Página 3 de 11 PrimeiroPrimeiro 12345678 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico

  1. Citação Postado originalmente por marcosddc Ver Post
    onde você viu esse relato de fabricante dizendo que dava ?

    pra tirar da duvida amanha mesmo vou fazer um teste vou ligar 1 conversor e splitar pra 2
    sinceramente estou duvidando que isso funcione mais tentar ....rs
    No material de divulgação da CCN eu tenho certeza e no da Volt me parece que também. No da Fit não porque o pacpon já é uma ONU.

    Roberto, você conseguiu sintetizar muito bem as possibilidades. Tenho notado uma tendência dos pequenos preferirem uma rede mista como você descreveu.
    No caso dos equipamentos CCN e Volt, não sei se os dois, mas um deles me informou que a fonte no cliente é de 55V DC. Com isto ficaria garantido pelo menos um cascateamento com UPT e POE reverso.
    E daí eu fiquei achando que isso seria pouco, pois se a ideia é ter uma fibra tronco e ramais saindo para as laterais, um só cascateamento seria pouco.
    Mas se for possível utilizar outros equipamentos como o da Terópode ( que já está homologado) não ficaríamos preso a limitação de cascateamento.
    http://www.teropode.com


  2.    Publicidade


  3. Olá, boa noite!!

    Não, não acho legal essas soluções, elas encarecem e tomam espaço dentro das caixas.

    Você pode usar POE comum da fag ou da volt, aqueles de 12 a 24 V (que vem nas antenas), e usá-los em paralelo, alimentando o switch/ONU a partir do cliente, dificilmente o cabo UTP que sai do poste terá metragem o suficiente para haver grandes perdas, e esses aparelhos podem ser alimentados com POE de 12 a 18V sem problemas.

    A alimentação do aparelho tem que ser bolada por você, tipo identifique os fios que vem do POE com alimentação (geralmente são 4) (dois em paralelo) e separe eles ligando ao mesmo ponto, você não terá problema com a voltagem, que permanecerá a mesma, o que vai subir é a amperagem, porém o aparelho só usa da amperagem o que ele consome, ou seja, se tiver um aparelho que consuma 1Amp e tiver uma fonte de 1000 Amp ele continuará consumindo 1 Amp.

    Dessa forma poderíamos usar qualquer ONU com o POE reverso, e alimentada pelos clientes, compreendeu ?

    A grande vantagem da fibra é que o provedor não precisa se preocupar com a alimentação elétrica das ONU/switch, por que como disse antes, mesmo se todos clientes desligarem, ou se faltar energia em grande parte do bairro a outra parte continuará recebendo dados, por que o splitter passivo continuará iluminando a fibra, independente se as ONU's estão ligadas ou não.

    Você pode ter um ponto que o splitter dividirá a fibra de um para 4 por exemplo, dividindo a fibra e atendendo uma maior área, perceba que nesse cenário mesmo não sendo o ideal poderia ser usada a fibra FTTH, ou seja uma só FO no cabo, que é aquela fibra mais barata que na Furukawa por exemplo custa R$ 0.90 o metro. (isso é só um exemplo)

  4. Aqui em minas, a prefeitura de BH queria proibir a telbrax de passar um cabo interligando duas unidades, sabe o que eles fizeram, furaram o chão, mais de um 200 sem cortar o asfalto, quando a prefeitura chegou já havia passado a fibra. E alegaram que so estava dando manutenção.

  5. Roberto, esta questão do POE Reverso, é uma característica do equipamento?
    Se tiver 8 portas, todas poderão receber energia e não sobrecarregar o equipamento?
    Ou seja, todas as portas poderão receber alimentação do cliente?

    Sabe de algum SW que tenha este recurso?

    No caso do equipamento da Fit o custo ainda é alto, cerca de R$ 550,00.

    E aquele que citei da Terópode, na verdade é um SW com POE reverso.
    Não daria para fazer um ramal saindo da ONU e continuando com o terópode e ele alimentando a ONU?
    Um terópode custa R$ 150,00 e a fonte para clientes 60,00. Só que não precisa uma fonte em cada cliente. Uma fonte alimenta vários SW.

  6. Agora respondendo ao AMIGO 1929, que por falha de minha mente esqueci o seu nome, perdão

    Olha só, o equipamento pode ter só uma porta POE ou até não ter porta POE alguma, só precisamos conectar todas as fontes que vem da casa dos clientes (POE reverso) em paralelo.

    Regrinha básica, fontes em paralelo (a tensão se mantém a mesma) e dobra a amperagem, para facilitar deveríamos usar todas as fontes com a mesma tensão, eu sugeriria 18V para todas.

    Imagine que temos 10 fontes de 18V de 1 AMP cada uma, então se ligarmos a saída DC, ou seja (os 18V) todos em paralelo teríamos os mesmos 18V mas teríamos 10 AMP de corrente compreendeu ?

    Como disse antes, o aparelho só consome da amperagem o que está no projeto dele, então se um aparelho consome 1 AMP e a fonte é de 10 AMP ele continuará consumindo 1 AMP, dessa forma não teríamos problema quanto a isso.




Tags para este Tópico

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L