Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Acredito que alguns servidores do youtube ainda estão em http, o thundercache deve redirecionar o usuário para esses servidores, tá ae a eficiência no cache do youtube.

  2. Citação Postado originalmente por abalsanelli Ver Post
    acho que o tópico estrapolou conhecimentos.

    amigo, o HTTPS é um método de segurança na transmissão de dados do Ponta A para o Ponto B.
    Se o cliente tem Windows pirata isto não envolve nada com a criptografia do tunel em que os dados dele transmite, isto é como uma estrada, onde você passa.
    O https garante este caminho, e não se você vai trafegar de carro, moto ou bicicleta. Isto é, ele não tem nem um propósito em roda no computador, oque o cliente faz é outra historia.

    Procure se informar sobre a maneira em que os serviços de cache "cacheam" o youtube, a pagina toda conexão é em https, porém o stream do vídeo é armazenado com algum round robin e não o site em si.)
    amigão me desculpa ai mas uma maquina infectada com windows pirata e algums spywares danen-se os certificados tudo esta comprometido .nunca ouviu falar de man in the midle .
    se o bandido ja esta na sua casa o que voce vai fazer .....

    fora qe muleques de 18 anos derrubaram a sony e a microsoft de pijamas na manhã de natal imagina com windows pirata instalado cheio de brechas huahuahauhuaha .

    acorda se ta dormindo ainda.....pelo jeito voce não fez o cursinho de segurança de softwares .



  3. Citação Postado originalmente por abalsanelli Ver Post
    acho que o tópico estrapolou conhecimentos.

    amigo, o HTTPS é um método de segurança na transmissão de dados do Ponta A para o Ponto B.
    Se o cliente tem Windows pirata isto não envolve nada com a criptografia do tunel em que os dados dele transmite, isto é como uma estrada, onde você passa.
    O https garante este caminho, e não se você vai trafegar de carro, moto ou bicicleta. Isto é, ele não tem nem um propósito em roda no computador, oque o cliente faz é outra historia.

    Procure se informar sobre a maneira em que os serviços de cache "cacheam" o youtube, a pagina toda conexão é em https, porém o stream do vídeo é armazenado com algum round robin e não o site em si.)
    Concordo com você, o proposito do HTTPS e garantir a confidencialidade no túnel de comunicação entre o site acesso e o cliente que esta acessando. Quem utiliza este protocolo esta fazendo a parte dele proporcionando mais esta camada de segurança.

    Naldo concordo com você com relação do "man in the midle", mas também não podemos generalizar que todos utilizam Windows pirata e desatualizado.

  4. Daria para pensar na ponta B que é o fornecedor do serviço, não possui o pirata e realiza varias transações, talvez este o que puder implementar de segurança com certeza irá faze-la. Imagine um banco uma loja virtual, trafegando http.



  5. Windows pirata é só um ativador comum rodando. Se alguém leva a serio aviso de anti-vírus (Ferramenta pra noobs) identificando ativador como vírus tem que voltar pra escola.
    (São descrições tipo "Win32:Hacktool keygen". O que isso diz de errado? É win32 mesmo porque mesmo win64 ainda roda app's 32 bits. É hacktool porque é uma ferramenta pra hackear algo, no caso o sistema de ativação. E será "keygen" se for um keygen mesmo. Onde está o risco na descrição? Anti-vírus é pago e vive disso, eles sempre removerão todos os patch's, keygens', kms e ativadores que identificarem, a industria do software vive da venda de software então toda ferramenta underground será removida)

    O que um serial pirata (O VLK da Petrobras que muita gente usou por anos e anos) tem a ver com certificado? Nada... o serial é do tempo que nem se usava internet pra ativar, a MS nem sabe que o aquele SO usa aquele serial (Exceto os medrosos que usar Windows Update, como se os bugs das atualizações fossem menos preocupantes que os bugs de fabrica).

