+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Pessoal, tive uma ideia e gostaria que alguém comentasse se é tecnicamente viável, legal perante a Anatel, etc.

    É o seguinte: estive pensando em como um técnico do provedor faria para acessar o sistema do provedor para consultar alguma ordem de serviço (não gosto da ideia de imprimir cada uma, papel é coisa do passado), falar com alguém da empresa por um chat, pesquisar algo na Internet, etc., tudo enquanto está no carro na rua fazendo atendimento, sem ter que ir na central para isso.

    A ideia que tive foi montar um ponto de acesso em 900MHz, em um canal de 10MHz na parte do espectro liberado pela Anatel para uso livre, 915-928MHz (922MHz), encima de um prédio no centro da cidade e colocar em cada carro uma antena omni de celular com um rádio 900MHz. A área a ser coberta é um raio de no máximo 2Km.

    As dúvidas técnicas são em relação a estabilidade e throughput (512Kbps são suficientes) com visada obstruída, movimentação e largura de canal tão pequena (10MHz). Para sanar isso, invoco @rubem, o mestre.

    Já nas questões legais, a dúvida é em relação ao fato de ser um acesso móvel, o que, até onde sei, não é permitido na outorga SCM. Ao mesmo tempo não há comercialização de conexão nessa rede móvel, então não sei como a Anatel interpreta isso.

    Para essa ideia, pensei em 1 RB Metal 9HPn com uma omni Hyperlink de 8dBi no centro e 1 RB Metal 9HPn com 1 antena Aquário quadriband para teto veicular 7dBi no carro.


    Agradeço-lhes pela atenção.
    Até logo.

  2. #2

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Ola amigo, como é a 3G de onde você mora?
    Falando como desenvolvedor, acredito que seria mais viável a integração de um APP Android que se comunique com seu sistema via Web-Service através da 3G do celular.

    Dependendo da sua 3g com o plano mais básico (mesmo aquele que quando atinge a franquia diminui pra 64 kbps seria o suficiente), você conseguiria atingir o mesmo objetivo porem com um custo menor, e com uma disponibilidade maior devido ao maior numero de torres.

    Abraço e sorte



  3. #3

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Bom dia.
    A Radwin tem uma solução pronta para o que você quer, Fiber in motion.
    http://pt.radwin.com/produtos/fiberinmotion

    Lembrando que não sou representante da Radwin, somente possuo no local de trabalho alguns equipamentos deles e por um acaso foi oferecida esta solução aqui.

    Espero ter ajudado.

  4. #4

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Acho que o 3g pode ser mesmo a melhor escolha, pois RB Metal 9HPn na especificação dele diz que ele so funciona com outro RB Metal 9HPn ai ia ficar caro 1 RB Metal 9HPn para cada um dos seus funcionarios tirando a antena tambem, fora que se a operadora imaginar que vc ta interferindo em alguma coisa ela chama a anatel e vai correndo ate vc mesmo que vc esteja usando frequencia autorizada tem o porem da RB Metal 9HPn não ser homologada e muito menos a antena hiperlink de 8dbi, vc vai tomar um fumo bem grande da anatel se a operadora encanar com vc. Use radios 2.4ghz pelo menos perto das torres os seus funcionarios vão poder usar.



  5. #5

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Citação Postado originalmente por shacaw Ver Post
    Ola amigo, como é a 3G de onde você mora?
    Falando como desenvolvedor, acredito que seria mais viável a integração de um APP Android que se comunique com seu sistema via Web-Service através da 3G do celular.

    Dependendo da sua 3g com o plano mais básico (mesmo aquele que quando atinge a franquia diminui pra 64 kbps seria o suficiente), você conseguiria atingir o mesmo objetivo porem com um custo menor, e com uma disponibilidade maior devido ao maior numero de torres.

    Abraço e sorte
    Cara, até têm redes 3G e 4G - da Vivo - aqui (o que é surpreendente para uma cidade de 40 mil habitantes no meio do nada), mas não funciona bem por a cobertura ser muito ruim (o relevo atrapalha muito). Além disso, teria que liberar acesso externo, a partir da Internet, ao sistema e eu quero evitar isso (usar VPN resolve um pouco, mas aumenta a necessidade de uma banda decente disponível, o que não é 64Kbps).

