+ Responder ao Tópico

  1. Você está usando isso outdoor? Se sim, muda pra faixa que PODE ser utilizada pra ambiente outdoor, que é ACIMA de 5350MHz.

    Seção X daqui:
    http://www.anatel.gov.br/legislacao/...-resolucao-506
    5150 a 5350MHz é APENAS pra uso indoor.

    Por isso o espectro está uma zona no brasil, ninguém respeita regulamentação.

    Se usar MIMO, use apenas os datarates de MIMO, isto é, MCS8 a MCS15.

    E o uso de largura de canal auto em 20/40MHz, é pra passar mais banda? Mas lembra que 40MHz exige mais sinal, não só tem sensibilidade uns 2-3dBm menor como exige SNR uns 2-3dBm maior. A tabela de SNR que enviei é das poucas que agrupa 20 e 40MHz na mesma necessidade de SNR (Pois ela usa a conta de bits por hertz, que só funciona em laboratório), mas outras dão valores diferentes, exemplo:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         1418680339628.png
Visualizações:	993
Tamanho: 	165,9 KB
ID:      	59344
    Essa tabela tem SNR mais conservador porque aparentemente leva em conta uma taxa de erros maior tipo 99% (E a outra algo tipo 99,99%), o Bit Error Rate. Fora que se for ver tabelas oficiais de sensibilidade uns datasheets citam coisa tipo "-85dBm (10% error)", ou seja, se aplicar a margem sobre essa sensibilidade exata terá 10% de perdas "apenas" (E isso é considerado aceitavel no maldito mundo do marketing), 1 de cada 10 pings perdido, isso é uma rede lixo... mas pra fins de marketing tá tudo certo.


  2.    Publicidade


  3. Citação Postado originalmente por evandrojso Ver Post
    Consegui resolver o problema desse enlace, estava usando inicialmente antenas de 31dBi +RB912, dai optamos em trocar radio para ganhar mais nos sinal, trocamos para RB922 sinal foi para -55dBm mas na resolveu só ficava estável no MCS11 que passava em torno de 65Mbps, resolvemos trocar antena 34dBi da Ubiquiti+RB912, sinal caiu pra -43dBm com isso esta passando uns 130Mbps.

    perfeito, é bem simples so se trata de niveis de sinal!!!

  4. Citação Postado originalmente por evandrojso Ver Post
    Consegui resolver o problema desse enlace, estava usando inicialmente antenas de 31dBi +RB912, dai optamos em trocar radio para ganhar mais nos sinal, trocamos para RB922 sinal foi para -55dBm mas na resolveu só ficava estável no MCS11 que passava em torno de 65Mbps, resolvemos trocar antena 34dBi da Ubiquiti+RB912, sinal caiu pra -43dBm com isso esta passando uns 130Mbps.
    Citação Postado originalmente por emilidani Ver Post
    perfeito, é bem simples so se trata de niveis de sinal!!!
    Mas tem alguma outra questão nesse caso, apontamento de antena provavelmente.

    Porque trocando de 31 pra 34dBi são 3dBi de diferença no ganho, 3dBm por lado, 6dBm ao todo, e -55 + 6 daria -49dBm.
    Se subiu pra -43dBm é porque OU as antenas de 31dBi estavam mal alinhadas, OU tinha problema de fábrica nelas (E eu não confio é no acabamento das Algcom, solda feia tipo a que eu faço, e folha de alumínio na ponteira, não me inspiram confiança).

    O ganho de uma antena em bom estado tem tudo a ver com nível de sinal, trocar antena de 33 por 34dBi só deve mudar 1dBm no nível de sinal, se trocar nos 2 lados dum PTP só deve mudar 2dBm, se mudar algo além (Ou diminuir) então tem algo variando além do ganho da antena, tipo apontamento, conector, cabo, ou antena de angulo mais aberto pegando reflexo do chão (Multipath diz a teoria que não tem poder pra derrubar sinal, teria que chegar muuuuuita onda em contrafase pra criar isso, devia derrubar o throughput mas não o sinal).

  5. Rubens meu amigo dá uma olhada nessas imagens e veja que problema nos persegue. Durante o dia o ping para esse lado do enlace e 3, 5, 6 e por ai... agora depois das 20 horas fica desde jeito, porém já trocamos canal fizemos de tudo um pouco e nada de exito. Rocket m5 com disco de 25db. Tava pensando em testar um esse enlace de 3.5 km por um par de antena da intelbras APC 5M-18.Anexo 60356Anexo 60357Anexo 60359

  6. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    O problema não é cair em MCS0 se deixar no modo auto, se cair no MCS0 é porque o sinal está ruim. O problema é subir pra MCS5 ou 6 mas o troughput ficar ridículo.