    O que um ativador do Win7 ou Win8 tipo loader, que simplesmente carrega no começo do boot umas rotinas extras pra ignorar verificação de ativação, tem a ver com certificados? Nada, as rotinas carregadas na inicialização são justamente pra NÃO haver comunicação com a internet, e não pra altera-las.

    O que um ativador tipo KMS tem a ver com certificados? Esses talvez, SE houvesse certificado da MS. O KMS roda um servidor (Tipo http, se não me engano) local, digamos 127.0.0.1:67988, e altera no registro (Coisa que você poderia fazer no Regedit) pra que a verificação de registro ao invez de ser feita num IP da Microsoft seja feita nesse IP local, que estará emulando um servidor que dará "OK, tá liberado" pra qualquer requisição que o Windows fizer.

    Patch's e Keygen's as vezes tem rootkits sim, você invasor quer invadir empresa? Puxa assunto via messenger, fala de algum software muito bom, manda link do instalador, monta um rootkit junto com um keygen legítimo e manda. Mas... isso você poderia fazer com qualquer instalador! Eu posso colocar um rootkit num pendrive e mandar pelo correio, posso colocar num instalador freeware ou open-source e enviar, o problema é ficar trocando instaladores com "amigos" e não os instaladores em sí, o problema é ser noob de ficar trocando software com os outros.
    (É a mesma coisa que ficar trocando de carro com os amigos, um dia você fica com um carro com chassi adulterado, vai bater ou capotar por isso? Não vai, o problema é LEGAL. A falha de segurança nisso é que um dia um falso amigo pode ir escondido dentro do porta-malas, e quando você dormir a noite ele sai do porta-malas, rouba metade das suas coisas de casa, e sai sem que você tenha idéia de como ele entrou. O problema não é pegar carro de amigo, é saber se é amigo mesmo e confiar cegamente em tudo (Deixar porta entre garagem e interior da casa aberta, essas bobeiras de gente desprecavida)

    Enfim, o problema de software pirata é LEGAL e ÉTICO, tem que parar com essas noobices de "software pirata é arriscado"... arriscado é ser burro de baixar instalador com adware (E isso um Windows com licença full, com um anti-vírus pago e caro permitem, você instala lixos da Baidu, Smilebox (Incredimail), Ask, Babylon, mesmo tendo ferramentas "de segurança" e pagando por "atualizações de segurança do Windows", suposta segurança que prefere crucificar keygen's e patch's do que crucificar produtores de lixo (Adwares) tipo a Hao123, Delply, Snapdo, Conduit...

    O problema de ativadores é o aspecto legal e o desincentivo à produção de software, a pirataria cria essas empresas que vendem incomodo, tipo Baidu, SweetIM, Ask, iSearch, Incredimail... empresas que cobram por propaganda e enfiam goela a baixo dos noobs leigos que não sabem ler os adwares junto com instaladorese legítimos. É o MESMO problema que os malditos muambeiros pilantras que compram no paraguai pra vender no brasil sem NFE nem nada, a ponta do iceberg é ter custo menor, mas a parte de baixo do iceberg tras todo um incentivo à ações corruptas, à burrices/noobices/leiguismo/desinformação, incentiva uma estrutura de pilantras ganhando dinheiro em cima do noob que não sabe achar um ativador CORRETO e vive instalando lixos infectados (E nem sabe identificar se o micro tem malware rodando, tem que confiar em ferramenta duvidosa tipo anti-vírus. Assim como quem não sabe comprar produto legalmente no brasil, olha o preço em loja física pra consumidor final e compara isso com o preço cru no paraguai, não tem capacidade pra comprar custo de frete, carga tributária e custo de estoque e vendas pra definir se o produto está caro ou não).

