Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por Guilhermealonso1 Ver Post
    Bom dia amigo então eu uso MCS de torre em 9-26 e os clientes em 0-6.5 mas...ainda acho que o MCS dos clientes tem algum outro de que deve trabalhar melhor mas..ainda não fiz testes para saber.

    vc trabalha nos clientes com MCS-9 o que que vc me diz?
    trabalha bem?
    É que MCS0 é polarização simples, se os clientes tem equipto MIMO você está desperdiçando equipto. MCS0 dá na mesma que MCS8 (2 MCS0, um em cada polarização, formam o MCS8).

    Geralmente a diferença de sensibilidade de MCS8 até MCS10 é muito pequena pra fazer diferença (Idem pra MCS0 até MCS2 caso use polarização simples), com datarate maior há menos tempo perdido na conexão de cada cliente.

    Na prática depende da banda que cada cliente usa, plano pequeno tipo 1M/256K (Down/Up) até MCS3/MCS0 (Torre/Cliente) em polarização simples atende 20 clientes sem problema. Mas se tem equipto MIMO o negócio é usar, digamos MCS8 nos clientes (O menor datarate MIMO), mas eu prefiro MCS9, e na torre MCS10 a MCS12, porque geralmente a sensibilidade é 3 ou 4dB diferente nesses 3 datarates.

    Datarate muito baixo em MIMO pode ter outro problema: A sensibilidade do MCS8 ou 9 em canal de 20MHz é digamos -96dBm, e o isolamento entre uma polarização e outra numa antena de NS Loco é de uns 22 a 25dBm, ou seja, um sinal em -70dBm é lido pelas 2 polarizações! Ocupa processamento da etapa de RF a toa.

    Por isso sempre recomendo que o sinal NO cliente chegue entre 20 e 25dBm acima da sensibilidade do datarate escolhido. A sensibilidade de cada datarate está no datasheet, e todos os equiptos Ubiquiti são parecidos. Se usar MCS9 pra torre transmitir (Max TX Rate em MCS9 na torre) o sinal deve chegar no cliente (RX no cliente) entre -73 e -68dBm (Sensibilidade de -93 segundo o datasheet, aplicando 20 a 25dB de margem dá -73 a -68, o isolamento de polarização cruza depende de qual NANO é mas tem um com 23dBm de isolamento).

    Já se usar setorial Airmax na torre (Quando diz "painal rocket" é pra ser isso?) o isolamento de uma polarização pra outra neles varia de 22dB nas menores, e 28dB nas maiores. Em MCS0 a sensibilidade do Rocket é -96, se aplicar 22 ou 28dBm acima disso dá -74 e -68 de sinal, ou seja, precisa um sinal bem baixo pra que a antena não receba nas 2 polarizações o sinal das 2 polarização (O H vai pro V e H ao invez de ir apenas pro H), sinal alto é um tiro no pé quando tem muitos clientes por isso, ao invez de um chain receber apenas o sinal de 1 polarização ele recebe das 2.

    Tem setorial com isolamento entre polarizações de 35dBi, são geralmente pra PTP, um PTP com MCS15 cuja sensibilidade é -75dBm, receber um sinal -45 tá excelente, vai dar um throughput ótimo, porque -75 + 35dB (Do isolamento) dá -40dBm, ou seja, o sinal só "chegaria" na outra polarização se fosse -40. E... 30dBm (-75 da sensibilidade até -45 do nível de sinal) é uma margem suficiente até pra canal de 40MHz).

    A sensibilidade e o isolamento entre polarizações estão no datasheet pra que o usuario possa "calcular" o mínimo e máximo do sinal de RX, é só aumentar ou diminuir a potencia nos clientes pra que nenhum grite, e pra que nenhum chegue tão alto a ponto de uma polarização ser captada pela outra.

    (Seria como um fone de ouvido tão alto a ponto de no ouvido esquerdo você ouvir o som do lado direito também, existe uma margem de trabalho onde há volume suficiente pra ouvir tudo, e isso é muito mais baixo que o ponto que o audio de um lado começa a vazar pro outro, som alto é porquice de gente idiota por isso, perde totalmente a estereofonia, ou melhor, perde os efeitos de posicionamento, a imersão no audio que a estereofonia dá. Com wifi simplesmente não se consegue throughput bom o suficiente ou o CCQ fica baixo porque o sinal está chegando alto demais. Se usar MCS9 pros clientes transmitirem, e MCS11 pra torre transmitir, bom seria os clientes chegando na torre com sinal entre -70 e -60 (Se alguém com -70 tiver CCQ ruim pode saber que é culpa de zona de fresnel parcial, melhor que aumentar a potencia desse cliente pra algo tipo -55 é na verdade aumentar o ack-timeout dele, valores absurdos tipo 60uS em cliente a 1Km não prejudicam a torre, e ainda permite um thrgouhput legal nesse cliente (Enquanto ack-timeout baixo e potencia alta dão o mesmo throughput mas derruba o CCQ de OUTROS clientes)