    A ideia é ter acesso a partir de notebook (smartphone não tem a mesma agilidade, tela muito pequena). Até dá para usar um modem USB conectado em uma antena no teto do carro, mas são raros os modelos 3G/4G com conector para antena externa, e não sei se isso resolveria a má cobertura. Para acessar o sistema por navegador, em um notebook, tem que ter no mínimo uns 512Kbps disponíveis.

    Se houver algum modem 3G/4G bom com conector para antena externa e um plano de dados (preferencialmente da Vivo, pela melhor rede) com franquia e preço decente, pode ser que seja uma boa solução. Melhor ainda se as operadoras tiverem algo para empresas, para possibilitar contabilizar o consumo de vários modens em uma única conta, o que duvido que exista.

    Citação Postado originalmente por rfcarramao Ver Post
    Bom dia.
    A Radwin tem uma solução pronta para o que você quer, Fiber in motion.
    http://pt.radwin.com/produtos/fiberinmotion

    Lembrando que não sou representante da Radwin, somente possuo no local de trabalho alguns equipamentos deles e por um acaso foi oferecida esta solução aqui.

    Espero ter ajudado.
    Solução interessante, obrigado por compartilhar. Pena que deve ser bem cara, como qualquer coisa da Radwin. Já estou achando cara a RB Metal 9HPn...

    Citação Postado originalmente por wala Ver Post
    Acho que o 3g pode ser mesmo a melhor escolha, pois RB Metal 9HPn na especificação dele diz que ele so funciona com outro RB Metal 9HPn ai ia ficar caro 1 RB Metal 9HPn para cada um dos seus funcionarios tirando a antena tambem, fora que se a operadora imaginar que vc ta interferindo em alguma coisa ela chama a anatel e vai correndo ate vc mesmo que vc esteja usando frequencia autorizada tem o porem da RB Metal 9HPn não ser homologada e muito menos a antena hiperlink de 8dbi, vc vai tomar um fumo bem grande da anatel se a operadora encanar com vc. Use radios 2.4ghz pelo menos perto das torres os seus funcionarios vão poder usar.
    A antena no carro não é cara, a CM-907 da Aquário custa R$63 na loja oficial. Agora, a RB Metal 9HPn realmente tem um preço bem ruim. Inicialmente pensei em 3 painéis AM-9M13 da UBNT com 3 Rockets M9 e 2 Nano Loco M9 em cada carro, mas ficaria caro, muito caro, e ineficiente, e a RB Metal com a antena de celular no carro e omni no centro foi o mais barato que conseguir fazer isso ficar.

    Eu acho que nem precisa ter isso em todos carros. Em 1 só (o que eu usar), já é suficiente. Só preciso que funcione em todo lugar da cidade.

    Não há risco de interferência com as operadoras. Basta usar canal de 10MHz na frequência 922MHz, que vai ficar dentro do intervalo livre para uso. Não sei é se as operadoras respeitam isso, pois podem fazer a palhaçada de colocar uma ERB justamente em 922MHz, aí complica, não sei se a Anatel iria ficar a favor delas, por ser uso primário, ou iria fazer valer a resolução 506.

    2.4GHz é complicado, muita interferência, e não pretendo trabalhar com wireless, então não vou ter várias torres para colocar pontos de acesso para funcionários.


    Agradeço a todos vocês pela contribuição.
    Se alguém conhecer alguma outra solução interessante, um rádio 900MHz mais em conta e/ou homologado ou um modem 4G/3G USB com conector para antena externa, fico grato se puder informar.

  6. #6

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Mechi com 900MHz com um par de NS M9 a uns anos e não gostei nadinha, não "furou" meia duzia de pés de manga não, na area urbana não consegui "atravessar" um quarteirão de 100m com casas simples, pra minha experiência fica mínima coisa melhor que 2,4GHz, me decepcionei bastante.


    Bom, a muitos anos (Lá por 2007?) trabalhava com vistoria de carros, começou o uso de PDA's pra coletar os dados na rua, o vistoriador recebia o chamado com dados principais e ia até onde o veículo estava. Pra não gastar com planos de dados (Empresa com 20 pessoas na rua, planos de operadora de 10MB por dia não serviam e já custavam R$ 90, tinha que ser ilimitado de uns R$ 150) a solução era colocar um AP 2,4GHz no alto.

