Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por aprendiz_ce Ver Post
    E qual a ventagem do uso de tal "especialização"? Seria algum recurso de segurança?
    Pessoal, usei o termo "especialização" no sentido de ironia, por isso está entre aspas. Lamento por não terem entendido. Agradeço ao Rubem pelo complemento de informações.

  2. São quase todas operadoras. .. No estado de SP a Vivo é a pior...



  3. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Vantagem? Acho que não é intencional, parece mais despreparo gigante dos operadores. Uso a Oi e ela terceiriza muito disso, os terceirizados ganham coisa tipo R$ 900 a 1500, imagina a qualificação desse pessoal. Pessoal interno nem sempre ganha muito mais que isso, ou seja, só fica quem não recebe propostas melhores ou quem é muuuito fiel, todo mes tem novato mechendo nisso.

    Tem que ver se isso ocorre em ponto de troca de trafego, em interconexão, enfim, isso geralmente ocorre quando tem outras operadoras envolvidas, o pacote sai da operadora A rumo a B, mas outro ponto a B retorna pra A noutro estado, que pode redirecionar na rede interna pra um ponto onde o pacote já passou. Pra ir pra Miami eu saio pela Oi, as vezes passso pela GVT em GO, depois pela Telefonica em SP, e enfim (Não sei porque passar pelo sudeste se estou no CO) vou pra Intelig em Recife, e aí sim caio no cabo submarino. Nessas trocas Oi/GVT/Telefonica/Intelig é que geralmente vejo as repetições.

    O brasil é terrível em trocas de trafego, além de sequer ter um PTT por estado, tem muitos trechos de fibras compartilhadas ou alugadas que são "cuidadas" por funcionários recebendo salário mínimo sem muita qualificação, por isso a GVT viva com desculpa de rompimento de fibra, duplo-rompimento de fibra, triplo-rompimento de fibra, quadruplo rompimento de fibra e falha no remanejamento da conexão... a rede da maioria das operadoras vive constantemente em modo de emergencia em metade do país, passa o ano todo redirecionando temporariamente as conexões por outra fibra até que a fibra principal seja reestabelecida (E quando está o é, a fibra secundária dá problema, e esta fibra atendia a alguma outra operadora, que passará a redirecionar temporariamente pela fibra recém reparada, e assim sucessivamente... todo dia tem um rompimento num canto do país criando algum loop ou gargalo mesmo pra quem está distante)
    Era o que eu imaginava! Perguntei só pra ter certeza com relação a isso... (rs)

    Só pra constar: Esse problema foi com um serviço empresarial da EMBRATEL (não sei o nome do mesmo) e eventualmente o mesmo pára, só que dessa vez a coisa foi grave, pois a parada do serviço já vai completar um semana. O técnico deles foi até o local mas ainda não resolveu nada. Pode?!?!

    Estou pensando em fazer um redundância de link. Que contrato uma empresa pequena mesmo só para uso em caso de emergência, pois penso que a coisa ficaria melhor do que como está hoje.

    Será que o amigo teria alguma solução (dica) para implementar uma REDUNDÂNCIA DE LINK simples para o meu caso? Não quero nada "ULTRAHIPERMEGA" sofisticado não, mas algo que seja fácil e simples de implementar e manter. E se de repente a mesma contemplasse suporte a conexões entrante via VPN e SSH.

    Grato.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 22
    Último Post: 11-08-2010, 09:33
  2. Curiosidades Linux
    Por atoyota no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 24-06-2003, 03:02
  3. Programa igual Traceroute so que melhor
    Por ReiserFS no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 14-06-2003, 23:48
  4. Só por curiosidade...
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 6
    Último Post: 06-05-2003, 14:07
  5. curiosidade
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 13-11-2002, 12:25

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L