+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Sim, estamos falando de 500Kbps, e equipamento de R$ 80 (Pra quem já tem grade jogada, que ia pro lixo igual). É coisa de 2003 na verdade. Mas... pra uns 90% do território do brasil (Não olhar só pro bairro ou só pra área urbana, são 8,5 milhões de Km², são 5,7 mil municípios e 40% deles tem menos de 10 mil hab. com PIB per-capita menor que R$ 5 mil ao ano) NEM 500Kbps tem, então boa parte do brasil não está nem em 2013, ainda estão em 1950 (Só tem radio AM, na area urbana tem radio AM e TV...), trazer eles pra 2013 já é uma melhoria.

    Você não faz idéia da demanda que existe no interior por plainhos de 256Kbps por R$ 20 ou 30, porque fora isso a outra opção seria EDGE/GPRS, que de dia dá 1Kbps com sorte, ou provedores via rádio que esfolam o cliente obrigando a comprar CPE de R$ 400 a 500 (Com margem de lucro e cia), e de qualquer forma como não tem link dedicado (Olha o tamanho do brasil, não olha pra periferia de capital) cobram coisa tipo R$ 80 a 150 por 1Mbps.

    Do jeito que o povo pouco cresce (Se acomodam com salário mínimo, assistem futebol e novela pra passar o tempo e vão empurrando a miséria pra frente, se acomodam na falta de informação/formação/estudo) em 2020 ainda vai ter demana pra modo B, antena de grade, e planos de 256Kbps (WhatsApp e cia se viram bem com banda dessa, é melhor que nada).

    Alias, tem uns cantos de cidadezinha onde nem celular tem sinal, que dirá conexão EDGE/GPRS.
    (3G/4G? Pff... se isso cobre 0,0001% do território do brasil é muito)
    pois é. essa comunidade que estarei instalando esse sinal 2.4 não tem nem sinal de rádio FM, kkk, não tem telefone fixo..só energia elétrica

  2. Temos 2x2...tdma...

    Equipamentos baratos e com tecnologia...

    Uma station m2 com clientes com loco m2 vende planos de até 4mb em áreas urbanas em rural passa 8mb tranquilo...

    Pensar em grade e rede mista em 2015 é voltar ao passado somente isso.

    Se o bairro não tem nada entre com qualidade e você terá clientes por muito tempo e não terá concorrência



  3. Citação Postado originalmente por djigor Ver Post
    Temos 2x2...tdma...

    Equipamentos baratos e com tecnologia...

    Uma station m2 com clientes com loco m2 vende planos de até 4mb em áreas urbanas em rural passa 8mb tranquilo...

    Pensar em grade e rede mista em 2015 é voltar ao passado somente isso.

    Se o bairro não tem nada entre com qualidade e você terá clientes por muito tempo e não terá concorrência
    querer oferecer qualidade todos nós queremos, mas aqui não tem fibra, é rádio amigo e rádio não tem jeito, o custo é caro, na comunidade a renda mensal de cada pessoa é menor que um salario minimo, cheio de filhos pra alimentar, vc acha que eles terão condições de pagar por uma loco ? haha, nem a pau. é mais vantagem comprar uma chocadeira..kkkkkk'

  4. O problema em região pobre é que obrigando o cliente a comprar equipto de R$ 400 ele logo procura a concorrencia e fica insistindo que a concorrência instale estrutura pra atender ele com equipto de R$ 250.

    Ví isso algumas vezes, alguém enche o saco e então você topa, diz que vai atender o lugar, como tem uma demora pra mandar fazer torre e pedir equipto (Olha o tamanho do brasil, eu estou a 2-3 semanas de transportadora pra comprar setorial de SP, digamos) no meio desse tempo aparece omni de concorrente e um monte de cpe porca de 8dBi a 1m acima do telhado, vendendo planinhos de 400Kbps, com CPE de R$ 200 e anos de fidelidade (Pra atravancar de vez a possibilidade de troca de provedor, fora as antenas baixas que fazem qualquer provedor cuidados querer reinstalar mais alto (E o cliente não aceita pagar, afinal na cabeça dele "está funcionando assim então tá bom, não precisa mexer").

    E se vender planos caros o problema é que você tem menos clientes, ao invez de 20 clientes de R$ 40 você terá 4 clientes de R$ 100, mas... o que eles fazem quando tem plano ou equipto caro é dividir internet com vizinho.

