+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Isso aí que estávamos tentando te explicar.


    E de noite, como faz? E se um certo ponto ficar sem ninguém ligado durante a noite toda enquanto alguém do outro lado da rede precisa muito acessar a Internet? 6h é só um pedaço da noite, uma hora a bateria acaba e a rede para.

    Com backbone em fibra, se o PD estiver sem cliente, ele desliga e isso não vai atrapalhar em nada o restante da rede.

    Calcule os gastos que você vai ter para montar uma rede UTP:
    - PD (geralmente custa mais de R$500 cada um) a cada 100m, mesmo se não tiver cliente (como vai ficar ligado?)
    - cabo de rede blindado custa mais que fibra (vi o Hércules por uns R$2,40/metro).
    - dependendo da concessionária de energia, vai sair mais caro o aluguel dos postes - como o marcioelias disse - e ainda vai ser mais difícil conseguir aprovação do projeto com energia na rede


    Estou pesquisando valores, aqui já está cheio de provedores wireless e pretendo começar já com fibra ano que vem (preferência para atendimento por UTP, inicialmente). Vou tentar arrumar dinheiro de tudo que é jeito, mas fazer rede UTP eu não vou mesmo. Sai mais caro e é pura gambiarra. Se não conseguir grana suficiente, vai ser wireless (com umas diferenças dos outros provedores) até ter recursos para cabear.
    Pesquise aí e veja qual é mais viável, fibra ou UTP.


    Mais uma coisa para ficar ligada. Até onde conheço a solução da Volt, o PD deles é projetado para ligar somente o switch, nada mais. Como esse conversor de mídia vai ficar ligado lá dentro da caixa?


    Conversor de mídia só faz conexão ponto-a-ponto. Vai precisar de um conversor em sua central para cada PD. Cada conversor custa uns R$250. Pra manter 40 PDs, só na central vai R$10.000,00 em conversores, R$20 mil se contar com os que vão dentro da caixa na rua.
    Isso sem considerar que um cabo de 24 fibras, por exemplo, só iria ligar 24 PDs. Para ligar 128 precisaria de 1 cabo de 144 fibras, que custa uns R$15/metro.
    Usando OLT, teoricamente até com um cabo de 6 fibras você conecta todos PDs, ficando limitado só pela capacidade da OLT (uma para 128 ONUs custa quase R$5 mil).

    Analise aí. Pelo que já pesquisei rede UTP é a forma mais cara e ruim de mexer para atender por cabo.
    Amigo você está certinho.

    Como você pretendo investir em rede cabeada no ano que vem, porém também não queria cabo UTP, cabo comum resseca e racha, quero um investimento para longo prazo, porém cabo utp blindado para uso externo custa bem mais que a fibra!

    Sabe qual é o problema de eu não ter investido ainda na fibra? a maquina de fusão!, pois acredito não ser viável ter uma rede fibra sem maquina de fusão.

    Aqui pretendo usar uma fibra mono inicialmente com uma OLT na central com spliter 1/3 para sair 3 fibras monos em direções diferentes, futuramente so tirar o spliter e colocar outras OLT, sendo que usado essa solução de ONT no poste serão 64 onus podendo atender bem mais clientes usando switchs no postes, pretendo eu mesmo fazer a solução de alimentação reversa, pois sai mais em conta, bem mais.

    Será que é viável ter rede fibra sem maquina de fusão? fazendo as emendas manuais com conector penso que a perca será muito grande sem contar ainda com os conectores das caixas...

    Voltando a questão do wireless, amigo, também uso, porém atualmente está inviável 2.4ghz, estou a quase um ano em 5.8ghz, como trabalho em comodato o custo para ter um cliente na rede passa dos 250,00 (sendo que a mensalidade gira em torno de 50,00) ou seja o custo será muito alto, ano que vem se eu instalar 50 clientes me custaram 12.500,00 o que daria para cabear uma área muito grande da cidade. Diante disso penso novamente o quanto o cabo UTP poderia me dar um fôlego pois o custo de cada cliente não passaria de 50,00 ou no máximo estando o cliente longe do PD R$100,00. Então penso em tem pequenas ilhas, onde usaria link 5.8ghz e cabeamento utp nas mediações, pelo menos coisa provisória para os próximos 2 anos, pois amigos, ptp com nano loco m5 aqui em 1km passa até 100mb. Então Investir um nano loco por cliente para oferecer coisa de 1Mb até 5MB no momento tá caro.

