Página 3 de 3 PrimeiroPrimeiro 123
+ Responder ao Tópico



  1. Aqui eu estou fazendo o equipamento da internet a cabo, faço a proteção no POE usando fusivel de vidro e fusivel rearmavel.
    Mas ainda não cheguei a encontrar um meio de proteger os 2 pares de dados.
    comprei 2 protetor de surto de made china mas ambos vieram com centelhador a gas de 90v, eu acho que 90v é muito para o par de dados, será que a comunicação por dados no par usa 90v? pq o centelhador so faz efeito se passar dos 90v

  2. Citação Postado originalmente por biohazzard Ver Post
    Coloca na conta do PAPA!
    Essa matou a pau.



  3. Obrigado a todos pelas suas colocações, foi de grande utilidade, no meu caso como minha cidade é pequena em que você tem uma relação pessoal cada cliente, temos que preservar a imagem da empresa. A maioria se posicionou com referência a pretadora de energia, mas às vezes a causa da descarga é em nossa própria rede, muitas vezes o cliente desliga da energia e não desliga o cabo de rede. Aqui a prestadora de energia indeniza o cliente quando há queima de equipamentos eletrônicos por descarga atmosférica.
    JMayer

  4. Senhores infelizmente, se a queima ocorreu pelo surto oriundo do cabo da prestadora de serviço, não tem para onde correr a responsabilidade será sempre da prestadora de serviços, que não se cercou de todos os cuidados necessários a prestação do serviço, ou seja, em conformidade com as normas de segurança, em especial turminha, aquele que diz respeito ao aterramento necessário, que tenho certeza que no projeto técnico de instalação dos cabos deveria constar.
    A bem da verdade a culpa será sempre da concessionaria de energia, que possui uma seguradora que irá ajuizar uma ação regressiva contra o provedor que prestava o serviço, não tenham duvidas disso, afinal Ela possui o projeto de instalação do cabo da autorizada, que compartilham os postes, quando o provedor tem este projeto.
    Segue jurisprudência sobre o assunto, é farto a matéria que versa sobre isso em nosso tribunais, com as minha homenagens:

    RECURSO INOMINADO. CONSUMIDOR. ENERGIA ELÉTRICA. AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS. SURTO DE TENSÃO NA REDE. QUEIMA DE APARELHOS. DANOS MATERIAIS COMPROVADOS. RESPONSABILIDADE OBJETIVA DA RÉ. A empresa concessionária de serviço público afigura-se responsável pelos danos causados ao consumidor, respondendo de forma objetiva. Danos materiais comprovados. Configurado o nexo causal entre o surto na rede de energia elétrica e a queima do aparelho. Ademais, a responsabilidade do prestador de serviço público é objetiva, independente, pois, de culpa. Aplicação do art. 14 do CDC e do art. 37 da CF/88. A recorrente responde pelos danos causados aos eletrodomésticos de seus usuários, salvo se demonstrar a ocorrência de fato de terceiro ou culpa exclusiva do consumidor, o que aqui não se verificou. RECURSO IMPROVIDO. (Recurso Cível Nº 71004502381, Primeira Turma Recursal Cível, Turmas Recursais, Relator: Roberto José Ludwig, Julgado em 03/09/2013)


    (TJ-RS - Recurso Cível: 71004502381 RS , Relator: Roberto José Ludwig, Data de Julgamento: 03/09/2013, Primeira Turma Recursal Cível, Data de Publicação: Diário da Justiça do dia 05/09/2013)
    Última edição por pp1wvc; 25-05-2014 às 10:43.



  5. so observando






Tópicos Similares

  1. Respostas: 10
    Último Post: 23-11-2012, 09:36
  2. Respostas: 8
    Último Post: 22-01-2012, 17:40
  3. Respostas: 4
    Último Post: 17-01-2012, 08:26
  4. Link reserva em caso de queda do principal!
    Por RenatoLima no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 26-10-2009, 22:34
  5. Acento em regras de bloqueio do spamassassin.
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 23-04-2004, 19:49

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L