Página 6 de 6 PrimeiroPrimeiro ... 23456
+ Responder ao Tópico



  1. #101

    Padrão Re: Rede cabeada desligando, ajudaa

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Pra saber, só dizendo que componentes tirou.

    Mas a princípio só tem capacitor de desacoplamento nas redondezas dos conectores, tirar eles ia permitir alguma oscilação eventual em cabos longos ou ruidosos, mas não a ponto de desativar uma feature do chipset. Acho mais fácil a ESD do ferro de solda comum não-aterrado ou do trabalhador não-aterrado, ter afetado algo na Rom ou no chipset, eles são sensíveis a ESD.

    Se fosse um roteador eu ia dizer pra tentar regravar o firmware, mas a maioria dos switch gerenciáveis só tem 1 firmware, o original, e não aceitam subir o mesmo arquivo (Precisa ser uma versão mais nova).
    Aproveitando o tópico gostaria de tirar uma dúvida com você que entende muito de eletrônica:

    Tenho um switch aqui que funciona em 24v, abrir ele e ví que ele tem um capacitor de 25v. Gostaria de modificar esse equipamento para aceitar até 48v, então pensei, será que apenas trocando o capacitor original por um de 50v já estaria modificado ou precisa trocar mais algum componente?

    Aguardo resposta, e desde já agradeço a gentileza em responder...

  2. #102

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    É bem por aí, em vários switch baratos o limite de tensão é o do capacitor.

    Mas tem que ver o resto do circuito também. Tem muito switch que usa o MC34063
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         34063.jpg
Visualizações:	64
Tamanho: 	20,1 KB
ID:      	62441

    Tem que ver qual variação dele que está no aparelho.
    Se for o MC34063A olha o limite de tensão em 40V:
    http://www.onsemi.com/pub_link/Colla...MC34063A-D.PDF

    Se for um switch com esse CI, tirar o capacitor de 25V e colocar um de 50V não resolve, o limite vai ficar nos 40V no CI.

    (E nem é bom chegar perto da tensão do capacitor, é normal tem ripple ou spike e eles estufarem mais cedo, pra usar 48V seria decente usar capacitor de 63V)

    Alias, veja se é 48V mesmo, porque nobreak 48V (4 baterias 12V em série) flutua na casa dos 52 a 55V!

    Diz uma antiga lenda que existe um tal de MC34063HV, pra 60V ou 63V, eu acho que eu vi um deles uma vez mas tava escuro e era de noite, pode ser sido ilusão, anda mais fácil ver disco voador ou saci-pererê hoje, não vemos ele a venda, nem datasheet, só que as vezes algumas versões que vão pra fabricante e não pro varejo realmente ficam sem datasheet oficial, existem só extra-oficialmente.

    (E dou azar, os 2 switch que tenho aqui hoje tem algo tipo final ADM ou CBN, versão pra 35V apenas! Deve ser mais barata por isso está em switch barato)

    Se quiser colocar um capacitor de 63V e ligar ele em 48V, o risco é seu, acho que alguém falou uma vez que funcionou, mas talvez era um com a versão final HV. Via de regra o que o datasheet diz geralmente aceita no máximo 10% de variação, não mais que isso, de 40V pra 48V tem muita diferença, se fosse 42V eu mesmo testaria, mas 48V não.

    Já tentei achar solução barata pra isso, acredite, mas... mesmo que achei um CI HV a venda, o MC34063 comum de 40V já custa quase R$ 10 fora do brasil (Imagina aqui!), o custo de uma gambiarra talvez ficaria até maior que um módulo pronto tipo
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...ulo-lm2596-_JM
    DESDE QUE esses módulos suportassem mais de 40V.