  2. Citação Postado originalmente por delegato Ver Post
    Sabe qual é o problema de eu não ter investido ainda na fibra? a maquina de fusão!, pois acredito não ser viável ter uma rede fibra sem maquina de fusão.

    ...

    Será que é viável ter rede fibra sem maquina de fusão? fazendo as emendas manuais com conector penso que a perca será muito grande sem contar ainda com os conectores das caixas...
    Esse é um dos maiores problemas. As soluções que imaginei foram:
    - comprar a máquina de fusão e pagar parcelado com BNDES
    - contratar alguém para fazer as fusões todas de uma vez no lançamento dos cabos. O problema é ficar pagando sempre que tiver rompimento, mas imagino que dê para ir colocando emenda mecânica até conseguir comprar a máquina de fusão (não deve ocorrer tanto rompimento assim se fizer direito), o que não deve demorar para ficar viável ao provedor.

    Citação Postado originalmente por delegato Ver Post
    podendo atender bem mais clientes usando switchs no postes, pretendo eu mesmo fazer a solução de alimentação reversa, pois sai mais em conta, bem mais.
    Infelizmente são caras mesmo essas soluções com ONU no poste, de R$500 pra cima. O pior é que só dá para atender num raio de até 100m, imagina o tanto de PD que vai precisar. Se for local com muita concentração de clientes, vai ser um a cada esquina, igual rede UTP.

    Quem dera eu ter conhecimento em eletrônica, já estava era acumulando grana fazendo dispositivos para venda.
    Bom ter me lembrado disso, vou procurar alguém que mexa com eletrônica por aqui e ver quanto sai para projetar e produzir um patch panel para PoE reverso, entrada 48V 8 portas + terminal para receber alimentação de outro patch panel (para aumentar o número de portas) ou de bateria e saída PoE, jack e terminal de energia, tudo estabilizado e filtrado.
    Ainda é capaz que esse patch panel + ONU (Vertical Simples tem uma plaquinha interessante: PAC-PON ONU) + switch saiam mais baratos que os PAC-PONs completos que vendem por aí.



  3. Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Isso aí que estávamos tentando te explicar.


    E de noite, como faz? E se um certo ponto ficar sem ninguém ligado durante a noite toda enquanto alguém do outro lado da rede precisa muito acessar a Internet? 6h é só um pedaço da noite, uma hora a bateria acaba e a rede para.

    (Caso tenha apenas um equipamento na rede ligado, ele alimenta a bateria e consequentemente o PD - assim informaram - , acho que isso nao é uma questao tao ruim, pois por exemplo, na minha rede praticamente todos os usuário estao usando roteadores, para tablets, ninguem mais quase nao usa pc, entao, praticamente tem q deixar o roteador ligado e consequentemente o estabilizador, entao praticamente sempre vai ter sempre alguem ligado, penso assim)

    Em relação ao gasto, como citado, teria que ter uma maquina de fusão, se nao iria embora o dinheiro só de contratação para fusão, pois como pensei, vou ter q ter spliters e emendas direto.



    Com backbone em fibra, se o PD estiver sem cliente, ele desliga e isso não vai atrapalhar em nada o restante da rede.

