Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Eu preciso trocar um nobreak onde tem PCs ligados. Por isso não da pra ser nobreak dc de 24v.
    Como ele não está armando automaticamente quando a energia elétrica reestabelece e está desligando sem muito aviso prévio, preciso adquirir outro para substituir.

    Só que estou receoso em comprar outro da mesma marca e modelo, o problema, é que não quero nobreak muito caro, pois para mim, R$ 700 ou R$ 800 já é um valor alto para investir em um nobreak.

  2. tenho dois servidores cada um com nobreak da Raghtech bem antigo, com saída para baterias externas este nobreak consegui carregar 80ah tem mais de 3 anos que eles estão funcionando sem nem um problema, estes nobreaks eu tirei a bateria interna e liguei uma bateria de 40ah, sem a energia da concessionária o nobreak aguentou 3:40min não sei lhes falar por quanto tempo iria aguentar pois a energia havia sido restabelecida antes de descarregar as baterias vou comprar mais duas baterias de 40ah para ligar em paralelo totalizando os 80ah que os nobreaks suportam carregar acredito que vai suportar umas 5h sem energia.



  3. Sobre os Ragtech, ela tem o modelo senoidal puro mais novo, arredondado, ele tem um excelente carregador interno, com mosfet, deve chegar nuns 3 ou 5A a corrente de carga:
    http://www.kabum.com.br/cgi-local/si...i?codigo=64629

    Mas esses 2 tem corrente de carga de apenas uns 0,5 a 0,8A, é um regulador de corrente simplorio com LM317 ou LM350, quando muito tolera 1A circulando:
    http://www.kabum.com.br/cgi-local/si...i?codigo=64455
    e o antigo
    http://www.kabum.com.br/produto/2372...-trivolt-3800-

    Com corrente baixa o risco é bateria desequalizar, uma das 6 celulas chega a 3V, e as outras 5 ficam em 1,8V, se isso vai acontecer um não depende da bateria, as baterias (Estacionárias ou não) nunca tem as celulas 100% iguais, mas se 1 ou 2 celulas forem de resistência interna muito mais baixa que as outras elas vão armazenar mais carga, aquecer e morrer mais cedo.

    Sorte é que nobreak barato dá sobre-tensão nas baterias (Pode medir 15V ou 16V as vezes), essa sobretensão dá uma leve equalizada.

    Mas garantia não póde ter, com carregador de 1A só existe garantia de durabilidade se a bateria (Interna ou externa, ou a soma de ambas) for de 10Ah. Se o carregador interno for de uns 5A (Como dos Raghtech senoidal) só há certeza de durabilidade se usar bateria de 50Ah.
    Quanto mais longe for da "bateria ideal", maiores as chances percentuais de desequalização.

    Aplicar 0,7A numa bateria de 40Ah é quase certeza de desequalização em 2 anos causando a perda da bateria, enquanto se a corrente de carga ficasse nuns 4A, ela duraria 4 ou 5 anos antes de ficar inútil, gastar com nobreak é investimento pra longo prazo.

    Ah, e tem que proteger o nobreak. É ridículo mas o dispositivo de proteção precisa ser protegido, colocar aterramento e DR+DPS também evita uma duzia de problemas que queimam uns nobreaks, essas proteções tem custo mas elas não tem vida útil curta, aterramento+DR+DPS é coisa que dura 20 anos, e impede uma duzia de problemas comuns em nobreaks, lampadas e fontes, vale muito a pena investir nisso, mas só se vê resultado depois de 5 anos sem nada queimado. Quem tem rede AC perfeita que nunca teve nada queimado pode se considerar sortudo, não é o caso de 70% dos brasileiros (E 95% dos moradores do interior).

  4. Uso anos a fio TS SHARA por incrivel que pareça. Todas as minhas instalações são com eles. A única coisa que precisei fazer até hoje foi trocar as baterias.

    Tenho um TS SHARA aqui que meu pai comprou quando eu tinha 10 anos. Vou para 31... de 2/3 anos a única coisa que faço é trocar as baterias e ele continua funcionando. É meu Nobreak de estimação.

    Tenho um 3000VA aqui tbem a 5 anos. Troquei a bateria dele mês passado pois não segurava mais carga. Só.



  5. Ah, mas aí você está falando de outra era, a 20 anos atrás os nobreaks usavam transistores ou mosfets de potencia bem alta, eram mais bem dimensionados, comparadores de tensão mais roots, sem microprocessadores que ficam birutas. Se pagava mais caro por um nobreak mas ele não tinha corte de custos com componentes na medida (Existia mais folga).

