Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico




  1. @TsouzaR se a empresa que instalar o cabeamento for locar espaço na fibra para provedores, ela vai ter que fazer um controle. Não é só injetar cada um por si.
    Ela vai ter que se responsabilizar perante seus clientes o perfeito funcionamento mediante gerenciamento deste cabeamento, além de se responsabilizar pela manutençaõ física da rede.
    Não teria como deixar que os provedores em conjunto fizessem isso. Só iria dar encrenca entre eles.
    Ou seja, o transporte das comunicações seria feita pelo detentor da rede como um todo.
    Agora se a empresa só fizer a instalação e locar para um só administrar e permitir neste contrato que esta empresa faça sub-locação , eu imagino que esta então é que deve ter o SCM. O proprietário do cabeamento não precisaria.

    É uma exigência que o responsável pelo transporte tenha SCM.

    Isto que você está pleiteando eu já vi um mercado promissor para quem fizer um cabeamento de alta capacidade e daí trabalhar em cima de transporte. Mas vai ter que administrar isso.
    Em vez de cada provedor fazer por si, uma empresa centraliza e outras também seriam beneficiadas e todos ganham.
    É uma ideia para fazer frente a concorrencia dos grandes.
    Mas tem que ter mente aberta e não querer tudo para si. Tem que trabalhar pelo bem de todos. Mais futuro que uma associação.
    Só que precisa um caminhão de dinheiro.



  2. Vocês conhecem alguma empresa que faça projetos para cabeamento aqui em minas junto a cemig a bom preço?

  3. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Não teria como deixar que os provedores em conjunto fizessem isso. Só iria dar encrenca entre eles.
    Ou seja, o transporte das comunicações seria feita pelo detentor da rede como um todo.
    A ideia é que somente a empresa dona dos cabos mexeria neles, seja para manutenção, instalação de clientes ou expansão. Os provedores só fariam a administração lógica, a física não.

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Agora se a empresa só fizer a instalação e locar para um só administrar e permitir neste contrato que esta empresa faça sub-locação , eu imagino que esta então é que deve ter o SCM. O proprietário do cabeamento não precisaria.
    Por que você só fala em locar os cabos para um único provedor? Teria algum problema em locar para vários ao mesmo tempo (e apenas minha empresa fazer a administração dos cabos)?

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Só que precisa um caminhão de dinheiro.
    O jeito é começar devagar.
    Por enquanto penso em fazer uma infra. com OLT bem básica, de 64 clientes já serve, atendimento por UTP (sai mais barato, inclusive para o cliente) com PACPON ONU POE da FIT Networks (melhor que encontrei até agora, mas não vi os preços). O backbone óptico está calculado em quase 4km de fibra percorrendo toda a região central da cidade.

    O provedor que alugar a rede leva para a central um roteador e com ele deve injetar seu link na rede, fazendo a restrição a seus clientes (VLAN, servidor PPPoE com service name distinto, etc.).

    Por enquanto estou pensando em alugar a rede por bairros ou por PDs de atendimento, sendo que algumas regiões são mais caras que outras. Tenho que ver melhor essa parte para conseguir tornar isso lucrativo tanto para os provedores quanto para a empresa, com retorno breve, ao menos para pagar os custos de implantação.

    Ao menos cliente provedor eu acho que não vai ser difícil conseguir. Os provedores wireless estão muito empatados, não tomam cliente dos outros, só perdem para a Oi. Atender por cabo é uma forma de sair na frente, e essa empresa pode inclusive estimular o surgimento de novos provedores por aqui, além de elevar a qualidade (eliminação de problemas de interferência e sufocamento de provedores baseados em ADSL ou ilegais [não pretendo ter provedor sem SCM como cliente]).

    Uma pergunta: alguém tem uma noção de valores de projeto de engenheiro para concessão de postes?
    E também o valor aproximado do salário de um engenheiro eletricista ou de telecom.



    Obrigado por responder e pela atenção.
    Até logo.



  4. Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post

    Por que você só fala em locar os cabos para um único provedor? Teria algum problema em locar para vários ao mesmo tempo (e apenas minha empresa fazer a administração dos cabos)?
    ...
    ...
    O provedor que alugar a rede leva para a central um roteador e com ele deve injetar seu link na rede, fazendo a restrição a seus clientes (VLAN, servidor PPPoE com service name distinto, etc.).
    ...
    ...
    Ao menos cliente provedor eu acho que não vai ser difícil conseguir. Os provedores wireless estão muito empatados, não tomam cliente dos outros, só perdem para a Oi. Atender por cabo é uma forma de sair na frente, e essa empresa pode inclusive estimular o surgimento de novos provedores por aqui, além de elevar a qualidade (eliminação de problemas de interferência e sufocamento de provedores baseados em ADSL ou ilegais [não pretendo ter provedor sem SCM como cliente]).
    Acho que houve um equívoco. Eu não disse que só um. Citei situações diversas com mais de um e com só um provedor.

    E não deveria caber UTP. É um projeto mais ambicioso e precisa começar muito bem para não cair no descrédito.

    Um cabo com várias fibras para começar. E como serão vários provedores não tem como você escapar do gerenciamento do cabeamento. Você é que será o responsável pelo transporte das comunicações e como tal deverá ter SCM.
    É voce que vai ter que fazer o roteamento entre os diversos provedores e nao só a manutenção física em caso de rompimento.

    A minha dúvida e que também expressei, é com relação a necessidade de SCM para os provedores que locarem espaço na fibra. Este inclusive é o foco da sua pergunta inicial.
    Eles teoricamente não estariam fazendo serviço de comunicação, mas sim acrescentando funcionalidades... pelo menos é o que eu subentendo ao ler o regulamento sobre SVA. Acho que cabe uma consulta a Anatel.

    Quanto a link, já que o projeto é ambicioso, o ideal seria você comprar o link. Em grandes quantidades o preço cai bastante. E daí repassar com algum lucro em cima.
    Melhor do que cada provedor comprar o seu e não conseguir baixar custos para fazer frente aos grandes operadores.
    Dia desses vi uma oferta aqui no Under e contatei o anunciante. O preço para 1GB caia para 36 reais o mega. Percebeu aí onde dá para ganhar também?

    Você está certo com relação a sair na frente. É um projeto ambicioso e talvez impraticável pela mentalidade que existe em muitos provedores. Parece que um quer ver a caveira do outro, enquanto nossos inimigos são as grandes teles.

    Num projeto desses o que iria fazer o diferencial seria o atendimento que cada provedor disporia.
    Eu ouvi um comentário de um amigo meu sobre algo semelhante, mas patrocinado por uma concessionária de energia. O projeto seria implantar aqui no RS na área de cobertura desta concessionária, um cabeamento de fibra e locar para provedores locais, já que por outorga a concessionária não poderia atender cliente final. No entanto, no Paraná a Copel atende consumidor final. Será que é porque o Ministro é paranaense?
    Segundo a notícia eles iriam fazer isso em cidades pequenas.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 1
    Último Post: 18-12-2014, 12:18
  2. Em Minas Gerais a SEFAZ exige qual nota 21 ou 22 para SCM
    Por marcelohoffman no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 18-12-2014, 12:18
  3. Licença SCM
    Por Thiago23 no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 11-02-2006, 16:37
  4. SCM
    Por no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 23-07-2004, 10:33
  5. Licença SCM Anatel
    Por Thiago23 no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 06-07-2004, 11:04

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L