    Isso não ocorre só em modo N, você consegue conexão a 54M em G com sinal -65, mas vai ter troughput digamos 2Mbps, se baixar pra 18M no datarate a sensibilidade melhora, o nº de bits por simbolo diminui e tem menos perdas nas sub-portadoras, e o troughput sobe de 2 pra 12Mbps (Baixando o datarate, mudança que altera potencia e sensibilidade).

    Se vai trafegar 2Mbps, pra quem usar MCS7? Esse MCS vai usar sempre todos os bits do simbolo, com muitos bits por simbolo a sensibilidade do hardware cai muuuuuuito (Vide ficha técnica dos aparelhos, a sensibilidade em MCS5 a 7 é péssima comparada em MCS0 ou 1), e o hardware e o software tem que processar todos os bits do simbolo pra "obter" os míseros 2Mbps. Porque não usar MCS0 nesse caso? Vai ter sensibilidade ótima, vai ter potencia maior, vai ter tempo de processamento menor, portanto as perdas de pacotes serão menores.

    Eu testei MCS3 na torre, e nos clientes livre de MCS0 a 3, mas hoje penso em fixar nos cliente em MCS0. Porque? Porque em MCS0 cabe perfeitamente o upload do cliente e as respostas dos pacotes. MCS baixo no cliente tem vantagem? Tem, cria menos processamento pra torre. Tem desvantagem? Não permite upload alto, tipo não mais que 4Mbps. Quem aí vende conexão com mais de 4M de upload?

    Você pode ter datarate diferente na torre e no cliente, quanto menor o datarate menor o trafego MAXIMO, mas também será menor o processamento, e em torre quando você quer muitos clientes num painel você tem que optar por modulações que exijam menos processamento. Usar por exemplo modo G pra PTP de 15M (Em 48-54M) é bobeira em hardware de hoje porque o processamento nesse modo é grande comparado a modo N em MCS3, que terá até mais que 15Mbps de troughput com tempos de respostas e perdas menores.

    Largura de canal tem efeito menor ou similar a usar menos bits por simbolo, é mais interessante usar canal padrão (20MHz) com poucos bits por chip (MCS0 ou 1) do que usar gambiarra/despadronização tipo canal de 10MHz que terão muitos bits por simbolo igual, só terão menos sub-portadoras. Se há perda de subportadoras, independente de ter 20 ou 50 subportadoras, você perderá muito mais dados com 6 bits por símbolo (MCS7) do que com 1 bit por símbolo (MCS0). Onde o sinal não está bom você VAI perder subportadora, perder pacote grande piora mais o troughput do que perder pacote pequeno.

    Mas o grande fator é:
    MCS7 = Potencia baixa, sensibilidade ruim, varios clientes simultaneos usam mais processamento
    MCS0 = Potencia alta, sensibilidade ótima, varios clientes simultaneos usam pouco processamento

    Essa diferença altera alcance (Derivado da potencia e sensibilidade dos hardwares domesticos, e da sensibilidade em hardware de torre) e altera nº maximo de clientes por painel (MCS baixo exige menos processamento da etapa de RF, portanto permite mais clientes ou permite mais qualidade de conexão).
    Boa noite a todos !

    Rubem por gentileza, teria como vc analisar as configurações e me dizer o que está de errado ? segue os prints do rocket m5 e da nano loco m5 de cliente.
    Minha rede hj é de 30 clientes
    link adsl 25 megas gvt
    Rb 493-ah para autenticar os clientes ppoe
    rocket m5 conectada a uma omni ubiquit 13 dbi 5.8 ghz
    nos clientes tenho 5 airgrid m5 e 25 nano loco m5

    obrigado


    sucesso a todosClique na imagem para uma versão maior

Nome:	         rocket m5-1.JPG
Visualizações:	179
Tamanho: 	126,5 KB
ID:      	60415Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         rocket m5-2.JPG
Visualizações:	171
Tamanho: 	114,1 KB
ID:      	60416Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         rocket m5-3.JPG
Visualizações:	123
Tamanho: 	64,0 KB
ID:      	60417Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         rocket m5-4.JPG
Visualizações:	134
Tamanho: 	101,3 KB
ID:      	60418Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         rocket m5-5.JPG
Visualizações:	298
Tamanho: 	171,3 KB
ID:      	60419

    segue abaixo configuração do equipamento de cliente
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         nano-1.JPG
Visualizações:	122
Tamanho: 	104,6 KB
ID:      	60420Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         nano-2.JPG
Visualizações:	134
Tamanho: 	71,1 KB
ID:      	60421Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         nano-3.JPG
Visualizações:	120
Tamanho: 	111,3 KB
ID:      	60422Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         nano-4.JPG
Visualizações:	99
Tamanho: 	59,5 KB
ID:      	60423


  7.    Publicidade




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L