    No caso desses módulos, existe sim o LM2596HV ou o LM2594HV, em módulos que aceitam até 60V, não achei no ML mas lá fora tem:
    http://www.ebay.com/itm/60V-LM2596HV...-/281912674631

    Também tem o CI LM5007, que vai até uns 80V, mas só ele já custa o preço do módulo com o LM2596HV:
    http://www.ebay.com/itm/1PCS-LM5007M...-/252023421130

    Então tá complicado usar switch comum com MC34063A em 48V. Colocar 12 ou 14 diodos comuns em série pra reduzir 8,4 a 9,8V (Cada diodo derruba a tensão em 0,7V) pode ser feito, mas desperdiça energia, se o switch consumir 4W, esses 4W em 40V são 4/40 = 0,1A ou 100mA. Os diodos vão dissipar 8,4V * 0,1A = 0,84W em calor, ou 0,96W, sobe o consumo em quase 1W, pra 1 switch isso não faz nenhuma diferença, faria pra cabear uma cidade toda com 50 deles...

    E no lugar do switch dá pra fazer o clássico da gambiarra dos anos 70, colocar um resistor.
    Pra descobrir o valor do resistor, você divide a tensão que quer que ele "consuma", pela corrente que vai circular nele.

    Digamos que quer que chegue uns 24V (Pra não modificar o switch), de 48V pra 24V são 24V de diferença, e o siwtch em 24V consome 166mA (4W/24V = 0,166A).
    24 / 0,166 = 144 ohms
    Um resistor de 150 ohms por 5 wats tá ótimo. Pena que o circuito ao todo consumiria 8W ao invés de 4W.

    Se for pra passar pra 40V, 4W/40V= 0,1A, e 8V/0,1A = 80 ohms, e resistor de 1W serve.
    (Na prática o que tem a venda é resistor de 100 ohms, vai dar menos de 40V então a corrente será um pouco mais de 0,1A, por isso a recomendação de resistor de 1W)

    Resistor em série funciona (Igual os diodos em série), mas é gambiarra feia, pra 1 switch dá, mas pra cabear cidade toda vai desperdiçar muita energia, fora que o resistor esquenta, esse 1W a 4W vira calor neles, 1W pode queimar seu dedo de tanto que esquenta. O que não é gambirra é usar conversor dc-dc no caminho, o rendimento fica perto dos 95% num uso desse (Passando de 48V pra 24V).



  3. #103

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Aqui tenho uma rede em 24vots bem pequena em uma pracinha cerca de 6 switchs, gostaria de construir uma em 48volts para poder ir mais longe sem riscos a terceiros, saindo energia de um único ponto com nobreak etc, que em caso de travamento só desligar e religar, acredito que em 48volts ou um pouco mais 60volts pelo cabo de rede de um único ponto seria bem interessante e sairia mais barato do que alimentação reversa, que precisaria de uma fonte em cada cliente.

    Interessante seria esse módulo dc-dc para até 60v de entrade, se tivesse no mercadolivre era uma boa, ae regulariamos a saída para 24v.

    Pode se ligar esses conversores em série? e te o dobro da capacidade de entrada?

  4. #104

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Se ligar os conversores em série, o limite de capacidade será o de qualquer um no meio do caminho.
    Se ligar um de 240W depois de um de 120W, o limite prático seria 120W.

    (Mas recomendo usar MENOS de 50% do prometido, isso é produto barato sem ventilação, se promete suportar 120W eu não usaria NEM 60W)


    Se fala em ligar em paralelo, dá sim, desde que isole com diodo, porque o sistema de chaveamento lê a tensão de saída pra determinar largura de pulso e cia, um aparelho afetaria a leitura do outro.
    O maior problema é que você precisaria ajustar com precisão os 2 aparelhos na mesma tensão, nada de deixar um a 24,1V e o outro a 24,2V, se fizer isso o aparelho que tem 24,2V vai ser mais exigido (Ele vai tentar manter a tensão). Multímetro comum tem 0,1V de precisão e isso já tá bom.


    Uma coisa que você pode fazer é continuar usando 24V, mas colocar a cada 3 ou 4 switch um conversor pra ELEVAR a tensão.

    Desse tipo, conversor step-UP:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...6a-dc-150w-_JM
    Ajusta pra saída em 24V, e se na entrada tiver 12V ou 15V a saída será sempre 24V.

    Desse aí usei com 60W e ele já aqueceu bem, não recomendo ir muito além disso.

