+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    SXT tem angulo oficial de 25 graus, ME PARECE que são 25 nas SXT Lite, e 30 na SXT 5Hnd. Mas de qualquer forma é muito aberto pra uso como cliente. Se não fosse pela sensibilidade ótima e alta potencia os SXT ficariam limitados a cliente distantes no maximo 1,5Km igual CPE da Oiw, Kodama, Elsys...
    Eita, agora você me preocupou quanto à SXT. Esses 25º de abertura + essa grande sensibilidade dela não vão captar muito ruído? Imagina ela captando sinal de dezenas de APs há vários quilômetros de distância, deve ficar um caos.
    Eu gostei bastante da SXT, não queria procurar outra solução ou mesmo ficar com a AirGrid por causa do ângulo de abertura, até por que airOS não é nada comparado ao ROS. Por acaso não existe alguma técnica para fechar mais o ângulo de um rádio sem prejudicá-lo? Se conseguem tornar antenas omni de roteadores mais ou menos setoriais usando alumínio, quem sabe dê para tornar setoriais em algo mais próximo de direcionais né, mas isso seria gambiarra.

    Não relacionado a isso aí, mas é uma pena a SXT Lite5 não ter porta Gigabit, em distâncias pequenas, onde ela consegue passar mais de 100Mbps não é possível usar toda a capacidade dela. E como ela salva as configurações? Ela parece não ter armazenamento interno...

    A propósito, uma antena é considerada direcional abaixo de um determinado ângulo de abertura (qual?) ou elas são 0º, dependendo então da largura da antena para a exatidão do alinhamento?

    E outra, o que é mais importante olhar em uma antena, dependendo da necessidade (alcance, qualidade do sinal, etc.): o EIRP final ou TX e ganho da antena separadamente?
    Última edição por TsouzaR; 31-05-2014 às 23:58.

  2. O mais importante e o troughput passante quando voce quer troughput alto, ou o alcance quando voce quer alcance altio :-)

    Antena aberta (60º) causa problema de aumentar ruído de fundo ou cair troughput em hardware domestico, tipo chipset RTL8196 e cia (Ou o RTL8186 antigo). UBNT e MK tem chipsets bons, com um software que sabe lidar muito bem com ruído, eles estão em "outro patamar" comparado a Aquario, DLink, Encore, Oiw, GTS, Smartlan.

    Se quer MK com angulo pequeno o jeito é antena de grade 5GHz, e uma RB Groove. Eu só usei a Groove 2HN, e putz, ele deixou meu atual UBNT Bullet M2 no chinelo, estabilidade fantastica com visada parcial.
    Grade 5GHz 28dB me parece que estava uns R$ 120, é até menor que grade 2,4GHz de 24dB, se levar em conta groove+antena realmente fica mais caro.

    Mas não precisa ter receio de ruído alto em SXT ou NS, eles estão num nível bem acima de marcas domesticas (Exceto umas unidades problemáticas, toda linha de montagem tem). NS Loco é mais barato e simples, mas ainda assim fica acima da maioria das RB's populares tipo GTS, Oiw, Elsys, Intelbras/TP-Link.
    (A Intelbras tem linha profissional desde 2012, elas está melhorando muuuuito ultimamente (Já foi um lixo total, até 2011), mas a CPE 5GHz deles não é fantastica a ponto de concorrer com SXT. Entre NS Loco e Intelbras eu iria de Intelbras, mas acima disso (NS, Airgrid, Rocket Dish, SXT, Groove) a CPE Intelbras barata não consegue competir)



  3. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    O mais importante e o troughput passante quando voce quer troughput alto, ou o alcance quando voce quer alcance altio :-)
    É lógico, né cara, hahaha. Você disse em um post anterior que a SXT pode ter um bom throughput mesmo com sinal baixo por causa da sensibilidade. Mas e quanto a perdas? Estar conseguindo passar 50Mbps não indica que está passando com 100% de integridade.

