+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão PONTO A PONTO NANO STATION M5 16 Dbi

    Bom dia, estou com problema em fazer um PTP com o nano m5.

    Primeiro, posso fazer diretamente pra torre?
    já vi alguns topicos mas não entendi como faz, gostaria de saber se tem algum video, ou tutorial explicando como faço o PTP com o dispositivo.

  2. #2

    Padrão Re: PONTO A PONTO NANO STATION M5 16 Dbi

    Tem que detalhar melhor o seu cenário de onde pra onde? O problema e na instalação física ou configuração? Quanto de banda e etc.



  3. #3

    Padrão Re: PONTO A PONTO NANO STATION M5 16 Dbi

    em relação ao terreno não é problema, o problema é só na configuração, pois como sou novo, estou por fora de como configuro o dispositivo para fazer um ponto a ponto. 50mb de banda.

  4. #4

    Padrão Re: PONTO A PONTO NANO STATION M5 16 Dbi

    Configura eles ainda na bancada.
    Um como Acess Point + WDS, esse "transmitirá" o SSID. O outro configura como Station + WDS, vai no "site survey" e localiza o SSID do primeiro e manda conectar. Bem igual qualquer equipamento de qualquer frequencia, 2,4 ou 5GHz.

    Na parte de rede (lan), lembre que não pode ter 2 disp. com o mesmo IP na rede (E é tipico novato conectar CPE IP 192.168.1.1 em rede que já tem um roteador 192.168.1.1). Pra não se preocupar com faixas de IP de lan e wan (Que devem ser diferentes), use a rede em modo bridge, configure 2 IP's livres na faixa que for usar.

    Configure com channel width em 20MHz pra começar, se a distancia for maior que 2Km seria bom usar MAX TX Rate baixo tipo MCS9 de início (Desmarcando a caixa 'automatic' ao lado). DEPOIS de instalado nos locais aí você vê SE tem sinal suficiente pra subir o datarate pra algo tipo MCS12 a 14, ou mesmo pra passar a largura do canal pra 40MHz. Mas isso é OTIMIZAÇÃO. Pra COMEÇAR a conexão você só precisa configurar um como Acess Point, e o outro como cliente, TESTE em bancada antes de instalar lá no alto.

    (Video é realmente necessario pra isso? Tipo vídeo ensinando a fritar ovo e tal? Tem coisa que é melhor tentar e perceber sozinho. O resumo tá aí: Acess Point em um, aí com o outro em Station conecta no SSID do Acess Point, igual conectar notebook em rede wifi)



  5. #5

    Padrão Re: PONTO A PONTO NANO STATION M5 16 Dbi

    Obrigado gente, vou tentar.

  6. #6

    Padrão Re: PONTO A PONTO NANO STATION M5 16 Dbi

    quantos megas consigo passar nessa configuração?



  7. #7

    Padrão Re: PONTO A PONTO NANO STATION M5 16 Dbi

    Citação Postado originalmente por caus0306 Ver Post
    quantos megas consigo passar nessa configuração?
    O throughput real fica em cerca de metade do datarate nominal.

    MCS12 a 20MHz é datarate nominal de 78Mbps, o throughput real em condições ideais passa dos 40Mbps.

    MCS13 a 20MHz é datarate nominal de 104Mbps, o throughput real em condições ideais passa dos 50Mbps.

    MCS14 a 20MHz é datarate nominal de 117Mbps, o throughput real em condições ideais passa dos 55Mbps.

    MCS15 a 20MHz é datarate nominal de 130Mbps, o throughput real em condições ideais chega nos 80Mbps half-duplex.

    Valores full duplex? Depende muito da capacidade do radio e tipo de pacote, onde passa 80Mbps half-duplex nem sempre passa 40Mbps full-duplex (40 de TX e 40 de RX), nunca meço isso (Porque não vejo NENHUMA utilidade já que toda internet tem upload menor, nunca ví alguém com consumo download:upload 1:1), mas onde tem 80Mbps em half-duplex dá pra conseguir coisa tipo 50Mbps de download e 10Mbps de upload.

    Dá pra conseguir numeros maiores? Até dá, mas... você coloca uma copia de arquivo com velocidade limitada a digamos 35Mbps se usar MCS12, o problema é que um mísero ping paralelo a essa cópia começa a ter resposta absurda tipo 100mS, e isso geralmente é falta de capacidade de processamento do hardware (Nanostation é hardware pra cliente, não pra PTP por isso, falta processamento nessa hora). Então... não se preocupe tanto com o link passante, se preocupe com a QUALIDADE da conexão passando a quantidade de dados que você precisa que passe.

    (Mas esses numeros são em condições perfeitas, visada ótima e zona de fresnel limpa, sem poluição na região, etc. Se algum desses ítens não estiver ok o throughput pode cair em 1/5 ou em 2/3, já ví 10Mbps de throughput em MCS12 a 20MHz por culpa de poluição no canal vizinho, em ambiente longe do ideal não tem como prever a banda passante)

    E não acredite tanto no teste de throughput no firmware da Ubiquiti, é normal aquele bandwich test mostrar 80Mbps mas depois via ethernet você trafega apenas 50Mbps pc-a-pc, é limitação da capacidade de processamento do hardware como um todo, ele precisa pegar o pacote da porta ethernet, adicionar cabeçalho e cia, talvez isso exceda o MTU aí ele precisa quebrar o pacote, transmitir via wifi e esperar o checksum de veirifcação, tudo isso leva tempo, e o bandwich test do firmware não consegue calcular essa perda de tempo, o throughput real precisa ser medido de ethernet a ethernet, um bandwich test num NS LOCO M5 chega fácil em 80Mbps, mas via ethernet não lembro de ver mais que 30Mbps.

    (Se usar PC velho, ou Windows no default, lembra de limitações que o PC pode criar. O limite de velocidade mesmo com um HD Sata antigo (Primeira geração) é uns 20MB/s na pior das hipóteses, ou seja, o limite prático de velocidade de copia/escrita/leitura neles será de uns 160Mbps, esse teste só é um gargalo em sistema mais parudos, mas em hardware comum tipo Nanostation, SXT, Airgrid, Nanobridge ou Nanobeam é um teste suficiente)