    Seus switch devem consumir 4 a 6W, teria que ver na ficha técnica. Se for modelo de 4W, pode meter 12 ou 14 depois dele sem problemas.
    (Teoricamente 15, mas tem que ver que a cada X switch terá outro conversor, e eles tem rendimento, 5 switch de 4W consomem 20W, mas o conversor tem rendimento nesse caso de uns 90%, ou seja, entra 22,2W nele pra ter saída de 20W)

    Se colocar um fan de 60 ou 80mm em cima do conversor, talvez dure com circulação de potência mais alta tipo 80W.
    (Recomendo nem sonhar em usar 150W nisso 24x7, por meia hora talvez, mas em uso 24x7 não tem como aguentar, nem com fan)

    Pela calculadora da NovaNetwork dá pra definir fácil o alcance real disso:
    http://www.novanetwork.com.br/suport...nergia-poe.php
    Só precisa distância entre postes onde vão os switch, e o consumo real deles.

    Se é fácil conseguir switch 24V, tá fácil.

    Talvez daria pra fazer a rede lá por 34V (Quanto maior a tensão, menor a corrente, logo, menor a queda de tensão nos cabos, vai mais longe), usando esses conversores pra elevar a tensão a cada X postes, e usando conversores step-down de R$ 10 pra baixar pra 12V pra usar switch comum de R$ 35 (Tô por fora do preço dos gerenciados). Mas isso seria só porque 34V é o limite seguro dos conversores tanto step-up como step-down. Como já tem alguns switch 24V daria pra ver se o circuito interno usa o MC34063 pra colocar capacitor de 50V pra testar alimentado por 34V (Já que eles aguentam até 40V pelo visto)

    Tem switch barato de 12V com o MC34063, mas infelizmente uns baratos tem outros circuitos, com componentes mais limitados, um branco (Talvez Pacific, Tenda, não lembro) que abri a umas semanas tinha um regulador de tensão que opera de 9 a 12V lacrado, é daqueles que queimam até se ligar numa bateria 12V (Que carregada chega nos 14V), trocar capacitor nele não ia resolver já que o limite é o circuito integrado. Sinceramente não sei dizer quais tem o MC34063 e poderiam ser modificados com facilidade pra funcionar com 34V com esses conversores step-up baratos.



  5. #105

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Agora de noite lembrei desse módulo, eu tenho dele em uso em casa mas como tá em caixa lá no telhado até esqueci:
    http://www.ebay.com/itm/New-DC-DC-15...-/281311660242

    Ele não esquenta nada nada nada alimentando um switch 8p comum. Daria pra mandar 48V pra ele tranquilo.


    É até exagero usar isso pra alimentar só um switch, já que um switch em 12V mal vai consumir mais de 0,3A (Ele promete 3A, não não sei se eu arriscaria usar com 2A de consumo).

    Ó a gambiarra, mas... esqueci disso porque estava lá numa caixa funcionando 24x7 sem problemas acho que desde começo de 2012. Se desse problema eu ia lembrar :-)
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC03874.JPG
Visualizações:	122
Tamanho: 	92,2 KB
ID:      	62456Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC03875.JPG
Visualizações:	115
Tamanho: 	100,4 KB
ID:      	62457Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC03876.JPG
Visualizações:	114
Tamanho: 	90,5 KB
ID:      	62458Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         DSC03873.JPG
Visualizações:	109
Tamanho: 	67,2 KB
ID:      	62455

  6. #106

    Padrão

    Ruben,

    Qual o projeto que vc está usando atualmente, estou pesquisando sobre o assunto e gostei bastante dos seus projetos, pretendo produzir algumas unidades para teste e gostaria de saber qual a sua ultima versão.

    Em tempo, obrigado por compartilhar, suas informações neste tópico foram sensacionais!



  7. #107

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Eu monto o que tem componente pra montar. Até uns 2 anos atrás era pedir um pacote de componentes de US$ 2,99 no Ebay e em 30 a 50 dias tava aqui, com eles podia fazer 3 ou 4 protetores.
    Hoje demora pelos menos 3 meses, e a maioria chega com multa, dizendo que é roupa, que é produto químico, que excede preço, aí os US$ 5 em componentes tem multa de R$ 80 pra pagar, eu não arrisco mais com isso.