  2. Citação Postado originalmente por naldo864 Ver Post
    MCs 9 em todos os cliente eu uso MCs 0 em todos e quando tenho 40 conexão já começa a sambar
    eu só trabalho com 30 clientes em cada no máximo isso em RouterBoard mas...em Rocket eu coloco até 60 clientes que ai ele aguenta!



  3. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    É que MCS0 é polarização simples, se os clientes tem equipto MIMO você está desperdiçando equipto. MCS0 dá na mesma que MCS8 (2 MCS0, um em cada polarização, formam o MCS8).

    Geralmente a diferença de sensibilidade de MCS8 até MCS10 é muito pequena pra fazer diferença (Idem pra MCS0 até MCS2 caso use polarização simples), com datarate maior há menos tempo perdido na conexão de cada cliente.

    Na prática depende da banda que cada cliente usa, plano pequeno tipo 1M/256K (Down/Up) até MCS3/MCS0 (Torre/Cliente) em polarização simples atende 20 clientes sem problema. Mas se tem equipto MIMO o negócio é usar, digamos MCS8 nos clientes (O menor datarate MIMO), mas eu prefiro MCS9, e na torre MCS10 a MCS12, porque geralmente a sensibilidade é 3 ou 4dB diferente nesses 3 datarates.

    Datarate muito baixo em MIMO pode ter outro problema: A sensibilidade do MCS8 ou 9 em canal de 20MHz é digamos -96dBm, e o isolamento entre uma polarização e outra numa antena de NS Loco é de uns 22 a 25dBm, ou seja, um sinal em -70dBm é lido pelas 2 polarizações! Ocupa processamento da etapa de RF a toa.

    Por isso sempre recomendo que o sinal NO cliente chegue entre 20 e 25dBm acima da sensibilidade do datarate escolhido. A sensibilidade de cada datarate está no datasheet, e todos os equiptos Ubiquiti são parecidos. Se usar MCS9 pra torre transmitir (Max TX Rate em MCS9 na torre) o sinal deve chegar no cliente (RX no cliente) entre -73 e -68dBm (Sensibilidade de -93 segundo o datasheet, aplicando 20 a 25dB de margem dá -73 a -68, o isolamento de polarização cruza depende de qual NANO é mas tem um com 23dBm de isolamento).

    Já se usar setorial Airmax na torre (Quando diz "painal rocket" é pra ser isso?) o isolamento de uma polarização pra outra neles varia de 22dB nas menores, e 28dB nas maiores. Em MCS0 a sensibilidade do Rocket é -96, se aplicar 22 ou 28dBm acima disso dá -74 e -68 de sinal, ou seja, precisa um sinal bem baixo pra que a antena não receba nas 2 polarizações o sinal das 2 polarização (O H vai pro V e H ao invez de ir apenas pro H), sinal alto é um tiro no pé quando tem muitos clientes por isso, ao invez de um chain receber apenas o sinal de 1 polarização ele recebe das 2.

    Tem setorial com isolamento entre polarizações de 35dBi, são geralmente pra PTP, um PTP com MCS15 cuja sensibilidade é -75dBm, receber um sinal -45 tá excelente, vai dar um throughput ótimo, porque -75 + 35dB (Do isolamento) dá -40dBm, ou seja, o sinal só "chegaria" na outra polarização se fosse -40. E... 30dBm (-75 da sensibilidade até -45 do nível de sinal) é uma margem suficiente até pra canal de 40MHz).

    A sensibilidade e o isolamento entre polarizações estão no datasheet pra que o usuario possa "calcular" o mínimo e máximo do sinal de RX, é só aumentar ou diminuir a potencia nos clientes pra que nenhum grite, e pra que nenhum chegue tão alto a ponto de uma polarização ser captada pela outra.

