+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Usar painel KATHREIN F-1900 (1850 a 1990 Mhz)

    Bom dia, desculpem a questão meio que torpi, mas encontrei alguns painéis setoriais da KATHREIN F-1900 e gostaria de saber dos caros se é possível utilizar de alguma maneira mesmo que sem a totalidade de benefícios que os mesmos oferecem em rádios para wirelses de 2,4 ou 5,8 Ghz ? no momento não tenho acesso total aos mesmos para efetuar testes práticos, pretendo fazer isso se de alguma maneira o resultado poderá ser de pelo menos 50% do esperado pois para adquiri-los do atual proprietário terei um custo baixíssimo.
    att

    fabriciojk

  2. #2

    Padrão Re: Usar painel KATHREIN F-1900 (1850 a 1990 Mhz)

    Citação Postado originalmente por newcenter Ver Post
    Bom dia, desculpem a questão meio que torpi, mas encontrei alguns painéis setoriais da KATHREIN F-1900 e gostaria de saber dos caros se é possível utilizar de alguma maneira mesmo que sem a totalidade de benefícios que os mesmos oferecem em rádios para wirelses de 2,4 ou 5,8 Ghz ? no momento não tenho acesso total aos mesmos para efetuar testes práticos, pretendo fazer isso se de alguma maneira o resultado poderá ser de pelo menos 50% do esperado pois para adquiri-los do atual proprietário terei um custo baixíssimo.
    att

    fabriciojk
    as frequências são diferentes, não da pra usar como 5.8 e 2.4 Ghz



  3. #3

    Padrão Re: Usar painel KATHREIN F-1900 (1850 a 1990 Mhz)

    ....Mas alguém já teve essa experiência realizada ? que resultados obteve, o radio 2,4 ou 5,8 ligado a um desses painéis simplesmente não transmite, transmite na frequência do painel (1850 a 1990 Mhz ) ou transmite pouco ou quase nada em 2,4 ou 5,8 Ghz ? Gostaria muito de obter essas respostas de alguém que passou por isso, mesmo que por curiosidade, que acho que, no meu caso, é oque mais está me movendo nessa questão, obrigado.

  4. #4

    Padrão Re: Usar painel KATHREIN F-1900 (1850 a 1990 Mhz)

    Prezado, esquece estes painéis. Eles são fabricados para a frequencia específica.

    Uma pergunta que voce fez " ... transmite na frequencia do painel", já traduz uma confusão que tem sido frequente. Quem determina a frequencia a ser transmitida é o equipamento, o rádio.
    A antena é um elemento passivo.
    O projeto do rádio é feito para determinada faixa de frequencia e ele vai transmitir sempre nesta faixa pré-determinada.
    Caso uma antena projetada para trabalhar numa faixa diferente seja conectada ao rádio, vai ocorrer um descasamento. A irradiação gerada no rádio não vai conseguir sair pela antena de forma completa. Daí ocorre retorno até o rádio, do rádio retorna para a antena num ciclo prejudicial. Isso se chama ROE. Relação de Ondas Estacionárias. Quando esta relação fica acima de 1.5:1 o sistema todo sofre chegando até a queima do rádio.

    Porque a pessoa está vendendo baratinho estas antenas? Elas são utilizadas em sistemas de telefonia celular.



  5. #5

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Prezado, esquece estes painéis. Eles são fabricados para a frequencia específica.

    Uma pergunta que voce fez " ... transmite na frequencia do painel", já traduz uma confusão que tem sido frequente. Quem determina a frequencia a ser transmitida é o equipamento, o rádio.
    A antena é um elemento passivo.
    O projeto do rádio é feito para determinada faixa de frequencia e ele vai transmitir sempre nesta faixa pré-determinada.
    Caso uma antena projetada para trabalhar numa faixa diferente seja conectada ao rádio, vai ocorrer um descasamento. A irradiação gerada no rádio não vai conseguir sair pela antena de forma completa. Daí ocorre retorno até o rádio, do rádio retorna para a antena num ciclo prejudicial. Isso se chama ROE. Relação de Ondas Estacionárias. Quando esta relação fica acima de 1.5:1 o sistema todo sofre chegando até a queima do rádio.

    Porque a pessoa está vendendo baratinho estas antenas? Elas são utilizadas em sistemas de telefonia celular.
    ...Obrigado pela resposta caro 1929, Imaginei que a aplicação das mesmas fosse essa, acredito se tratar de material de substituição, essa pessoa trabalha com recolhimento de diversos materiais. Existe um teste pratico e rápido que se possa fazer para saber se estão danificadas ou não ? Já que não terei utilização em minha rede posso então, se adquiri las por um baixo custo, revende las e tentar obter algum ganho, ja que a pessoa que as possui não sabe do que se tratam e irá desmonta las como sucata !
    Última edição por newcenter; 22-04-2015 às 08:09. Razão: acrescentar conteúdo

  6. #6

    Padrão Re: Usar painel KATHREIN F-1900 (1850 a 1990 Mhz)

    O teste prático é ligar um radio emitindo em 1900MHz, e usar outro radio pra medir a potencia do sinal transmitido.
    Medir resistencia de emissor não ajuda, é tão útil quanto abrir ela pra ver se tem ferrugem ou não. Olhar por dentro é melhor que nada, mas pode ter entortado um elemento 1mm do lado e isso altera angulo de emissão ou ganho, ou seja, altera as características da antena.

    Toda antena tem uma frequencia onde ela tem maior ganho, como essa antena se vende como 1850-1990MHz essa é a frequencia onde ela tem digamos 16 ou 17dBi. Já em digamos 2050MHz deve ter uns 12dBi, em 2150MHz talvez uns 5dBi, e lá por 2400MHz uns 2dBi (E mesmo que fosse ganho negativo ela serviria como setorial em torre, ia atender clientes a 200 ou 300m talvez, com CPE grande (17dBi talvez).

    Uma setorial 5GHz pode ser usada em 2,4GHz, só que vai ter ganho muuuuuuuuuuito menor, GERALMENTE o ganho de paineis grandes fora da frequencia ideal é de 1 ou 2dBi, por mais que a frequencia seja diferente há uma area de contato com o ar muito grande, qualquer ferro se comporta como emissor de 1 ou 2dBi. Mas... se ele for muito grande começa a ter onda estacionária demais, então o problema não é o ganho baixo demais, mas sim a VSWR alta, que pode te dar mesmo numa conexão em CPE perfeita de visada um CCQ ridículo tipo 60%, tudo culpa do VSWR da antena.

    As antenas tem mais características, mas o que mais pesa é a frequencia de maior ganho e a frequencia de menor VSWR, só ter ganho não adianta, precisa ter pouca onda estacionaria (vswr), as antenas são projetadas de modo que essas 2 frequencias (De maior ganho e a de menor vswr) sejam próximas.

    Nesse caso eu acredito que operando em 2,4GHz você teria um painel setorial de uns 2 ou 3dBi, mas com VSWR alta e problemática tipo 1:2 ou mesmo 1:3. Operando com ela em 5GHz talvez 1:4 ou 1:5, ia dar um CCQ ridículo tipo 10 a 30% talvez, fora que 3dBi não dá pra nada.

    Qualquer coisa metálica vira antena, mas quando opera fora da frequencia ideal o ganho é baixo e na transmissão ocorre muito retorno, dá onda estacionária demais, e isso derruba absurdamente a qualidade de uma conexão bidirecional e digital (Pra radio AM serve, mas pra trocar dados digitais não).