    Eu gosto da solução com diodos porque acho mais barata, diodos comuns, e zener de 10V (Pra rede 100M), assim:
    https://under-linux.org/attachment.p...7&d=1430775148
    ou
    https://under-linux.org/attachment.p...9&d=1430775454
    ...mas pra parte de POE tenho receio de colocar um varistor de 35V numa fonte 27V (Nobreak DC 24V), e o próximo varistor que encontro no mercado já é de 50V. Então não sei bem o que recomendar pra parte de POE, centelhador de 230V ou 450V acho meio inútil nessa parte, e é o tipo de componente que tenho visto a venda, acho melhor ficar nos varistores mesmo.
    (Exceto se achar a venda centelhador de 75V ou menos. Só vi por preço alto tipo R$ 25, aí fica muito mais caro que comprar protetor pronto)

    Funcionar todos funcionam, jogar excedente pro aterramento é coisa que vários circuitos conseguem, o problema de circuito com diodo é quando queima eles entram em curto as vezes, enquanto centelhador simplesmente fica aberto e atua várias vezes seguido. Digamos que dá menos manutenção, mas eu estou usando circuito com diodos faz 3 temporadas de chuvas (Aqui só tem tempestade em 5 meses do ano) e ainda não consegui descobrir que danos sofrem.

    (Tenho na garagem um switch 5P, com 3p queimadas, ligado e jogado lá só pra saber quando tem tempestade que queima algo, com um cabo longo jogado por cima dos telhados. Em dezembro ele queimou a 3ª porta, mas o resto dos equiptos com protetores diversos não deu problema)

  8. #108

    Padrão Re: Rede cabeada desligando, ajudaa

    olha gente rede Gigabit



  9. #109

    Padrão

    vc tem rede cabeada ? e dono de provedor caso seja olha essa novidade Gigabit aqui

  10. #110

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Buenas @rubem,

    Li esse tópico remetido por você em outro que iniciei.
    Conforme eu ia lendo, ja vi que tem varios procedimentos que não são pra mim, por pouco conhecimento em eletrônica e pouca pratica. Mas antes de chegar no final do post, eu ja tinha visto no ML: http://produto.mercadolivre.com.br/M...-lm2596-cc-_JM

    Além disso, eu ja tinha botado o olho a mais tempo em outro conversor dc, o qual achei interessante para ligar um patch panel de 10 portas por exemplo, o qual hoje ligo com um conversor desses http://produto.mercadolivre.com.br/M...6a-dc-150w-_JM eu estava interessado em trocar, a algum tempo, por um desses para ser mais tranquilo: http://produto.mercadolivre.com.br/M...so-up-modu-_JM

    Então eu estava imaginando se seria possível alimentar uma grande extensão da rede, alimentando-a no inicio com 48v. Ao longo desse tópico fui vendo que não era viável por falta de componentes baratos para fazer o serviço.

    Bom, porém, com uma rede alimentada no inicio com 48V, e conversores do primeiro que postei para reduzir para 12v para ligar os switchs, e um desses grandes (http://produto.mercadolivre.com.br/M...so-up-modu-_JM) a cada digamos 200 metros, nos quais vão ter até uns 8 switchs, a queda de tensão fica na casa dos 17V, correto? (usando 2 pares do fio de rede seria mais ou menos um AWG21 correto? ou seja, 0,41mm²).

    Nesses sentido, daria para fazer uma rede longa com alimentação no inicio. Pois digamos que a fonte inicial possua 10A, e todos os conversores Step Up também, 48V com 10A eu teria 480W de potência. Considerando a eficiência dos conversores, e sei lá qual switch seriam usados, mas digamos 8W por switch (pra colocar alto), daria para ter 60 switchs alimentados.

    O problema, nesse caso, é que de acordo com uma tabelinha que vi na net, um AWG21 suportaria uma corrente de 1,2A no máximo. Ou seja, o cabo de rede limita muito. Para ter uma corrente de até 10A no fio, eu teria que usar fios com seção de 4mm² mais ou menos. Ta certo isso?

    Dai não tem como mete fio desses pela rua.



  11. #111

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    O caminho é o contrário, não importa a potência da fonte, mas sim o que será consumido delas.

    Se usar switch gerenciado pequeno, geralmente eles consomem 4W já com conversor dc-dc pequeno, se colocar 10 deles serão 40W.