    (Seria como um fone de ouvido tão alto a ponto de no ouvido esquerdo você ouvir o som do lado direito também, existe uma margem de trabalho onde há volume suficiente pra ouvir tudo, e isso é muito mais baixo que o ponto que o audio de um lado começa a vazar pro outro, som alto é porquice de gente idiota por isso, perde totalmente a estereofonia, ou melhor, perde os efeitos de posicionamento, a imersão no audio que a estereofonia dá. Com wifi simplesmente não se consegue throughput bom o suficiente ou o CCQ fica baixo porque o sinal está chegando alto demais. Se usar MCS9 pros clientes transmitirem, e MCS11 pra torre transmitir, bom seria os clientes chegando na torre com sinal entre -70 e -60 (Se alguém com -70 tiver CCQ ruim pode saber que é culpa de zona de fresnel parcial, melhor que aumentar a potencia desse cliente pra algo tipo -55 é na verdade aumentar o ack-timeout dele, valores absurdos tipo 60uS em cliente a 1Km não prejudicam a torre, e ainda permite um thrgouhput legal nesse cliente (Enquanto ack-timeout baixo e potencia alta dão o mesmo throughput mas derruba o CCQ de OUTROS clientes)

    Olá Rubem tudo bom ? Desculpem ressuscitar um tópico.
    Mais é que gostaria de entender um pouco mais sobre isso.

    Meu AP está em MCS12 e no Cliente tenho MCS9

    Como seria para ver qual sinal ideal o ap deve receber e o cliente para se encaixar nessas modulações ? Gostaria de entender melhor isso interpretando o datasheet.

    Aqui tenho os datasheet's:

    AP -> APC-5M-90+ --> https://www.intelbras.com.br/sites/d...01-14_site.pdf
    CPE -> WOM 5000 Mimo --> https://www.intelbras.com.br/sites/d..._mimo_site.pdf
    CPE -> APC-5M-18+ --> https://www.intelbras.com.br/sites/d...-14_site_0.pdf

    Quero aprender a interpretar melhor essas informações para fazer uma instalação o melhor possível. Me perdoem a pergunta, mais é que to começando agora

    Muito obrigado pela atenção e pela ajuda nisso.

  4. Pelo datasheet ao APC-5M-90, a sensibilidade em MCS9 é de -91dBm.
    Se levar em conta uma margem entre sinal e sensibilidade de 20dBm (Acho 10dB o mínimo pra não cair conexão, mas 20dB é o mínimo pra ter perda de pacotes perto de zero. UBNT as vezes cita 20dB de margem também), 20dB acima de -91dBm será -71dBm.

    Ou seja, o sinal do cliente deve chegar na torre acima de -71dBm (-70 -69, -68, etc). Também não adianta ter sinal muito alto tipo -51dBm, eu coloco como limite uns 30dBm acima da sensibilidade, ou seja, teria que ficar abaixo de -61dBm (-62, -63, -64, etc). Em PTmP eu diria que o ideal nesse caso seria então -61 a -71dBm de sinal vindo dos clientes já que o sinal dos clientes vem em MCS9.

    Já o sinal da torre pros cliente vai em MCS12, aí o que importa é a sensibilidade do Wom5000 e do APC-5M-18.
    O Wom5000 Mimo não informa no datasheet a sensibilidade exata de todos os datarates, mas dos que ele informa é bem parecido com o do APC-5M-90. E a maioria das CPE's tem sensibilidade bem parecida.
    Se for pegar a mesma sensibilidade do APC 5M-90 pro Wom5000 Mimo, MCS12 tem sensibilidade de -83dBm, o que significa que -63dBm é o sinal ideal com margem de 20dB. Eu diria -63 a -53dBm.

    O APC 5M-18 idem, MCS12 tem sensibilidade de -83dBm, sinal ideal ficaria nuns -63 a -53dBm.

    Mas o sinal chegando no cliente não tem como você alterar, se ele estiver recebendo -65 ou -50dBm, não se preocupe muito, não mexa na APC 5M-90 só por 1 cliente. Mas se preocupe sempre em deixar o sinal cliente > torre num nível adequado, você pode alterar a potencia em CADA cliente conforme a distancia, mas a potencia da torre você nunca altera já que ela afetaria sinais bons e ruins.

    A CPE do cliente só tem 1 conexão pra lidar, se o sinal dela está alto ou baixo ela sofre um pouco mas é só 1 conexão.

    Já a torre, ela tem 50 conexões pra lidar, o cliente A acaba de mandar dados aí o cliente B chega com outro sinal com mais dados, aí no meio do nada o cliente C também chega com outro nível de sinal, enfim, quem não pode receber sinais muito altos ou muito baixos é a torre, pra isso não acontecer você aumenta ou diminui potência e ack-timeout no cliente (Nunca na torre).