    Alguém aí trabalhou com vistoria de carro? Era uma area com muito entra e sai de gente, conheço muita gente que já mexeu com isso.
    (Saí da area antes dos smartphones surgirem, não sei como anda isso hoje, mas na época só a Linces usava PDA, o resto ainda vivia na idade da pedra usando apenas papel)

    Enfim, o sisteminha que a Linces Vistorias tinha era levinho, o que era mais pesado era enviar fotos dos carros, um AP 2,4GHz Abocom, com omni 12dBi em cima do telhado, numa area alta, configurado em 1M em 802.11B, permitia conectar PDA (De uma era pré-smartphones, anteninhas horríveis de 2dBi, com potencia tipo 14dBm) num rumo a 3Km, noutro a 2Km, numa cidade planejada por bebados (Onde tem que fazer um retorno de 1Km pra sair de uma avenida, numa velocidade de 20Km/h) isso era muito útil, não precisava ir até a sede, todo mundo tinha uns pontos distantes onde tinha visada (Ou quase) onde iam pra conectar e pegar/transferir dados, 200-250Kbps geralmente (1M em B...).

    Tentei fazer isso com Bullet e omni 9dBi aqui na minha cidadezinha, mas não queria ficar com smartphone ou notebook em cima do carro, na época não pensei em colocar antena externa (USB, digamos) pra isso e desisti da idéia depois de um ano, mas até muito post aqui no Under respondi assim, parado debaixo de uma arvore, com netbook em cima do carro, conectado direto em torre distante (Netbook Emob conecta longe pacas, já Lenovo, Acer e Asus foram um lixo nessa parte pra mim), com acesso remoto abrindo meu desktop na empresa (Hoje ainda faço isso em casa, deitado na rede faço acesso remoto no desktop).

    Se tiver uma omni sobrando por aí, experimenta isso, põe um ack-time gigante, modo B, ssid oculto, a velocidade será baixa mas o alcance é ótimizado.

    A antena pra colocar em cima do teto pode ser discreta mas teria que fabricar, não lembro de ver a venda, pega uma antena de teto automotiva, tirar o monopolo dela, e colocar uma omni de 6 ou 8dBi dentro, passar cabo RGC58 pela borracha do parabrisas e tal, até o painel, meio trabalhoso mas seria uns 2m de cabo, perda máxima de uns 2dBm, muuuuuito melhor que os 10 ou 15dBm de atenuação que o vidro e lata do parabrisas e teto dão.

    (Nos anos 90 trabalhando com eletronica a gente instalava muita antena eletrica pra carro, sedan's especialmente (Acho que só o Omega tinha ela de série), uma antena do lado do porta-malas que subia quando ligava o radio (A saída "antena eletrica" ainda existe nuns radios com esse nome, nos outros é "modulo", é usada pra ligar os malditos módulos amplificadores pra idiota incomodar a vizinhança com lixo musical), não sei se vale o trabalho mas dá pra colocar algo do tipo pra 2,4GHz, subir e descer uma omni 9dBi colinear meio flexível, com adaptador USB ou um mini-AP logo do lado)



  7. #7

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    http://www.bdibbs.com.br/wp-content/...eshJhonnyp.pdf

    Slide 36 da apresentação tem uma foto do veículo com antena.

  8. #8

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Mechi com 900MHz com um par de NS M9 a uns anos e não gostei nadinha, não "furou" meia duzia de pés de manga não, na area urbana não consegui "atravessar" um quarteirão de 100m com casas simples, pra minha experiência fica mínima coisa melhor que 2,4GHz, me decepcionei bastante.


    Bom, a muitos anos (Lá por 2007?) trabalhava com vistoria de carros, começou o uso de PDA's pra coletar os dados na rua, o vistoriador recebia o chamado com dados principais e ia até onde o veículo estava. Pra não gastar com planos de dados (Empresa com 20 pessoas na rua, planos de operadora de 10MB por dia não serviam e já custavam R$ 90, tinha que ser ilimitado de uns R$ 150) a solução era colocar um AP 2,4GHz no alto.

    Alguém aí trabalhou com vistoria de carro? Era uma area com muito entra e sai de gente, conheço muita gente que já mexeu com isso.
    (Saí da area antes dos smartphones surgirem, não sei como anda isso hoje, mas na época só a Linces usava PDA, o resto ainda vivia na idade da pedra usando apenas papel)

    Enfim, o sisteminha que a Linces Vistorias tinha era levinho, o que era mais pesado era enviar fotos dos carros, um AP 2,4GHz Abocom, com omni 12dBi em cima do telhado, numa area alta, configurado em 1M em 802.11B, permitia conectar PDA (De uma era pré-smartphones, anteninhas horríveis de 2dBi, com potencia tipo 14dBm) num rumo a 3Km, noutro a 2Km, numa cidade planejada por bebados (Onde tem que fazer um retorno de 1Km pra sair de uma avenida, numa velocidade de 20Km/h) isso era muito útil, não precisava ir até a sede, todo mundo tinha uns pontos distantes onde tinha visada (Ou quase) onde iam pra conectar e pegar/transferir dados, 200-250Kbps geralmente (1M em B...).