    40W / 48V = 0,83A.

    A queda de tensão com 0,83A em 80m de cabo é de 2,42V.
    48-2,42 = 45,58V
    Pro switch seguinte serão 36W agora.
    36/45,58 = 0,78A , e 0,78A em 80m dá queda de 2,1V.
    45,58 - 2,1 = 43,48V
    Pro switch seguinte vai 32W
    32/43,48V = 0,73A

    E assim vai.

    Se essa fonte ficar num ponto de encontro de vários ramais de rede, uma fonte 48V 10A pode atender 6 ou 7 ramais de 2km cada (Se eles usarem switch de baixo consumo).

    Depois de certa distância a tensão cai abaixo de 35V, em TESE daria pra usar conversor DC-DC mais barato, mas o problema é: Só existe essa tensão baixa porque tem outros switch consumindo. Na hora de ligar não haverá consumo no exato instante, vai ter picos de mais de 40V na hora de ligar, e em caso de queima de alguns switch. Fazer isso (Colocar conversor dc-dc barato no fim do ramal) é meio arriscado.


    Eu ultimamente defendo POE reverso por isso, põe uma fonte 12V no cliente, depois de 80m de cabo da casa dele até a caixa vai ter mais de 10V ainda, tá cheio de switch que opera nessa tensão (9-15V, digamos). O problema é switch travado, com alimentação central você desliga ela por 5s e todos os switch reiniciam. Com POE reverso precisa adaptar circuito nos switch.

  12. #112

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Bom dia pessoal, sei que o tópico já é um pouco antigo, mas tenho uma duvida em relação não aos switches mas sim em relação a fonte, tenho uma rede rede de pacpon com switches adaptados e aqui a placa ou a onu nunca queima ou trava o grande problema que tenho é com queima nos clientes, na maioria das vezes queima a fonte poe que esta alimentando o switch e de vez em quando o roteador, mas é bem raro, meu grande problema esta na fonte que queima com mais frequencia, ai vamos la e trocamos a fonte e tudo certo,a duvida é, vocês usam algum tipo de fonte especifica nos clientes, fonte chaveada, fonte estabilizada alguma proteção especial ou essas fontes comuns do mercadolivre mesmo, e uma pergunta pro @rubem, se puder responder ficarei muito grato, qual fonte é melhor pra usar nesses sistemas de poe reverso, chaveada, estabilizada ou as comuns mesmo pois não tem diferença, qual tem chance maior de queimar com descargas elétricas??? Sempre aprecio seus tópicos, muito grato por toda contribuição dada a todos do fórum.



  13. #113

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Como é esse POE reverso em detalhes?

    Pergunto porque se você coloca no cliente uma fonte 12V 1A (12W) e o consumo lá no poste passa de digamos 10W (Um switch 4W e um conversor fibra de 6W) a fonte vai pro lixo mesmo, fonte barata tem que ter consumo máximo na casa de metade do que ela promete.

    Eu sempre defendia o uso de carregador de bateria, com uma bateria junto a cada equipamento, por isso, uma fonte sozinha não dá conta de muita coisa, o negócio é ter sempre várias fontes em paralelo, e bateria.

    Se a fonte está queimando, pode ter certeza que tem consumo alto demais saindo dela.

    A parte cara desse problema é que você teria que dimensionar a fonte de modo que ela tem o dobro da capacidade do que o equipamento consome, porque vai existir a situação onde só 1 fonte vai ter que alimentar tudo.

    Ou seja, se tem consumo de uns 10W, a fonte vai ter que ter capacidade pra mais de 20W, senão ela vai ficar quente o dia todo e durar poucos meses (Resistência interna de mosfets e cia cai quando o componente aquece, a capacidade de corrente circulante diminui muito, quando há um pequeno pico de corrente mais alta no componente quente ele queima).