    Internet tá cara? Divide com 3 ou 4 vizinhos, aí ao invez de ter 20 clientes de 500Kbps, com consumo médio de 200Kbps cada, você terá 4 clientes de 1Mbps com consumo médio de 1Mbps e com vários chamados por lentidão (E ao chegar lá obviamente não vai ver ninguém usando nada por perto, quem sabe que tá fazendo o que não deve sempre disfarça quando tem alguém olhando).

    Quando alguém fala em baixo custo eu sempre comparo com casas populares por aqui que são geralmente ocupadas por gente com renda abaixo de R$ 1 mil, tá certo que a única despesa deles é uma conta de luz de R$ 70 em média, mas não é gente que tenha computador, mal tem celular, aí a contratação de internet é feita quando se endividam comprando um notebook lixo tipo STI ou Philco com proc. C70 ou celeron 847, carroça que roda do mesmo modo lerdo com 300 ou com 1500Kbps, e que durarão pouco tempo antes de problema em solda BGA, ou compram smartphone comunzão só pra facebook e whatsapp (Ou pior, compram aqueles tablets de R$ 250 que duram 90 dias, quando a placa lógica do tablet resiste mais que isso a bateria vicia (Litlihum comum tem 900 ciclos, eles deixam na tomada 24x7 e comem 6 ciclos por dia), quando ela não vicía alguma criança derruba do chão e quebra tela). Imagina gente que quando ouve que deve trocar colchão a cada X meses, ou que seja travesseiro a cada 2 anos por higiene, eles dão risada e dizem que o colchão tem 20 anos e não vão trocar tão cedo, e os travesseiros devem ser de penas de gansos que vivem na época do Getulio Vargas. Eles não só tem renda baixa, compram produtos pouco duráveis por isso comprometem a renda seguidas vezes, nunca terão sequer R$ 250 pra pagar um CPE a vista, só parcelado em 10x.

    Periferia de cidade grande não tem nada a ver com periferia de interior, não sei bem como umas familias vivem mas as vezes tenho a impressão que algumas acabaram de chegar sem nada depois de um furacão, porque quando contratam internet e compram notebook você chega na casa e não tem praticamente nada, tem colchão no chão de quarto, mala em cima de cadeira servindo como guarda-roupas (Mas curiosamente sempre tem um equipto de som potente na sala, pra provar que som alto e pobreza/ignorância sempre andam juntos), dia que esse pessoal tem qualquer variação na renda o PRIMEIRO serviço a atrasar é a internet, se cobrar multa ou qualquer coisa de valor mais alto eles só devolvem o equipto e por mais que a divida vá pro Serasa isso nunca será acertado, a função de ter meia duzia de filhos é essa, são 6 a 8 CPF's pra sujar (Mais um motivo pra não atender adolescente, além de consumirem 10x mais internet que adultos, isso indica que os adultos já estão com o CPF sujo demais pra contratar serviço desse, ou que a possibilidade de atrasar pagto e sujar o CPF é enorme).

    90% do pessoal mais pobre no interior é peão de fazenda, integralmente ou em algumas épocas, hora que esse pessoal tem dívida demais eles simplesmente aceitam trabalho integral em fazenda morando lá sem pagar aluguel ou luz, e passam uns meses assim sem dar as caras na area urbana pra pagar as dívidas (Fechei loja faz 1 ano e ainda tenho uns 40 desses me devendo, gente que não aparece na cidade faz muito tempo, a crise de 2015 chegou aqui fim de 2013 e tem dividas até hoje, dou como perdido, é gente que só volta daqui uns anos quando as dívidas somem da consulta de CPF).



  5. POis é Rubem, concordo com você, não adianta querer vender 4 mb, pra quem não pode pagar 1mb, o prejuizo vem pro provedor..






Tópicos Similares

  1. Qual a melhor forma de dividir os links?
    Por leoneoliveira no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 21-04-2010, 11:47
  2. Respostas: 6
    Último Post: 12-09-2007, 12:33
  3. Respostas: 1
    Último Post: 19-06-2007, 12:22
  4. Duvida sobre qual a melhor forma de atribuir ips aos clientes...
    Por cleciorodrigo no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 9
    Último Post: 29-04-2006, 10:32
  5. Qual a melhor forma de montar uma VPN ?
    Por Rurouni_Kenshin no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 8
    Último Post: 22-06-2004, 15:05

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L