Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Com antena externa nunca tive desempenho bom também , mas só tentei usar grade de alto ganho (E dava na mesma que com a antena interna de baixo ganho), eu fiquei com a impressão que o chaveamento pra antena externa é problemático, usei umas Engenius EOC com SMA externo que também me deram essa impressão.

    (Idem pra baratas GTS antigas (Mas que ainda devem ter a venda, velharias B/G), que tem seleção pra interna normal e uma suposta 5dBi interna, parece que aquilo não funciona direito, só com a antena normal funciona bem)

    Com configuração bem modesta (MCS1, potencia bem baixa, ack timeout alto) já fiz até Elsys 2N ficar estável E discando PPPoe em modem ADSL! Falando em modem, aqui tem muito modem adsl problemático da Technicolor, o jeito que achei pra eles pararem de travar 3x ao dia é fixar tudo na parte de wifi, geralmente coloco MCS3 e potencia baixa, acho que não dá subestimar o peso de jogar os modos automaticos pro chipset de wifi processar, sendo ele separado ou junto do chipset principal (Na WOG212 o chipset wifi é um AR9331 separado do AR23xx né?).

  2. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Com antena externa nunca tive desempenho bom também , mas só tentei usar grade de alto ganho (E dava na mesma que com a antena interna de baixo ganho), eu fiquei com a impressão que o chaveamento pra antena externa é problemático, usei umas Engenius EOC com SMA externo que também me deram essa impressão.

    (Idem pra baratas GTS antigas (Mas que ainda devem ter a venda, velharias B/G), que tem seleção pra interna normal e uma suposta 5dBi interna, parece que aquilo não funciona direito, só com a antena normal funciona bem)

    Com configuração bem modesta (MCS1, potencia bem baixa, ack timeout alto) já fiz até Elsys 2N ficar estável E discando PPPoe em modem ADSL! Falando em modem, aqui tem muito modem adsl problemático da Technicolor, o jeito que achei pra eles pararem de travar 3x ao dia é fixar tudo na parte de wifi, geralmente coloco MCS3 e potencia baixa, acho que não dá subestimar o peso de jogar os modos automaticos pro chipset de wifi processar, sendo ele separado ou junto do chipset principal (Na WOG212 o chipset wifi é um AR9331 separado do AR23xx né?).
    Rubens,
    Aproveitando pra fazer um off topic:
    - A tabela MCS ja a tenho, mas exitiria uma tabela que indique qual o mcs mais indicado para cada nivel de sinal sabe, tipo MCS 1 ja funciona com -85, MCS 2 com -80, em via de regra geral claro, depois depende do scenario e poluição. Se tem tal tabela pode me passar o link?



  3. Vish, aí depende da sensibilidade de cada modelo.

    Cada modelo tem sensibilidade diferente em cada datarate (Ou MCS rate).

    Se ficar por exemplo somente em Ubiquiti, a sensibilidade é bem parecida de MCS0 a MCS15 em todos os modelos, varia 2 ou talvez 3dB.
    Mas em 802.11a tem muito mais variação. Olha a sensibilidade do Bullet M5 em 802.11a de 6 a 24Mbps:
    http://dl.ubnt.com/datasheets/bulletm/bm_ds_web.pdf
    -83dB de sensibilidade. Se aplicar um mínimo de 10dB acima disso dá pra dizer que o sinal mínimo pra esses datarates neles é -73dBm

    Agora olha como melhora a sensibilidade em 802.11a em 6 a 24M nos Airgrid M5:
    http://dl.ubnt.com/datasheets/airgri...asheet_web.pdf
    Aplicando a mesma regra de 10dB como mínimo acima da sensibilidade dá pra dizer que o Airgrid funciona até com sinal -87dBm
    (E realmente eu já interliguei empresa com sinal -86 em Airgrid e era relativamente estável)

    De -87 pra -73 é uma diferença de 14dBm, isso é sinal pra caramba!

    Mas onde onde tirar isso de "Pelo menos 10dB acima da sensibilidade"? Não tem muito material sobre isso. Eu trato o mínimo pra manter conexão ativa como 10dB acima da sensibilidade, mas o ideal pra ter o throughput total do datarate como 20dB acima da sensibilidade.

    Pra datarate mais alto tipo MCS13 a 15 eu digo que precisa ainda mais pra ter o throughput total, que precisa o que as tabelas de SNR pedem: 30 a 35dBm de margem!

    Essa diferença entre a sensibilidade do datarate em uso, e o sínal que chega, é chamada geralmente de link margin, as vezes de signal margin, os fabricantes raramente falam disso, o que ví da UBNT foi recomendação de usar 20dBm como link margin (Onde? Boa pergunta...).

    Pra não ficar olhando datasheet toda hora, pode usar ferramenta tipo essa:
    http://mayo.nuvisions.net/ubnt_link/

    Ó um exemplo de calculo de alcance que você pode fazer:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         margin.jpg
Visualizações:	207
Tamanho: 	422,7 KB
ID:      	58351
    Fiz isso só pra mostrar que aquele papo de "Ah, mas respeitando o limite legal de 27dBm não dá pra ter alcance bom".

    O Wom5000 da Intelbras tem sensibilidades e potencia parecidas com o NS Loco M5, e o WOG212 802.11n com o NS Loco M2, pode usar os 2 no calculo.