  14. #114

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Bom dia @rubem, meu sistema suporta ate 24v, porem usamos fontes 18v 1a na placa reversa, usamos placas da GLAB-TELECOM acho que não me expressei claramente, as fontes não queimam sozinhas do nada por tempo de uso, o problema que falo é em temporada de chuvas, o que tenho notado é que a unica coisa que queima é a fonte no cliente, a rede fica quase intacta, por exemplo, no ultimo prolema que tive, foram 5 fontes queimadas e somente uma switch, na verdade não sei se isso é bom ou ruim pois claramente a descarga veio pela rede elétrica e fritou a fonte, provavelmente o switch que queimou deve ter sido a fonte do cliente que deixou passar a descarga para a placa de poe reverso, a minha duvida é, será que existe alguma fonte mais resistente a esses problemas ou somente o bom e velho aterramento que sabemos que poucas casas tem??? Outra coisa, conhece algum lugar onde posso mandar fabricar placas ou somente o folha impressa para colocar os componentes, tipo essa da foto que adicionei? Muito obrigado mais uma vez pela atenção.
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         glab placa.jpg
Visualizações:	50
Tamanho: 	79,6 KB
ID:      	66917



  15. #115

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Ah tá, então seu problema é a queima do elo mais frágil entre a rede não-aterrada, e o aterramento mais próximo.

    Esse elo passa pela fonte no cliente, que está numa tomada com neutro e fase, e neutro é aterrado lá no poste.

    Ou seja, qualquer eventual alta tensão induzida nos cabos, estão chegando ao terra através do neutro da tomada, e o elemento entre o negativo do switch, e o neutro da tomada, é a fonte chaveada.

    Teria que ver o aterramento nos postes, pra ligar o negativo do switch ou desse injetor POE nesse aterramento. Alguns postes precisam ter aterramento na rua, não só os com trafo.

    Mas esse problema é bem mais sério, por isso tanto modem ADSL queima por problema vindo pela linha telefonica (Alias, meu telefone fixo, gondola, que nem vai na tomada, queimou começo desse ano! Imagina se um modem ADSL não queimaria!), basicamente porque a linha telefônica tem essa montoeira de fios pelos postes, e não é aterrada nos postes.

    Ligar o negativo da alimentação no terra não resolve tudo mas ameniza muito as queimas. Talvez pra ter zero queima precisaria protetor de surto (Com centelhador) em cada porta ethernet (Assim como cada porta da DSLAM tem um centelhador, aí queima o model ADSL na casa do cliente, e não uma porta da DSLAM lá na central), mas acho exagerado, se aterrar o negativo dos equipamentos já estará bom.

    Algumas fontes POE tem negativo ligado no 3º pino da tomada, mas quantos clientes seus tem 3º pino aterrado? Provavelmente zero. Então não dá pra esperar muito do cliente, vai ter que aterrar lá no poste mesmo. Se tiver cabo de tração entre os postes, pode usar ele como guia unindo aterramentos, teria que ver como o projeto de cabeamento pra cia elétrica foi feito (Se aprovaram sem nenhuma ligação em aterramento, eles estavam dormindo), ou pelo menos olhar nas regras de uso se pode usar o aterramento dele e aterrar o cabo de tração (Estou na região da Energisa, e ela deixa fazer isso, na verdade nos guias deles fala que se tiver cabo de sustentação metálico, ele tem que ser aterrado).

    Outra solução seria colocar transformador isolador em cada cliente, assim sua rede fica completamente separada da rede AC, não tem nenhum ponto de contato com o neutro aterrado. Mas olha o preço disso pra colocar em toda fonte:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...saida-220v-_JM

    E de qualquer forma em alguns casos ainda ia queimar uns equiptos ethernet no cliente, então nada afasta a necessidade de aterrar o negativo do switch lá no poste, geralmente a cada poucos postes tem um cabo de descida pro aterramento, é só ligar nele (Mas mandar esse aterramento pelo negativo só pra 1 ou 2 switch pra cada lado, se fizer uma malha única unindo toda a cidade seus cabos irão derreter eventualmente, porque a terra tem diferença de potencial entre 2 pontos, entre um bairro e outro não é difícil medir 30V entre um terra e outro, a questão não é equalizar tensões, mas sim ter um aterramento perto de cada switch, porque ethernet tem autotrafo na entrada então não precisa trabalhar com negativos equalizados (Como serial, VGA ou HDMI precisam).

