Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Olá, estou com a seguinte dúvida e gostaria da ajuda de vocês: Tenho um amigo que tem 2 casas, na casa principal tem acesso a internet por Cable Modem, 10MB. e tem pessoas da família dele morando nessa casa, ele quem paga a internet. já a segunda casa (a que ele mora) fica a menos de 900 metros da casa com Acesso a internet, e ele gostaria de usar essa mesma rede, pois a segunda casa, na qual não tem internet, fica já em outro município. no qual o provedor cable modem não vende seus serviços.
    Então a duvida é o seguinte: Se ele levantasse uma torre AP e na outra casa dele uma torre Cliente seria considerado crime? tipo: Provedor pirata e tals...

    Desde já, Obrigado.

  2. Teoricamente a autorização de SLP, serviço limitado privado, existe pra casos como esse. Video autorização simples:
    http://www.anatel.gov.br/Portal/veri.../documento.asp

    Mas... na prática... poucas pessoas ou empresas usam isso quando não se trata de redes de fibra/cabo que atravessam bairros, quando não se trata de torres... o que mais vejo é matriz e filial de empresa se interligando via wifi, sem autorização formal pra SLP (Fiscalização? pff...)

    Sem venda de conexão, usando freq. possíveis, não vejo no que a Anatel poderia se basear pra multar, em caso de denuncia o maximo que ela poderia fazer é justamente dar um prazo pra tirar uma licença SLP, não tem penalização especificada pra isso então mesmo expirado esse prazo me parece que não tem sansão legal pra Anatel tomar.
    (E a praxe aparentemente é essa, usa até o dia que a Anatel reclamar (Conhecido como dia de São Nunca), depois se preocupa com SLP)



  3. No seu caso não é crime, você não esta comercializando internet, apenas montando uma rede através de PTP.
    Hoje muitas empresas fazem isso para interligar Matriz - Filial.
    Quanto ao SLP, como nosso amigo acima falou, eu acho que é somente para uso de Fibra, no Wireless procure usar canais "Livres", no caso de uso de 5Ghz use os canais 5725 a 5850 Mhz, pois nesse intervalo de canais você não precisa ficar se preocupando com potencia EIRP.

    Abraços.

  4. SLP enquadra wireless também, é o meio que algumas prefeituras estão usando pra distribuidir internet via wifi pros orgãos (Cidades digitais, como não envolve cobrança não necessita SCM. Só vai precisar SCM se entregar também aos moradores (Passa a envolver interesse publico)).

    A diferença pra fibra ou rede ethernet é que pra fazer aluguel de postes as cias eletricas exigem SCM, Seac ou SLP, mas esse serviço não é limitado a esses meios fisicos. Na prática só corre atras de SLP quem precisa esses contratos, precisa registro legal da operação pra uso interno (Grandes empresas), ou quem usa frequencias licenciadas. Usuario domestico ou pequena empresa teria muito gasto pra uma SLP, a legislação tem suas brechas mas não tem como exigir SLP pra usuario domestico. Pra empresas talvez, mas sempre dá pra argumentar em razão do custo e tal, já é raro fiscalização disso, mais raro ainda será o fiscal entender (Indevidamente?) que a empresa precisa mesmo SLP, o único perigo é o contratempo de ter que apresentar carta de defesa citando o uso de interesse restrito e o custo do SLP, são as mesmas chances de ganhar na MegaSena...



  5. Obrigado a todos, me ajudaram muito a esclarecer essa dúvida.
    Abraço a Todos!






Tópicos Similares

  1. Servidor Linux não permitindo acesso a internet em um windows
    Por GabrielPicoli no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 03-05-2017, 00:14
  2. Respostas: 6
    Último Post: 28-04-2016, 07:21
  3. Respostas: 6
    Último Post: 28-02-2013, 07:12
  4. Respostas: 9
    Último Post: 18-05-2012, 17:30
  5. RBs em mode Bridge não tem acesso a Internet
    Por tonelli no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 21-01-2012, 09:02

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L