    Pra cliente com banda pequena, em setorial sem muito cliente (5 ou 6), dá pra trabalhar com link margin de 10dB, mas entram na conta as perdas que variam, tipo arvore na zona de fresnel que incomoda conforme a umidade das folhas, rede eletrica que incomoda variando conforme o consumo, area de metal exposto (Telhado metalico) que varia conforme o calor, então é complicado você trabalhar com 10dB de margem no ato da instalação, afinal não se faz instalação em meio a chuva ou algo assim, a instalação geralmente é feita em horários onde não tem muito incomodo na zona de fresnel, então digo pra trabalhar com meta de 20dB de sinal acima da sensibilidade do datarate escolhido (Seja MCS3, MCS12, seja 802.11G em 18M, seja 802.11A em 24M), se um dia cair pra 10 a conexão vai ter CCQ menor mas o cliente provavelmente não vai perceber.

    (PTP com radome e cia dá pra trabalhar com link margin de 10dB, geralmente eles não variam muito em chuva e tal)


    Ah, e tem mais um porém: A sensibilidade MUDA conforme a largura do canal. Uma sensibilidade de -74 pra MCS7 é em 20MHz, provavelmente em 40MHz a sensibilidade deve cair pra praticamente -70, mas o pior: O link margin pra canal mais largo geralmente precisa ser maior, assim como o SNR também precisa ser maior! Tabela com sensibilidade conforme a largura de canal? É raro aparecer.

    Se pra SNR mínimo tem centenas de tabelas variadas, imagine pra link margin, difícil achar conteúdo sobre isso.
    Exemplos de variação no SNR mínimo recomendado:
    http://image.slidesharecdn.com/v1brk...?cb=1324585914
    e
    http://static1.squarespace.com/stati...1418680339628/
    e
    http://b2bchannelblog.com/wp-content.../SNR-table.jpg

    Eu levo esse último link como referencia pra link margin, pelo que já usei esses são os link margins mínimos pra cada datarate.

  4. Rubens,
    Muito bacana a explicação....ja tinha uma noção, na verdade queria essas tabelas, principalmente essas ultimas 3 que me passas-te pq o pessoal tem mania em pensar que pra ter um bom sinal tem que ter potencia.....

    e se eu te disser que consegui fechar um enlace de 32km passando 60mb full com um par de algcom de 33 e 912, e o melhor, usando só 128Mw de potencia, num a zona super poluida;.....bacana não??? e um dos lados não esta com o alinhamento bom, esta em 68/70...

    Mas eu queria mesmo essa tabelas pra ter noção dos datarates que "teoricamente" seriam possiveis usar, porque dai cruzando as informações posso ver o que esta errado caso não consiga ( se é canal, interferencia etc....)...

    O engraçado é que depois que te fiz a pergunta é que peneirando la no MK encontrei a tabela para as SXT e pra 912 kkkkkkk. e olha que não foi preguiça não...procurei mas foi daquelas "se fosse uma cobra me mordia" kkkkkk

    Obrigado



  5. Eu gosto mais do link com calculo ( http://mayo.nuvisions.net/ubnt_link/ ) porque ele mostra a perda pela DISTANCIA.
    O FSL, Free Space Loss, em 32Km (20 milhas) são 137dBm de perda, ou seja, com Nanobridge 25dBi ele diz que daria só pra MCS10 ou 11, mas se colocar no calculo um rocket, e antena maios tipo essa sua de 33dBi, você vê bem melhor até que datarate poderia subir.

    (E se algo der errado é porque a distancia está errada, porque o equipto tem problema, ou porque a zona de fresnel está ruim, sempre que a conta não bateu com a realidade olhei bem e ví alguma coisa no caminho)

    Alias, agora que fiz a conta pra ver perda na distancia, olha os margin em vermelho, indicando que é pouco:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         margin.2lo.jpg
Visualizações:	384
Tamanho: 	91,4 KB
ID:      	58367
    Se está vermelho é porque ele mesmo acha que pra esse caso ter só 25dB de margin é POUCO. Quer dizer, pra distancia pequena ou ptmp 10dB tá bom, mas pra distancia grande ou ptp mais serio precisa quase 30db de margin acima da sensibilidade!
    Engraçado que não encontro dado oficial sobre essas margens de sinal, eu digo pra aplicar a margem que se aplica a SNR por questão de analogia, mas parece que essa é a tabela "de verdade" a se aplicar, que não tem outras tabelas a usar, SNR e link margin aparentemente requerem a mesma margem de segurança.






Tópicos Similares

  1. Problemas com wog 212
    Por R1ppaX no fórum Intelbras
    Respostas: 1
    Último Post: 26-11-2015, 16:59
  2. Problema com CPE Intelbras WOG 212
    Por edilsonmsf no fórum Intelbras
    Respostas: 55
    Último Post: 23-10-2015, 20:33
  3. cpe wog 212
    Por berjon no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 30-05-2015, 15:20
  4. CPE WOG 212 Intelbras me antederia?
    Por RoyNelson no fórum Intelbras
    Respostas: 12
    Último Post: 24-03-2015, 18:13
  5. CPE WOG 212 Intelbras e câmeras IPs no monitoramento de rua
    Por capitaoagnaldo no fórum Intelbras
    Respostas: 8
    Último Post: 25-02-2015, 10:45

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L