    Como o começo desse último post seu deve ter sido escrito pelo Capitão Óbvio, minha dúvida ainda não foi sanada. Suponhamos que eu esteja procurando algo para fazer um PtP entre dezenas de quilômetros, em que eu tenho que atentar dentre os itens a seguir (porque claro, tem mais coisas que importam): EIRP, TX ou ganho da antena?

    Cara, obrigado por estar ajudando. Tu está sendo pra mim um mestre nessas questões aí.
    Queria poder adicionar reputação, mas sei lá o que esse fórum tem que não permite.

  4. PTP distante precisa antena bem direcional (2 ou 3º), com radome pra evitar interferencias laterais ou traseiras, e o que importa relativamente pouco é a potencia do hardware, porque hoje é comum radio com 600mW, e com isso numa antena de 32dB tem PTP de 80 ou 90Mbps de quase 100Km. Pelo preço desses hardware eu acho isso um resultado excelente.

    Quando você tem banda medida de digamos 50Mbps, e sua placa de rede é de 100Mbps, não quer dizer que terá 50% de perdas, o roteador simplesmente não aceita do computador novos pacotes então o computador "não envia" mais que 50Mbps. Geralmente quando NOS FORUNS se fala algo tipo "Consegui 70Mbps com 2 NSM5 em 20Km" significa algo com perda baixíssima, tipo 0,5% e olhe lá. Quando o FABRICANTE fala em "Até 30Km" de alcance geralmente está falando em banda baixa (Tipo 9Mbps em modo 802.11N) com perda tipo 10%. As perdas ocorrem por excesso de ruído de outros equipamentos (Que varia conforme o local, não tem como saber de outro jeito sem ser testar), por SNR variando devido a zona de fresnel parcialmente obstruída (Sinal pode refletir na obstrução e chegar com alguns nanosegundos de atraso, isso tira poder de processamento da etapa de RF, e nisso que MK e UBNT são muuuuuuuuuito melhores que coisas tipo Dlink), ou por sinal fraco devido a distancia. Na maioria dos PTP's em 5GHz de distancia tipo 10Km pra cima a zona de fresnel geralmente está 100% limpa, afinal geralmente se usa torre, 30m de torre e 12cm de inclinação da terra a cada km permite zona de fresnel livre de pelo menos uns 10m (É normal arvore de 20m em boa parte do brasil).

    Cada caso é um caso, onde não tem jeito de desobstruir a zona de fresnel o negocio é aumentar o EIRP e usar MIMO. Onde não há necessidade de banda full-duplex grande (50Mbps de TX, 50Mbps de RX) pode usar SISO e se não tiver ruído pode usar equip. de EIRP menor (Inclusive pra não atrapalhar seus outros equipamentos), não dá pra exagerar tipo antena de 34dB em radio de 63mW, melhor então um rocket dish de 23dB com etapa de RF nuns 125mW.
    E na pior das hipoteses usa MIMO, antena com radome, e antena tipo 34dB, com radio de uns 600mW, equip. pra bandas grandes geralmente usa MTU maior que o normal pra ter banda maior. Tipo, seu TPLink 941 tem MTU de 1470 a 1500 bytes, o roteador no equipamento wifi (Digamos um Intelbras APM) roteia os pacotes de modo que possa usar no PTP um MTU tipo 4000 bytes, com isso ele consegue com a mesma etapa de RF uns 100Mbps onde um SXT ou Airgrid conseguiria uns 30Mbps, não é apenas questão de etapa de RF, o roteamento é diferenciado (Mas isso é coisa recente nos radios acessíveis, até uns 5 anos isso só existia em equip. de R$ 7000, hoje tem nos de 700. Esses equip. tem etapa de RF muito boa, tem potencia de saída boa, sensibilidade boa, mas pra ter troughput excelente usam padrões proprietários bem mais eficientes que NV2 ou Airmax (Que não são ruins, são pra outro tipo de aplicação "menos extrema"), então ptp bom geralmente se faz com 2 equip. iguais usando alguma tecnologia proprietária, porque os padrões (802.11N, por exemplo) tem muitas limitações, mas não quer dizer que ele não seja mais que suficiente pra PTMP.