  16. #116
    Avatar de FernandoB
    Ingresso
    Mar 2012
    Localização
    Lucas do Rio Verde - MT
    Posts
    102
    Posts de Blog
    2

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Coloca tudo em tensão continua, pode elevar pra 160, ja compra a fonte pronta no ML...eu estou desenvolvendo alguma coisa aqui mas não tenho nada pra comércio ainda só protótipos, tem mil formas de você fazer, mas a mais simples e segura é conversor ac-dc para 160 volts. Compre um multímetro com True RMS assim ele mede a tensão real. Esses multímetro básico mente na medida quando tem ruido na rede, você tem que medir a perda de tensão ao longo do cabo. O que deve estar acontecendo ai com você é que usando as fontes originais dos Switchs não conseguem trabalhar com queda de tensão ao longo do cabo. Usar um nobreak 220v é uma opção mas recomendo que use sempre EPI adequado ao trabalhar e sempre faça a retificação da energia antes de colocar no cabo, lembre que você deve marcar os cabos que tem energia, pois numa eventual ocasião de acidente outro técnico de outra companhia que trabalha no mesmo poste pode ser vítima, então sempre coloque uma placa indicando o perigo de choque.



  17. #117

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    trabalho em um provedor que usa rede igual a sua ,Switch INtelbras ...rede Cabeada UTP

    Aqui usamos umas fontes VDC ligada que pode ser ligada diretamente 220vlts ou mais indicado ligar em um estabilizador...usamos esse tipo de fonte de alimantacao Obs>
    energia vai juntamente com LAN Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         fonte-vdc-para-rede-cabeada-160-vdc-700-w-ate-100-swith-D_NQ_NP_366705-MLB25070033951_092016-O.jpg
Visualizações:	21
Tamanho: 	22,5 KB
ID:      	66945

  18. #118

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Ah tá, então seu problema é a queima do elo mais frágil entre a rede não-aterrada, e o aterramento mais próximo.

    Esse elo passa pela fonte no cliente, que está numa tomada com neutro e fase, e neutro é aterrado lá no poste.

    Ou seja, qualquer eventual alta tensão induzida nos cabos, estão chegando ao terra através do neutro da tomada, e o elemento entre o negativo do switch, e o neutro da tomada, é a fonte chaveada.

    Teria que ver o aterramento nos postes, pra ligar o negativo do switch ou desse injetor POE nesse aterramento. Alguns postes precisam ter aterramento na rua, não só os com trafo.

    Mas esse problema é bem mais sério, por isso tanto modem ADSL queima por problema vindo pela linha telefonica (Alias, meu telefone fixo, gondola, que nem vai na tomada, queimou começo desse ano! Imagina se um modem ADSL não queimaria!), basicamente porque a linha telefônica tem essa montoeira de fios pelos postes, e não é aterrada nos postes.

    Ligar o negativo da alimentação no terra não resolve tudo mas ameniza muito as queimas. Talvez pra ter zero queima precisaria protetor de surto (Com centelhador) em cada porta ethernet (Assim como cada porta da DSLAM tem um centelhador, aí queima o model ADSL na casa do cliente, e não uma porta da DSLAM lá na central), mas acho exagerado, se aterrar o negativo dos equipamentos já estará bom.

    Algumas fontes POE tem negativo ligado no 3º pino da tomada, mas quantos clientes seus tem 3º pino aterrado? Provavelmente zero. Então não dá pra esperar muito do cliente, vai ter que aterrar lá no poste mesmo. Se tiver cabo de tração entre os postes, pode usar ele como guia unindo aterramentos, teria que ver como o projeto de cabeamento pra cia elétrica foi feito (Se aprovaram sem nenhuma ligação em aterramento, eles estavam dormindo), ou pelo menos olhar nas regras de uso se pode usar o aterramento dele e aterrar o cabo de tração (Estou na região da Energisa, e ela deixa fazer isso, na verdade nos guias deles fala que se tiver cabo de sustentação metálico, ele tem que ser aterrado).