    Tentei fazer isso com Bullet e omni 9dBi aqui na minha cidadezinha, mas não queria ficar com smartphone ou notebook em cima do carro, na época não pensei em colocar antena externa (USB, digamos) pra isso e desisti da idéia depois de um ano, mas até muito post aqui no Under respondi assim, parado debaixo de uma arvore, com netbook em cima do carro, conectado direto em torre distante (Netbook Emob conecta longe pacas, já Lenovo, Acer e Asus foram um lixo nessa parte pra mim), com acesso remoto abrindo meu desktop na empresa (Hoje ainda faço isso em casa, deitado na rede faço acesso remoto no desktop).

    Se tiver uma omni sobrando por aí, experimenta isso, põe um ack-time gigante, modo B, ssid oculto, a velocidade será baixa mas o alcance é ótimizado.

    A antena pra colocar em cima do teto pode ser discreta mas teria que fabricar, não lembro de ver a venda, pega uma antena de teto automotiva, tirar o monopolo dela, e colocar uma omni de 6 ou 8dBi dentro, passar cabo RGC58 pela borracha do parabrisas e tal, até o painel, meio trabalhoso mas seria uns 2m de cabo, perda máxima de uns 2dBm, muuuuuito melhor que os 10 ou 15dBm de atenuação que o vidro e lata do parabrisas e teto dão.

    (Nos anos 90 trabalhando com eletronica a gente instalava muita antena eletrica pra carro, sedan's especialmente (Acho que só o Omega tinha ela de série), uma antena do lado do porta-malas que subia quando ligava o radio (A saída "antena eletrica" ainda existe nuns radios com esse nome, nos outros é "modulo", é usada pra ligar os malditos módulos amplificadores pra idiota incomodar a vizinhança com lixo musical), não sei se vale o trabalho mas dá pra colocar algo do tipo pra 2,4GHz, subir e descer uma omni 9dBi colinear meio flexível, com adaptador USB ou um mini-AP logo do lado)
    Nesse caso que vc falou um wavion iria longe pois ele tem uma potencia muito alta e aqui a prefeitura usa como internet gratuita tem varios wavion na cidade e eles mandam o sinal bem longe



  9. #9

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    acompanhando o caso, tenho interesse nessa ideia também.

  10. #10

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Ô @wala, você ganhou na MegaSena por isso tem dinheiro pra um Wavion só pra 1 usuário? Divide a grana da MegaSena aí! :-)

    Eu me interessei por beamForming justo pra MIM, não pros meus clientes. Antena e rádios comuns nunca me faltaram, imaginei que um bom firmware poderia gerenciar 2 ou 3 radios em 2 ou 3 omni pequenas (Tenho 3 de 9dBi guardadas pra isso!) pra fazer beamforming. Só que nunca achei nada "homemaded" pra isso, nada, nem hardware nem software.

    E putz... pelo R$ 10 mil dos Wavion, e por não ter nem MEIO firmware que diga suportar isso (Em hardware minimamente acessível, tipo R$ 500), imagino que fazer beamforming seja a coisa mais complexa do mundo pro chipset e firmware! Provavelmente os chipsets Mips comuns (De roteadores comuns, UBNT e MK) não suportam nada nem parecido, e precisa um belo processamento (Só assim pra justificar os R$ 10 mil de um wavion wbs2400, só tendo um xeon octocore lá dentro).

