+ Responder ao Tópico



  1. Falo de APC IMPORTADO porque as vezes tem deles pelo mesmo preço que as carroças brasileiras.
    Os APC nacionais são carroças igual os velhos Microsol (Que a ACP comprou), vão durar o mesmo que SMS, Ragtech, TSHsara, Multilaser, etc (Falando de pequenos tipo 400 a 800VA).
    Falo de procurar modelos SEM estabilizador incluso porque esse troço atrapalha mais que ajuda, e os modelos com ou sem essa porcaria são tem diferença de preço.
    (Estabilizador é a que se refere os "4 estágios de regulação" nas caracteristicas de uns nobreak. Nobreak não tem "4 estágios", ou está passando a energia direto da tomada ou está invertendo a partir da bateria, não tem meio-termo)

    Eu prefiro APC importado pela durabilidade. Já vendi muito, tenho 3, e nunca ví pifado, mesmo com raios, toda vez que achei ter um pifado eu fui enganado por bateria problemática. Diferente de coisas tipo SMS, Ragtech, TSShara, Enermax, RCG, que na primeira tempestade vão pro espaço. Mas isso depende do ambiente, estou no interior, mais sujeito a danos por tempestades, em cidades maiores ou mais aglomeradas isso é mais raro (Mas tive problemas assim na grande Porto Alegre e em Cuiabá, nobreak SMS estourando varistor de saída e chamuscando trilha a toa).

    Se tiver fiação grossa, rede sem variações, ambiente abaixo de uns 35ºC de dia, nobreak barato só deve dar manutenção a cada 15 a 30 meses, pra troca da bateria. Se tem risco de raio e colocar um DR + DPS idem, protege o nobreak o suficiente.

    Mas o que mais tem no brasil é rede elétrica com fio rígido de 6mm na entrada, depois descendo nas tomadas com cabo flexivel duplo de 1mm, e ainda por cima em 127V pra exigir corrente maior, nesses locais o maldito estabilizador incluso estala toda hora, até que chamusca contato ou trava de tanto aquecer, os fechamentos dos reles criam spikes, até que um dia atinge a tensão do varistor, que entra em curto e ao invez do fusivel queimar quem queima é trilha, aí você precisa reconstruir trilha além de trocar componente.

    Enfim, alguma coisa tem que ser boa na estória, ou um nobreak (APC importado, NHS, ou modelos senoidais mais caros tipo Delta ou Lacerda) ou a rede elétrica.

    Se nunca escuta rele de nobreak acionando de dia, então sua rede deve ser estável, dá pra pegar qualquer nobreak, eu prefiro APC importado até pela facilidade de troca de bateria, uma tampa traseira facil de tirar, é facil també colocar paralelo a ela outra 12V 7A pra aumentar a autonomia. Uns APC nacionais serie BE permitem isso, os Enermax pequenos também tem tampa frontal com acesso fácil a bateria, por mais que eu costume abrir nobreak pra reparar eu dou muito valor a não precisa tirar ele e desligar tudo só pra trocar a bateria, nos APC é so colocar de lado (Eles ficam, não caem) e nos Enermax é só tirar a tampa frontal, você troca a bateria, ou tira pra testar em outro nobreak, ou liga em paralelo outra bateria pequena (Não pode ligar bat. grande) com muita facilidade.

  2. Obrigado mais uma vez pela resposta, Rubem... vc pode indicar alguns modelos ou o site onde possamos ver as características de cada um?

    Podemos encontrar desses nobreaks importados em lojas brasileiras?

    Abraço.



  3. Importados lá de vez em quando alguma loja tem, uns distribuidores as vezes trazem, tem que ficar de olho na tomada, tomada americana em produto novo indica produto importado.
    Pra falar a verdade eu sou mais fã é dos usados no ML, porque fora a bateria os nobreaks não tem componente com vida útil curta tipo 3 ou 5 anos, só vão pifar por fator ambiental, e por fator desse tipo pifa tanto novo como o usado.


    Não sei se é fácil fazer um comparativo porque os modelos mudam muito, tem varias versões ou revisões e a ficha técnica dos nobreaks é pobre, você tem que abrir pra ver que tipo de carga usa, se tem componentes antiquados, se tem microprocessador lerdo (Tipo estabilizadores, usam um PIC, queima a toa), se o trafo ainda encosta na bateria (E aquece ela até matar a coitada em 15 meses). Tá cheio de nobreak "Modelo XYZ II Rev. 05" que é bem diferente do "XYZ III Rev. 02", complicado fazer tabela, eu resumo que os importados são melhores por isso, até tem coisa tipo Eaton que importado é meio antiquado, mas nunca tive experiencia ruim com eles (A AllNations importou uma vez, vendi uns 10, zero deram defeito em 3 ou 4 anos).

  4. Amigo Rubem, revivendo o tópico... o que você acha dos nobreaks Eaton? Estive olhando no site e me parecem bem robustos.

    Abraço.



  5. Eu tenho Eaton comum, 600VA, e essas linhas pequenas são comuns, nada especial, só comprei porque era barato. Eu não pagaria mais caro porque não tem um circuito muito diferente dos SMS e APC nacionais de mesma potência.

    Mas a Eaton também tem nobreaks de alta potência (Também tem cambios e diferenciais automotivos, ter ela tem muita coisa), um Eaton 3kVA dupla-conversão é algo muito superior a um SMS senoidal de 2,4kVA. NESSAS LINHAS os Eaton são muito melhores, tem motivo pra custar mais caro.

    Nobreak comum (600 a 1400VA) nem sei se poderia ser muito diferente, duvido que alguém pagaria R$ 900 por um de 600VA com dupla conversão ou algo avançado assim, nessas potências a demanda é por coisa basicona mesmo. E pra alimentar só fontes chaveadas boas, qualquer nobreak AC serve, até Multilaser, porque fonte chaveada boa faz retificação e transforma AC em DC logo na ENTRADA, então a onda vindo do nobreak pode ser toda torta que não tem problema, tudo passa por diodo e capacitor, e vira uma DC razoavelmente limpa e estável.

    (Mas usar fonte AC pra alimentar fontes de equiptos UBNT e MK é desperdiçar eletricidade e vida útil de baterias, um nobreak DC pra esse uso é uma solução melhor. Nobreak AC em fonte ATX de desktop é aceitável porque tem poucas fontes ATX pra 12 ou 24V, as que tem são boas pra baixo consumo, mas não tem nenhuma que dê conta de um Xeon da vida)






Tópicos Similares

  1. Respostas: 4
    Último Post: 22-01-2003, 00:25
  2. Fontes True Type no Debian e no Slackware
    Por Mandrake no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 11-01-2003, 16:10
  3. Fontes no RH 8.0
    Por Gilbson no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 02-01-2003, 17:16
  4. Traoncando Fontes no RedHat 8.0
    Por Gilbson no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 02-01-2003, 16:43
  5. Mudar fonts no Suse !!!
    Por campos no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 29-07-2002, 14:37

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L