+ Responder ao Tópico



  1. Pois é Gabriel, verdade, eu mesmo mando clientes pro meu concorrente, mas ele não sei porque não confia em mim, outro dia liguei para ele pois um cliente prescizava fazer um ptp que passava no meio do pop dele, dai liguei e perguntei se ele tinha interesse em locar espasso na torre mensal para colocarmos uma repetidora neste pop dele, ficou de me dar a resposta e até hoje nada. E olha que o cliente é uma empresa que se tornou a segunda maior em genética de suínos do brasil.
    Vai entender. Mas ainda tenho esperança de quem sabe ainda podermos ver todos unidos...


    Citação Postado originalmente por gabrielest Ver Post
    CAro netuai,
    Mas ai vc ta se baseando numa cosia que falta muito entre os pequenos e sobra entre os grandes - UNIÃO - hj vejo carro das Casas Bahia fazendo entrega para a Ricardo eletro e vice-versa, vejo um mercado indicando outro....mas nós não somos capazes de fazer um simples boicote...
    Dificil....mas como dizem que a esperança é a última que morre...

  2. Na minha opinião, isentar os provedores de outorga da Anatel é um erro.... Como se já não bastasse a incompetência dos provedores licenciados que conseguiram licença por meros R$ 400,00 e que por força da exigência de licença da ANATEL e sua fiscalização tem de estudar muito e se dedicar 100% as frequências não licenciadas, só falta agora a ANATEL liberar para todos os péssimos profissionais atuarem sem licença e ai acabarem definitivamente com o espectro wi-fi que já esta uma porcaria de tão poluido, Vão desempregar uma legião de profissionais que estudaram, foram atras de formação, para por no mercado os picaretas sem licença.



  3. Caro @sphreak, os picaretas e mesmo os "profissionais" picaretas continuarão a entrar no mercado de uma forma ou de outra. NADA que aconteça ou deixe de acontecer mudará a mentalidade do brasileiro. Inclusive uma grande parte seguindo os exemples de seus "governantes".

  4. Caros Amigos ! eu estive la na Abrint e assisti a palestra do Rodrigo Zerbone da anatel ! a proposta de Flexibilizar a entrada de novos provedores sem licença nao será tao simples quanto varios aqui estao pensando ! nao será exigida licença para o provedor começar a trabalhar ! no incio nem crea vai precisar ! mas terá que comunicar a anatel o inicio das atividades , nao vai poder usar frequencia licenciada , somente 2.4 e 5.8 , vai ter que seguir varias normas que os demais provedores licenciados já seguem ! com algumas exigencias mais brandas que os licenciados ! também terá a quantidade de clientes maximos ! entao ainda nao está tudo definido ! a coisa nao será tao simples quanto parece ! e terá a consulta esse mes ainda , assim foi dito na abrint .



  5. Eu achei que a Abrint não deveria ficar tão neutra numa situação dessas. Deveria se posicionar do lado dos provedores para evitar que isso fosse aprovado.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 7
    Último Post: 20-08-2015, 21:10
  2. Consulta banco de dados da anatel,help !!
    Por marcoveck no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 26-03-2015, 09:48
  3. Denúncia pública de crimes da anatel
    Por obarros no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 07-12-2012, 07:26
  4. Respostas: 12
    Último Post: 07-04-2009, 07:53
  5. Servidor VSFTP nao aceita conexoes de fora da rede local
    Por Sergio Jr no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 12-12-2005, 16:42

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L