    E essas caixas e antenonas sobre o carro parece aquela gambiarra de 15 anos atras de fazer warchalking com lata de batata frita (A pessoa tem carro, mas não tem dinheiro pra comprar antena direcional, sério?), pensei que eu gostava de gambiarra, mas até eu prefiro algo discreto pelo visto, tipo:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Car-antenna.jpg
Visualizações:	112
Tamanho: 	529,8 KB
ID:      	59737
    (Uma diferença de 5 pra 9dBi na antena vem a ser 4dBm de sinal, geralmente andando 2m pra tras ou pra frente o sinal muda mais que isso, ao menos em area urbana onde predios e construções com paredes retas atuam como refletores e você recebe metade do sinal via reflexos)



  11. #11

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Ô @wala, você ganhou na MegaSena por isso tem dinheiro pra um Wavion só pra 1 usuário? Divide a grana da MegaSena aí! :-)

    Eu me interessei por beamForming justo pra MIM, não pros meus clientes. Antena e rádios comuns nunca me faltaram, imaginei que um bom firmware poderia gerenciar 2 ou 3 radios em 2 ou 3 omni pequenas (Tenho 3 de 9dBi guardadas pra isso!) pra fazer beamforming. Só que nunca achei nada "homemaded" pra isso, nada, nem hardware nem software.

    E putz... pelo R$ 10 mil dos Wavion, e por não ter nem MEIO firmware que diga suportar isso (Em hardware minimamente acessível, tipo R$ 500), imagino que fazer beamforming seja a coisa mais complexa do mundo pro chipset e firmware! Provavelmente os chipsets Mips comuns (De roteadores comuns, UBNT e MK) não suportam nada nem parecido, e precisa um belo processamento (Só assim pra justificar os R$ 10 mil de um wavion wbs2400, só tendo um xeon octocore lá dentro).

    E essas caixas e antenonas sobre o carro parece aquela gambiarra de 15 anos atras de fazer warchalking com lata de batata frita (A pessoa tem carro, mas não tem dinheiro pra comprar antena direcional, sério?), pensei que eu gostava de gambiarra, mas até eu prefiro algo discreto pelo visto, tipo:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Car-antenna.jpg
Visualizações:	112
Tamanho: 	529,8 KB
ID:      	59737
    (Uma diferença de 5 pra 9dBi na antena vem a ser 4dBm de sinal, geralmente andando 2m pra tras ou pra frente o sinal muda mais que isso, ao menos em area urbana onde predios e construções com paredes retas atuam como refletores e você recebe metade do sinal via reflexos)
    Vixi se eu ganhase na mega sena coloca ate aquele wavion mimo esse sim ta 10 mil esses antigo ja tem gente vendendo por 2000 usado ta ultrapassado e banda bg mais pra ir longe vai de boa.
    As especificaçoes dizem que tem 6 radios dentro do wavion ate na mimo deve ser por isso que e caro.

  12. #12

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Rubem, se não for gambiarra então só 802.16 para resolver o caso. O @speedpc que me ajude aí....



  13. #13

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    também gosti da ideia

  14. #14

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Rubem, se não for gambiarra então só 802.16 para resolver o caso. O @speedpc que me ajude aí....
    Não não, tava falando daquela caixa gigante com 2 omni enormes em cime de um Uno na página 36 do PDF, é muito espalhafatoso.
    (Ou isso: http://home.earthlink.net/~w6rmk/images/bmw1.jpg )

    Gambiarra sim, mas tem que fazer a coisa bonitinha, dá pra embutir antena 5dBi e cabo RGC58 na mesma posição da antena FM.

    (No caso do Uno, o capô traseiro é uma maravilha, um furo 10mm e você prende a antena num conector SMA macho reverso, naquele espaço cabe tranquilamento um roteador como cliente e outro como AP se quiser, puxa pelo forro do teto uma linha de +12V (Da luz de teto) ou despluga o desembaçador do vidro traseiro (Nunca usei isso na vida) e pluga na alimentação do roteador, assim terá um botão pra ligar e desligar wifi no painel)


    Você chega pra colocar um moderno PowerBridge num cliente, e ele reclama que aquilo é grande, que preferia aquele negócio pequenininho que os outros tem (Se referindo a um pequeno Nanostation Loco), imagina chegar no cliente com 2 omni de 50cm de altura e uma caixa hermética em cima do carro, vai assustar o cliente.
    (A escada tudo bem, não tem como ela ser menor, mas a antena pode ser menor)

    Se é pra colocar algo grande e chamativo eu colocaria uma CPE num mini-mastro com um motor pra rotação, motor 12V com redução 5000:1 é barato e gira fácil um NS Loco M2. Mas fica feio demais, parece aqueles uninho de segurança de frota (Transportadora) com um rastreador jabursat em cima, o troço é do tamanho de um climatizador de teto (De caminhão).

