Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Estou no pensamento do meu projeto, pensei em colocar fibra de poste a poste (só que nao encontrei equipamento que fizesse isso, tipo um switch de fibra).

    Colocaria um sistema desse da volt ou cnn ou qualquer outra (sem energia no cabo de poste para poste).

    Colocaria um conversor de fibra em cada poste para converter para UTP e dai para os clientes.

    Agora estou pensando e fazer isso, mas utilizar rede giga para poder me capitalizar e futuramente fazer a conversão para fibra (FTTH, se nao me engano, estou estudando ainda).

    Nessa minha rede, pretendo utilizar uma RB (tipo uma 450g) como switch, recebendo dados em uma ponta e jogando para outra, um cabo sai dela para um switch no poste e dai para os clientes. Sei que o custo vai ser alto, mas acho que dava pra trafegar muita coisa nesse esquema (penso eu). E lembrando que a alimentação seria sempre pelo lado do cliente. Nao teria energia passando no cabo, somente dados.

    O que acha? @1929, @rubem, @fcnet ?

  2. @faelldantas, o que voce deseja então está aqui Uma rede hibrida, já com tudo arrumadinho sem gambiarras.

    http://www.fitnetworks.com.br/


    Se for para usar só utp me lembrei de outra opção que já está homologado. Esta não depende de central fornecendo energia. Vem de cada cliente também.
    http://www.teropode.com/#!/produtos

    Quando me informei com eles, uma caixa de atendimento com SW ficava em torno de 150 reias. Uma fonte no cliente, 60 reais. É bem mais que uma fonte comum 12V, pois ela vai segurar não só a energia do SW ao qual o cliente está conectado mas também dois ou 3 mais em cascata. Me parece, não me lembro bem, que a fonte não vai segurar todos os SW dali para a frente.
    O único inconveniente é se nestes 3 SW todos desligarem. Daí corta .
    Mas como a ideia é construir uma malha com estes equipamentos, se um desliga, sempre vai ter alguém ligado. Pelo menos para os fabricantes que também são provedores, me disseram que nunca encontraram este tipo de problema. Se não alimenta por um lado, alimenta por outro.



  3. @Moderador este eu tambem indico é otimo, e tem as duas soluções assim pode se levar fibra optica em um e cascatear pra mois dois de cada lado, e fica show mesmo.

  4. Citação Postado originalmente por faelldantas Ver Post
    @rubem, para se usar aqueles sistemas da volt, ccn etc que utilizam a fonte no cliente para alimentar o pd, e trabalhar em giga, qual cabo poderia ser utilizado? Já que não vai passar energia no cabo, somente dados??

    Esses sistemas também tem muita queima de switch? travamentos?

    Poderia deixar sua opinião sobre esses sistemas? Não me refiro a um em específico, mas seria falando no geral.

    Muito obrigado!
    @fcnet, desculpe por ter invadido o seu post!!
    Que dá pra fazer POE reverso com gigabit isso dá.
    Só que POE gigabit exige trafo especial na fonte e no switch, isso encarece bastante o custo (Fonte passa de R$ 15 pra R$ 70, controlador POE reverso passa de R$ 50 pra R$ 200, fora o switch que é mais caro).

    Acho que é mais barato usar gigabit entre switches, com cabo PP ao lado do cabo ethernet, e entre clientes e switch usar 100M.
    (Ou fibra entre as caixas, mas levar ethernet 100M da caixa até o cliente)

    Usando fibra entre as caixas você pode usar cabo de 12 lambdas, e não precisa colocar todos os switch em cascata, pode fazer 12 "seções", cada uma com alguns switch, SE algum switch ficar sem energia (Nenhum cliente com fonte na tomada) assim não cairia a cascata toda, só uma seção.

    Conversor fibra barato não tenho visto queimar, tem uns armazens de grãos que usam porque são metalicos e se usar ethernet queima tudo em raios, tem conversor nesse uso cheio de poeira desde 2010, o maximo que ocorre as vezes é peão que tropeça e arranca fiação.

    Quanto a rede gigabit queimar switch: Mesma coisa que 10/100M, se usar cabo blindado (STP ou SSTP) reduz muuuuito o risco disso.
    Acho que tem mais problemas quem investe do pior jeito: Cabo barato enrolado em sustentador, e switch barato de R$ 25 dentro das caixas herméticas. Tá certo que switch anda mais parudo hoje (Que a 6 anos atras), e que switch caro tipo 1ª linha da Dlink não é mais resistente (É tão fresco com raio por perto quanto um Pacific de R$ 35), mas quem investe em cabo barato geralmente opta por switch barato, e um problema puxa o outro. Se é pra investir em algo eu diria pra investir em cablo blindado, seja 100M ou gigabit, e se puder aterrar a malha do cabo nos postes com transformador ou na base melhor ainda (Se usar cordoalha de amarração aterre ela, é um guia de bitola bem grande e vai ajudar muito. Aterrar cordoalha não era recomendado em postes de madeira ou coisa assim, mas em concreto o poste faz uma conduções meia-boca com a terra, ela já tem uma ligação meia-boca com a terra (Concreto úmido conduz o suficiente pra dar choque, quem discordar pode tocar num poste de concreto úmico com uma mão e numa fase 127V com a outra, mas pra provar o ponto-de-vista tem que segurar por uns 5 minutos sem desmaiar! :-)



  5. ótimo pessoal, muito obrigado pelas explicações, @rubem, @Genis, @1929.
    @fcnet, espero que algumas de minhas dúvidas, sejam suas também, e obrigado por deixar usar seu post.






Tópicos Similares

  1. Quanto cobra por um cabeamento de 1km
    Por redewpf no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 16-01-2013, 18:55
  2. Respostas: 4
    Último Post: 22-03-2009, 22:23
  3. Cabeamento de redes, como crimpar etc
    Por Magal no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 14-08-2008, 14:06
  4. Urgente rede de 1km ou mais ......
    Por marcoveck no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 14-02-2008, 16:41
  5. Respostas: 5
    Último Post: 06-10-2007, 09:39

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L