Página 32 de 32 PrimeiroPrimeiro ... 272829303132
+ Responder ao Tópico



  1. #187

    Padrão Re: Ajuste de MCS do MikroTik RouterOS

    Bem isso, cliente a 200m do provedor provavelmente terá 5dBm de potência configurada, e cliente a 2km com CPE bem maior terá 18dBm.

    Sobre planos de 2-10Mbps, precisa data rate alto porque 5 ou 6 clientes de 10Mbps tem potencial pra consumir tudo o que o throughput de MCS12 passa!

    As vezes o jeito é usar no AP algo tipo MCS14, e nos clientes usar MCS10, afinal o upload é muito mais baixo que o download. Planos de 2-5Mbps rodam perfeito em MCS12 até com 20 clientes, mas conexão de 10Mbps exige o maior data rate das CPE's comuns, MCS14 ou MCS15, é muito mais tráfego.

    Sobre limite de potência pra cada país, se setar pra país correto (Se está no Brasil, configurar pro país Brazil) o firmware vai limitar a potência conforme legislação, se não me engano 27dBm EIRP de 5450-5720MHz, e 34dBm EIRP de 5730-5850MHz, se informar o tamanho correto da antena (No caso de firmwares que são comuns a mais de 1 CPE geralmente tem essa opção). Se usar a faixa dos 5650MHz, por exemplo, e informar que a CPE tem 16dBi, como o limite da legislação é 27dBm EIRP o rádio vai limitar a potência a 11dBm (Afinal 11dBm + 16dBi = 27dBm EIRP), no setup não aparece a limitação, mas será a limitação prática, nesses clientes se você aumenta a potência pra digamos 19dBm mas nada muda, é só testar se entre 9 e 11dbm o sinal muda, se mudar, então não é limitação por zona de Fresnel parcial e sim por potência limitada no firmware. Seguir a legislação tem seu preço, te obriga a usar CPE bem mais grande em distâncias maiores caso na sua região a faixa dos 5730-5850MHz não tenha espaço (Em compensação se não tiver clientes a mais de 1km, NÃO use nada acima de 5730MHz, use abaixo, que é a faixa pra potências mais baixas. Pra 1km NÃO PRECISA mais que 27dBm EIRP mesmo).

  2. #188

    Padrão

    @rubem. parabéns pela ajuda que tem dado aqui para o pessoal, estou apreendendo muito. uma dúvida que tenho é a respeito do sinal ap x cliente. nesta print temos -75 cliente e no ap -65 , com o noise floor em -117, gostaria de saber se isso esta correto ou não. estou usando mcs 0 a 7 no AP e mcs 7 em uma airgrid...Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         dbm.jpg
Visualizações:	42
Tamanho: 	138,2 KB
ID:      	69496



  3. #189

    Padrão Re: Ajuste de MCS do MikroTik RouterOS

    Se está usando Airgrid, ignora o outro chain, o sinal real é -63dBm, que é um sinal ok pra banda nem tão grande.

    (E ignora o sinal relatado como TX, ele as vezes está errado, só é confiável olhar o RX de ambos os lados. Explico: As vezes um AP diz que o sinal de TX é -75dBm, que é um sinal lixo, mas aí você vai no cliente e o sinal de RX dele (RX de um vem do TX do outro) na realidade é -60dBm, que é ok. Nesse print esse sinal informado de TX a -72dBm talvez não seja correto. Se for, -72dBm mal dá pra MCS3, é um sinal ruim pra cliente receber dados (Todo download sai pelo TX do AP, e vira o RX na estação, em estação RX deve ter sinal muito melhor que o RX no AP por isso, download será bem maior que o upload)

  4. #190

    Padrão

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Sobre a estratégia de sinal bom pra quem está longe, a ideia de quem está perto tem alguma vantagem por estar perto não confere, a diferença de tempo pra luz percorrer 100m ou 1000m é muito pequena pra fazer diferença, o acktimeout faz diferença porque ele atua no tempo pra ignorar reflexos, justo porque RF é muito rápido um sinal reflete em mil lugares e vários ecos/reflexos chegam no destino, um tempo maior no acktimeout ignorar ele. Quem terá desvantagem é quem tem sinal baixo, indepentende da distância.
    (Se todos tiverem zona de fresnel 100% limpa e o acktimeout correto, o ping e o throughput será igual, a diferença existiria entre cliente a 300m e a 30Km, mas é algo tipo 1 a 2ms a mais, no throughput geral não muda quase nada)

    Sobre processamento por usar 16QAM num lado e QBPSK no outro: Nada muda.
    Quanto maior o datarate menor o processamento, porque o mesmo pacote de navegação de X bytes será feito com menos pacotes wireless. Mas... precisa ter sinal bom pra isso (Todos nivelados lá pelos -55dBm pra usar MCS7). Usar datarate alto com sinal baixo é até pior porque o processamento gasto pre reenviar pacote (Ou perguntar por resposta não recebida) é muito pior, ocupa espaço na ram e na fila de tarefas. Se a intenção é economizar processamento não tem que se preocupar com esquema de modulação mas sim em ter 100% de CCQ, pra que nenhum pacote seja perdido.