  5. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Pelo datasheet ao APC-5M-90, a sensibilidade em MCS9 é de -91dBm.
    Se levar em conta uma margem entre sinal e sensibilidade de 20dBm (Acho 10dB o mínimo pra não cair conexão, mas 20dB é o mínimo pra ter perda de pacotes perto de zero. UBNT as vezes cita 20dB de margem também), 20dB acima de -91dBm será -71dBm.

    Ou seja, o sinal do cliente deve chegar na torre acima de -71dBm (-70 -69, -68, etc). Também não adianta ter sinal muito alto tipo -51dBm, eu coloco como limite uns 30dBm acima da sensibilidade, ou seja, teria que ficar abaixo de -61dBm (-62, -63, -64, etc). Em PTmP eu diria que o ideal nesse caso seria então -61 a -71dBm de sinal vindo dos clientes já que o sinal dos clientes vem em MCS9.

    Já o sinal da torre pros cliente vai em MCS12, aí o que importa é a sensibilidade do Wom5000 e do APC-5M-18.
    O Wom5000 Mimo não informa no datasheet a sensibilidade exata de todos os datarates, mas dos que ele informa é bem parecido com o do APC-5M-90. E a maioria das CPE's tem sensibilidade bem parecida.
    Se for pegar a mesma sensibilidade do APC 5M-90 pro Wom5000 Mimo, MCS12 tem sensibilidade de -83dBm, o que significa que -63dBm é o sinal ideal com margem de 20dB. Eu diria -63 a -53dBm.

    O APC 5M-18 idem, MCS12 tem sensibilidade de -83dBm, sinal ideal ficaria nuns -63 a -53dBm.

    Mas o sinal chegando no cliente não tem como você alterar, se ele estiver recebendo -65 ou -50dBm, não se preocupe muito, não mexa na APC 5M-90 só por 1 cliente. Mas se preocupe sempre em deixar o sinal cliente > torre num nível adequado, você pode alterar a potencia em CADA cliente conforme a distancia, mas a potencia da torre você nunca altera já que ela afetaria sinais bons e ruins.

    A CPE do cliente só tem 1 conexão pra lidar, se o sinal dela está alto ou baixo ela sofre um pouco mas é só 1 conexão.

    Já a torre, ela tem 50 conexões pra lidar, o cliente A acaba de mandar dados aí o cliente B chega com outro sinal com mais dados, aí no meio do nada o cliente C também chega com outro nível de sinal, enfim, quem não pode receber sinais muito altos ou muito baixos é a torre, pra isso não acontecer você aumenta ou diminui potência e ack-timeout no cliente (Nunca na torre).
    Olá Rubem, muito obrigado por esclarecer minhas dúvidas.

    Tenho um AP onde os clientes estão de 80 a 250 metros de distancia da torre, os sinais estão assim (Todos com potencia minima da wom 5000 mimo que é 7dbm e com ack minimo de 300 metros) segue a foto:

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         radios.png
Visualizações:	148
Tamanho: 	67,9 KB
ID:      	60709

    Todos estão com a mesma configuração só muda o local de instalação mesmo. Quando ocorre essa diferença nas polarizações oque pode ser ? Como podemos ajustar melhor ?

    Outra questão é por exemplo, tem rádio que mesmo com tudo no minimo está recebendo sinal da torre com sinal mais alto que -50 e como tudo está no minímo como poderíamos equalizar ? (Na torre até que o sinal que vem dele está no patamar).

    Tenho um também a quase 1 Km(900 metros) de distância com ack de 1100 metros e potencia a 15 dbm veja:

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         radios2.png
Visualizações:	93
Tamanho: 	24,9 KB
ID:      	60710

    Esse porém não deu para alinhar muito bem devido a altura e o local ser de dificil acesso, Só colocamos o mastro e apontando mais ou menos na direção.

    Oque você me aconselha a tentar melhorar ?

    Obrigado mais uma vez pelo seu tempo e paciência ^^

    Boa noite.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 1
    Último Post: 10-09-2013, 07:50
  2. rocket m5 em local poluido
    Por brunocemeru no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 17-08-2012, 04:33
  3. Respostas: 2
    Último Post: 07-05-2012, 09:08
  4. Respostas: 4
    Último Post: 09-01-2012, 20:49
  5. Respostas: 14
    Último Post: 25-05-2011, 21:42

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L