+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Equipamentos homologados mas sem nota

    Bom Dia galerinha... me tirem uma dúvida ? Posso estar montando equipamentos em minha torre principal, equipamentos esses homologados mas sem a nota fiscal ?

    Abraços e obrigado a todos

  2. #2

    Padrão Re: Equipamentos homologados mas sem nota

    Anatel em fiscalização ou pra obter SCM (Ou mesmo formalizar a parceria SVA) exige NFE (Vão pedir cópia) e também homologação.

    A homologação pode estar suspensa no ato da fiscalização, mas ela tem que estar ativa na data de emissão da NFE.

    Sem NFE talvez a fiscalização verifique o equipamento visualmente subindo na torre, por aqui sempre exigiram NFE a todo custo, talvez como forma de comprovar que o equipto na torre é o mesmo da homologação, mas os fiscais me citaram que as NFE's dos equiptos fazem parte da regularidade fiscal que a empresa deve ter.



  3. #3
    Moderador Avatar de Bruno
    Ingresso
    Nov 2002
    Localização
    Guarapuava-PR
    Posts
    3.925
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Equipamentos homologados mas sem nota

    Boa Noite caro @rubem este é um assunto legal veja minha experiencia
    Em uma certa visita dos fiscais no meu provedor no qual foram muito educado questionei a esta questão de homologação, ele me deu uma explicação na qual fiquei curioso, pois segundo os fiscais não basta ter a NF você tem que ter comprado da empresa que homologou ex: empresa A homologou o radio porém eu comprei da empresa B segundo o fiscal ela não apta para vender o produto, questionei mais a homologação seria os testes para conferir se o produto estão nos padrões técnico exigido o fiscal respondeu também porém esta não é a unica função da homologação, ou seja se faz os teste em laboratório sobre as questões técnicas mais também da o direito de somente o produto da empresa que requeri a homologação a vender um equipamento homologado.

    Eu fiquei espantado e agradeci os fiscais rs....

  4. #4

    Padrão Re: Equipamentos homologados mas sem nota

    Sim, também me explicaram isso. Tem produto que o fabricante homologa, aí a NFE sempre terá o nome "correto" do modelo (Nome igual da homologação). E tem produto que o distribuidor homologa (Tipo o que a Livetech da Bahia homologava com nomes bem diferentes) usando nomes de modelo proprios, nesse caso se comprar em outro lugar realmente terá nome/descrição diferente no produto.

    Ó um R52HN, como "Max-PCI":
    http://sistemas.anatel.gov.br/sgch/H...ricoCert=38181
    Isso é mini-PCI e não PCI, então nem a mudança de nome fizeram direito...

    Produto tipo Oiw, Aquario wavelan, wirelink, proeletronic, ottotech, maxxi, enfim, produtos nacionais são homologados pelo fabricante, aí não tem como "comprar da empresa que homologou", mas produto desse tipo mesmo passando por meia duzia de atravessadores mantém a mesma descrição de produto.

    Curioso baterem o pé com NFE, sendo que é bem simples fazer uma composição e colocar qualquer descrição, "gerar" NFE do nada é bem simples, pessoal que vende sem NFE além de não saber importar legalmente não sabe nem vender ilegalmente, são duplamente incompetentes.



  5. #5

    Padrão Re: Equipamentos homologados mas sem nota

    Se o emissor da NFe for distribuidor do importador que é o requerente da certificação o documento é válido.

  6. #6

    Padrão Re: Equipamentos homologados mas sem nota

    Eita pois eu vou prao brejo viu quando eu for fazer minha homologação...
    pq eu comprei meu equipamento num cara que traz direto do Paraguai sem notas
    Todos os meus equipamentos são assim



  7. #7

    Padrão Re: Equipamentos homologados mas sem nota

    os equipamentos que tenho são homologados... possuem o selo mas as notas se foram num roubo que fizeram... levaram toda pasta pensando que tinha cheques.....

    Terei então que adquirir novos equipamentos para se ter nota novamente ?

  8. #8

    Padrão Re: Equipamentos homologados mas sem nota

    Caro Ricardo,


    Como procedimento padrão, aquele que tenha algum documento fiscal extraviado, danificado ou desaparecido deve informar o fato à Secretaria de Estado de Fazenda para que não seja responsabilizado se o documento for solicitado por orgãos interessados ou utilizado indevidamente por terceiros. Também é interessante o porte do B.O. onde contará expressamente um resumo dos itens extraviados/danificados/desaparecidos/roubados.


    Também há a possibilidade de solicitar uma segunda via à fornecedora de equipamentos.


    Guilherme Rodrigues - Engenharia
    [email protected]
    skype: solintel.engenharia2
    fone: (43) 3031-4900
    www.solintel.com.br