    -65dbm vai dar CCQ baixo em MCS7, CCQ baixo implica pacotes perdidos. O mesmo nível de sinal vai dar CCQ ótimo lá por MCS4 ou 5, o datarate baixa mas a perda de pacotes acaba. Pacote perdido gera mais processamento e toma tempo, derruba o throughput também de outros clientes.
    Bom seria se os rádios fossem inteligentes pra usar datarate automaticamente só com 12dBm de margem com relação à sensibilidade, e mais de uns 25dB de SNR. Mas o software não testa throughput, se tiver tráfego baixo só com pacotes pequenos não haverá perda de pacotes, aí o radio talvez até suba o datarate. PTP sempre tem trafego constante e pacotes grande (1472 bytes, o MTU menos 28B do cabeçalho wifi e autenticação geralmente), de modo que se ele subir o datarate (Onde o sinal é baixo) rapidinho ocorre 3 ou 4 pacotes perdidos, nesse cenário o datarate automático acaba funcionando as vezes, mas é só ter trafego menor que isso deixa de funcionar direito, pacotes pequenos raramente são perdidos (Dar ping com -l 32 e com -l 1450 ajuda a ver a diferença de perdas conforme o tamanho), mas os chipsets tem um limite de pacotes, não de tráfego.

    Um exemplo, lá no final da página a tabela, o numero de Kpps com pacotes de 1518, 512 e 64 bytes:
    http://routerboard.com/RB912UAG-5HPnD
    Independente do tamanho do pacote, o chipset só lida com 60 mil pacotes por segundo (K pps). Pacote pequeno quem tem é coisa tipo troca de texto curto no whatsapp, verificação de status e conexão do Windows e uns softwares, após abrir uma página tem ad's que verificam tempo de conexão na página (Pra gerar estatística) com pacotes pequenos, enfim, muito do que usamos hoje trabalha com pacotes pequenos, e esses pacotes não são perdidos facilmente, se o cliente só tiver esses pacotes pequenos nada será perdido e será exibido CCQ ótimo, mas... hora que ele abrir uma página, abrir um vídeo no YT ou Facebook, aí vai usar pacotes de quase 1500 bytes, esses pacotes é que serão perdidos numa conexão ruim, o CCQ só vai cair hora que tiver esse tráfego, e o real problema é que esse pacote grande perdido vai consumir o processamento de 5 ou 6 clientes com pacotes pequenos (Que não são perdidos), a sensação de navegação dos outros clientes pode variar conforme o consumo do cliente de sinal ruim.

    Descer só 1 ou 2 datarates já ajudam muito, mesmo que fique em MCS6 já tem uma perda menor de pacotes com sinal baixo porque ele usa só 3/4 (75%) dos streams com dados úteis, enquanto MCS7 usa 5/6 (Uns 83%), esses streams sem dados fazem diferença em caso de sinal ruim, MCS0, 1 e 3 usam só metade (1/2) desses streams por isso tendem a ter perda minúscula de pacotes, colocar os clientes em MCS3 é ótimo especialmente por isso, seria como escrever só em metade de uma página e entregar pra um cachorro levar, cachorro que baba vai inutilizar uma parte da página, as chances da parte escrita ser destruída é menor quando você escreve só em metade da página (Aleatoriamente escolhendo qual metade ou posição do texto), se escrever em 83% da página (MCS7) a chance de parte do texto sair ilegível é muito maior, tem mais chances de perder o pacote como um todo (Mas se for um cachorro que não baba nada (Sinal alto tipo -55dBm) vai ser bem mais rápido trocar um livro usando páginas escritas em 83% (5/6) delas que em 50% (1/2).

    Enfim, tem muitos motivos pra tratar -65dBm como sinal ruim pra MCS7. O CCQ pode parecer bom as vezes por conta dessa questão do tamanho dos pacotes, muito cliente usa só whatsapp e só visualizar miniaturas no facebook, situação onde o tráfego é mínimo, nem tem como ter muitos pacotes perdidos porque eles nem trafegam muitos pacotes grandes.
    Boa, tarde Rubem, então estava acompanhando ontem seu post aqui no Forum, estou com essa questão aqui estou usando antena SISO como Airgrid e LiteBean, gostaria que pudesse me dizer se assim esta bom.. Aqui na minha cidade tem muito interferência ainda estou conseguindo entregar os planos de 10 Megas sem problema.. Estou para abrir um outro POP em outra cidade da mesma forma, só que vou usar RB 912+ Painel 2Flex 120º acha que seria bom ? Segue a foto da 921 com os clientes..

    https://ibb.co/Bzw6910



  5. #191

    Padrão Re: Ajuste de MCS do MikroTik RouterOS

    Se continuar com pouco cliente por pop sem problemas, esses sinais tipo -66dBm (O que importa é o RX na torre) quando tem baixo tráfego não são problema, o rádio consegue processar isso (Se fosse uma RB711 talvez não teria CCQ tão bons, hardware mais novo e com processador melhor dá conta de mais gente com sinal ruim).