  5. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    PTP distante precisa antena bem direcional (2 ou 3º), com radome pra evitar interferencias laterais ou traseiras, e o que importa relativamente pouco é a potencia do hardware, porque hoje é comum radio com 600mW, e com isso numa antena de 32dB tem PTP de 80 ou 90Mbps de quase 100Km. Pelo preço desses hardware eu acho isso um resultado excelente.
    Eita, então essa RB951 que estou querendo adquirir para a rede interna deve se sair super bem com seus 1000mW (30dBm) de potência + duas antenas 2.5dBi, né? Ou isso quer dizer que a rede vai ser eficiente onde ela alcançar, mas vai alcançar pouco por causa do ganho pequeno das antenas?

    Outra coisa: nos vídeos que vi do pessoal configurando SXT, eles geralmente deixam as duas antenas para tanto TX quanto RX. Que vantagem isso vai dar se ambas vão estar fazendo a mesma coisa, com o mesmo alcance e a mesma potência? Se eu habilitar uma somente para TX e outra somente para RX vai melhorar algo?

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Tipo, seu TPLink 941 tem MTU de 1470 a 1500 bytes, o roteador no equipamento wifi (Digamos um Intelbras APM) roteia os pacotes de modo que possa usar no PTP um MTU tipo 4000 bytes, com isso ele consegue com a mesma etapa de RF uns 100Mbps onde um SXT ou Airgrid conseguiria uns 30Mbps
    Quer dizer que, se eu simplesmente aumentar o MTU na SXT e na torre do provedor, vou conseguir mais banda entre os dois?

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    usam padrões proprietários bem mais eficientes que NV2 ou Airmax (Que não são ruins, são pra outro tipo de aplicação "menos extrema"), então ptp bom geralmente se faz com 2 equip. iguais usando alguma tecnologia proprietária, porque os padrões (802.11N, por exemplo) tem muitas limitações, mas não quer dizer que ele não seja mais que suficiente pra PTMP.
    Falando nisso, lembrei de uma coisa que o RouterOS podia ter que é a possibilidade de usar NV2 em Virtual AP. Isso seria perfeito para permitir que outras RBs se comunicassem usando esse protocolo enquanto outros equipamentos não-Mikrotik usariam 802.11a/b/g/n na rede wireless "física".

    Só a fim de comparação e usando algumas coisas que você falou anteriormente, acha que, ignorando interferências, saturações e todos demais problemas específicos da frequência 2.4GHz, a configuração atual do PC Cliente-AP, com antena de grade Aquário 25dBi e placa PCI Ralink RT2561 com potência de 20dBm se sairia melhor que a SXT em alguma coisa (alcance, throughput)? Afinal, são 45dBm de EIRP e todo o poder de processamento da máquina (CPU 1.8GHz, 2GB RAM...).

    E quanto à SXT Lite5 não ser homologada, tem algum problema pra mim, que não sou provedor nem tenho SCM, usar essa CPE? A Computech vende ela com homologação, mas são uns R$40 a mais que na NR Store.

    Obrigado, até mais.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 3
    Último Post: 30-09-2009, 14:40
  2. Respostas: 20
    Último Post: 26-07-2007, 17:39
  3. roteador com antena "móvel"
    Por _N3o_ no fórum Redes
    Respostas: 12
    Último Post: 02-05-2007, 21:20
  4. adap. USB Encore ENUWI-B- ANTENA EXTERNA, COMO?
    Por eduardo_lg no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 30-12-2006, 21:42
  5. 99 % 5 Ghz nao tem antenas externas...
    Por patrickcanton no fórum Redes
    Respostas: 12
    Último Post: 07-09-2004, 08:32

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L