    Repetindo: Mentir que ativador "infecta" o sistema operacional não dá, além de feio é desinformação demais, é só olhar como os loaders e kms funcionam. Quer condenar a pirataria? Condene pelos aspectos éticos e comerciais da coisa, e não mentindo inventando descrição tipo "win32:hacktool loader", isso não é descrição que identifique o problema, mentir dizendo que ativador é tudo infectado é a mesma falha ética e moral que USAR esses ativadores.

    "Ah, mas nunca se sabe o que esses ativadores PODEM TER". Se não sabe, não condene sem ver. Se é pra condenar alguém sem analisar antes, vamos começar a prender todos os funkeiros, nunca se sabe quais virarão traficantes... por precaução tem que deletar todo keygen ou patch? Então por precaução é bom prender todo analfabeto (Só terá empregos subalternos, vai ganhar menos, e estará mais propenso a entrar no mundo do crime), ou todo favelado (Tem mais quadrilhas por lá, tem mais chances de entrar em uma), ou todo mundo com ficha criminal (Quem já cometeu um crime tem mais chances de cometer outro...).

    Os anti-vírus tem que evoluir MUITO e começar a identificar o que realmente é um problema, remover keygen mas deixar toolbar rodando é coisa de pilantra, o keygen o usuario baixo, o toolbar foi instalado contra a vontade do usuario, mas os anti-virus são incompetentes demais pra ver isso e prefere, ficar insistindo nesse leiguismo de condenar todo e qualquer keygen ou patch sem NUNCA exibir as partes perigosas deles (Um vírus qualquer você identifica fácil o modo de propagação e cia, tá cheio de white-paper sobre o modus operandi de varios, mas "contra" os ativadores só vejo vendedor e os cabelereiros do marketing com alegações nada técnicas tipo "Um ativador PODE conter código malicioso". Oras, vão produzir meios de identificar direito ao invez de ficar nesse papinho leigo de "pode ser que"... ou É ou NÃO É, e nem todo ativador tem rootkit ou trojan no meio, vai condenar todos com base em 20 ou 30 idiotas leigos que cairam em ativadores com trojans no meio? O problema são esses 20 ou 30 idiotas leigos existirem, se o idiota não existisse as ferramentas de segurança seriam bem mais efetivas.

    Quanto ao https do Youtube, o teste é simples:

    SE logue no Youtube, todos os vídeos terão link https. Se tiver um complemento de download de video, tipo o Video Download Helper, e copiar o link, verá que é um link (flv, mp4, 3gp, etc) em https também.

    Mas... se você tiver nos favoritos o droplet no KeepVid (Keevid.com) e clicar, vai gerar uma página com todos os formatos possíveis do video, e EM HTTP.
    Exemplo:
    http://keepvid.com/?url=https%3A%2F%...%3DiQqhCR9jRrQ
    Oras... se o site consegue "ler" um link https e obter dele um vídeo com link http pra cachear, porque uma ferramenta de cache não poderia? Vai só exigir mais processamento (Mas quando o Youtube "começou" a mais de 10 anos tinha algumas opções de webservers pra vídeos, quando o GoogleVideo não tinha opções de embed o jeito era colocar um player em flash linkando pra um video que você hospedou, isso era pesaaaaado... um celeron 300MHz com 64MB de Ram atendia no máximo uns 10 acessos simultaneos de vídeos! Vê-se que precisa um Xeon Quad com 16GB de Ram pra fazer algo do tipo pra 20 usuarios hoje... ¬¬






Tópicos Similares

  1. Para o que serve o ( BURST ) no Queue???
    Por JeanGutemberg no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 16-01-2008, 08:21
  2. Para que serve a porta 1900??
    Por Daniels no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 06-10-2004, 16:55
  3. Para que serve a porta 953 (rndc)
    Por Daniels no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 03-08-2004, 16:43
  4. Para que serve o comando Plog???
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 25-06-2004, 10:00
  5. Para que serve a palavra reservada LIMIT no mysql
    Por Dalton Carrazoni no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 20-05-2004, 15:22

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L