Página 15 de 15 PrimeiroPrimeiro ... 101112131415
+ Responder ao Tópico

  1. O jeito de medir é colocando o amperímetro em série, entre o aerogerador e o controlador de carga:

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         medir.corrente.jpg
Visualizações:	16
Tamanho: 	58,6 KB
ID:      	65086

    Pra medir corrente você tem que colocar o multímetro na escala correta, a maioria dos multímetros tem uma escala escrito 10A ou 20A, coloca nela, e o plug vermelho geralmente também tem que ser plug no plug escrito 10A ou 20A, seria assim:

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         724px-Measure-Amperage-Step-4.jpg
Visualizações:	15
Tamanho: 	147,2 KB
ID:      	65087

    Nos multímetros mais baratos a venda:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         10A.jpg
Visualizações:	16
Tamanho: 	94,1 KB
ID:      	65088

    O plug preto sempre fica no jack escrito COM, que é comum a todas as medidas, mas o vermelho só deve ser colocado nesse plug 10A quando vai medir corrente. Se deixar nessa posição e ir medir tensão, vai queimar o multímetro então tem que acostumar a sempre olhar onde o plug vermelho está conectado.

    O controlador solar só manda energia pras baterias quando as baterias estão sem carga, então é bom colocar algo consumindo eletricidade na saída do controlador (Saída pros equipamentos, não confundir com conexão pra bateria, pois ela não é só uma saída, lá entra e sai eletricidade). Seja ligado em painel solar, em gerador eólico, em turbina hidroelétrica, em dínamo tocado por boi de engenho, o controlador de carga vai ter as 3 conexões, coloca um consumo na saída (Se é um sistema 12V, uma lâmpada automotivo de farol, 12V 55W tá ok. Se for 24V, vai ter que achar uma lâmpada de caminha, 24V 48W tá ok) e mede a corrente na entrada.

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         e-bat-s.jpg
Visualizações:	13
Tamanho: 	99,1 KB
ID:      	65089

  2. Rubem, então é um amperímetro ou um multímetro entre o gerador e o controlador para medir a energia produzida?



  3. Isso, um multímetro na escala de medir corrente. Tem multímetro amarelinho de R$ 20, e tem alicate amperímetro de R$ 40, todos tem essa função, só que os plugs tem que ir numa posição diferente da de medir tensão.

    E isso vai medir a corrente circulando NAQUELE MOMENTO. Como eu falei noutros posts anteriores, se as baterias já estiverem carregadas não vai ter pra corrente circulando, pode ter o maior vento do mundo que o controlador de carga vai impedir que haja sobrecarga nas baterias. Eu recomendei colocar uma lâmpada consumindo pra ter certeza que tem algo consumindo, um gerador não gera nada se não tiver nada consumindo a eletricidade, a eletricidade CIRCULA, se não tiver algo consumindo o que o aerogerador produz, não haverá circulação, e o amperímetro não vai medir nada (Ou pelo menos não tudo o que o aerogerador PODE produzir quando tem vendo)

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         circ.jpg
Visualizações:	15
Tamanho: 	33,9 KB
ID:      	65093

    É igual água, você só tem como medir a circulação, e pra água circular precisa ter uma torneira aberta.

    Ideal seria comparar um dia de brisa, aqueles ventinhos inúteis de 15km/h, com um dia de ventos a 40-50km/h, o normal de aerogerador e não ter quase nada circulando quando tem pouco vento, e exceder em muito a capacidade de medir do amperímetro em dia de muito vento, a diferença entre 15 a 40km/h é enorme.

  4. Construi um sistema misto com alimentação solar e fonte já que o painel que adquori não atende a demanda 24hs. Meu consumo é de 8W um repetidor apenas ligado em 3 baterias de 7 amp (21 amp 12v).

    O Controlador de carga solar é um PWM Xing Ling 10amp . esta ligado a um painel de 30w (1,7amp - 21w reais) e Consegui um bom rendimento acrescentando em paralelo um capacitor de 25v 10000uF ligado na entrada solar do controlador. O ganho é pequeno, mas se falando em energia solar qualquer disperdício conta muuuito.
    .
    O carregador Paralelo ligado a energia elétrica é uma fonte 19v 3 amp de notebook, ligada a um stepdown de 5amp by alliexpress regulado a 13,2v. Entre a fonte e a bateria inclui um rele digital (voltage relay no Alliexpress) com delta ajustado acima de 13,4 v abre e abaixo de 13,0v fecha contato retomando a carga.
    .
    Funciona da seguinte maneira logo ao receber sol da manhã a voltagem da bateria passa dos 13,5v, após o relé desliga a fonte e o controlador solar flutua de 13,8v a 14,5v.... Se passar uma nuvem (não raro estar nublado aqui no Sul) a voltagem cai abaixo de 13v e a fonte aciona e volta a ponto de manter a carga a 13,2v. E assim a voltagem não cai a ponto de ferrar a bateria, passando das 19hs o sistema eh mantido pela fonte..
    .
    Com as baterias novas consegui manter até 21hs mas as descargas profundas antes de instalar a fonte acabaram ferrando as baterias.

    Resumindo: se forem fazer este sistema visando economizar energia eletrica esqueçam. Nao econimiza nem 5 reais por mês para 30watts de painel investido (R$ 200,00). nao paga o custo das baterias que mal duram 2 anos.


    Meu proximo investimento sera a substituicao das baterias e controlador por 10 supercapacitores 2,7v em serie ligado direto ao painel solar, Mikrotik aguenta de 8 a 30v, só não sei da variação de voltagem intensa se nao afetaria o equipamento.

  5. Sempre digo que painel solar se conectado à bateria, custo benefício não vale a pena. Mas se montar um sistema que com o sol já moderado ficas somente na energia solar e passa por um circuito inversor(senoidal pura) para abastecer todo o imóvel menos o ar e chuveiro, aí vale a pena. Uns calculam que o retorno é 5 anos, acho que é mais, por que a disponibilidade do sistema elétrico da concessionária e iluminação pública vem do mesmo jeito.






Tags para este Tópico

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L