    Outra solução seria colocar transformador isolador em cada cliente, assim sua rede fica completamente separada da rede AC, não tem nenhum ponto de contato com o neutro aterrado. Mas olha o preço disso pra colocar em toda fonte:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...saida-220v-_JM

    E de qualquer forma em alguns casos ainda ia queimar uns equiptos ethernet no cliente, então nada afasta a necessidade de aterrar o negativo do switch lá no poste, geralmente a cada poucos postes tem um cabo de descida pro aterramento, é só ligar nele (Mas mandar esse aterramento pelo negativo só pra 1 ou 2 switch pra cada lado, se fizer uma malha única unindo toda a cidade seus cabos irão derreter eventualmente, porque a terra tem diferença de potencial entre 2 pontos, entre um bairro e outro não é difícil medir 30V entre um terra e outro, a questão não é equalizar tensões, mas sim ter um aterramento perto de cada switch, porque ethernet tem autotrafo na entrada então não precisa trabalhar com negativos equalizados (Como serial, VGA ou HDMI precisam).
    Bom dia @rubem agradeço mais uma vez, será que terei problema usando o aterramento da propria CIA eletrica, será que queima tudo igual falam ou é pura lenda urbana?
    Última edição por jcmaster85; 29-05-2017 às 12:48.



  19. #119

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    O problema do aterramento da cia elétrica é que ele está longe, não tem aterramento em todo poste, o neutro as vezes é aterrado só lá no transformador, e as vezes só tem um transformador a cada km!

    Pra uma torre teria que ter seu próprio aterramento, só pros seus equipamentos, local e não a 1km de distância, com cabo curto e grosso entre equipamento e hastes (Pro terra ser o caminho mais fácil pras descargas). Mas em cabeamento em postes não tem como você fazer isso, vai ter que pegar o aterramento da cia elétrica mesmo, e passar um condutor seu (Grosso, ou pelo menos mais grosso que os cabos de alimentação somados) levando o aterramento pelos seus equipamentos.

    Mesmo aterrado alguma coisa sempre pode queimar, tem que ver percentual de problemas, e qualidade de aterramento. Com aterramento bom, só vai queimar algo se tiver descarga grande, e com aterramento e centelhador (Protetor) só queima com raio direto. Com aterramento ruim, ou cabo fino unindo o negativo dos equipamentos, um percentual vai queimar, mas ainda será um percentual muito mais baixo que sem aterramento nenhum. Quem fala que "tudo queima igual" nunca fala em percentuais, então eu trato como papinho mole de leigo, lenda urbana mesmo. Tem quem desista do ramo com 10% de queima, e tem quem tolere 20% de queima de switch todo ano, depende do lucro que esse cabeamento dá.

    (Mas unir o negativo de todos com terminal de bitola maior não é tão difícil, seria só aproveitar cabo guia ou esticador)

  20. #120

    Padrão Re: Rede cabeada desligando - Pedido de ajuda

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    O problema do aterramento da cia elétrica é que ele está longe, não tem aterramento em todo poste, o neutro as vezes é aterrado só lá no transformador, e as vezes só tem um transformador a cada km!

    Pra uma torre teria que ter seu próprio aterramento, só pros seus equipamentos, local e não a 1km de distância, com cabo curto e grosso entre equipamento e hastes (Pro terra ser o caminho mais fácil pras descargas). Mas em cabeamento em postes não tem como você fazer isso, vai ter que pegar o aterramento da cia elétrica mesmo, e passar um condutor seu (Grosso, ou pelo menos mais grosso que os cabos de alimentação somados) levando o aterramento pelos seus equipamentos.

    Mesmo aterrado alguma coisa sempre pode queimar, tem que ver percentual de problemas, e qualidade de aterramento. Com aterramento bom, só vai queimar algo se tiver descarga grande, e com aterramento e centelhador (Protetor) só queima com raio direto. Com aterramento ruim, ou cabo fino unindo o negativo dos equipamentos, um percentual vai queimar, mas ainda será um percentual muito mais baixo que sem aterramento nenhum. Quem fala que "tudo queima igual" nunca fala em percentuais, então eu trato como papinho mole de leigo, lenda urbana mesmo. Tem quem desista do ramo com 10% de queima, e tem quem tolere 20% de queima de switch todo ano, depende do lucro que esse cabeamento dá.

    (Mas unir o negativo de todos com terminal de bitola maior não é tão difícil, seria só aproveitar cabo guia ou esticador)
    Ok, entendido perfeitamente. Grato mais uma vez.