Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Os contatos que tenho são da Cemat, a central eletrica do meu estado, que a REDE agrupou, e hoje é Energisa, a uns 3 anos os telefones eram:
    (65) 3316 5342 - Gerencia da engenharia
    (65) 3316 5491 - Projetos e materiais (Exemplo: Por conta de tração e cia, talvez exijam cordoalha pra sustentação de cabo, ou cabo auto-sustentado com especificações X ou Y, essas coisas)

    "Locação" pra eles quer dizer outra coisa, tem que falar em projeto especial, e aluguel de postes.

    Mas sei que a Energisa mudou algumas estruturas do Grupo Rede, um amigo que trabalha com eletrificação rural só tem reclamado, que tudo demora. Mas se você está numa area que a Energisa atende a mais tempo talvez o atendimento seja mais decente que aqui (Vou repetir denovo, vai que alguém da cia vê: A REDE tinha atendimento ótimo, o da Energisa está um lixo, parece que cortaram equipes pela metade, tudo atrasa e demora, pra consumidor final, pra prestador de serviços, urbano ou rural todo mundo tem reclamado).

  2. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Os contatos que tenho são da Cemat, a central eletrica do meu estado, que a REDE agrupou, e hoje é Energisa, a uns 3 anos os telefones eram:
    (65) 3316 5342 - Gerencia da engenharia
    (65) 3316 5491 - Projetos e materiais (Exemplo: Por conta de tração e cia, talvez exijam cordoalha pra sustentação de cabo, ou cabo auto-sustentado com especificações X ou Y, essas coisas)

    "Locação" pra eles quer dizer outra coisa, tem que falar em projeto especial, e aluguel de postes.

    Mas sei que a Energisa mudou algumas estruturas do Grupo Rede, um amigo que trabalha com eletrificação rural só tem reclamado, que tudo demora. Mas se você está numa area que a Energisa atende a mais tempo talvez o atendimento seja mais decente que aqui (Vou repetir denovo, vai que alguém da cia vê: A REDE tinha atendimento ótimo, o da Energisa está um lixo, parece que cortaram equipes pela metade, tudo atrasa e demora, pra consumidor final, pra prestador de serviços, urbano ou rural todo mundo tem reclamado).
    Vc é do MT? Pelo que vi na sua localização... De qual cidade vc é?

    Também sou do MT, vou tentar estes números. Muito obrigado, valeu mesmo !



  3. Estou no interior, uns 850Km de Cuiabá perto do Xingu.

    Esses contatos são de 2011 ou 2012, não lembro bem. Tinha outros de quando morava em Cuiabá, mas dado preciso sobre projeto é difícil achar quem tenha, pessoal geralmente faz contato com projeto bem basico aqui por perto, sem detalhar muita coisa, aí depois mete AC em cabo de rede e coisas similares, os funcionários da Cemat sempre pisam e apoiam escada sobre a fiação da Oi que fica logo abaixo, uma rede ethernet com cabo comum ia durar pouco tempo por aqui, não tive vontado de mecher com isso porque ia precisar colocar 30cm ABAIXO da rede da Oi, o que nos postes mais baixos significa ficar bem perto da altura dos caminhões (Baú ou carretas graneleiras mais altas), meu medo sempre foi um caminhão desse estar 40cm mais alto (Coisa normal), derrubar poste e desaparecer (É o que sempre ocorre, meu carro e moto estacionados já foram acertados 3 vezes por caminhões e ninguém viu nada), e a culpa de poste recair sobre a minha cordoalha que puxou postes ou algo assim, porque aqui a area de circulação dos caminhões é justo onde tem postes mais recentes que são mais baixos, alguns só com a rede eletrica já foram acertados por caminhão, imagine se tivesse uma rede 30cm mais pra baixo! A rede antiga da Cemat é ótima, bem alta, espaço pra caramba, mas os postes de uns 4 anos pra cá são todos baixos. Se você está numa cidade com menos caminhões ou com postes mais altos tá ok, mas no interior na época da safra tem caminhão graneleiro passando a cada 30 segundos em boa parte da area urbana, pra uma lona ou um arco de ferro enroscar num fio baixo é só a carroceria dar um pulinho (Buracos não faltam).

    Tem umas areas que acho que nem a Oi vai levar telefonia fixa tão cedo, porque tem poste derrubado toda semana, puxados pela rede eletrica enroscada em caminhão, imagina colocar uma cordoalha 30cm mais abaixo.

  4. esse ruben e fera mas tu mora longe eim meu amigo xingu os indios ja sabem o que wifi ....

    acho que sim aqui em são paulo eles sabem .



  5. Heheh, indio aqui tem via satelite.
    Não é grandes coisas, nuns postos 512Kbps, noutros 1Mbps, com aquele delay lindo de 1500ms.

    Mas eles não usam muito, os principaís usos de internet no brasil são redes sociais e pornografia. Rede social é questão de inveja, como nenhum conhecido deles usa eles não tem necessidade disso. E pornografia, bom, tem muitas cerimonias e tal, e a maioria é feita sem roupa, primeiro os homens, e curiosamente só depois de um intervalo de 10 minutos (Pra pegar as cameras) as mulheres. Sério, todo notebook de aldeia que mechi (Sempre foram muitos) sempre era lotaaaaaaaado de fotos, já sabe de que tipo.

    (Até licitação pra camera participava, a estorinha é que seria pra filmar documentários e cia, e umas vezes voltou alguma com problema (Geralmente imaginário, tipo esquecer que memoria tem limite) e também era lotado de fotos, mas só das cerimonia femininas, claro!)

    Mas calma, nem todos são assim. O coitado que é professor a ganha salário mínimo tem um lixinho tipo STI ou Philco de R$ 700. Já os filhos das lideranças, esses tem coisa tipo Sony Vaio de R$ 6 mil pra cima, não seria um problema se cada liderança não tivesse 30 filhos, aí precisa muita ONG e associação pra captar recurso pra dar notebook, carro, e pagar viagens pra tanto filho.


    Conexão via radio seria bem mais em conta pra alguns postos (Menos distantes) , mas como todo bom serviço público a burocracia ainda usa via satelite de R$ 2 mil por 1Mbps e olhe lá, já ouvi sobre desculpinhas tipo descaracterizar a paisagem com torre (Mas antena parabolica e casa de concreto não descaracteriza nada, uma Ecosport estacionada na casa do cacique menos ainda).

    Aldeia mais distante não tem nada, nem uma aspirina caso alguém esteja morrendo (E sempre tem, principalmente criança), mas nas aldeias mais próximas tem até rede elétrica interna, daria pra cabear sem precisar pagar aluguel de poste! :-)

    ("Mas e a internet?" Pra que isso. Ninguém usou BBS? Usa a rede só pra trocar fotos, aposto que ia ter uma demanda enorme)






Tópicos Similares

  1. Projeto para licenciamento de poste
    Por Globalnetrj no fórum UnderLinux
    Respostas: 4
    Último Post: 24-07-2017, 18:35
  2. Normas da CEMIG para uso de postes
    Por TsouzaR no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 05-08-2015, 13:08
  3. Contrato de Locação de Área para Instalaçao de Torre
    Por carlinhotocabrabo no fórum Redes
    Respostas: 19
    Último Post: 30-06-2010, 12:51
  4. Locação de espaço para antena.!
    Por thiagognr no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 20-01-2010, 17:20
  5. Respostas: 9
    Último Post: 13-12-2006, 23:14

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L