9%, quer dizer rendimento de uns 92%, que é próximo do que o conversor dc-dc teria. Desperdiça energia mas nesse caso toda opção desperdiça (Até cabo longo. Não despreze a queda de tensão nos cabos, calculadora poe calcula isso, mas tem que ver a corrente consumida por cada aparelho (Se subir pra torre um cabo pra cada) ou consumo geral se subir toda a alimentação num único cabo))

  14. #54
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    902

    Padrão Re: Fonte no-break necessaria para usar em torre

    gustavhp, se o consumo previsto é para 1A por porta, considere na fonte mais 50% ou seja se for consumir 10A, considere 15A. O conector que vi, é usado em muitos equipamentos de radio-amadores ou telefonia que possuem um consumo médio de 4A na telefonia e 8A nos radio-amadores, Acima dessa carga são parafusados por terminais específicos; ele é usado em PCs(desktop) mas com 4 terminais para alimentar o processador e alguns usam até 6 terminais( 12V x 25A, preto e amarelo), esses processadores consomem no meu caso de 95 a 125 watts.