    Medi a antena original de radio da Fiat que tenho, ela tem 40cm, esse tamanho é até maior que omni colinear de uns 10dBi, ninguém ia saber que se trata de antena wifi e não de antena de radio AM/FM se usar o mesmo "pé" da antena FM e colocar uma wifi lá, tipo:
    http://www.digdice.com/2010/04/10-db...wi-fi-antenna/



  15. #15

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Ah! ai sim concordo.... Também da época que aquele trabalho foi apresentado no MUM de 2009 até hoje mudou muita coisa e tem coisa mais discreta....
    Eu também sempre imaginei que não precisa daquela caixa em cima, mas tudo dentro do carro e só a anteninha do lado de fora.
    Mas basicamente o trabalho mostra que dá para fazer alguma coisa...

  16. #16

    Padrão Re: Comunicação com a rede do provedor a partir do carro, na rua

    Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Pessoal, tive uma ideia e gostaria que alguém comentasse se é tecnicamente viável, legal perante a Anatel, etc.

    É o seguinte: estive pensando em como um técnico do provedor faria para acessar o sistema do provedor para consultar alguma ordem de serviço (não gosto da ideia de imprimir cada uma, papel é coisa do passado), falar com alguém da empresa por um chat, pesquisar algo na Internet, etc., tudo enquanto está no carro na rua fazendo atendimento, sem ter que ir na central para isso.

    A ideia que tive foi montar um ponto de acesso em 900MHz, em um canal de 10MHz na parte do espectro liberado pela Anatel para uso livre, 915-928MHz (922MHz), encima de um prédio no centro da cidade e colocar em cada carro uma antena omni de celular com um rádio 900MHz. A área a ser coberta é um raio de no máximo 2Km.

    As dúvidas técnicas são em relação a estabilidade e throughput (512Kbps são suficientes) com visada obstruída, movimentação e largura de canal tão pequena (10MHz). Para sanar isso, invoco @rubem, o mestre.

    Já nas questões legais, a dúvida é em relação ao fato de ser um acesso móvel, o que, até onde sei, não é permitido na outorga SCM. Ao mesmo tempo não há comercialização de conexão nessa rede móvel, então não sei como a Anatel interpreta isso.

    Para essa ideia, pensei em 1 RB Metal 9HPn com uma omni Hyperlink de 8dBi no centro e 1 RB Metal 9HPn com 1 antena Aquário quadriband para teto veicular 7dBi no carro.


    Agradeço-lhes pela atenção.
    Até logo.
    Amigo sua ideia dos 900mhz é boa, o equipamento que vc precisa sao os AVALAN para Nlos eles prometem uma penetrabilidade entre arvores de ate 450 METROS com qualidade mas em 10mhz ai pode mudar a figura, os radios nao passam muita banda mas seria a opcao confiavel mais barata que vc pode encontrar no mercado hj, sao 802.11 e sao utilizados em clubes de golf nos USA

    Uso outdoor
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         AW900xTR-1.jpg
Visualizações:	64
Tamanho: 	25,6 KB
ID:      	59744
    Uso indoor
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         AW900iTR_PAIR.jpg
Visualizações:	54
Tamanho: 	622,5 KB
ID:      	59745
    Agora como o nosso amigo @1929 disse, o ideal seria WIMAX 802.16e ou 802.16d existem radios regulativamente baratos no mercado em 5ghz e prometem um boa penetrabilidade pq sao 802.16d e prometem penetrabilidade no cenario " Near-Line-of-Sight " ( visada meio obstruida ) os radios da TRANZEO 5ghz 802.16d trabalham em 3.5mhz e passando uma banda muito maior que os AVALAN agora vc vai ter que ver qual é seu cenario blz... Mas o ideal seria 802.16e mais todos os radios disponiveis no mercado sao um pouco salgados em termos de valores, nao ficaria caro para cobrir cidades com 802.16e a 3.5ghz por causa do custo beneficio de ter uma rede de SMP 4G de qualidade como eu ja demostrei no topico da "associacao para 3.5ghz" mas no seu caso somente para uso interno os radios da TRANZEO 5ghz 802.16d podem resolver seu problema e passar uma boa banda...

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         TR-WMX-58-XX Datasheet.pdf
Visualizações:	32
Tamanho: 	483,3 KB
ID:      	59746

    Ha ta e se poder rasgar dinheiro pode trabalhar com a linha VECIMA ....
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         eum8000(wr)_br_r10.pdf
Visualizações:	30
Tamanho: 	215,6 KB
ID:      	59748