Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. manda ele falar comigo que eu montro um provedor com ele de socio.. meu voce tem 70 cliente deve faturar no maximo 3000,00 e ta fazendo doce.. po 300 dilmas nao e para qualquer um.. ja da para iniciar numa boa com funcionario.. e depois fica voce e ele de boa.. para de olhar , daqui dois anos.. pois se voce omecar sozinho .. tu vai ver o dolar subindo e voce nao tendo dinheiro para ir comprar ubiquiti e ai colocando clietne que nem grao de arroz.. para de palhacada aceita o cara.. pois na verdade seu provedor deve valer no maximo 25mil isso com tudo .. e o cara ai ta so querendo ser socio.. se ele quiser eu vendo o meu e ainda trabalho para ele como socio. hehehhehe

  2. Eu recomendo a sociedade, porem tem que ser muito bem definida, que provedor não é mil maravilhas, e que investimento demora a dar lucro, entra muito dinheiro, falo por mim mesmo, tenho socio, porem nos colocamos a mão na massa. Ele pode ficar somente parte administrativa, processual de um provedor organizado, e vc com parte tecnica, mas tem que esta em harmonia, de cara coloca sistema de gestão que faça a parte gerencial melhor que a técnica, e entendão que dinheiro da empresa não é seu, se o provedor estiver com 40 mil em caixa, ele não é seu, e da empresa.



  3. pessoal existe varias sociedades hoje,gvt,oi etc,no caso que este seu socio nao vai por a mao em nada em partes e melhor porque nos pops,compras etc vc define,agora tudo depende de um bom contrato e uma boa conversa senão ja viu.
    hoje eu nao possuo socio estou crescendo da minha forma,como eu quero e nao como o socio quer,é um processo mais lento para crescer mais falta investimento,onde uso o banco faço investimento aguardo o retorno e logo apos invisto de novo,começei em injetar mesmo somente depois que recebi a licença anatel,antes ia por fora devar para nao ser denuciado,entao estava com 190 clie até meados de julho de 2014,setembro veio a licença hoje estou com 500 clie,media de 30 por mes.
    opiniao minha tenha varias cidades para atender,eu faria a sociedade as claras.
    para começar sua rede tem um preço hoje,calcule este preço e logo abater nos 300 que ele vai injetar pois este valor que sua rede vale vai para seu bolso em particular e nao para empresa.

  4. Numa situação desta, onde o sócio não vai trabalhar, o correto é fazer um pro-labore para a parte que está trabalhando.. Daí manter uma contabilidade bem organizada. E ninguém tira nada sem acerto antecipado.
    Este tipo de sócio antigamente era chamado de Sócio Capital.

    Só assim é que se vai saber se está dando lucro, onde precisa melhorar administrativamente, etc. Precisa deixar estabelecido quando porcento vai ser reinvestido, entre outras coisas.

    O sócio que não trabalha não recebe. Só vai auferir lucros depois do balanço anual.

    O grande problema que vejo é que voce vai sentir a necessidade de reinvestir em expansão e ele vai querer que voce economize para sobrar mais para ele. Por isso que precisa estar tudo acertado antes.

    300 mil é uma tentação enorme. Dá para fazer muita coisa boa hoje, principalmente quem já começou algum tempo e sabe onde perdeu dinheiro, sabe o que não deve fazer.. E principalmente 300 mil abre portas para novas tecnologias. Quem não se adequar ao novo vai ficar para trás.
    Então tem os prós e os contra. Voce decide.
    Agora um conselho de amigo: estude muito bem a personalidade da pessoa. Pois numa sociedade tem que haver flexibilidade em muitos momentos. Cara chato, super exigente, deste tipo naõ vai dar certo sociedade com ninguém.

    Ah! E sua parte do que já está instalado e funcionando? Vai ser bem valorizada? Quanto de cotas vai ficar para cada parte? Menos de 50% você já não manda nada. Vai virar empregado. Se sua parte não puder ser valorizada a este valor de 300 mil, então é preferivel que ele entre com menor valor para se equipar ao valor do que voce já tem funcionando. Daí entra carteira de clientes, etc etc. na valorização do que é seu.



  5. Complicado mas nesse modelo, penso que o melhor é tratar ele como um BANCO. Ele aporta 300 mil na tua empresa, voces acordam uma taxa de juros, por exemplo, 2% (que é justa considernado o risco dele e bem maior do que ele ganharia se aplicasse o dinheiro dele em banco) e voce começa a devolver o dinheiro pra ele a partir do decimo-terceiro mes, em 24x






Tópicos Similares

  1. Procuro sócio para provedor a rádio
    Por MJACKO61 no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 6
    Último Post: 11-02-2014, 16:36
  2. Respostas: 2
    Último Post: 18-06-2012, 19:22
  3. Respostas: 24
    Último Post: 18-07-2011, 11:21
  4. Respostas: 8
    Último Post: 02-12-2010, 07:25
  5. Preciso de sócio em São Gonçalo
    Por crissus no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 12-11-2010, 09:47

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L