    Calcule os gastos que você vai ter para montar uma rede UTP:
    - PD (geralmente custa mais de R$500 cada um) a cada 100m, mesmo se não tiver cliente (como vai ficar ligado?)
    - cabo de rede blindado custa mais que fibra (vi o Hércules por uns R$2,40/metro).
    - dependendo da concessionária de energia, vai sair mais caro o aluguel dos postes - como o marcioelias disse - e ainda vai ser mais difícil conseguir aprovação do projeto com energia na rede

    A rede UTP vai sair quase igual a fibra ou até mais caro, mas estou pensando na facilidade de implantação, venhamos e convenhamos é bem mais facil (penso eu)


    Estou pesquisando valores, aqui já está cheio de provedores wireless e pretendo começar já com fibra ano que vem (preferência para atendimento por UTP, inicialmente). Vou tentar arrumar dinheiro de tudo que é jeito, mas fazer rede UTP eu não vou mesmo. Sai mais caro e é pura gambiarra. Se não conseguir grana suficiente, vai ser wireless (com umas diferenças dos outros provedores) até ter recursos para cabear.
    Pesquise aí e veja qual é mais viável, fibra ou UTP.


    Mais uma coisa para ficar ligada. Até onde conheço a solução da Volt, o PD deles é projetado para ligar somente o switch, nada mais. Como esse conversor de mídia vai ficar ligado lá dentro da caixa?

    O PD Giga (pelo menos pelo que eu vi, ele tem duas portas de energia, onde é possivel ligar dois equipamentos, tipo switch ou conversor, etc e pode se feito a mudança de voltagem via jumper.


    Conversor de mídia só faz conexão ponto-a-ponto. Vai precisar de um conversor em sua central para cada PD. Cada conversor custa uns R$250. Pra manter 40 PDs, só na central vai R$10.000,00 em conversores, R$20 mil se contar com os que vão dentro da caixa na rua.
    Isso sem considerar que um cabo de 24 fibras, por exemplo, só iria ligar 24 PDs. Para ligar 128 precisaria de 1 cabo de 144 fibras, que custa uns R$15/metro.
    Usando OLT, teoricamente até com um cabo de 6 fibras você conecta todos PDs, ficando limitado só pela capacidade da OLT (uma para 128 ONUs custa quase R$5 mil).

    Pensei em fazer o mesmo procedimento, fibra -- spliter 1/2 -- emenda e por ai vai com o sistema da volt.
    Nunca trabalhei com isso, entao assim, por questao apenas de visualização, materiais lidos, etc, o mais facil que vi foi o da volt. pendura no poste, sai um cabo pro pd anterior, e um cabo pro pd posterior. e assim por diante.

    Ainda é a forma que mais me atraiu. um pd de giga, vai sair na faixa de uns 600,00, mas ainda vou me certificar do valor exato.


    Analise aí. Pelo que já pesquisei rede UTP é a forma mais cara e ruim de mexer para atender por cabo.
    Mais uma vez obrigado pelas opiniões!

  4. Acredito que com 15v 1ampere, dará para alimentar tranquilo a ONU e o switch.

    No caso mesmo o cliente estando longe do PD deve chegar na caixa uns 12v que dará para alimentar tranquilo, pois o switch consome pouco.

    Problema é que terá que ter tantas fontes POE quantos forem os clientes do PD para não correr o risco de deixar algum cliente sem, e justamente tiver só ele conectado algum horário ae o PD não funcionará.

    TsouzaR
    O esquema é fácil fazer pesquisa no youtube ae sobre injetor POE com switch. Dai basta puxar alimentação para o ONU que também funciona na faixa de 12v.



  5. Essa "pacpon" não especifica a velocidade da porta ethernet;Poderia ter também uma porta fibra comun para em alguns caso ultilizar uma Switch master HPNA.






Tópicos Similares

  1. Dúvida com escolha de Fibra Óptica
    Por alextaws no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 25-04-2017, 22:38
  2. Duvidas sobre projeto de fibra ftth
    Por Edstein03 no fórum Redes
    Respostas: 18
    Último Post: 29-08-2016, 20:41
  3. Respostas: 9
    Último Post: 13-11-2015, 18:19
  4. Dúvidas Sobre Equipamentos de Provedor Wireless
    Por NielsonPadilha no fórum Redes
    Respostas: 11
    Último Post: 11-01-2015, 22:48
  5. Duvida sobre interfaces de rede.
    Por MAJOR no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 10-04-2004, 18:10

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L