    Com nobreak de 1,8KVA pra cima ainda é mais ou menos assim, são mais caros mas tem componentes melhores, o bicho pega é nesses lixinhos de 400 a 700VA, abaixo de uns R$ 300, tem componentes ao mínimo possível (Não tem sequer um filtro de linha incluso, não tem um mísero filtro LC na entrada, parece estabilizador, custa R$ 35 porque não tem quase nada dentro além de um autotransformador, acaba protegente o mesmo que um autotransformador faria), é tudo calculado na medida, sem nem meia margem de erro.

    TS Shara, Televolt, Kron, Girardi, Forceline, você ainda encontra muito produto deles dos anos 90 funcionando porque eram circuitos quase analógicos, só amplificador operacional e porta lógica operando (LM393 e portas dos CD4000 e cia (CD4011, 4093, 4046, etc)), com mosfets superdimensionados, ou transistores superdimensionados (Produto que aquece devia ser superdimensionado, hoje se coloca um dissipador no mínimo tamanho possível, por culpa da maldita estética (Coisa de afrescalhado cobrar estética de produto que deve ter funcionalidades) não se pode mais usar dissipador grande, ou fan grande em baixa velocidade (Preferem um fan pequeno que só liga quando esquenta (Aí junta poeira no sensor de temperatura e fode tudo porque deixa de ler a temperatura real), opção bem idiota que está transformando notebooks em lixo depois de meses de uso.

    O problema é partir de 2002 ou algo assim, começaram a enfiar microprocessadores ou microcontroladores pra bonito, mas pro preço não subir demais começaram a tirar componente superdimensionado, rele hoje trava contato pra caramba (São muito menores que em 1995), os micon e microprocessadores em nobreak pifam muito (São sensíveis a ESD, por isso digo que tem que proteger o equipamento de proteção, a unidade de processamento dos nobreaks é sensível demais), os mosfets são dimensionados muito na medida (Vendi um Enermax que queimou mosfet de saída 3x, na 3ª (ainda na garantia) troquei os originais de 60A por outros de 120A e o problema resolveu, alguma baixa resistencia no trafo fazia os mosfets queimarem, mosfet de 120A custa R$ 2 a mais que os de 60A, economia bobeira, mas o consumidor final infelizmente é burro de comprar outro produto só por R$ 4 a menos no preço, sem analisar detalhes técnicos dos produtos)).

    Essa linha quadrada da TS-Shara, de 600 ou 700VA, era bem meia-boca, mas era uma época que SMS era um lixo (Não melhorou tanto), que APC estava montando no brasil não mais os excelente BE/BR-600, mas sim uns lixinhos APC-Microsol, que a Eaton trazia uns lixinhos antiquados sem SMD pro brasil, enfim, de 2010 a 2013 nobreak comum era tudo pobre pra caramba, por isso marcas como Multilaser ou RGC conseguiram entrar no mercado, era difícil comprovar no uso a diferença entre um Multilaser (Marca que sempre só produziu lixo, nunca fez nada que preste) e um APC-Microsol. Em nobreak barato (400 a 700VA, abaixo de uns R$ 400) ainda é tudo muito igual, a mesma baixa qualidade em quase tudo, pouca coisa se destaca.

    (Os TS-Shara ao menos tem filtro de linha na entrada. Os Ragtech tem carregador excelente na linha senoidal (E tem senoidal de 600VA, enquanto de 2010 a 2013 só tinha senoidal de 2KVA pra cima, ou de 1KVA mas na faxia dos R$ 1000 pra cima). Os SMS finalmente chegaram no século 21 (Com 14 anos de atraso) e já tem componente SMD. Cada um com suas qualidades, nenhum reúne tudo de bom com preço baixo)






Tópicos Similares

  1. Data center
    Por jacksonoliveira no fórum Redes
    Respostas: 11
    Último Post: 10-09-2016, 07:36
  2. Respostas: 0
    Último Post: 05-12-2015, 22:51
  3. Respostas: 2
    Último Post: 03-05-2014, 09:08
  4. Data Center's e Servidor de Hospedagens dão lucro ainda???
    Por slackmaster no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 4
    Último Post: 15-05-2006, 11:48
  5. squid+iptable-smtp.pop
    Por APeixoto no fórum Segurança
    Respostas: 3
    Último Post: 27-09-2002, 17:12

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L